Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP) recebe Novos Investimentos



  

A Volkswagen do Brasil está mesmo com muita vontade de tornar viável a utilização da unidade de Taubaté, no Estado de São Paulo. Recentemente a montadora anunciou um investimento de R$ 1,2 bilhão no local. A verba será direcionada para o processo de produção, onde o principal foco será a proteção ambiental e a qualificação profissional dos funcionários. Tudo isso tem um objetivo bastante claro, começar o mais rápido possível a implantação da nova linha de produção do Volkswagen Up! O valor investido na fábrica de Taubaté já estava dentro do cronograma da companhia, que prevê investimentos no Brasil até 2016.

O Up! será o carro mais em conta da montadora com fabricação nacional. O objetivo é que o Up! preencha o espaço que acabou sendo deixado pelo Gol G4, modelo da geração antiga que foi “aposentado” logo após se tornar obrigatório que os carros fossem vendidos com ABS e airbags (válido tanto para veículos nacionais quanto importados).

Entre as mudanças e inovações da unidade de Taubaté, a companhia informa que a mesma recebeu duas novas linhas de prensas. Serão 296 robôs de última geração para a área de Armação (setor onde as peças são unidas formando a carroceria do carro). Também há uma nova unidade de Pintura que une processos de alto rendimento, equipamentos e um baixo consumo energético. Para o setor de Montagem Final foram implantados novos conjuntos de equipamentos. A unidade ainda conta com a construção de três centros de treinamento, entre outros pontos.





A fábrica de Taubaté conta com 5 mil trabalhadores. A unidade também é responsável pela produção do Novo Voyage e do Novo Gol. No decorrer de seus 38 anos de existência, a fábrica já foi responsável por produzir modelos do Passat, Saveiro, Voyage, Parati e Gol.

Por Denisson Soares



1 comentário em “Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP) recebe Novos Investimentos

  • Olá venho a oferecer um projeto que desenvolvi de ar condicionado 100% elétrico que não depende do veículo está ligado por não dender de motor.
    Com um custo muito mais baixo que o ar tradicional dos carros de hoje
    E não faz com que o carro perca potência sendo assim o carro ficará com a mesma cavalagem independente do ar está ligado ou não, e emitido menos poluentes por não forçar o veículo, aguardo resposta obrigado.
    Anderson Balbino

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *