Novo material é usado em carros blindados no Brasil



  

Novo material reduz em 50 quilos o peso final do carro, melhorando a dirigibilidade, minimizando os desgastes nos sistemas de freio e suspensão e os ruídos internos.

Foi criado por uma empresa aqui do Brasil um novo material confeccionado de fios de aramida, mesmo material utilizado nos coletes balísticos usado por agentes de segurança pública e privada, baseado na tecnologia da fibra de carbono para ser utilizada na blindagem de carros, este material foi batizado com o nome de Udura Unidirecional.

Este material, após os testes, revelou ser nove vezes mais resistente que as mantas que atualmente são utilizadas nas blindagens automotivas. Além de uma resistência muito maior, este novo produto ainda é muito mais leve, fator este que contribui na durabilidade do veículo, bem como com os impactos da blindagem no desempenho dos carros.

A primeira empresa a utilizar essa nova tecnologia no país foi a GR Blindados, de São Paulo, sendo que o primeiro carro a receber este material foi um Jeep Cherokee. Foi constatado que com a utilização desta tecnologia inovadora há uma redução de 50 quilos no peso final do carro, comparado com o processo de blindagem tradicional.

A instalação desta tecnologia nos veículos é muito mais rápida, além de não sujar e ser totalmente segura. Atualmente, o prazo para a entrega de um carro blindado convencionalmente é de 40 dias, porém com a utilização da tecnologia do Udura Unidirecional este prazo é reduzido para até 15 dias.

Todavia, apesar de todas essas vantagens apresentadas por este novo produto, a principal desvantagem e que com certeza não irá agradar os consumidores em princípio é o valor final desse serviço, tendo em vista que ele fica bem mais caro que o processo de blindagem convencional, valor este que é mais alto devido ao fato de a aramida, matéria prima a ser utilizado, possuir alto custo, bem como o seu processo de produção que é muito mais sofisticado.





Mesmo sendo mais cara, este tipo de blindagem está sendo vista com bons olhos pelos consumidores, principalmente porque esta redução no peso do carro melhora sobremaneira a dirigibilidade, além de minimizar os desgastes que ocorrem nos sistemas de freio e suspensão, bem como os ruídos internos.

A fim de diminuir a depreciação que um veículo blindado sofre no seu valor depois de dois ou três anos de uso, esta tecnologia chegou ao mercado com 10 anos de garantia, fator este que irá contribuir com a revenda destes veículos.

Por Adriano Oliveira 

Carro blindado

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *