Modelo passou por mudanças no design, mecânica e eletrônica.

A notícia de hoje é para aqueles que são fãs de um dos modelos mais conhecidos da Chevrolet, o Camaro. A Chevrolet apresentou recentemente para o mercado a sexta geração do carro, um de seus garotos propaganda, com reestilizações no design, na mecânica e eletrônica do automóvel. Este conjunto de mudanças tornou a sexta geração bem diferente da anterior.

O novo Camaro está mais leve e mais rígido, o que só foi possível graças ao uso de metais nobres extensivos dando 28% mais rigidez e 83 kg a menos no veículo se comparado com a quinta geração.

Outro diferencial do Muscle Car é a compactação de suas medidas. São 4.784 mm no comprimento (sendo 52mm menor que o modelo da quinta geração) e a altura também perdeu 31 mm desse para o modelo anterior.

Se já não bastasse, o motor V8 6.2 aspirado com injeção direta de gasolina, do Corvette, está presente no Camaro. Diante desta combinação, é possível alcançar os 461cv de potência com um torque de 62,9 kgfm tracionados para as rodas traseiras através de um câmbio em formato borboleta no volante, de oito marchas com trocas manuais.

O seletor de modo de condução permite uma condução mais segura e com mais velocidade, proporcionando quatro diferentes personalizações. Ele mantém sempre os freios Brembo com o intuito de garantir a segurança em qualquer passeio.

No interior do veículo a conectividade também fala mais alto, sendo possível o espelhamento de smartphones via Apple Car Play e Android Auto. Existem também outros equipamentos , como o carregador por indução, ar-condicionado de duas zonas , tela customizável com computador de bordo e manômetros indicando a pressão do óleo e de força G.

Na comemoração de 50 anos do modelo, a Chevrolet fabricou apenas 100 unidades do coupé. No Salão de São Paulo houve a entrega de veículos da sexta geração do Camaro saindo pelo valor de R$ 297.000,00. Sendo todos os modelos na cor cinza e faixas no capô. Rodas aro 20" exclusivas, logos especiais e uma plaqueta indicando a versão numerada. Em 2017 é previsto a chegada de modelos Conversível e o SS Coupé, ainda sem valores definidos.

Por Denisson Soares


Carro sofreu uma repaginada e estará presente no novo filme dos Transformers.

Chevrolet Camaro continuará sendo o personagem Bumblebee no novo filme do Transformers. O carro traz a carroceria amarela com uma faixa preta, uma foto do Camaro fantasiado de Bumblebee foi tuitado no início de junho acidentalmente pelo diretor do filme Michael Bay.

O acordo comercial entre a General Motors e os produtores da franquia servirá para promover a sexta geração do cupê esportivo lançada como ano-modelo 2016, porém, o filme só será lançado em 2017, com o nome de "The Last Knight" (literalmente, "o último cavaleiro").

Alguns vídeos amadores já começaram a surgir mostrando trechos das gravações do filme. Em um deles o Camaro/Bumblebee puxa uma fila de veículos que costura entre outros que vão à contra mão. No vídeo original, os carros se movimentam lentamente – a aceleração da cena acontecerá na mesa de edição.

O filme anterior da sequência Transformers “A Era da Extinção” é de 2014. O lançamento do quinto da franquia ganhará o reforço do veterano ator Anthony Hopkins.

O primeiro filme da franquia foi lançado em 2007, mesmo para quem não gosta do filme, é impossível não se impressionar com os carros de Transformers. O filme conta a história de robôs alienígenas que se transformam em supercarros, um mais incrível que o outro.

Na trama de 2014, “A Era da Extinção”, o Autobot Bumblebee é um Chevrolet Camaro SS dos anos 70. O modelo conta com um motor que varia de 350 a 360 cv de potência. Usando seu poder de copiar a forma de outros carros, o Bumblebee faz uma reestilização – no decorrer do filme – e se transforma em um Camaro Concept.

O vilão Andean, dos Deceptcons, se transforma em um Pagani Huayara, um dos modelos mais inovadores do mundo automotivo. O esportivo conta com motor Mercedes-AMG M158 V12 turbo de 730 cv e 1.000 nm de torque.

O chefe da turma do mal, Lockdown, assume a forma de um Lamborghini Aventador, na cor preta com aspecto fosco. O esportivo possui um dos designs mais inovadores do mundo e esconde, embaixo do capô, um motor de 700 cv e 690 nm de torque.

O mais ranzinza dos Autobots, Crosshairs, muda sua forma para um Chevrolet Corvette Stingray. O modelo de alto desempenho conta com um motor V8 de 460 cv de potência e transmissão manual de 7 marchas – ou automática de 6 velocidades.

O samurai Drift, dos Autobots, se converte em um Bugatti Veyron, o carro mais rápido do mundo. O esportivo é fabricado pelo Grupo Volkswagen e chega a uma velocidade máxima de 431,072 km/h, graças ao motor de 1.001 cv de potência – quase 13 vezes mais potente do que um Fiat Uno Vivace 1.0.

O líder os Autobots, Optimus Prime, se transforma em um caminhão Peterbilt 379 personalizado, com o bico mais arredondado do que o tradicional e faróis mais modernos. Esta versão tem motor de aproximadamente 500 cv de potência.

Agora é só aguardar a estreia do novo filme pra se surpreender e “babar” pelos novos modelos dos supercarros de Transformers "o último cavaleiro".

Por Dany Bueno





CONTINUE NAVEGANDO: