Modelo passou por mudanças no design, mecânica e eletrônica.

A notícia de hoje é para aqueles que são fãs de um dos modelos mais conhecidos da Chevrolet, o Camaro. A Chevrolet apresentou recentemente para o mercado a sexta geração do carro, um de seus garotos propaganda, com reestilizações no design, na mecânica e eletrônica do automóvel. Este conjunto de mudanças tornou a sexta geração bem diferente da anterior.

O novo Camaro está mais leve e mais rígido, o que só foi possível graças ao uso de metais nobres extensivos dando 28% mais rigidez e 83 kg a menos no veículo se comparado com a quinta geração.

Outro diferencial do Muscle Car é a compactação de suas medidas. São 4.784 mm no comprimento (sendo 52mm menor que o modelo da quinta geração) e a altura também perdeu 31 mm desse para o modelo anterior.

Se já não bastasse, o motor V8 6.2 aspirado com injeção direta de gasolina, do Corvette, está presente no Camaro. Diante desta combinação, é possível alcançar os 461cv de potência com um torque de 62,9 kgfm tracionados para as rodas traseiras através de um câmbio em formato borboleta no volante, de oito marchas com trocas manuais.

O seletor de modo de condução permite uma condução mais segura e com mais velocidade, proporcionando quatro diferentes personalizações. Ele mantém sempre os freios Brembo com o intuito de garantir a segurança em qualquer passeio.

No interior do veículo a conectividade também fala mais alto, sendo possível o espelhamento de smartphones via Apple Car Play e Android Auto. Existem também outros equipamentos , como o carregador por indução, ar-condicionado de duas zonas , tela customizável com computador de bordo e manômetros indicando a pressão do óleo e de força G.

Na comemoração de 50 anos do modelo, a Chevrolet fabricou apenas 100 unidades do coupé. No Salão de São Paulo houve a entrega de veículos da sexta geração do Camaro saindo pelo valor de R$ 297.000,00. Sendo todos os modelos na cor cinza e faixas no capô. Rodas aro 20" exclusivas, logos especiais e uma plaqueta indicando a versão numerada. Em 2017 é previsto a chegada de modelos Conversível e o SS Coupé, ainda sem valores definidos.

Por Denisson Soares


Confira as principais novidades e o preço da nova Chevrolet S10 Advantage.

A versão Advantage retorna à série da pick-up Chevrolet S10, depois de algum tempo fora de linha (desde de maio deste ano), por causa do lançamento da linha S10 2017. A previsão de apresentação no mercado, durante a Adventure Sport Fair (maior feira de esporte de turismo de aventura do continente americano). O modelo estará disponível a partir de novembro deste ano. Os valores da caminhonete giram em volta dos R$ 90.000,00, preço bastante competitivo segundo a Chevrolet, que visa este item como diferencial para conquistar clientes.

Algumas funções da versão Advantage da S10 são: Sistema OnStar (pacote de proteção veicular por 3 meses); Sistema multimídia MyLink com touchscreen de 7 polegadas; direção elétrica progressiva; alerta de pressão dos pneus; ar condicionado; vidros elétricos; capota marítima; travas elétricas; airbags frontais; Freios ABS com EBD (auxiliar complementar do freio ABS); comando com controle remoto; Apple CarPlay / Android Auto; Rodas de liga-leve de 16 polegadas; farois de neblina; chave tipo canivete; Bancos com revestimento em tecido escuro; adesivos “Advantage” nas portas dianteiras; motor 2.5 litros flex; 197/206 cavalos de potência (gasolina/álcool, respectivamente); Torque de 26,3/27,3 kgfm (gasolina/álcool, respectivamente); câmbio manual de 6 marchas; tração 4×2; Velocidade: até 163 km/h; Garantia de 3 anos; cores disponíveis: Azul Blue Eyes, Cinza Graphite, Branco Summit, Prata Switchblade, Preto Ouro Negro e Vermelho Chili; Painel interno remodelado; além da tampa traseira com trancas.

Com relação ao pacote de proteção veicular OnStar, vale a pena destacar alguns ítens interessantes do plano:

  • Bloqueio do veículo;
  • Acionamento de emergência;
  • Transferência de ligação para Chevrolet Road Service em caso de pane elétrica/mecânica;
  • Informações em tempo real por meio de aplicativo;
  • Alerta de velocidade;
  • Travamento/destravamento remoto das portas;
  • Monitoramento em rotas

Avaliações de consumidores. Alguns consumidores gostaram da nova versão, especialmente se o objetivo do veículo é para trabalho, e concordam no tocante ao número de itens fornecidos pela pick-up, além do motor flex – muitos comentaram que esse é o melhor motor flex da categoria. Outros, no entanto, argumentam que a versão poderia ter incluídos alguns itens, como câmbio automático. Também sentiram falta da função de controle de estabilidade.

Cristiane Magalhaes





CONTINUE NAVEGANDO: