Toyota lançará carro híbrido que usa etanol no Brasil



  

A Toyota já deixou claro a intenção de usar o etanol nos seus modelos híbridos brasileiros.

De olho na tendência mundial que cada vez mais busca fontes alternativas para reduzir a emissão de gases poluentes para a atmosfera, a Toyota já partiu na frente e anunciou, mesmo que ainda não oficialmente, o lançamento de um modelo híbrido que poderá rodar nas ruas brasileiras usando o velho etanol.

O anúncio de intenções de se fabricar um modelo que use dois sistemas de fornecimento de combustível foi anunciado pelo próprio presidente da empresa na América Latina, Steve St. Angelo. A declaração feita no último dia 24 mostra a tendência da empresa em apostar cada vez mais neste tipo de veículo.

O sistema híbrido de fornecimento de combustível para os motores que trabalham através do sistema de combustão funcionam com o fornecimento elétrico para que o motor seja acionado.

Segundo a concepção desenvolvida atualmente para este tipo de motor, inclusive o que é adotado pela própria Toyota, ele pode trabalhar sozinho ou poderá também ser acionado e trabalhar em conjunto com o motor de combustão.

Com este sistema, além de contribuir para que a emissão de gases para a atmosfera seja menor, ele contribui também para se reduzir o consumo de combustível tradicional, o que no final das contas, também vai ajudar a reduzir a emissão de poluentes.

Para quem ainda não sabe, a montadora já fabrica atualmente um modelo híbrido e que pode ser visto rodando em algumas capitais brasileiras, é o Prius. O automóvel que já é comercializado nas concessionárias da marca no Brasil pode ir para a garagem de qualquer consumidor com um preço a partir de R$ 120.000,00.

Sem querer dar maiores detalhes, o presidente da Toyota já deixou bem claro que este não deverá ser o único modelo que usará este tipo de sistema de alimentação para o seu funcionamento.

A montadora faz grande mistério sobre o uso deste tipo de tecnologia e deixou no ar a impressão de que novos modelos poderão surgir com o sistema híbrido. Talvez os que já são bastante conhecidos do público brasileiro possam vir a usar este tipo de sistema. Mas, por enquanto, fica somente a dúvida.

A Toyota já deixou claro a intenção de usar o etanol nos seus híbridos brasileiros.





Aproveitando a tecnologia híbrida do Prius e levando em consideração o potencial de mercado para este tipo de carro, a empresa já iniciou os testes no país com utilização não somente da gasolina, mas também do etanol brasileiro.

Nesse sentido, já existe uma intensa movimentação entre os técnicos da empresa para que este tipo de combustível, considerado bem mais limpo, seja adotado pelos novos modelos que deverão ser fabricados no Brasil.

Apostando neste tipo de tecnologia, os fabricantes brasileiros do etanol já iniciaram uma espécie de parceria com a montadora.

O uso do etanol como o combustível principal para os novos modelos híbridos desponta atualmente como uma das mais rápidas soluções que a indústria automobilística vem descobrindo para que as suas metas reduzidas de emissão de poluentes sejam alcançadas.

Além do esforço crescente da Toyota para adotar uma tecnologia ecologicamente correta com o uso do etanol, outras montadoras já pegaram carona nesta tendência.

Neste sentido, a japonesa fabricante dos carros da marca Nissan já anunciou os testes de um protótipo de carro considerado ‘ mais limpo’ com o usado etanol.

O novo modelo utilizaria um sistema de ‘Células de Combustível’ que utilizariam Óxido sólido. Esta recente tecnologia que está sendo desenvolvida para o Brasil se baseia em usar o etanol brasileiro para que ele possa ser capaz de fornecer energia suficiente para que um conjunto de baterias sejam continuamente carregadas e possa fazer funcionar o sistema de combustão do veículo.

Por Liana Gifoni

Toyota Prius



1 comentário em “Toyota lançará carro híbrido que usa etanol no Brasil

  • Como o fusion, BMW e Mercedez não trouxeram híbridos, vão perder em tecnologia pra Toyota que, em breve, será totalitária.

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *