Porsche 911 GT3 RS – Características do modelo



  

Uma tendência muito utilizada pela Porsche é a de downsizing (diminuição da força de trabalho), contudo ela mudou um pouco a forma de atuar com a futura apresentação de nova versão do 911. O modelo GT3 RS que está prestes a vir a público terá um motor naturalmente aspirado, ganhando mais potência. Para se ter uma ideia o veículo é mais potente do que o GT3, modelo que fez grande sucesso.

O GT3 RS será disponibilizado com um propulsor 4.0 litros de seis cilindros. Essa máquina gera até 506 cavalos de potência e o torque máximo de 46,9 kgfm, a 8.800 rpm. O motor está associado à transmissão automatizada PDK de sete velocidades e dupla embreagem. O modelo conta ainda com sistema de vetorização Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus) e bloqueio do diferencial traseiro. Este último pode ser controlado eletronicamente, sendo possível também o torque variável, de acordo com o modo de direção.

A estrutura do GT3 RS é muito semelhante ao do irmão mais velho, uma delas é a carroceria feita em alumínio e aço composto. O modelo também deve apresentar a tampa traseira, aerofólio e bancos em polímero e fibra de carbono, além do teto produzido em magnésio, para-brisa e janelas em policarbonato.

O modelo traz diferença, principalmente nas medidas. Isso porque ele ficará mais lago em 50 mm na dianteira, 30 mm na traseira e rodas maiores, de 20 polegadas na frente e 21 polegadas atrás. Os pneus usados são os 263/35 ZR 20 e 325/30 ZR 21, respectivamente na dianteira e traseira. Já os freios serão compostos de seis pistões na parte da frente e quatro na parte de trás, ambos equipados com pinças na cor vermelha.

É esperado que esta nova versão do 911 seja apresenta no Salão do Automóvel de Genebra, evento a ser realizado no meio de março. Se não for de interesse da Porsche ou se for inviável, o modelo só será apresentado oficialmente no Salão de Frankfurt, em setembro.





Por Ana Rosa Martins Rocha

Porsche 911 GT3 RS

Porsche 911 GT3 RS

Porsche 911 GT3 RS

Fotos: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *