Renault Alaskan é a primeira picape média da montadora



  

Modelo tem previsão de ser lançado no Brasil em 2018, após o início da produção na Argentina.

Foi lançada recentemente a Alaskan, um automóvel bastante importante na história da Renault, haja vista ser a primeira picape média da montadora francesa. O visual da picape é bastante semelhante ao conceito apresentado pela Renault em 2015. O modelo já se encontra disponível em alguns mercados latino-americanos, como é o caso da Colômbia. No Brasil, no entanto, a Alaskan só deve chegar em 2018, após o início da produção na Argentina.

Vale ressaltar que a Alaskan é o segundo lançamento deste segmento, pois a Renault já havia apresentado à compacta Duster Oroch no final de 2015. O grande objetivo da montadora francesa é tornar-se um forte concorrente global nesta área.

Um detalhe bastante interessante é que a Alaskan foi desenvolvida através de uma parceria com a Nissan. Com isso, a nova picape da Renault apresenta a mesma arquitetura da nova geração da Nissan Frontier.

Como trata-se de uma picape média, a Alaskan é capaz de carregar 1,2 tonelada. Outro destaque deste lançamento é a sua versatilidade, pois a mesma foi desenvolvida tanto para o trabalho quanto para a cidade. Dessa forma, o automóvel dispõe de suspensão traseira de eixo rígido com cinco pontos de ancoragem e seletor para configuração da tração entre 4×4 e 4×2.

A parte interna da Alaskan é bastante semelhante ao Nissan Frontier, sendo que as diferenças ficam por conta apenas do painel de instrumentos e volante. Além disso, saiba que este lançamento também possui um pacote de itens recheados de tecnologia, dentre os quais: sistema multimídia com tela sensível ao toque de sete polegadas, bancos dianteiros com tecnologia para aquecimento, botão de partida, computador de bordo com tela digital, ar-condicionado digital de duas zonas, volante multifuncional e GPS integrado.





Um grande destaque da Alaska é a visão em 360º que visa auxiliar o motorista durante as manobras e balizas. Tal visão é possível graças às quatro câmeras que foram posicionadas ao redor do veículo. Além disso, saiba que a segurança também foi uma das prioridades da Alaska: o automóvel possui controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em campa e decida, além de piloto automático.

O motor, por sua vez, é o 2.3 dCi movido a diesel e acompanhado de quatro cilindros com dois turbocompressores. Trata-se da mesma motorização utilizada na nova geração da Frontier. A picape da Renault contará com opções com 160 cv e 190 cv. O câmbio é manual de seis marchas ou automático com sete marchas.

Por Bruno Henrique

Renault Alaskan

Renault Alaskan

Fotos: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *