Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular – Informações sobre o consumo de combustível



  

Um dos atributos mais observados nos carros atualmente é a economia. De fato, o baixo consumo tem sido um fator determinante na hora de levar um automóvel para casa. Recentemente, após uma longa pesquisa, o  Inmetro divulgou uma lista bastante completa com os veículos mais e menos econômicos do mercado automotivo brasileiro.

Os  testes aplicados pelo órgão foram feitos em 151 modelos de marcas variadas. Todas as fabricantes integraram assim, por vontade própria,  o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular. Da mesma forma que ocorre com os eletrodomésticos que economizam energia, os carros sinalizarão o seu consumo de combustível  através de uma etiqueta que deverá ser colada no para-brisa, obrigatoriamente, ainda no primeiro semestre de 2012.

Tal etiqueta apresentará de forma clara aos clientes potenciais, os resultados obtidos pelo Inmetro. Esse ano, a etiqueta apresentará apenas a economia do automóvel, entretanto, a partir de 2013, vai informar também a taxa de emissão de CO2 no ambiente.





A avaliação foi feita com base em critérios justos e imparciais, tanto que os modelos foram divididos em nove categorias, a fim de tornar a comparação mais precisa. Fabricantes renomadas como a Volksvagen, Toyota, Renault, Honda, Kia, Peugeot,  Fiat e Ford  foram analisadas conquistando a etiquetagem A, que equivale ao carro mais econômico, até a etiquetagem E, que corresponde ao carro menos econômico. Essa dicotomia se justifica pela diferença de tecnologia utilizada de uma linha para outra.

Ficaram de fora da avaliação, em primeira instância, grandes marcas como Citroën, Chevrolet, Hyundai, Nissan, Mitsubishi, JAC Motors e Chery, mas nada impede que futuramente elas também entrem no programa. Fica a torcida, já que esse gesto de transparência é também um ato de respeito ao consumidor.

Para conhecer o resultado da pesquisa, acesse o site do Inmetro.

Por Larissa Mendes de Oliveira



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *