Recall Hyundai ix35 atinge mais de 26 mil carros no Brasil



  

O Grupo CAOA, importador oficial dos veículos da Hyundai no mercado brasileiro, em conjunto com a Hyundai anunciaram no dia 2 de junho, um Recall envolvendo os utilitários esportivos ix35 vindos da Coreia do Sul. O Recall, que envolve mais de 26 mil carros, ainda não afetou os veículos fabricados na unidade fabril brasileira da fabricante sul-coreana.

A montadora, junto com o Grupo CAOA, informa em comunicado oficial que o Recall foi motivado por causa de uma má fixação dos parafusos no sistema de airbag do condutor, que está situado no volante do crossover esportivo. Por causa desse problema, houve um baixo torque aplicado ao parafuso durante o processo de montagem dos veículos, fazendo com que haja a possibilidade dos componentes defeituosos que fixam a bolsa inflável se soltem. Com isso, existe a possibilidade do dispositivo não inflar, de modo adequado, o airbag em caso de uma colisão, reduzindo a proteção proporcionada pelo sistema de bolsa inflável ao motorista em conjunto com o cinto de segurança.

No entanto, de acordo com a marca sul-coreana, embora tenha sido detectada essa falha na aplicação do parafuso, não há nenhum defeito no sensor do sistema de segurança e, portanto, não há risco de o airbag não inflar.

Em um total de 26.861 unidades do ix35, o Recall convoca os SUVs da Hyundai que foram fabricados entre 3 de janeiro de 2011 e 23 de maio de 2013, com numeração do chassi de KMHJU81BBBU237024 a KMHJU81DBEU746788, todos importados da Coreia do Sul.

Vale mencionar novamente, que nos modelos produzidos no Brasil não foi detectado esse tipo de defeito de fabricação e, por isso, não estão na lista de convocação para o Recall.





Para mais informações e agendamento do serviço de inspeção e substituição, a Hyundai disponibilizou o telefone 0800 770 3355, com atendimento de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h bem como o site www.hyundai-motor.com.br.

Por Caio Polo

Hyundai ix35

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *