Equus 2016 é um dos mais luxuosos modelos encontrados no mercado na linha dos sedans.

A montadora nascida na Coreia do Sul, Hyundai, está realizando o lançamento de mais uma versão do Hyundai Equus e consequentemente muitas novidades estão por vir, melhorando cada vez mais o veículo. O Novo Hyundai Equus 2016, assim também como as outras versões anteriores, é para quem procura por um carro de luxo.

Este carro é bem diferente dos outros modelos que a marca já desembarcou em terras brasileiras, além de ser muito bem equipado com diversos acessórios. Um ponto não tão bom assim para os amantes do veículo, é o seu custo elevado, o que acaba assustando diversos clientes da marca, porém para quem procura por sofisticação e luxo, esse é o modelo, sendo um dos mais luxuosos encontrados no mercado na linha dos sedans.

O Hyundai Equus não possui muitas vendas e seus clientes sabem que o carro não é nem um pouco econômico, ou seja, possui um consumo elevado de combustível e suas manutenções são caras.

A empresa da Coreia do Sul ainda não publicou as informações técnicas deste lançamento, portanto abaixo seguem algumas previsões:

– Motor 4.6 com 366 cv; Volante e painel em couro; Bancos também em couro; Automática A8LR1 de 8 marchas Shiftronic; ABS e EBD de quatro canais de última geração; Rodas em liga leve 7,5 J x 18″, com pneus de 245 / 50 / 18; Controle Eletrônico de Estabilidade – ESP; Conexão sem fio Bluetooth; Controle do freio em curvas – CBC.

Por essa ficha técnica é possível ver o quão luxuoso é o veículo e saber o porque do preço alto.

A Hyundai ainda não informou o valor oficial do Equus 2016,  até porque ainda levará um tempo até que a montadora traga esse veículo para o Brasil.

Apenas podemos fazer uma comparação com a última versão lançada aqui no Brasil, onde teria um valor mais elevado do que R$ 320 mil, o que pode ser considerado um preço bem salgado para os clientes do carro.

Por Nádia Neves 

Hyundai Equus

Hyundai Equus

Fotos: Divulgação


Preços das versões Comfortline e Highline serão, respectivamente, R$ 144.500 e R$ 151.300.

A Volkswagen apresentou o oitavo Passat há uma semana, em São Paulo. O sedan da linha 2016 terá as venda iniciadas no primeiro mês do próximo ano. Os preços das duas versões – Comfortline e Highline – serão respectivamente R$ 144.500 e R$ 151.300 sem os opcionais.

Exteriormente, o veículo ficou mais largo, aumentando a capacidade do porta-malas para 586 litros. Consequentemente, o espaço interno cresceu e a dianteira ficou baixa para um design mais esportivo.

O modelo Comfortline não mudou no interior, mas vem, como no 2015, bem equipado. O ar-condicionado digital tem três zonas. O computador de bordo possui tela touchscreen com 6,5 polegadas e GPS. O painel conta com entradas para cartão SD e USB. A direção é elétrica e multifuncional. O Passat tem os sistemas de comandos por voz, partida sem chave, start-stop, sensores de chuva e de estacionamento dianteiros e traseiros, abertura de porta-malas por sensor de movimento dos pés e freio de estacionamento eletrônico. Os bancos são totalmente ajustáveis, aquecíveis e em couro. O único opcional é o teto solar elétrico.

Nos quesitos segurança e potência, o Comfortline vem com controle de tração e estabilidade, seis airbags, controle automático de aceleração e frenagem – com distribuição da ação dos freios, assistente de partida em rampa e detectores de fadiga e pressão dos pneus. O motor é um 2.0 turbo que gera 220 cavalos de potência. As rodas são de 18 polegadas.

O Highline tem como adição o sistema easy-entry, que recua o banco para a entrada do motorista e o coloca em posição original após a sentada, apoio lombar com massageador para quem guia, câmera traseira e retrovisores elétricos com memória de posição. Por fora, os adicionais são faróis de LED com assistente de luz alta. O motor é o mesmo que na versão mais barata, bem como os itens de segurança e potência.

Os opcionais do Highline fazem parte do chamado Pacote Premium. Abrange teto solar elétrico panorâmico, sistema Dyscover Pro composto por rádio com DVD e tela de 8 polegadas touchscreen, App Connect, HD de 60GB, ajuste elétrico dos bancos e mais entradas de USB e SD. O sistema Pro-Active traz proteção proativa dos passageiros, assistente de estacionamento e piloto automático de velocidade com frenagem independente.

Por Bruno Klein

Volkswagen Passat

Volkswagen Passat

Fotos: Divulgação


Carro elétrico tem previsão de ter sua produção nacional iniciada em 2017 na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro.

O ano de 2016 vem se mostrando cada vez mais como o ano da revolução dos carros elétricos aqui no Brasil. Primeiramente foi informada pela Kia a produção do Soul elétrico, e agora a Nissan entra com o Leaf para competir no mercado dos veículos elétricos no país. E para o ano de 2017, a expectativa é que a produção nacional do automóvel se inicie na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro.

Embora ainda não seja comercializado no Brasil, a Nissan confirmou a importação de exemplares do veículo para o país.

O veículo elétrico chega ao mercado nacional com novidades. A principal delas se encontra na autonomia do automóvel que será aumentada em 120 km. A versão atual do carro possui autonomia de 150 km com a bateria totalmente carregada, já o modelo 2016, que será comercializado no Brasil alcançará incríveis 270 km.

João Veloso Jr., diretor de comunicação da Nissan no Brasil, afirmou em entrevista a conceituada revista Quatro Rodas, que a empresa tem como objetivo de produzir o veículo no ano de 2017 aqui no Brasil utilizando o sistema CKD, onde as peças são produzidas no exterior, chegando prontas aqui, porém, com a montagem do veículo sendo feita nacionalmente.

Para o ano de 2020 a expectativa é que o veículo seja 100% produzido no Brasil. Outra possibilidade destacada por Veloso Jr., é a possível produção nacional do furgão E-NV200 da empresa.

O que faz com que a empresa se importe tanto com o mercado brasileiro é o fato de que o governo garante a isenção do IPI (imposto sobre produto industrializado) sobre veículos elétricos.

Após a aprovação da resolução que isenta os veículos elétricos, veículos com propulsão a hidrogênio e híbridos do tipo plug-in da taxa de importação, espera-se que o mercado desse tipo de veículo cresça consideravelmente no Brasil, pois isso pode causar uma redução do preço final do produto importado em torno de 30%.

Com a redução do imposto, estima-se que o preço do Leaf no Brasil seja de R$ 140 mil, e mais barato ainda após a produção nacional do produto.

Por Igor Furraer

 

Nissan Leaf no Brasil

Nissan Leaf no Brasil

Fotos: Divulgação


Novo modelo a diesel conta com motor 2.2 de quatro cilindros com 190 cv e 43 kgfm de torque e tem preços que partem de R$ 218.100.

A última terça-feira, 27 de novembro, foi bastante marcante para a Land Rover, haja vista o lançamento das versões a diesel da Land Rover Discovery Sport. Vale ressaltar que este modelo era bastante aguardando no mercado de automóveis. Para aqueles que estão interessados, saibam que o lançamento da Land Rover vem acompanhado de um motor 2.2 de quatro cilindros com 190 cavalos e 43 kgfm de torque. Já no câmbio não houve mudanças: permanece o câmbio de nove marchas que é responsável por equipar as configurações a gasolina do mesmo modelo.

O preço sugerido da Land Rover Discovery Sport diesel parte de R$ 218.100. Com isso, o preço inicial pode sair até R$ 36,6 mil a mais do que as versões a gasolina. Apesar disso, grandes destaques fizeram com que o preço aumentasse um pouco: o já citado torque de 43 kgfm além da autonomia que, segundo a montadora, pode chegar até nada menos que 900 km com um único tanque.

O lançamento da Land Rover manteve os já tradicionais itens dessa versão, dentre os quais: sistema Terrain Esposen que é capaz de selecionar os tipos de terreno para a utilização do 4×4, freios ABS, sistema eletrônico de distribuição de frenagem, controle de tração, controle eletrônico de descida de ladeira, assistente de frenagem de emergência, frenagens em curvas dentre outros itens.

Além disso, outro grande destaque deste lançamento é o grande pacote de itens de série. Dentre os principais itens desse modelo, podemos destacar: sistema de entretenimento com tela touchscreen de nada menos que 8 polegadas, retrovisores elétricos, sete airbags, conexão Bluetooth, sistema de ignição start/stop dentre outros itens.

Além disso, o cliente que optar pela compra da versão SE também terá a sua disposição os seguintes itens extras: bancos de couro, ar condicionado bizona, rodas de 18 polegadas, sensor de estacionamento com câmera de ré e faróis de neblina.

A versão top de linha desse lançamento é o HSE Luxury que vem acompanhado de: iluminação interna configurável, teto solar panorâmico, sistema de áudio Meridian com 16 alto-falantes e um subwoofer, rodas em liga leve de 19 polegadas, dentre outros itens.

Por Bruno Henrique

Land Rover Discovery Sport diesel

Land Rover Discovery Sport diesel

Fotos: Divulgação


Nova linha conta com modificações visuais e mecânicas e novos acessórios. Preços partem de R$ 38.995 e podem chegar a R$ 63.535.

A grande e renomada fabricante de veículos automotores Hyundai lançou o novo HB20. Além de algumas modificações visuais e mecânicas, essa novidade também ganhou novos acessórios em todas as suas versões, contudo, os principais destaques somente serão ofertados na versão premium, a topo de linha. Infelizmente, nessa linha 2016 o HB20 será ainda mais caro e será comercializado por valores que vão de R$ 38.995 até R$ 63.535.

Após ter declarada a guerra da fabricante contra o MyLynk, sistema de multimídia utilizado no concorrente Chevrolet Onix, a principal atrativo que a Hyundai inseriu nesse novo HB20 foi a nova central de multimídia chamada blueMedia. A presença do sistema CarLink, permitirá que os smartphones que utilizam como sistema operacional o Android da marca Samsung e LG sejam espelhados, o que inclui Waze, contudo, o detalhe que irá desagradar muitos consumidores é o fato de que celulares de outras marcas poderão não funcionar. A fim, de contemplar um número maior de smartphones, a partir do ano que vem a central multimídia também terá a presença do Apple CarPlay.

Este hatch da fabricante coreana continua sendo ofertado aos consumidores com dez configurações distintas, sendo que em todas houve reajuste nos valores.

As versões ofertadas pela fabricante serão as seguintes: Comfort, Comfort Plus, Comfort Style e a topo de linha Premium. Na versão mais básica, a Comfort os principais itens de série são ar-condicionado, direção hidráulica, rádio com entrada auxiliar para Bluetooth e USB, comandos integrados no volante, travas e vidros elétricos na parte dianteira.

Como versões intermediárias temos a Comfort Plus e a Comfort Style. Já a versão topo de linha, a Premium traz como novidade airbags, faróis com luzes diurnas de LED e ar-condicionado automático. Os demais acessórios são frisos dos vidros laterais cromados, acendimento automático dos faróis, maçanetas cromadas, revestimento de couro no volante e na alavanca de marchas, banco traseiro bipartido e sensores de ré, esta versão ainda conta com opcional de revestimento dos bancos em couro na cor marrom.          

Por Adriano Oliveira

Hyundai HB20 2016

Hyundai HB20 2016

Fotois: Divulgação


Produção do modelo será na fábrica localiza em Goiana, Pernambuco, e terá três tipos de carroceria: sedan, hatch e perua.

O sedan médio da Fiat, o Aegea, será produzido Brasil. A sua produção está atualmente foca na Turquia, porém uma expansão do mercado levará a Fiat a dar início à produção do veículo no Brasil, e também na Índia.

A notícia foi lançada por um site de Portugal, chamado Auto Monitor, onde mais detalhes foram passados sobre a localidade de produção no mercado brasileiro. O Aegea, que a pronúncia correta é Egea, será montado no mesmo local onde o Jeep Renegade é produzido, na nova fábrica da FCA, Fiat Chrysler Automobiles, em Goiana, Pernambuco.

Também, de acordo com o site português Auto Monitor, essa é uma aposta da marca italiana, visando principalmente os mercados de países emergentes, e também o continente europeu.

O carro terá três tipos de carroceria, o já mencionado sedan, e outros dois tipos, o hatch e a perua.

Os prazos para início da produção brasileira não foram divulgados, porém a fábrica na Turquia, localizada em Bursa, dará início às atividades no próximo ano, ou seja, 2016. E terá a função de exportar o modelo para todo o mercado europeu.

Para o ano que vem, a Fiat tem como meta de produção na fábrica turca a montagem de 580 mil unidades do sedan, e de uma forma mesclada, 700 mil exemplares da perua e do hatch.

O que nos resta, então, é esperar um pronunciamento oficial da FCA, sobre o início da produção brasileira do substituto do Linea.

Com várias versões de acabamento, o Aegea, terá ainda quatro opções de motor, duas a gasolina, e duas a diesel. O câmbio estará disponível nas formas manual e automático, e a potência do veículo estará disposta entre 95 e 120 cv.

O Aegea vem para o Brasil em uma tentativa da Fiat de alcançar números mais expressivos no mercado nacional, trazendo a produção para o país a fim de oferecer preços mais atrativos.

Por Igor Furraer

Fiat Aegea

Fiat Aegea

Fiat Aegea

Fotos: Divulgação


A princípio o veículo será vendido na Índia com preços que variam entre US$ 3.885 e US$ 5.340.

A grande e renomada empresa fabricante de veículos automotores Renault fez a divulgação oficial na última sexta-feira, dia 25 de setembro de 2015, a respeito dos valores de comercialização do seu mais novo lançamento, o Renault Kwid, veículo este que foi apresentado na Índia no mês de maio deste ano. Na Índia esta novidade da Renault irá custar entre US$ 3.885 e US$ 5.340, valores estes que ao serem convertidos na moeda nacional dão em torno de R$ 15.433 e R$ 21.227, respectivamente. Ao que tudo indica este novo modelo tem grandes chances de ser fabricado aqui no Brasil também, tendo em vista que, segundo as notícias oriundas dos bastidores da empresa, a Renault tem o objetivo de lançar, em breve, um veículo que irá custar em torno de R$ 30 mil para fazer a substituição do veterano Clio que será aposentado.

Apesar de ser considerado um hatch, o Renault Kwid, devido ao seu design, assumiu um visual idêntico ao dos mini utilitários, sendo que as suas linhas nos faz recordar do Sandero. Conforme as notícias que já estão sendo veiculadas na imprensa internacional, este novo modelo da Renault será fabricado aqui no país com a nobre missão de assumir o papel de ser o veículo mais barato da fabricante na América Latina. Contudo, após ser procurada, a Renault do Brasil salientou que ainda não há uma posição oficial a respeito do modelo.

O Kwid é um veículo que mede 3,68 m de comprimento e possui uma altura do solo de 18 cm. A sua tração é dianteira. A versão que será comercializada na Índia contará com um propulsor 0.8 litros composto por três cilindros e câmbio manual de cinco marchas.

Já aqui no Brasil, alguns especialistas já estão arriscando em afirmar que o Kwid chegará por aqui com um propulsor capaz de produzir uma potência máxima de 60 cavalos e outra versão que terá um propulsor 1.0 de três cilindros que será capaz de produzir uma potência máxima de 80 cavalos.

Na parte interna, o veículo pode ser equipado com uma tela multifuncional de sete polegadas com tecnologia de sensibilidade ao toque, travas e vidros elétricos, bem como ar-condicionado, porém o que deve ser modificado em relação ao modelo comercializado na Índia com o modelo que será comercializado por aqui serão os materiais utilizados, uma vez que os materiais utilizados por lá são inferiores aos utilizados nos veículos daqui.

Por Adriano Oliveira

Renault Kwid

Renault Kwid

Renault Kwid

Fotos: Divulgação


Modelo tem motor V8 4.0 biturbo com torque de 81,5 mkgf, capaz de gerar 600 cv de potência e chegar a 300 km/h.

A montadora alemã Mercedes-Benz, também conhecida como a “estrela da tecnologia”, não para de fazer projetos de novos lançamentos, criando carros clássicos ou esportivos marcados pela potência, velocidade e inovação. Carros que chegam ao mercado sempre para causar frisson em quem gosta de um automóvel lindo e cheio de recursos tecnológicos. Foi com essa proposta que o Mercedes-AMG C63 S foi elaborado, objetivando proporcionar não apenas conforto como muita potência aos seus proprietários.  

O Mercedes-AMG C63 S é um sedan simplesmente perfeito, com dimensões dignas de um grande carro e, agora, com o incremento de ter 600 cv de potência, todo o seu conforto virá acompanhado de uma velocidade que pode chegar até 300 km/h.

Antes, sem esses 600 cv de potência, a máxima velocidade alcançada pelo C63 S é de 250 km/h, o que também não é nada mal, não é mesmo?  

O motor desse novo Mercedes é V8 4.0 biturbo com torque de 81,5 mkgf, com isso em apenas 3,8 segundos a 100 Km/h – tudo com a melhor aceleração através do sistema Race Start. Como se pode observar, não veio para “brincar em serviço”, essa grande novidade da Mercedes, com o ideal de unir potência, conforto e muita tecnologia em uma única máquina.

O conforto na parte interna do carro é de fazer com que seja um verdadeiro prazer dirigir o carro. Bancos de couro, injeção eletrônica, travas elétricas, ar condicionado, vidros elétricos, computador de bordo, airbag para a segurança de todos os ocupantes do carro, rodas de 40 polegadas, e um design que faz dele um dos carros mais charmosos e cobiçados do mundo.  

O preço do Mercedes-AMG C63 S com 600 cv também é de causar suspiros, pois, em dólares, ele custa em média U$$ 209.900,00, o que convertendo em reais, custa cerca de R$ 620.000,00. Com uma informação dessas, dá para se perceber que só mesmo os milionários podem cogitar tomar posse do Mercedes-AMG C63 S com 600 cv de potência.         

Por Michelle de Oliveira

Mercedes-AMG C63 S

Mercedes-AMG C63 S

Fotos: Divulgação


Terceira geração do modelo tem previsão de chegar às concessionárias no final deste ano, com um visual renovado e mais modernidade.

A segunda geração do Citroën C3 já tem data para sair do mercado. O modelo que foi apresentado em 2009 dará lugar a terceira geração, mais moderna e com visual renovado, que chega às concessionárias provavelmente no fim do ano.

A nova linguagem visual do compacto já foi adotada em outros modelos da marca, a exemplo do C4 Palas e do Cactus. A novidade da terceira linhagem do compacto é as diferentes opções de personalização, além de recursos de conectividade mais amplos.

Como nas versões anteriores, uma das apostas da montadora para atrair o público é o design diferenciado. Entre as mudanças estão o estilo mais ousado das luzes de LED, que agora ficam posicionadas acima dos faróis.  Uma mudança já vista no C4 Picasso.

Novo para-brisas:

O destaque fica por conta do para-brisa Zenith, que proporciona um aumento no campo de visão. Com ele, o condutor ganha mais campo de visão e uma experiência sensorial ampliada. Ele mede 1.350 mm de comprimento, aumentando em 80º no ângulo de visão. A Citroën estendeu o vidro e redesenhou a cabine, acompanhando o design da carroceria mais arrojado e dinâmico.  

Motorizações:

O C3 2016 estará disponível nos motores iFlex de 93 cavalos (manual) ou VTi 120 Flex Start de 122 Cavalos (transmissão automática). O compacto se destaca pelo torque e potência, completos por uma aparente economia de combustível nas duas opções de motorização.

Também haverá diferentes opções de câmbio manual (Origine, Attraction, Tendance e Exclusive – todas 1.5) e automático (Tendance e Exclusive – com motor 1.6). Informações quanto ao desempenho de aceleração ainda não foram divulgadas.

Principais itens de série:

Entre os itens de série da versão Tendance estão a direção elétrica, o trio elétrico, ar condicionado, central multimídia com GPS e rodas de liga leve. Trata-se de um compacto bem completo. Todas as versões contam com freios ABS e o airbag duplo de série.

Por Ana Rosa Martins Rocha

Novo Citroen C3

Foto: OmniAuto


Rumores indicam que a versão perua do modelo tem o design inspirado na XC90.

A expectativa pela chegada do novo Volvo S90 é grande. Depois da – bem recebida – chegada do XC90, a Volvo se prepara para o lançamento do substituto do S80, que alguns espiões já conseguiram ver e contaram um pouquinho sobre o que viram.

O modelo sueco que chega para substituir o S80 ficou escondido até que esta segunda-feira (24), quando se teve acesso às primeiras imagens do novo Volvo, na versão perua (V90, que vem para substituir o V70), em seus testes finais. O S90 é criado sobre a plataforma SPA, a mesma utilizada na XC90. Os motores do novo sedan são os mesmos do SVU: 2.0 litros de 4 cilindros (diesel ou gasolina), 2.0 litros turbo a gasolina (nas versões 316 cv e 407 cv).

O carro estava muito bem camuflado, em uma tentativa de escondê-lo e manter o segredo até a data de seu lançamento – que certamente será em breve, pois a informação que se tem é de que chegará ao mercado ainda em 2015, mesmo assim, percebeu-se o design muito inspirado no da XC90. Sobre o seu interior, sabe-se que seguirá a nova linha visual da Volvo, mas não se conseguiu nenhuma imagem de seu interior.

De acordo com fontes da montadora, o modelo S90 oferece mais espaço interno, tem uma qualidade mais elevada e é mais premium que o S80. Esse modelo chega para disputar espaço com modelos como o Jaguar XF, o Mercedes-Benz Classe E, o BMW Série 5 e o Audi A6. É uma grande responsabilidade marcar território com todos esses “classudos” no páreo – mas é sabido que feio a Volvo não faz.

Com relação a preços, os clientes podem esperar um valor levemente mais alto que os modelos das montadoras citadas, mas com um diferencial: o Volvo S90 virá com mais opcionais de fábrica. A montadora diz que os clientes podem esperar grandes coisas do novo modelo.

Por Elia Macedo

Volvo S90

Foto: Divulgação


Novo modelo terá novos itens de série e será vendido por preços que partem de R$ 65.590.

Foi lançada a nova linha da Fiat para o Doblò 2016. O modelo vai chegar ao mercado brasileiro com alguns novos itens de série. Ele, porém, não vai apresentar alterações em termos de visual ou de motor.

De acordo com dados da Fiat, o Fiat Doblò Attractive, que é a versão de entrada, contará agora com ar-condicionado vindo de fábrica. Outro item que agora estará presente no modelo é o volante com a regulagem de altura.

Na versão mais top, a Adventure, o Doblò chegará com o sistema rádio Connect e o sensor traseiro de estacionamento. O modelo Cargo, utilizado para trabalho, a novidade será apenas nos seus faróis que agora conta com uma máscara negra. Essa versão tem os motores 1.4 ou 1.8 litros como opções.

O Doblò Attractive sai por um preço de R$ 65.590 com motor 1.4 Flex. Para o modelo Essence com propulsor 1.8 de 16 válvulas, o custo é de R$ 69.990. O modelo Adventure que conta com uma motorização 1.8 16 válvulas Flex, o preço aumenta para R$ 76.550. Ainda há a opção Cargo com motor 1.4 ou 1.8 com preços variando entre R$ 52.080 e R$ 58.090, respectivamente.

Carro camuflado da Fiat chama atenção em São Paulo:

Um carro da marca italiana, com várias camuflagens, logo chamou a atenção de vários curiosos na Avenida Paulista, em São Paulo, neste dia 25 de agosto.

O carro estava coberto com uma camuflagem na cor preta e a placa era da cidade de Betim, em Minas Gerais. Ele foi visto circulando na avenida e pode ser que seja um novo lançamento da Fiat para o nosso mercado.

Muitos detalhes do carro estavam escondidos e não deu para nenhum curioso fazer algum palpite sobre o modelo. Porém, como o veículo estava rodando com uma placa verde, que é utilizada por veículos que estão passando por fase de teste para verificar o desempenho em ruas, é bem provável que se trate mesmo de um novo modelo da Fiat. 

Fiat Doblo 2016

Fiat Doblo 2016

Fiat Doblo 2016

Fotos: Divulgação


Rumores indicam que o novo modelo terá um capô com formato abaulado, uma grade frontal maior e com nova moldura cromada dotada de ângulos bastante afilados e como opcional um propulsor 1.6 turbo.

A famosa fabricante de veículos automotores Hyundai fez a divulgação oficial de que realmente irá fazer a revelação da nova geração do sedan médio Elantra no próximo Salão de Los Angeles, evento este que irá ocorrer no mês de novembro nos Estados Unidos.

Até chegar o dia da apresentação oficial deste veículo, a fabricante sul-coreana está dando várias pistas a respeito de como será o visual deste modelo, sendo que, inclusive, já foi divulgada uma ilustração em que o carro aparece parcialmente coberto e fica sob um jogo de sombras e luzes.

A partir da visualização desta imagem, muitos detalhes deste novo Elantra puderam ser vistos com muita nitidez, tais como o novo capô com formato abaulado, o qual é uma tendência que estreou no mercado com a geração atual do BMW Série 3. Além dessa novidade foi possível ver também que a grade frontal do veículo além de apresentar um tamanho maior irá ganhar uma nova moldura cromada dotada de ângulos bastante afilados, detalhe este que traz lembranças dos modelos mais recentes lançados pela Audi.

Já nas partes laterais, o que pode ser observado é que os vincos serão bastante salientes, detalhe este que é feito como tradição da montadora Hyundai, principalmente na região inferior da base dos vidros laterais.

Quanto aos demais detalhes, a traseira será curta e foi desenvolvida no estilo fastback, detalhe este que ficou bastante análogo com o que é visto no sedan elétrico Model S, da fabricante Tesla.

Notícias de bastidores ainda dão conta de que este próximo Elantra irá ter como opcional um propulsor 1.6 turbo, o qual terá a capacidade de produzir uma potência máxima de 175 cavalos, motor este que fez a sua estreia recentemente no novo Tucson, bem como no modelo ix35.

O atual modelo do Elantra está sendo comercializado, aqui no Brasil, com preço a partir de R$ 85.095 e sai de fábrica com um propulsor 2.0 aspirado flex capaz de produzir uma potência máxima de 178 cavalos e um torque de 21,5 kgfm, motor este que trabalha em conjunto com um câmbio automático dotado de seis marchas. 

Por Adriano Oliveira

Novo Hyundai Elantra 2016

Foto: Divulgação


Novo modelo é um dos mais esperados do mercado e será apresentado de maneira online em outubro deste ano, e apresentado oficialmente ao público em novembro de 2015 ou em janeiro de 2016.

O BMW M2, um dos carros mais esperados, será revelado em outubro deste ano. A primeira apresentação do carro será transmitida de forma online, e para o público a BMW M2 será apresentada oficialmente no Salão de Los Angeles em novembro ou em janeiro no Salão Detroit.

Ainda não se sabe muitas informações sobre o novo carro, mas o esperado é que as primeiras fotos sejam ser vistas nas próximas semanas. Além disso, há rumores que o BMW M2 chegue ao mercado em março e abril do próximo ano. No lançamento do automóvel ele poderá ser encontrado nos seguintes tons de cores: azul (Long Beach Blue), branco (Alpino White), cinza (Mineral Grey) ou preto (Black Sapphire).

A expectativa é que o BMW M2 tenha um motor 3.0 e que seja biturbo, consiga desenvolver 370 cv de potência e tenha 47,42 de mkgf de torque. Além disso, a aceleração deve resultar de 0 a 100 Km/h em uma média de 4,5 segundos. Entre outros recursos, a velocidade máxima é limitada de forma eletrônica em 250 km/h. Todavia, essas informações só podem ser realmente confirmadas quando o automóvel for lançado no mercado. O valor também é desconhecido.

Outras novidades:

Sabia que a quinta geração do Astra foi lançada na Europa? O carro será apresentado ao público de forma oficial no Salão de Frankfurt nos dias 17 a 27 de setembro deste ano. Uma das principais mudanças no automóvel foi o seu design e a arquitetura que foi renovada de forma completa. Além disso, dependendo do modelo, o carro pode chegar a pesar 200 Kg mais leve se comparado com a geração anterior.

A nova geração tem várias novidades tecnológicas e modernas como, por exemplo, piloto automático adaptativo, central multimídia com tela de 8 polegadas, além de 4G e sistema que avisa o motorista caso ocorra mudança involuntária de faixa.

Gostou de saber das novidades? Deixe a sua opinião!

Por Babi

BMW M2

Foto: Divulgação


Novos motores V6 e V8 turbo e a gasolina serão fabricados para novos modelos do grupo Volkswagen.

Duas das mais famosas montadoras do mundo dos automóveis estão com uma parceria para produzir uma família de novos motores sobrealimentados destinados para os novos modelos do grupo Volkswagen. Audi e Porsche firmaram compromisso para desenvolver os novos modelos de motores V6 e V8 turbo e a gasolina.

De acordo com o afirmado no site de notícias automobilísticas Autocar, os dois motores levariam o nome de KoVoMo (código que significaria Konzen Vee Otto Motoren) e possivelmente usariam um turbocompressor de gás, mas eventualmente os dois motores poderiam ser substituídos pelos equipados com um turbocompressor movido a energia elétrica. Os turbocompressores elétricos garantirão uma resposta melhorada em baixas rotações e menor consumo, além de menor emissão de poluentes.

Pouco se sabe sobre o projeto, mas o que pode-se descobrir é que os modelos dos motores utilizarão arquitetura de 90 graus, onde cada cilindro terá aproximadamente 500cc de capacidade. Isso quer dizer que os motores V6 serão de capacidade 3.0 litros e os modelos V8 serão de capacidade de 4.0 litros. A arquitetura dará ainda tolerância de produções de motores maiores ou menores.

Alguns rumores dizem que o projeto poderia ainda sofrer uma alteração. Há boatos de que a montadora poderia introduzir, eventualmente, um motor V6 de nível de entrada que deslocaria 2.5 litros e usaria o processo de combustão de ciclo denominado Atkinson.

Se tudo correr bem, os dois modelos, V6 e V8, poderão ser usados em uma grande variedade de modelos, como os da Bentley, Audi, Porsche, Lamborghini e Volkswagen.

Com o desenvolvimento dos dois motores, a Porsche e a Audi se aperfeiçoam e se aproximam cada vez mais das novas tendências do mercado que preza alta performance, com a preocupação constante com a natureza. Os motores desenvolvidos dariam aos clientes essas duas opções, e têm grandes chances de serem o futuro modelo da maioria dos outros motores semelhantes.

Por Patrícia Generoso

Motor parceria entre Audi e Porsche

Foto: Divulgação


Novo modelo chega ao Brasil com novidades na parte mecânica, tecnológica e estética.

Muito diferente do que acontece com os veículos automotores fabricados e comercializados aqui no País, em que as inovações ficam somente por conta da parte estética, o sedan executivo A6 da Audi chega ao Brasil com uma extensa lista de novidades, as quais foram feitas na parte mecânica, tecnológica e estética do carro.

Em princípio, este veículo será comercializado aqui no País apenas em duas versões, a Ambiente que possui o propulsor 2.0 litros modelo TFSi e a versão Ambition dotada de um propulsor 3.0 litros de seis cilindros em V. O sedan A6 ainda traz consigo diferentes modelos de carrocerias, tendo como opcionais a  carroceria A6 sedan, que além de ser a mais clássica é a mais tradicional do modelo, e a S6 que equipa a versão mais apimentada deste veículo, a Avant RS6, que é a perua esportiva do modelo, juntamente com a perua todo terreno Allroad.

Esta nova versão do Audi A6 chega ao País medindo quase incríveis 5 metros de cumprimento e outros 3 metros de entre-eixos, dimensões estas que sem sombra de dúvidas são capazes de oferecer conforto de sobra não só para os condutores do veículo, mas também para os passageiros, além do prazer imensurável de se dirigir um veículo da marca das quatro argolas.

Na motorização 2.0 este veículo será capaz de produzir uma potência máxima de 252 cavalos e na V6 inacreditáveis 333 cavalos, configurações estas que trabalham juntamente com uma transmissão do modelo S Tronic que é dotada de um sistema de dupla embreagem e sete velocidades.

Como não podia ser diferente, todos os tipos de controles eletrônicos possíveis e esperados em um carro deste nível estão presentes neste novo A6, sendo que o outro diferencial deste veículo está no quesito segurança, uma vez que nele o consumidor encontra de série seis airbags que servem para fazer a absorção das forças resultantes de uma possível colisão.

Ainda este carrão traz acessório de altíssima qualidade, tais como, sistema de som com conforto acústico de primeira linha, na versão Ambiente faróis de gás xenônio, na versão Ambition eles são de LED o que substitui com muita qualidade as lâmpadas convencionais.

Com relação aos demais detalhes este veículo dispensa comentários, uma vez que tanto no acabamento, os materiais utilizados e os acabamentos são sensacionais.   

Por Adriano Oliveira

Audi A6

Audi A6

Audi A6

Fotos: Divulgação


Novo modelo deverá ser menor que o Sportage e entrará no mercado para competir com os modelos HR-V, Jeep Renegade, Nissan Juke e Opel Mokka.

Um dos segmentos do mercado automobilístico que vem crescendo bastante e gerando muito lucro para as montadoras é a categoria dos SUVs. Esse seguimento vem ganhando cada vez mais destaque e atraindo muitos. Dessa forma, visa aproveitar o bom momento dessa categoria e também competir de igual para igual com as demais marcas, a Kia também planeja entrar forte neste segmento. Confira mais detalhes na continuação desta matéria.

Segundo informa a Automotive News, uma agência de notícia especializada no mundo automotivo, já existe uma colaboração direta da divisão da Kia nos Estados Unidos com a filial da empresa na Europa além da matriz na Coreia do Sul. Essa parceria tem como principal destaque a criação de um crossover que deve ser menor que o Sportage.

Apesar das notícias, é importante destacar que não existem muitos detalhes em relação ao projeto. Porém, recentemente foram flagrados alguns testes de durabilidade que apontam para um modelo com linhas totalmente inspiradas no conceito Niro que foi revelado em 2013.

Um dos principais objetivos de um lançamento de SUV da Kia será de fato a briga direta com outros modelos, dentre os quais: HR-V, Jeep Renegade, Nissan Juke e Opel Mokka. Além disso, é importante ressaltar que o modelo terá uma forte influência da plataforma do compacto Rio, pois o mesmo deve ser uma das bases do SUV da Kia.

Outro detalhe muito importante em relação a este projeto da Kia é quanto à parte mecânica do automóvel. A gama de motores do mesmo deve vir acompanhada de blocos de baixo consumo, com isso, deve ser valorizada a economia de combustível. Dentre os motores está o 1.6 turbo além de ume versão atualizada do já conhecido 1.0 de 3 cilindros.

É esperado que a própria montadora apresente mais novidades em relação a este projeto no decorrer dos próximos meses. Ainda não há informações quanto à chegada desse modelo ao mercado brasileiro, porém, as chances são boas, haja vista os SUVs serem bastante procurado aqui.

Por Bruno Henrique

Kia Niro

Foto: Divulgação


Foram fabricados 184 mil veículos em junho, registrando uma queda de 14,8% se comparado a junho de 2014.

A crise financeira vem afetando as mais diversas áreas da produção econômica brasileira e a área automobilística não iria ficar de fora. No dia 6 de julho a  Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) divulgou os dados de  toda a produção automobilística nacional do mês de junho. Os números divulgados pela entidade revelam que foram fabricados 184 mil veículos no mês, o que revela uma queda de 14,8% se o número for comparado com o mês de junho do ano de 2014 e uma queda de 12,5% se o número for comparado com maio do ano atual.

Se for levado em consideração o percentual acumulado do ano de 2015, a diminuição na produção chega a 18,5%.

Até o momento foram fabricados cerca de 1,277 milhão de veículos no país.  Se forem comparados setores isolados do mercado, a produção de automóveis e veículos leves caiu cerca de 18%, a de caminhões caiu  45,2% e a de máquinas agrícolas e rodoviárias 24,4%. As maiores quedas foram registradas nos veículos de serviços. O que nos faz perceber que o brasileiro mesmo em crise ainda continua comprando os veículos de passeio, mesmo com a economia em uma fase não tão satisfatória. Segundo o presidente da Anfavea, Luiz Moan esse panorama de queda na produção foi determinante para a diminuição da quantidade de funcionários da indústria automobilística.

Durante o primeiro semestre deste ano, foram perdidos cerca de 9,6% dos postos de trabalho, quando comparado com os números registrados no mesmo mês do ano passado.  

Só no mês de junho, a empresa automobilística do país cortou cerca de 1.271 postos de trabalho, como consequência dos ajustes na produção e pela baixa demanda de mercado, o que fez  com que o setor fechasse o sexto mês do ano com cerca de 136.929 empregados, número 0,9% menor do que o mês de maio.

Por Patrícia Generoso

Produção de veículos

Foto: Divulgação


Novo modelo terá 500 unidades produzidas e contará com 740 cv de potência.

Você é apaixonado por carros? Então, vai adorar saber desta novidade: chegou ao mercado a nova versão do SuperVeloce (SV) para o Aventador Roadster, que é fabricado pela Lamborghini. O novo carro será equipado com o super motor 6.5 V12 e ainda conta com 740 cavalos de potência. O anúncio foi realizado no Festival de Velocidade Goodwood e este será o carro mais rápido que a Lamborghini já produziu.

O Aventador Superveloce foi apresentado aos interessados no Salão de Genebra, que está localizado na Suíça, no mês de março. Além disso, o novo carro da marca italiana vai contar com freios de cerâmica, um novo sistema de escape, nova grade dianteira, difusor em fibra de carbono, além da presença de uma asa traseira maior que tem três tipos de ajustes diferentes.

O carro também impressiona, sendo capaz de percorrer 100 Km/h em apenas 2,8 segundos, alcançando uma velocidade máxima de 350 km. Além disso, somente 500 unidades do SuperVeloce serão produzidas.

A Lamborguini também anunciou outra novidade: a fabricação do novo utilitário esportivo Urus, que será lançado no ano de 2018 primeiramente na China, Alemanha, Rússia, Estados Unidos e Oriente Médio. O novo automóvel será fabricado em Sant’Agara Bolognese, na Itália.

Desta forma, se as vendas estiverem dentro do esperado pela empresa, o automóvel passará a ser vendido em outras localidades,  também. O Urus tem uma boa aceitação dentro da empresa. Além disso, o Urus será montado sobre a plataforma PL73, que é a mesma utilizada para a nova geração do Porshe Cayenne e Audi Q7.

O design do novo Urus é bem parecido com o protótipo que foi apresentado no ano de 2012, no Salão de Pequim. Portanto, resta-nos esperar pela chegada do novo SuperVeloce ao mercado – apenas 500 unidades serão produzias- e pelo lançamento do novo utilitário esportivo, Urus.

Gostou das novidades? Que tal repassar essa notícia para os seus amigos? 

Por Babi

Lamborghini Aventador SV Roadster

Lamborghini Aventador SV Roadster

Fotos: Divulgação


Novo SUV terá capacidade para 7passageiros e será comercializado na Indonésia.

A Honda anunciou mais um de seus modelos, e dessa vez a estreia do veículo está programada para o final de agosto, na Indonésia. O novo Honda BR-V teve suas informações e imagens divulgadas oficialmente na última segunda-feira, 29 de junho. O novo modelo se encaixa no segmento SUV tem capacidade para levar até sete passageiros, e foi desenvolvido pela Honda Tailandesa.

Ao que tudo indica, o modelo deverá ser distribuído inicialmente em território asiático. O SUV deverá ser produzido na mesma plataforma do modelo Brio. O BR-V será espaçoso e terá três fileiras de assento. Além disso, o motor que acompanha o modelo deve ser 1.5 litro, que deve ser econômico, aproveitando todo o combustível aplicado para gerar o máximo de desempenho possível.

Não foram divulgados muitos dados a respeito da potência máxima do veículo, porém o mesmo promete uma performance digna de modelos esportivos e bom desempenho. O modelo deverá ter versões com câmbio manual e automático. Além disso, o BR-V contará com um excelente sistema de segurança, que é comum nos modelos produzidos pela Honda.

O Honda BR-V possui design elegante e robusto. Segundo a própria montadora, o modelo tem boa altura em relação ao solo, rodas de liga-leve e design interno trabalhado. Os para-choques do modelo possuem design agressivo em contraste com o para-lama. Além disso, o modelo deve contar com opções de cores vibrantes e vincos nas laterais e porta-malas, dando um estilo mais agressivo.

Ao contrário do HR-V que logo que foi produzido teve a produção efetuada para outros continentes, o BR-V deverá se manter afastado do Brasil, pelo menos inicialmente.

A estreia do modelo deverá ocorrer durante o evento de automóveis Salão da Indonésia no dia 20 de agosto deste ano. O novo modelo BR-V deve chegar ao mercado automobilístico Indiano em 2016. Ainda não existem informações sobre o preço do modelo.

Por Wendel George Peripato

Honda BR-V

Honda BR-V

Fotos: Divulgação


Modelo teve poucas modificações, mas conta com um painel mais moderno e bem mais equipado e motor mais eficiente e potente.

No início do mês de maio, mas precisamente no dia 7, a marca espanhola Seat resolveu matar a curiosidade dos interessados e revelou o Seat Ibiza 2016. E é exatamente sobre ele que vamos falar hoje. O modelo, que é oferecido em terras europeias com carroceria hatch e perua, recebeu apenas leves modificações no que diz respeito ao estilo.

Já na parte de dentro do veículo podemos dizer que a história é ligeiramente diferente já que de equipamento completamente novo vamos encontrar o painel que está mais moderno e também bem mais equipado. De antemão podemos ainda destacar os motores que estão mais eficientes e potentes.

Como foi dito anteriormente as alterações feitas pelo pessoal da Seat foram bem leves. Os faróis que são novos trazem agora também luzes de LEDs diurnas. Um efeito visual que deixa os mesmos com uma cara mais moderna também foi agregado. Podemos contar entre as novidades as rodas de liga leve de aro 16 e 17. A marca também disponibilizou novas opções de pintura para a carroceria. Neste caso, como exemplos podemos citar o vermelho pimenta e o cinza com um nome bem curioso, o Moonstone Grey.

De qualquer forma temos que voltar a falar das mudanças. Mesmo simples elas se fazem presentes e a grande parte delas se encontra exatamente no interior do Ibiza 2016. Em poucas palavras podemos dizer que o carro subiu um degrau nesse ponto. Citamos o painel, pois bem, ele foi completamente redesenhado, agora tem mais detalhes bem perceptíveis. O plástico usado para a confecção do mesmo também tem mais qualidade. Isso fica mais fácil de perceber quando se toca o mesmo e se sente uma certa maciez.

O volante também é novo, os mostradores do painel também. De novidades podemos apresentar o sistema multimídia. Câmera de ré e sensores de estacionamento traseiros e dianteiros estão presentes.

Os motores do Ibiza 2016 são novos. A versão de entrada, para exemplificar, chegará ás lojas com um bloco 1.0 de três cilindros com capacidade para gerar 75 cv de potência. Também vamos encontrar uma opção turbo com 95 cv ou 110 cv. De torque, respectivamente serão 16 kgfm a 20 kgfm.

Por Denisson Soares

Seat Ibiza 2016

Seat Ibiza 2016

Seat Ibiza 2016

Fotos: Divulgação


Rumores sobre o novo modelo dizem que o carro terá mais espaço interno e novidades no design.

A nova geração da Skoda Roomster ainda permanece um mistério, mas alguns modelos foram visualizados durante uma avaliação. Tudo indica que os novos carros serão bem diferentes da última geração. Além disso, a expectativa é que o modelo seja o Candy da Volkswagen e que ele apresenta poucas alterações e conta com o logo da marca.

Entre algumas mudanças, parece que o novo carro vai ter mais espaço interno, o que vai proporcionar mais conforto para os passageiros e motoristas. O desenho também parece que traz novidades e alguns detalhes farão a diferença no novo furgão tanto na parte externa quanto na interna.

Parece que o novo carro também vai manter o mesmo motor e terá opções de diesel, gasolina, câmbio manual ou DSG de dupla embreagem e tração integral. Entretanto, outras informações ainda não foram disponibilizadas e também ainda não foi definida a data de lançamento do carro.

Outra novidade do setor automobilístico é que a Mitsubishi apresentou os novos detalhes do modelo L200 Triton 2015. A expectativa é que o carro seja lançado no fim deste ano e ele é inspirado no Chevrolet Colorado, Ford Ranger e Nissan Navara. O novo carro da Mitsubishi terá muito conforto para dirigir e será ainda mais seguro que o seu antecessor. Além disso, o valor do automóvel será competitivo.  

A Ford também está apresentando novidades como, por exemplo, as mudanças estéticas previstas para o Focus. A marca vai atualizar o visual das versões hatch e sedan, que terão a dianteira inspirada no Aston Martin. O Ford Fiesta Sport também ganhará atualizações como um design esportivo, com a presença de rodas, grade dianteira, retrovisor com cor preta e brilhante e também banco de couro com costura avermelhada, além de saias laterais, spoiler dianteiro e aerofólio traseiro.  A expectativa é que o carro chegue ao mercado no primeiro trimestre.

Gostou das novidades do setor automobilístico? Deixe a sua opinião!

Por Babi

Skoda Roomster

Skoda Roomster

Fotos: Divulgação


Novo modelo conta com chassi mais robusto e resistente à torção, ganhando mais espaço na carroceria e na cabine traseira de passageiros.

A Nissan, famosa montadora japonesa, conhecida mundialmente, traz ao mercado o seu mais novo veículo automotor: Frontier NP 300 2016.

A nova geração da Nissan Frontier NP 300 2016 foi lançada no México e promete um design mais chamativo e robusto. O carro, aparentemente, está sensacional.

A Nissan, desde 2007, não apresentava grandes inovações em seus modelos e, consequentemente, saía um pouco atrás dos seus concorrentes. Atualmente, os modelos, a cada ano, surpreendem mais por seu design inovador e futurístico.

Os designers da marca buscaram um estilo de atleta no qual a Nissan Frontier NP 300 2016 devia se inspirar. E qual foi a categoria escolhida por esses profissionais? O Halterofilista. Fica um pouco difícil compreender e entender esses conceitos de design para quem não é um profissional da área, contudo, podemos dizer que a Nissan Frontier NP 300 2016 ficou com uma cara bem interessante e tende a agradar o público consumidor.

A robustez tão explorada pelo marketing na Nissan Frontier NP 300 2016 não é só questão de propaganda. A Nissan empreendeu no modelo um chassi mais robusto e resistente à torção. Esse fato permitiu que a caminhonete ganhasse mais espaço na carroceria e na cabine traseira de passageiros, fato que permite mais espaço para as pernas e, consequentemente, oferece um pouco mais de conforto ao usuário. Por enquanto, a Nissan anunciou apenas modelos de cabines duplas.

A versão mais cara da Nissan Frontier NP 300 2016 vem com pintura “bedliner”, que possui maior resistência contra choques menores e corrosão.

Apesar da robustez, por dentro o carrão não deixa a desejar. O painel ganhou um tom de preto fosco de bom gosto. Os bancos oferecem conforto. Além disso, a Nissan Frontier NP 300 2016 conta com ABS, vidros, travas e nos modelos mais caros, possui uma central multimídia que faz diferença para os mais apaixonados por tecnologia.

A caminhonete, ainda, não está nos planos da marca para ser vendida no Brasil, haja vista utilizar um motor a diesel Euro 5, um tipo de diesel mais puro. Contudo, o Chile se adequa a esse padrão e deve ser o primeiro país da América do Sul a receber a Nissan Frontier NP 300 2016.

Ficaremos na expectativa!

Por Daniel Alves

Nissan Frontier NP 300

Nissan Frontier NP 300

Fotos: Divulgação


Novo modelo será compacto e será lançado, primeiramente, no mercado indiano.

Foi anunciado pela fabricante de veículos automotores Hyundai, no dia 2 de junho, que a empresa irá trabalhar na produção de um novo utilitário esportivo, porém compacto. Este modelo já tem até nome, o veículo foi batizado com o nome de Hyundai Creta e a montadora já adiantou que ele terá fabricação nos diversos mercados globais que a empresa trabalha, contudo, ao que tudo indica, chegará primeiro ao mercado indiano, local onde a montagem será iniciada já neste segundo semestre do ano de 2015, o que demonstra que a ideia da empresa é apostar bastantes fichas neste novo modelo.

Para aqueles que ficaram curiosos a respeito de mais detalhes com relação a este veículo, ainda não foi divulgado pela montadora nenhum detalhe técnico de maneira oficial a respeito do Creta, todavia, segundo notícias advindas dos bastidores da Hyundai, este carro está em compasso com direção da empresa globalmente.

Os representantes da Hyundai adiantaram também que este nome “Creta” foi escolhido devido ao fato dele ser de fácil aprendizado, bem como por gerar associações mentais positivas, além de ser uma referência à maior e mais populosa ilha da Grécia, a qual no ano de 2014 fazia a ligação do comércio entre os continentes Asiático, Africano e Europeu.  

Independente de como for ficar este veículo, com a fabricação deste carro, fica totalmente comprovado que a Hyundai se tornou mais uma das empresas do ramo automobilístico a estar disposta a explorar também o segmento dos veículos SUVs de pequeno porte, segmento este que está em ascensão em todo o mundo.

Além do Creta, a Hyundai também já fez o lançamento na China do novo ix25, todavia o certo é que o Creta foi lançado pela Hyundai para fazer frente a alguns modelos renomados e que já estão bem estabelecidos no mercado dos SUVs de pequeno porte, tais como, o Honda HR-V, o Ford EcoSport, o Jeep Renegade  e o Renault Duster.

Por Adriano Oliveira

Hyundai Creta

Desenho do Hyundai Creta

Fotos: Divulgação


Edição limitada terá apenas 160 unidades fabricadas.

Uma montadora global está lançando modelo novo este mês de junho. Trata-se da BMW, que acabou de introduzir no mercado uma edição limitada do Série 5 do seu clássico, porém o evento aconteceu no Japão. A série foi denominada de Grace Line, algo como “linha graciosa”, em uma tradução livre, e será um privilégio possui-la, pois a fabricação da versão se limitará a apenas 160 veículos. Imagine qual será a nata que poderá adquirir esse modelo?

O requinte da série está garantido: na parte exterior, o Grace Line vem na cor cinza, as rodas têm 18 polegadas, os faróis vêm com lâmpadas adaptativas de LED e também foram incluídos os faróis de neblina.

Interiormente, o modelo traz bancos esportivos em couro da linha Nappa, volante em “M”. Mas nesse quesito, o diferencial é a possibilidade de se controlar a velocidade, aliado ao sistema de aviso de mudança de faixas. Isso tudo, claro, com o suporte de um painel completamente digital.

E por falar em tecnologia, não é possível deixar de falar nos pacotes inclusos, chamados BMW Live e o BMW Apps. São sistemas que, quando conectados à rede mundial de computadores, proporcional ao condutor, passa informações preciosas para qualquer itinerário, tais como clima, redes sociais, agenda do condutor, notícias e sinal de rádio, por streaming.

No sistema de marchas, mais tecnologia aparece, com o sistema Connected Shift. Este recurso permite a troca de marchas de modo eficiente, economizando os recursos do veículo e aumentando o seu desempenho. Resultado final: mais economia de combustível e mais aceleração.

O BMW Grace Line será mesmo um carro de elite, e isso é facilmente perceptível pelo preço a ser praticado pelas concessionárias. Será comercializado nas versões 523i e 523d nos valores que oscilam entre US$ 57.900 para o motor a gasolina e US$ 59.700 para motor a diesel.

Por Alberto Vicente

BMW Série 5 Grace Line

BMW Série 5 Grace Line

Fotos: Divulgação


Novo SUV traz diversas novidades, principalmente no seu design, com uma nova grade frontal, novos para-choques, novos faróis de LED e novo desenho no capô.

Quem gosta de veículos SUV certamente estava esperando o tão aguardado Mitsubishi Outlander 2016. O carro foi apresentado ao público durante o último Salão do Automóvel de Nova York, em abril, e agora, pouco tempo depois, já é lançado oficialmente no mercado.

O novo Outlander inicialmente chegará ao Brasil como um modelo importado, porém a previsão é que ele se torne o próximo nacional a ser fabricado na planta da Mitsubishi em Catalão, no estado de Goiás.

O SUV aparece com diversas novidades, principalmente na parte visual, já que o modelo antigo não agradou tanto o público quanto a montadora japonesa esperava. Essa era uma das maiores reinvindicações que os consumidores alegavam, e a Mitsubishi anotou as sugestões e apresenta nesse novo modelo.

Isso significa que o Outlander 2016 conta uma nova grade frontal, totalmente cromada, além de novos para-choques. Também foram introduzidos novos faróis de LED, que têm uma moldura cromada, e novo desenho no capô. O cromado também aparece na parte traseira do veículo, mas as lanternas antigas foram substituídas por outro modelo mais discreto.

Internamente, o sistema multimídia vem atualizado, sendo mais moderno, e conta com volante redesenhado. O veículo ainda ganhou novos revestimentos internos. De série, o modelo também vem com rodas de liga leve de 18 polegadas, e um sistema de retrovisor interno eletrocrômico, que serve para evitar o ofuscamento de luzes quando está escuro.

A parte mecânica e funcional também sofreu alterações, que incluem uma nova geração de câmbio automático, modelo CVT, e houve um reforço na parte do isolamento acústico.

O Mitsubishi Outlander 2016 está sendo lançado com duas versões de motorização: um motor de 3.5 litros V6 que gera 227 cavalos de potência, e um outro, com opção de 2.4 litros de quatro cilindros, com potência de 168 cavalos. Os valores partem da casa dos R$ 114.900, podendo chegar a R$ 173.990, dependendo da versão escolhida.

Por Felipe Villares

Mitsubishi Outlander 2016

Mitsubishi Outlander 2016

Fotos: Divulgação


Novo modelo exclusivo terá apenas 3 mil unidades produzidas, com preços que variam de R$ 61.150,00 a R$ 64.690,00.

Algumas montadoras costumam lançar modelos exclusivos de veículos populares, que possuem alguma configuração específica, deixando o carro mais estilizado. E agora é a vez da Chevrolet, que anunciou uma versão especial do Cobalt, batizada de Graphite.

O novo e exclusivo modelo deve ter apenas 3 mil unidades produzidas, com preços que variam de R$ 61.150,00 (na versão de câmbio manual) a R$ 64.690,00 (para a versão com câmbio automático).

Essa série especial pode ser considerada a top de linha do Cobalt, já que ela ganha diversos itens visuais, tornando bem diferente das versões populares. Entre esses itens, estão soleira de alumínio, revestimento especial nos bancos e volante, lâmpadas Blue Vision  – que possuem luz mais branca e brilhante, autorizada para rodar nas ruas, rodas exclusivas de aro 15 polegadas, grade frontal e moldura em preto brilhante no sistema MyLink, e um estilizado tapete em carpete. Tudo isso falando apenas em recursos estéticos.

Falando em funcionalidades, o Cobalt Graphite também apresenta itens exclusivos para a série, como computador de bordo, ar condicionado, retrovisores externos com ajuste eletrônico, faróis de neblina, chave canivete, volante multimídia com ajuste de altura, e sensor de estacionamento. O veículo ainda possui outros dois opcionais, que são: módulo de TV no sistema MyLink, e câmera de ré.

Todas as alterações desse modelo exclusivo da Chevrolet são em termos estéticos e de funcionalidades, já que em termos de motorização não há nenhuma novidade ou alteração. O Cobalt Graphite se mantém com um motor de 1.8 litro flex com quatro cilindros, o mesmo que apresenta as versões LT e LTZ. Essa configuração faz com que o motor gere 108 cavalos de potência rodando no etanol, e potência de 106 cv quando anda com gasolina.

Se você gosta de veículos com muitos recursos, exclusividade, e preço baixo, essa é uma grande aposta que a Chevrolet apresenta ao mercado nacional.

Por Felipe Villares

Chevrolet Cobalt Graphite

Chevrolet Cobalt Graphite

Chevrolet Cobalt Graphite

Fotos: Divulgação


Modelo está sendo considerado o melhor veículo produzido pela montadora. Ele será lançado oficialmente no Salão de Frankfurt, em setembro de 2015.

Foi lançada, recentemente, na Europa a novíssima geração da Skoda Superb, este veículo está sendo considerado por muitos como o melhor veículo produzido pela Skoda. Por alguns anos este veículo foi fabricado sem a presença de sua irmã de maior porte, que é a perua, contudo, apesar de o lançamento ter sido marcado somente para o mês de setembro no Salão de Frankfurt, sendo que as vendas começariam de imediato após o seu lançamento, a Superb Combi teve os seus detalhes revelados antecipadamente.

Este veículo será lançado para ser uma alternativa mais espaçosa e em contrapartida terá um melhor custo benefício em comparação com a Volkswagen Passat Variant. Pelo que foi demonstrado, essa nova geração da Skoda Combi virá com um porta-malas com tamanho bastante avantajado que caberá nada mais nada menos do que 600 litros, além disso, o veículo virá com um design bem elegante, porém sem deixar de lado a agressividade de um verdadeiro sedan, essa agressividade ficou bem marcada nas lanternas traseiras que foram desenvolvidas de forma longilíneas e com recortes retos, o vidro traseiro ficou numa posição bastante inclinada, detalhe este que serviu para sugerir ainda mais a esportividade do veículo, conforme toda perua deve ser.

Já na parte dianteira nada de diferente da versão anterior foi inserido. A construção deste veículo na plataforma MQB, fez com que fosse acrescido 80 mm no entre eixos, fator este que fez com que ocorresse um ganho de 70 mm no espaço entre as pernas nos bancos traseiros. Com relação às motorizações utilizadas, elas são divididas com outros modelos da Volkswagen, sendo que as opções disponibilizadas foram as seguintes: 1.4 TSI de 150cv e 2.0 TSI de 280cv, ambos movidos a gasolina, e as 2.0 TDI com 150cv e 2.0 com 190cv, estas movidas a diesel. Todas estas quatro opções de motorizações contam com o sistema de tração integral. 

Por Adriano Oliveira

Skoda Superb Combi

Skoda Superb Combi

Fotos: Divulgação


Novo modelo é um SUV de luxo que veio para completar a linha de carros da Bentley.

A Bentley é uma das mais cobiçadas e caras marcas automotivas de luxo. Seus veículos são vistos apenas entre os grandes milionários do mundo. Porém, faltava um tipo de veículo para a marca completar sua linha de carros: um SUV de luxo.

Esse ‘problema’ foi resolvido pela montadora britânica, que tem um projeto bem interessante para ser lançado em 2016, o Bentley Bentayga. A marca está criando uma grande expectativa para o lançamento de seu novo veículo, fazendo grandes propagandas e um grande mistério acerca de informações adicionais.

O que se sabe até agora, segundo a própria marca revelou, é que esse deve ser o mais luxuoso e mais veloz utilitário esportivo que o mundo já viu. Seu nome, Bentayga, é em homenagem a uma formação de rochas localizada nas Ilhas Canárias, que ficam ao redor do Marrocos.

Ainda de acordo com a Bentley, o Bentayga é desenvolvido para agradar inclusive os clientes mais exigentes, podendo rodar tanto em off-road como na cidade.

Entre os recursos que a montadora revelou, estão equipamentos como botão sensível ao toque para o motor dar a partida; head-up display, que serve para projetar as informações do sistema de navegação e da velocidade no para-brisa; e visão noturna, exibida em um visor fixado no quadro de instrumentos totalmente digitalizado. Além disso, internamente ele terá um acabamento misto, que engloba madeira, couro e alumínio.

O Bentayga foi desenvolvido utilizando a mesma plataforma do Audi Q7, e contará com uma motorização interessante: um bloco V8 de 4.0 litros biturbo e um 6.0 litros W12. Os dois motores pertencem ao Grupo Volkswagen. Além disso, está prevista uma outra versão, híbrida, para 2017.

Informações adicionais ainda não foram reveladas pela Bentley, como a data oficial de lançamento e seu possível valor. Também não foi divulgado se o modelo será comercializado no Brasil, mas sem dúvida, pela propaganda da marca, teria uma boa fila de espera.

Por Felipe Villares

Bentley Bentayga

Foto: Divulgação


Modelo terá apenas 100 unidades fabricadas e chegará ao mercado no 2º semestre de 2015

Que os veículos da BMW são altamente cobiçados não é novidade. Mas imagina um veículo em que a própria marca assume que é voltado para a esportividade e terá uma versão exclusiva.

Assim será o novo 435i ZHP Coupe, que faz parte da Série 4 da montadora alemã, e foi resgatada de outro modelo que saiu de linha, o ZHP da Série 3, E46.

Várias alterações foram realizadas em relação ao modelo que serve de base. Entre essas modificações, está uma nova grade frontal, que aparece mais escura. Com kit aerodinâmico, o 435i ZHP Coupe vem com splitter dianteiro feito em fibra de carbono, material que também é utilizado no difusor traseiro e no aerofólio.

Mas não foi apenas a parte visual aerodinâmica que foi reformulada: o veículo também apresenta freios M, suspensão adaptativa M, rodas de liga leve com aro de 18 polegadas em cor cinza, sistema de exaustão esportivo feito em aço inoxidável e sistema de direção com ajuste esportivo.

A motorização também foi repaginada, com um modelo de 3.0 litros TwinPower com seis cilindros. Isso faz com que essa nova configuração dê um ganho de 35 cavalos na potência do veículo, passando a oferecer agora 335 cavalos. O torque também foi melhorado, passando de 41,5 kgfm para 45,9 kgfm.

A montadora alemã divulgou que, como versão limitada, serão produzidas apenas 100 unidades do 435i ZHP Coupe. A data de lançamento ainda não foi revelada, porém o veículo deve chegar ao mercado somente no segundo semestre de 2015. O valor também ainda não foi divulgado, e não há especulações sobre qual poderá ser.

Seja qual for o valor, sem dúvida esse novo veículo da BMW deve ganhar uma lista enorme de possíveis compradores, já que versões limitadas costumam ser muito disputadas entre os milionários espalhados pelo mundo inteiro. E você, se tivesse dinheiro, compraria esse novo veículo da BMW?

Por Felipe Villares

BMW 435i ZHP Coupe

BMW 435i ZHP Coupe

Fotos: Divulgação


Modelo foi projetado e desenvolvido por estagiários da empresa na Alemanha. Várias modificações foram feitas, como a substituição do motor para que a potência fosse aumentada.

Para comemorar os 40 anos de um dos veículos mais famosos e admirados da Volkswagen no mundo, o Golf modelo GTi, a montadora alemã apresentou para o público o novo Golf GTI Dark Shine. Este novo modelo foi apresentado na Alemanha, na cidade de Wörthersee.

O Golf modelo GTI Dark Shine foi projetado e desenvolvido por um time de 13 estagiários que trabalham na sede da empresa em Wolfsburg. Estes jovens estagiários têm idade entre 17 e 25 anos, o projeto para criação deste veículo demorou nove meses para ser desenvolvido por eles, tempo este que proporcionou a eles ter uma ampla visão de todas as áreas e processos que abrangem o desenvolvimento de um veículo automotor.

Ou seja, este novo Golf nada mais é do que o Golf GTI dos sonhos destes estagiários. E para realizar este sonho a primeira providência que eles tiveram foi a de acrescentar alguns cavalos no motor do veículo. Para que fosse feito este acréscimo de potência, os estagiários modificaram o motor 2.0 modelo TSI utilizado no Golf GTI, a fim de que este pudesse entregar uma potência máxima de 395cv e um torque de 49,66 kgfm, números estes que para se ter uma ideia são bem superiores ao do Golf GTI comercializado aqui no Brasil, o qual possui apimentados 220 cavalos de potência e um torque de 35,7 kgfm.

Para acrescentar essa força no propulsor do veículo, os estagiários inseriram nele controles eletrônicos modificados e intercooler. O câmbio deste carro conta com seis marchas do modelo DSG, o qual funciona com o sistema de dupla embreagem, mas mesmo assim precisou ser reforçado para suportar o tranco.

Para apresentação ao público, o Golf GTI Dark Shine foi pintado a mão em duas cores bem contrastantes sobre a lataria, sendo que as cores utilizadas foi o cinza metálico e um amarelo perolizado. Já na parte interna, os mesmos tons foram novamente utilizados no console, nos bancos e nos logos, as costuras dos bancos foram confeccionadas em amarelo, fator este que confere aos assentos deste carro um visual totalmente esportivo.

Por Adriano Oliveira

Volkswagen Golf GTI Dark Shine

Volkswagen Golf GTI Dark Shine

Volkswagen Golf GTI Dark Shine

Fotos: Divulgação


Novo material reduz em 50 quilos o peso final do carro, melhorando a dirigibilidade, minimizando os desgastes nos sistemas de freio e suspensão e os ruídos internos.

Foi criado por uma empresa aqui do Brasil um novo material confeccionado de fios de aramida, mesmo material utilizado nos coletes balísticos usado por agentes de segurança pública e privada, baseado na tecnologia da fibra de carbono para ser utilizada na blindagem de carros, este material foi batizado com o nome de Udura Unidirecional.

Este material, após os testes, revelou ser nove vezes mais resistente que as mantas que atualmente são utilizadas nas blindagens automotivas. Além de uma resistência muito maior, este novo produto ainda é muito mais leve, fator este que contribui na durabilidade do veículo, bem como com os impactos da blindagem no desempenho dos carros.

A primeira empresa a utilizar essa nova tecnologia no país foi a GR Blindados, de São Paulo, sendo que o primeiro carro a receber este material foi um Jeep Cherokee. Foi constatado que com a utilização desta tecnologia inovadora há uma redução de 50 quilos no peso final do carro, comparado com o processo de blindagem tradicional.

A instalação desta tecnologia nos veículos é muito mais rápida, além de não sujar e ser totalmente segura. Atualmente, o prazo para a entrega de um carro blindado convencionalmente é de 40 dias, porém com a utilização da tecnologia do Udura Unidirecional este prazo é reduzido para até 15 dias.

Todavia, apesar de todas essas vantagens apresentadas por este novo produto, a principal desvantagem e que com certeza não irá agradar os consumidores em princípio é o valor final desse serviço, tendo em vista que ele fica bem mais caro que o processo de blindagem convencional, valor este que é mais alto devido ao fato de a aramida, matéria prima a ser utilizado, possuir alto custo, bem como o seu processo de produção que é muito mais sofisticado.

Mesmo sendo mais cara, este tipo de blindagem está sendo vista com bons olhos pelos consumidores, principalmente porque esta redução no peso do carro melhora sobremaneira a dirigibilidade, além de minimizar os desgastes que ocorrem nos sistemas de freio e suspensão, bem como os ruídos internos.

A fim de diminuir a depreciação que um veículo blindado sofre no seu valor depois de dois ou três anos de uso, esta tecnologia chegou ao mercado com 10 anos de garantia, fator este que irá contribuir com a revenda destes veículos.

Por Adriano Oliveira 

Carro blindado

Foto: Divulgação


Novo modelo terá motor de seis cilindros em linha 3.0 turbo, com 326 cv e transmissão automática Steptronic de oito marchas.

Uma das grandes apostas da BWM para o mercado automobilístico é, sem sombra de dúvidas, o BMW Série 3. Vale ressaltar que além de mudanças no design, o novo modelo da BMW também dispõe de mudanças importantes na parte mecânica. Outro destaque bastante interessante é que o BMW Série 3 também vem acompanhado de uma nova versão top de linha, mudanças na transmissão, bem como outras novidades que devem agradar ainda mais o público-alvo.

Uma das principais novidades é a nova versão: trata-se da 340i. E um dos principais destaques desta nova versão é o motor de seis cilindros em linha 3.0 turbo com nada menos que 326 cv. O modelo ainda conta com transmissão automática Steptronic de oito marchas. E o principal destaque fica mesmo com o motor 1.5 turbo de três cilindros que consegue render 16 cv. Esse motor também passou a ser integrado à versão de entrada, a 318i.

As atualizações não param por aí, pois a BWM também anunciou que o motor 2.0 quatro cilindros passou a produzir 184 cv na versão 320i e 252 cv na versão 330i. A versão 330i é a substituta da antiga 328i que já não existe mais. Outra excelente novidade ficou por conta da versão 330e, um hibrido plug-in com potência de 252 cv.

E quando o assunto são as novidades em relação aos itens tecnológicos, saibam que o BWM Série 3 não fica para trás. A novidade da empresa alemã vem acompanhada de novo sistema de navegação com conexão 4G LTE. O Head-up Display, por sua vez, sofreu mudanças e agora é oferecido com um visual colorido.

Além disso, é importante destacar que o automóvel também ganhou novidades no design em suas versões. Mudanças na entrada de ar, faróis com novos contornos em LED são algumas das novidades. Também houve mudanças na parte traseira, haja vista as lanternas totalmente preenchidas por LEDs. Já no interior, podemos notar os novos materiais empregados, bem como o novo acabamento cromado de alguns comandos.

Por Bruno Henrique

BMW Série 3 340i

BMW Série 3 340i

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: