Carros blindados – Dicas



  

Segundo reportagem do jornal O Estado de São Paulo do dia 8 de abril de 2012, quem estiver interessado em comprar um carro blindado deve prestar muita atenção a alguns detalhes fundamentais, sobretudo em relação ao estado de conservação e à manutenção desses veículos.

Se a ideia é comprar um carro usado, devem ser desprezados aqueles que tiverem bolhas nos vidros, pois isso significa que a blindagem não está em bom estado. Outro cuidado deve ser a checagem do estado da suspensão, pois são, em média, são duzentos quilos a mais devido à blindagem.

Se a intenção for comprar um zero quilômetro e mandar blindar, a primeira ideia a se ter em mente é o custo mais alto da manutenção. Algumas peças, como um jogo de molas reforçadas, pode sair por, aproximadamente, R$ 1.800. Um para-brisa pode chegar a R$ 6.500.





Além disso, o proprietário deve agendar revisões mais frequentes, pois a blindagem pode causar o desgaste prematuro de certos componentes. De preferência, a manutenção deve ser feita no máximo a cada 10 mil quilômetros.

Vale ressaltar, ainda, que a oficina responsável pela blindagem deve ser certificada pelo exército.

Por fim, é indicado que o interessado consulte o Procon antes de autorizar o serviço.

Por Christiane Suplicy Curioni



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *