Veja aqui um comparativo entre o Audi Q7 e o Volvo XC90 e descubra qual é melhor.

A sueca Volvo e a alemã Audi lançaram duas SUV’s que são vanguarda no mercado de automóveis. Como toda nova tecnologia, existe um preço a mais para ser pago por causa da inovação. O modelo Ambition da Audi Q7 sai por R$ 399.990, já a Volvo anuncia a versão completa da SUV XC90 por R$ 403.900. Com esses preços, as duas camionetes são acessíveis a menos de 1% da população brasileira.

Dentre as novidades, as duas SUV’s contam com bancos de regulagem elétrica e memorização. Esse sistema lê qual o condutor está entrando no carro e já posiciona os bancos de acordo com as preferências dele.

Tanto a Audi Q7 como a Volvo XC90 possuem computadores de bordo, que exercem controle total sobre o carro. Através do computador pode-se alterar ventilação, ligar e desligar sistema de som, ar, motor, entre outros. Também, as camionetes contam com projetores de informações no para-brisa dianteiro – a tecnologia é vanguarda entre as SUV’s.

Em termos de número de passageiros, ambas acomodam confortavelmente sete pessoas, no entanto, a Audi Q7 cobra cerca de R$ 20 mil além do valor normal para acrescentar os dois bancos extras.

Levando em conta a dirigibilidade, as duas SUV’s oferecem uma experiência impecável. Cabe, contudo, ressaltar um ponto positivo para Volvo em relação a Audi. A XC90 propõe um sistema semiautônomo para o veículo, ou seja, existe a possibilidade de o motorista delegar tarefas da dirigibilidade para o computador do carro. Em resposta a essa característica, a Q7 proporciona a virada das rodas traseiras – o que facilita para estacionar naquelas vagas apertadas e manobrar a camionete.

O sistema de som é outro ponto que merece destaque. Segundo a montadora sueca, os passageiros terão uma experiência sonora dentro da XC90 equivalente a Ópera de Gotemburbo. A Q7 também não fica atrás, oferece sistema 3D de áudio da marca Grife Bose.

E quem não queria dirigir uma dessas duas topo de categoria? A verdade é que o consumidor que está disposto a pagar R$ 400 mil no seu próximo carro já tem em mente qual que irá comprar. Tanto a Q7 quanto a XC90 são para uma parcela bem minoritária da população brasileira.

Matheus Griebeler


Confira aqui o preço e as principais novidades da nova versão do Audi A4.

A fim de manter a sua colocação de liderança entre as marcas premium aqui no mercado brasileiro, a Audi demonstra que deseja muito mais do que simplesmente produzir veículos automotores por aqui, haja vista que o plano da fabricante é não desacelerar a sua produção, mesmo diante da crise que assola o setor no Brasil.

Pra continuar no mesmo ritmo, a fabricante alemã quer disponibilizar para os consumidores do Brasil toda a sua gama de produtos ofertados em outros países. E como prova de ousadia, ela acaba de fazer, aqui no Brasil, o lançamento oficial do novo Audi A4,o qual manteve o estilo sóbrio, porém, traz consigo avanços tanto tecnológicos quanto estruturais.

O novo Audi A4 é um sedã de médio porte que chama atenção por causa da grande qualidade que foi utilizada nos acabamentos, outro aspecto em que o veículo não deixa a desejar é na dirigibilidade, porém, a única notícia desanimadora é que o veículo possui preço salgado.

Com relação ao visual, o design do veículo ainda continua bem discreto, sem a presença de muita ousadia e pouco grau de esportividade. Na parte frontal, o destaque fica para a grade de elementos paralelos que é cromada, bem como para os faróis full-LED que possuem tecnologia para se adaptar a desníveis e curvas, desse modo não ofuscando a visão dos condutores que deslocam em sentido oposto. Já as lanternas traseiras também foram contempladas com um novo design tridimensional e a tampa do porta-malas deste carro vem com um difusor de ar discreto.

O novo Audi A4 ganhou novas medidas e nessa nova edição ficou um pouco maior que na versão anterior, nessa nova configuração o carro possui 4,73m de comprimento e 2,82 m de distância entre-eixos, dimensões estas que proporcionaram com que o veículo obtivesse um aumento no seu espaço interior.

Com relação ao interior do veículo, os acabamentos mantiveram o mesmo padrão tecnológico e de sofisticação que dispensam comentários. Nessa nova versão o sedã tem como novo propulsor o motor 2.0 TSFI, que possui a capacidade de produzir uma potência de 190 cavalos e um torque de 32,6 Kgfm, este novo motor trabalha com um sistema de dupla injeção de combustível, sendo que a sua taxa de compressão mais elevada é de 11,6:6. Todo este conjunto mecânico trabalha em conjunto com a transmissão S Tronic, que é dotada de um sistema de dupla embreagem e com câmbio de sete velocidades.

Os valores de comercialização desse carrão por aqui é de R$ 159.990 para a versão Attraction (que é a versão de entrada) e de R$ 182.990 para a versão topo de linha, que é a Ambiente.

Por Adriano Oliveira





CONTINUE NAVEGANDO: