Lucros da Fiat – Queda no 3º Trimestre de 2013



  

Na última quarta-feira, dia 30 de outubro, a Fiat decidiu anunciar o corte de suas metas financeiras para o ano de 2013. O fato já estava sendo aguardado pelo mercado, já que no terceiro trimestre as receitas da companhia começaram a cair na América Latina, onde o Brasil é o principal mercado consumidor. E acrescente-se a isso a continuidade de perdas no mercado europeu.

De acordo com as informações divulgadas, agora a Fiat planeja garantir um lucro comercial 13% menor que o que havia sido previsto anteriormente. Em números, isso estaria entre 3,5 bilhões e 3,8 bilhões de euros. Ainda assim, o piso estabelecido para esta meta ficou bem abaixo do que era previsto por analistas do setor, que seria algo em torno dos 3,65 bilhões e 3,92 bilhões de euros.

No terceiro trimestre, o lucro comercial apresentado pelo grupo foi no valor de 816 milhões de euros, de acordo com a companhia. Este número é 9% menor do que o que foi obtido há um ano e de novo também ficou abaixo das previsões feitas por analista, que seria algo em torno de 915 milhões de euros. Lembrando que esse é o lucro obtido antes de serem feitos os descontos relativos aos impostos, itens extraordinários e juros.

No caso da América Latina, região onde o Brasil é o carro chefe da empresa, o lucro que normalmente era apresentado representava 25% do lucro comercial da Fiat. No terceiro trimestre, os ganhos obtidos tiveram uma queda para 165 milhões de euros. Em termos comparativos, no mesmo período de 2012 o lucro foi de 341 milhões.





No mercado europeu os prejuízos também não dão sinais de que tomarão outros rumos. Mesmo assim, convém ressaltar que em termos gerais o Oriente Médio, a África e a Europa tiveram uma certa redução nas perdas. O prejuízo foi de 165 milhões em comparação com os 238 milhões de euros do ano anterior.

Por Denisson Soares



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *