Hyundai lançou a versão da Copa do Mundo 2018 para os modelos HB20 hatch e sedan em uma produção limitada a 4,2 mil exemplares.

Fazendo uma alusão à Copa do Mundo da Fifa que está sendo realizada no país da Rússia em 2018, o Hyundai HB20 e também o Hyundai HB20S ganharam uma nova edição muito especial para o mercado brasileiro.

As versões hatch e sedan estão sendo vendidas nessa nova variante de “Copa do Mundo Fifa 2018” desde o dia 15 de abril, tendo como certa base a configuração do Comfort Plus e com motor 1.0 e 1.6 com direito a nova decoração diferenciada no seu visual e no seu interior. A sua produção será limitada a uma média de 4,2 mil exemplares.

“Neste ano que mais uma Copa do Mundo está sendo realizada, a montadora da Hyundai, como uma das patrocinadoras oficiais da FIFA, une as duas maiores paixões dos brasileiros: carro e futebol. Sendo assim como fizemos no ano de 2014, trazendo para a família HB20 uma nova versão totalmente cheia de estilo e com um toque a mais muito oportuno com TV Digital integrada à sua central de multimídia. Naquela ocasião, a série foi especial e esgotou-se muito rapidamente, antes do início da Copa já havia acabado, e marcou uma nova era dessa sequência de sucesso em Séries Especiais do modelo HB20, que contêm um elevado valor agregado e também um preço final muito competitivo”, declara Angel Martinez, um dos diretores-executivos de Vendas e Marketing em Pós-venda da montadora Hyundai Motor no Brasil.

No seu novo visual, há uma espécie grade dianteira e uma borda na cor Cinza tipo Titanium, faróis possuindo uma máscara negra, as lanternas de Clear Type exclusivas do modelo topo de linha o Premium, seus retrovisores também na cor Cinza Titanium e repetidores de seta, suas maçanetas são cromadas, os logotipos da competição em seus para-lamas da frente e suas rodas de liga leve possuindo 15 polegadas em tonalidade grafite as mesmas do primeiro HB20 Premium.

Já o seu interior oferece os bancos em couro e um tecido na cor preta possuindo uma costura dupla na cor branca, grafismos em baixo relevo, emblema da Copa bordado em seus apoios de cabeça dos bancos da frente e seus tapetes são de carpete estampados o nome da nova versão.

A sua lista de equipamentos desses novos modelos Hyundai HB20 HB20S na versão Copa do Mundo 2018 inclui também airbags duplos; seus freios ABS possuindo EBD; vidros com um one touch e seu antiesmagamento, suas travas e seus retrovisores são elétricos; direção hidráulica; ar-condicionado; alarme perimétrico; retrovisores com uma luz indicadora na direção; chave canivete e sensores de estacionamento na parte traseira acoplado.

Também possui faróis com um acendimento automático; o banco do motorista possui ajuste de altura; um banco traseiro totalmente rebatível; apoios para o pé esquerdo no acento do motorista; um sistema multimídia com uma tela sensível ao seu toque com sete polegadas, ainda possui TV digital com Android Auto e os Apple CarPlay e OnCar, além de Bluetooth e uma tela de boas-vindas totalmente personalizada; um volante multifuncional e ainda ajuste à sua altura e profundidade; suas lanternas são Clear Type, entre outras vantagens.

O seu motor é um 1.0 e possui até 80 cavalos, com um câmbio manual possuindo cinco marchas, ou na versão 1.6 sendo flex e até 128 cv, com uma transmissão automática acoplada de seis velocidades.

Os dois modelos comemorativos da montadora serão oferecidos nas três opções de cores: sendo uma sólida no Branco Polar e duas versões metálicas a Prata Sand e a Prata Metal. Os preços até o certo momento ainda não foram divulgados.

Com certeza será uma ótima opção de compra. Corra a uma concessionária Hyundai para saber mais informações sobre esse novo modelo.

Por Ricardo Ferreira Rodrigues

Hyundai HB20 Copa do Mundo Fifa 2018

Hyundai HB20 Copa do Mundo Fifa 2018


A CNH Digital já está disponível e sendo aceita em todo o território nacional.

Há pouco tempo foi divulgado o e-título (título de eleitor digital) para ser utilizado nas próximas eleições.

Agora é a vez da CNH Digital que desde meados de março já está disponível para os motoristas. O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) estabeleceu um prazo para que todos os estados aderissem à nova carteira de habilitação até dia 1º de Julho.

No entanto, a CNH Digital já está disponível e sendo aceita em todo o território nacional. O estado do Rio de Janeiro era o único que faltava para aderir a esta nova fase de digitalização eletrônica de CNH.

Motoristas com CNH Digital

Os motoristas brasileiros, aos poucos, vão começando a se adaptar a essa nova tecnologia digital e a adesão segundo a Serpro está em uma crescente. Conforme foi anunciado, cerca de pouco mais de 110 mil motoristas já possuem esta nova versão digitalizada.

Os três estados que possuem o maior número de motoristas com a CNH Digital são Rio Grande do Sul, Goiás e São Paulo, respectivamente.

Como receber a Carteira Nacional de Habilitação Digital?

Se você é motorista habilitado com a CNH, independente da sua categoria e tem interesse em digitalizar seu documento e não ter mais preocupações com esquecimento ou perda, veja o que precisa fazer para aderir ao digital.

Primeiramente, verifique no verso de sua CNH se existe o código QR ou QR Code como é popularmente chamado. Este código já está sendo implantado desde maio de 2017, caso tenha renovado após este período é bem possível que sua habilitação já tenha este código.

Se possuir o código impresso, basta apenas cadastrar no site do Denatran do seu estado e confirmar o QR. Caso não tenha na sua CNH, você deverá verificar junto ao Detran e fazer a solicitação pessoalmente.

É obrigatório ou opcional?

Ainda não se tornou obrigatório o uso da CNH Digital, no entanto, é uma opção adicional para agilizar todo o processo. A vantagem em possuir a CNH digitalizada é que você pode consultar diretamente no celular, a economia de impressão para o estado e a agilidade para apresentar a documentação, além disso, será mais um passo para o uso da tecnologia e unificação dos documentos emitidos no Brasil em um só local.

O risco de perdas ou desgastes do material impresso é muito menor, além de não precisar mais emitir uma segunda via e ter que pagar taxas.

Não tenho a CNH Digital, vou ter que pagar alguma taxa?

Sim, porém esta taxa não é fixa, cada estado determina o valor a ser cobrado dos motoristas. Por este motivo, antes de solicitar a CNH, verifique junto ao Detran do seu estado os valores das taxas para a emissão do documento digital.

CNH digital será mais segura?

Sim, todos os documentos que são digitalizados possuem certificados de autenticidade e possuem todos os requisitos de segurança que seu documento impresso tem atualmente.

A CNH vai facilitar a vida dos motoristas?

Se não tomar mais multas por esquecimento, perda ou roubo do documento é uma vantagem?

Sim, vai facilitar a vida de muitos motoristas em todo o país. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em seu artigo 162 diz: que conduzir o veículo sem o documento da CNH é passível de multa, a infração é gravíssima, onde receberá 7 pontos em sua carteira e a multa a ser paga é de R$ 880,41.

A partir de agora com a CNH Digital estes riscos acabaram. Caso for surpreendido em uma blitz da polícia rodoviária basta apenas mostrar a CNH digital direto do seu aparelho celular.

A carteira é mais fácil de esquecer do que o celular, não é mesmo?

Achou interessante este artigo, conhece algum motorista esquecido? Compartilhe e mostre essa novidade para ele!

Por Marcio Ferraz

CNH Digital


Confira dicas para manter seu carro usado sempre valorizado no momento de uma venda.

Quando compramos um carro não pensamos de cara que um dia ele poderá ser vendido, porém, essa é uma opção bem comum entre os consumidores de carro. Uma hora desejamos ter um outro carro porque enjoamos do atual, ou simplesmente queremos um carro melhor e que supere nossas expectativas. E, obviamente, o consumidor vai vender o seu carro usado para comprar o outro modelo, e dependendo do estado do carro, é possível conseguir um valor bom e justo. Se você vai vender seu carro usado, fique de olho nas instruções que serão dadas aqui nesse texto. Veja as dicas de como manter a valorização do seu carro usado.

Mantenha sempre o carro limpo na parte interna

Se você está pensando em vender seu carro e mostra-lo para um possível comprador, saiba que ele não deve estar sujo na parte externa. Nada mais desanimador que olhar um carro com sujeira e mau cheiro, pois essa é a primeira impressão e, na maioria das vezes, é a que fica. A limpeza da parte interna do carro deve ser um hábito constante. Pois assim você mantém os bancos e as outras partes do carro bem apresentáveis. Pode parecer bobeira, mais um carro higienizado pode valorizar muito seu carro na hora da venda.

Evite customizar seu carro

Não são todas as pessoas que acham um carro customizado bonito e interessante, e sim, apenas uma pequena quantidade de usuários. Se você deseja vender seu carro mais rapidamente, retire todo tipo de customização dele. Pesquisas revelam que os carros customizados demoram bem mais a ser vendidos que os carros sem muitos detalhes.

Deixe seu carro sempre com peças originais

Os carros que possuem suas peças originais são bem mais valorizados no mercado. Inclusive o vendedor pode até mesmo subir um pouco o valor de venda se o carro possuir muitas ou todas as peças originais. Caso precise trocar alguma peça do seu carro, priorize comprar a original e não a genérica, essa escolha só vai te beneficiar no momento em que for vender seu carro.

Não pinte seu carro somente para vender

Um dos erros mais comuns cometidos por quem vai vender seu carro usado é fazer pinturas de reparos para mostrar um mais apresentável ao futuro comprador. Esses pequenos detalhes não vão atrapalhar sua venda e você ainda não vai gastar seu orçamento desnecessariamente.

Não jogue fora nenhum comprovante de manutenção feito no carro

Se seu carro passar por algum tipo de manutenção, o ideal é guardar todos os comprovantes. Pois na hora da venda essas informações precisam ser passadas para o futuro dono do carro, e se você puder comprovar tudo que fez, seu carro será mais valorizado. Se a manutenção foi feita para deixar o carro melhor, isso pode ser favorável para manter o preço do carro um pouco mais elevado.

Mantenha a chave reserva e manual do carro guardado em local seguro

É bem comum que a maioria das pessoas que tem carro, percam esses dois itens. E no caso de uma futura venda do carro, não ter esses objetos pode dar dor de cabeça. A chave reserva é um item que pode sair caro para quem vai comprar seu carro, e talvez seja será necessário diminuir o valor pedido na venda por esse detalhe, por isso esses itens precisam ser guardados m local bem seguro.

Tenha cuidado com seu carro de modo geral

A última dica é manter o seu carro sempre bem cuidado, evite colocar ele em locais que pode causar danos como: Arranhões, amassados entre outros. Sempre que puder deixe ele com uma capa protetora, para evitar a exposição ao sol, vento e chuva.

Siga essas dicas e seu carro será muito valorizado.

Por Cristiane Amaral

Carro usado


Decisão ocorre devido a possibilidade de aumento de motoristas dirigindo irregularmente.

Na última semana motoristas de todo o país foram surpreendidos pela notícia de uma nova resolução que envolvia a questão da renovação da CNH. Segundo A nova resolução, os motoristas para renovarem seus documentos de habilitação teriam que realizar um curso de aperfeiçoamento. Contudo, a resolução acaba de ser cancelada.

É isso mesmo, no dia 08 do mês de março o Contran, que é o Conselho Nacional de Trânsito, publicou no Diário Oficial da União uma resolução de nº 726/2018, que determinava que a partir do mês de junho deste ano, aqueles motoristas que estivessem com suas habilitações vencidas, para renová-las teriam que realizar um curso de aperfeiçoamento, em seguida uma prova escrita e ainda exames de aptidão.

E diante dessa novidade muitos motoristas começaram a discutir, fazendo vários levantamentos sobre esta questão.

De acordo com a nova resolução, o curso teria a duração de 10 horas/aula, sendo cada aula de 50 minutos e que em um período mínimo de 5 dias seria possível realizá-lo. O curso seria oferecido para realização em autoescolas credenciadas nos órgãos de trânsito do país, mas o condutor poderia contar com a opção de realizá-lo à distância.

Assim, ao término do curso o motorista deveria fazer uma prova escrita de múltipla escolha composta por 30 questões, de modo que para ter o documento renovado seria necessário um total mínimo de 21 acertos. Como podemos ver, o mesmo que é necessário para se obter a primeira habilitação.

Diante disso, muitos motoristas se perguntavam quanto seria o valor cobrado pela realização do curso de aperfeiçoamento, que até então seria obrigatório para a renovação da CNH. A princípio não foi revelado nada em relação à valores, porém, diante de tanta repercussão, na última sexta-feira o presidente do Contran anunciou que os condutores não teriam que pagar nada pela realização do curso, já que este seria oferecido em parceria entre o Denatran, Contran e os Detrans do país.

Porém, mesmo com esse pronunciamento sobre a gratuidade do curso, Alexandre Baldy, que é Ministro das Cidades, decidiu que a nova resolução fosse revogada, o que ocorreu na última segunda-feira, dia 19 de março.

O diretor do Denatran, que é o Conselho Nacional de Trânsito, bem como o presidente do Contran, foram comunicados sobre a decisão do Ministro.

Assim, através de uma nota oficial emitida pelo Ministério das Cidades, o cancelamento da resolução foi justificado e de acordo com essa justificativa ela se deve ao fato de que a criação de uma lei que obrigue o brasileiro a realizar um curso vai contra a gestão atual que preza pelo atendimento às expectativas que a população possui, o que inclui redução e gastos e menos processos burocráticos.

Um curso obrigatório, por menor que possa ser para alguns condutores, será algo muito difícil de ser feito, uma vez que suas rotinas já são determinadas e intensas e muitos não contariam com a disponibilidade de tempo para realizá-lo, mesmo à distancia, considerando o fato de que muitos habilitados que o Brasil possui não têm facilidade para estudar o conteúdo sem uma orientação e tampouco realizar uma prova sobre o conteúdo.

Ao criar a resolução o Contran teve a intenção de promover um efetivo aperfeiçoamento desses condutores, considerando o fato de que as leis de trânsito e outras questões que o envolvem estão sempre se modificando e é imprescindível que todos os motoristas habilitados do país estejam atualizadas, para que haja mais segurança no trânsito.

Porém, a resolução foi cancelada. Os motoristas que precisarem renovar suas CNHs não terão mais a obrigação de realizar o curso. Por enquanto os procedimentos para renovação da carteira de habilitação que deve ser feita a cada 5 anos, continuam os mesmos.

Sirlene Montes


No que tange à potência de motores e trações, este inédito Fiat Toro está disponível para vendas em 7 versões essenciais e uma edição extra limitada, batizada de Opening Edition.

Na atualidade, o mercado de caminhonetes cresceu de modo vertiginoso, abrindo espaço para a competição entre as melhores companhias automobilísticas. Nessa linha de produção entra um dos modelos de picapes mais bem sucedidos do mercado brasileiro, ou seja, o Fiat Toro 2018, uma das mais cobiçadas no segmento.

Entretanto, levando em conta as significativas alterações realizadas nas versões mais recentes, estes veículos estão sendo comercializados por valores mais elevados. Nas concessionárias este utilitário, atualmente, será encontrado pelo consumidor no valor inicial de até R$91.990, ou mesmo por mil reais a mais do que o valor cobrado na tabela anterior. Com relação à versão top de linha, equipada com motor movido a turbo-diesel; com transmissão automática em nove marchas, além de um sistema de tração nas quatro rodas, a mesma estará disponível pelo valor de R$136.190, sendo que esse preço aumenta para R$157,4 mil na inclusão dos acessórios opcionais disponíveis.

Dentro da linha Fiat Toro 2018, em sua totalidade, a configuração mais repaginada, em todos os sentidos, foi a da versão especial Blackjack, que está equipada com um feroz motor 2.4 litros Flex; também munida de câmbio automático com nove velocidades e capacidade de tração integral. Hoje, esta versão será comercializada pelo valor de R$115.290, desprovido de acessórios opcionais.

De acordo com informações angariadas do Grupo FCA, a decisão foi a de se utilizar a plataforma do Toro para lançar diversas outras versões. Isto se confirma pela criação da versão de cabine simples, sendo ideal para caminhonetes utilizadas exclusivamente para o trabalho, elevando o potencial de capacidade de carga na caçamba. Portanto, a companhia está promovendo uma série de ajustes e alterações positivas, que vão beneficiar o consumidor final.

Entre as mudanças mais significativas e os atributos desta série, Fiat Toro 2018, é possível relacionar os seguintes itens de série: possui direção elétrica; sistema de ar condicionado; munido de setes resistentes airbags duplos; sistema de freios em ABS; vidros elétricos; computador de bordo e piloto automático; tração 4×4 4WD; teto solar elétrico; faróis em LED; espelho retrovisor elétrico com memória; as rodas são de liga e aro raio 17; o volante tem diversas funções e está todo revestido em couro; sensor de estacionamento e central multimídia com tela LCD Touchscreen de 5 polegadas; estruturada em cabine simples e aparelhada com motor 2.0 a Diesel Recalibrado.

No que tange à potência de motores e trações, este inédito Fiat Toro estará disponível para vendas em sete versões essenciais, com valores acrescidos e uma edição extra limitada, batizada de “Opening Edition”, seguem os atributos:

A versão Toro Freedom 1.8 Flex AT6 4×2, no valor de R$91.990, acrescido de R$1.000;

A versão Toro Freedom 2.4 Flex AT9 4×2, no valor de R$101.690, acrescido de R$1.420;

A versão Toro Blackjack 2.4 Flex AT9 4×2, no valor de R$115.290, acrescido de R$2.300;

A versão Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×2, no valor de R$108.490, acrescido de R$1.500;

A versão Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×4, na valor de R$117.390, acrescido de R$1.700;

A versão Toro Freedom 2.0 Diesel AT9 4×4, no valor de R$122.590, acrescido de R$1.700;

A versão Toro Volcano 2.0 Diesel AT9 4×4, no valor de R$136.190, acrescido de R$1.800;

Além da edição limitada Opening Edition, automática de motor 1.8 flex 4×2.

Por Paulo Henrique dos Santos

Fiat Toro 2018


Modelo chega às concessionários neste mês de abril e custará a partir de R$37 mil.

A Volkswagen anunciou em evento realizado no dia 17 de abril, a linha 2018 do Up!. Nesse caso, chamou a atenção de todos o fato de que o valor inicial para vendas do veículo será de R$ 37.990 (Take Up), podendo chegar a R$ 57.100 (High Up). A fabricante resolveu mudar suas estratégias de mercado, para oferecimento do modelo, provavelmente devido aos seus baixos números de venda no Brasil. Assim, agora o modelo voltará a fazer parte da linha principal, com apelo mais popular da marca.

O que o Volkswagen Up 2018 trará de série

De série, a versão básica do Take Up! trará:

· Freios ABS/EBD

· Airbags frontais

· Rodas de aço aro 14’’

· Chave tipo canivete

· Lavador

· Limpador e desembaçador de vidro

· Alerta sonoro de faróis, quando estiverem acesos

· Porta-malas com iluminação

· Entrada USB, para carregar celular.

· Suporte para celular.

Para obter opções, como: direção elétrica, vidros dianteiros com acionamento elétrico, travamento elétrico das portas e ar-condicionado, será necessário adquirir o pacote “Take completo”, com valor adicional de R$4.900.

Preço pode mudar público interessado no veículo

Em 2014, quando o automóvel da linha Volkswagen Take Up foi lançado, seu preço de venda era de R$28.900. Por esse motivo, a versão 2018 pode causar certo espanto, devido ao seu novo valor, em quem gostava do modelo ou desejava adquiri-lo. Com as mudanças de posicionamento de venda do modelo, a Volkswagen deve passar a considerá-lo como parte do padrão “premium”, mudando sua proposta de carro popular, como no momento de seu primeiro lançamento.

Ficha técnica do Volkswagen Up 2018

  • Dimensões: 3.605mm (comprimento), 1.914mm (largura), 2.421mm (distância entre eixos) e 1.504mm (altura).
  • Peso: 902kg (em ordem de marcha).
  • Motor: 999 cm3 cilindradas, 82 CV, com torque líquido máximo de 10,4 kgfm (E) – 9,7 kgfm (G).
  • Desempenho: 164 km/h, com aceleração máxima de 12,5 s.
  • Freios: disco ventilado (dianteiros) e tambor (traseiros).
  • Compartimento de carga: 285 litros.
  • Direção: elétrica.
  • Combustível: capacidade de 50 litros.
  • Capacidade: máxima de 5 passageiros.

Os modelos da linha Volkswagen Up 2018 podem ser solicitados em pré-venda no site oficial da fabricante no Brasil. No local, através de fotos e vídeos é também possível visualizar diversos detalhes (interior e exterior) da nova versão do automóvel.

O que acha da nova linha do Up? Você pretende adquirir o modelo?

Camilla Silva





CONTINUE NAVEGANDO: