Volkswagen Cross Up! tem a melhor nota de reparabilidade



  

A Volkswagen divulgou recentemente que o compacto aventureiro Cross Up! teve a melhor nota de reparabilidade do Cesvi (Centro de Experimentação e Segurança Viária) entre todos os modelos já avaliados. É importante recordar que este índice, que verifica o tempo e o preço de reparo dos veículos, é utilizado por seguradoras e influencia no valor do seguro e no custo de revenda dos veículos.

O Cross Up! conseguiu nota 10, classificação única na escala de 10 a 60, onde 10 é a classificação mais qualificada possível. Este resultado é o melhor nas categorias completas no ranking geral deste ano. Ele ultrapassou o Up! convencional, que liderava até então como o modelo com custo inferior de reparabilidade com a nota 11.

Além do Up! alcançar a melhor nota comparando os hatches compactos e hatches compactos off-road, a Volkswagen afirmou também que a Saveiro foi a mais qualificada entre as picapes e o SpaceFox, o mais qualificado no ramo de station wagon compacta. A lista total do ranking deste ano ainda não foi disponibilizada pelo Cesvi.

Mostrado para a imprensa há pouco mais de um ano, o Up! está presente no mercado do Brasil em carroceria de duas ou quatro portas. É o automóvel pioneiro de entrada produzido no Brasil a conseguir cinco estrelas no Latin NCAP, organização que avalia a segurança dos veículos. O modelo conseguir a classificação de cinco estrelas na proteção para adultos e quatro estrelas na proteção para crianças, sendo o resultado mais qualificado da categoria.





A estrutura completa da carroceria foi produzida para absorver a energia do impacto, onde cada parte da carroceria precisa possuir determinado valor de resistência e rigidez. O Up! possui 75% de seu peso composto por aços especiais, que possuem distintos graus de resistência, de acordo com a necessidade. O modelo possui o motor 1.0 três cilindros de 75 cv com gasolina a 82 cv com etanol.

Por Felipe Couto de Oliveira

Volks Cross Up!

Volks Cross Up!

Fotos: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *