Confira aqui o preço e as principais novidades da nova versão do Audi A4.

A fim de manter a sua colocação de liderança entre as marcas premium aqui no mercado brasileiro, a Audi demonstra que deseja muito mais do que simplesmente produzir veículos automotores por aqui, haja vista que o plano da fabricante é não desacelerar a sua produção, mesmo diante da crise que assola o setor no Brasil.

Pra continuar no mesmo ritmo, a fabricante alemã quer disponibilizar para os consumidores do Brasil toda a sua gama de produtos ofertados em outros países. E como prova de ousadia, ela acaba de fazer, aqui no Brasil, o lançamento oficial do novo Audi A4,o qual manteve o estilo sóbrio, porém, traz consigo avanços tanto tecnológicos quanto estruturais.

O novo Audi A4 é um sedã de médio porte que chama atenção por causa da grande qualidade que foi utilizada nos acabamentos, outro aspecto em que o veículo não deixa a desejar é na dirigibilidade, porém, a única notícia desanimadora é que o veículo possui preço salgado.

Com relação ao visual, o design do veículo ainda continua bem discreto, sem a presença de muita ousadia e pouco grau de esportividade. Na parte frontal, o destaque fica para a grade de elementos paralelos que é cromada, bem como para os faróis full-LED que possuem tecnologia para se adaptar a desníveis e curvas, desse modo não ofuscando a visão dos condutores que deslocam em sentido oposto. Já as lanternas traseiras também foram contempladas com um novo design tridimensional e a tampa do porta-malas deste carro vem com um difusor de ar discreto.

O novo Audi A4 ganhou novas medidas e nessa nova edição ficou um pouco maior que na versão anterior, nessa nova configuração o carro possui 4,73m de comprimento e 2,82 m de distância entre-eixos, dimensões estas que proporcionaram com que o veículo obtivesse um aumento no seu espaço interior.

Com relação ao interior do veículo, os acabamentos mantiveram o mesmo padrão tecnológico e de sofisticação que dispensam comentários. Nessa nova versão o sedã tem como novo propulsor o motor 2.0 TSFI, que possui a capacidade de produzir uma potência de 190 cavalos e um torque de 32,6 Kgfm, este novo motor trabalha com um sistema de dupla injeção de combustível, sendo que a sua taxa de compressão mais elevada é de 11,6:6. Todo este conjunto mecânico trabalha em conjunto com a transmissão S Tronic, que é dotada de um sistema de dupla embreagem e com câmbio de sete velocidades.

Os valores de comercialização desse carrão por aqui é de R$ 159.990 para a versão Attraction (que é a versão de entrada) e de R$ 182.990 para a versão topo de linha, que é a Ambiente.

Por Adriano Oliveira


Linha 2016 de corra trará novidades e custará mais de R$ 100 mil.

O A3, sedã nacional da montadora Audi no Brasil, está sendo fabricado em São José dos Pinhais – Paraná. Nesta quinta-feira, a empresa revelou preços, versões, opcionais e o upgrade futuro do veículo.

O modelo Attraction 1.4 flex custará R$ 99.990. Seus itens de série serão ar-condicionado, faróis de xenon com ajuste automático de altura e limpadores, lanternas de LED, computador de bordo com Bluetooth, ajuste de altura nos bancos da frente, sensor de estacionamento na traseira, freio de estacionamento, direção elétrica e rodas de alumínio com 16 polegadas.

A versão Ambiente possui motor 1.4 e flex e tem a adição de volante multifucnional com trocadores de marcha e sensores de luz e chuva. As rodas são de 17 polegadas e do mesmo material. O Ambiente sairá por R$ 109.990.

Os opcionais para compra em qualquer um dos modelos podem aumentar em até R$ 51 mil o valor do carro. Se o cliente quiser o rádio MMI Plus com sistema de navegação, terá de desembolsar mais R$ 13 mil. O pacote com bancos de couro sintético e teto solar aumenta o preço do carro em R$ 10 mil. O up no sistema de estacionamento (sensor frontal e câmera de ré) mais piloto automático com controlador de velocidade sai também por R$ 10 mil. E o mais caro, Pacote Assistance Plus, com auxiliar de mudança de faixa, assistente de luz alta, estacionamento automático, piloto controlador de velocidade adaptável e computador de bordo com tela a cores e capacidade de ligar o carro sem o uso da chave, exige um gasto de mais R$ 18 mil reais.

Em breve, o Audi A3 nacional com motor 2.0 de 220 cavalos de potência (70 a mais que o 1.4) deverá ser apresentado. Segundo a marca, além de todos os itens de série do modelo menos potente, o 2.0 virá ainda com câmbio S-tronic e suspensão multilink.

Bruno Klein


Novos motores V6 e V8 turbo e a gasolina serão fabricados para novos modelos do grupo Volkswagen.

Duas das mais famosas montadoras do mundo dos automóveis estão com uma parceria para produzir uma família de novos motores sobrealimentados destinados para os novos modelos do grupo Volkswagen. Audi e Porsche firmaram compromisso para desenvolver os novos modelos de motores V6 e V8 turbo e a gasolina.

De acordo com o afirmado no site de notícias automobilísticas Autocar, os dois motores levariam o nome de KoVoMo (código que significaria Konzen Vee Otto Motoren) e possivelmente usariam um turbocompressor de gás, mas eventualmente os dois motores poderiam ser substituídos pelos equipados com um turbocompressor movido a energia elétrica. Os turbocompressores elétricos garantirão uma resposta melhorada em baixas rotações e menor consumo, além de menor emissão de poluentes.

Pouco se sabe sobre o projeto, mas o que pode-se descobrir é que os modelos dos motores utilizarão arquitetura de 90 graus, onde cada cilindro terá aproximadamente 500cc de capacidade. Isso quer dizer que os motores V6 serão de capacidade 3.0 litros e os modelos V8 serão de capacidade de 4.0 litros. A arquitetura dará ainda tolerância de produções de motores maiores ou menores.

Alguns rumores dizem que o projeto poderia ainda sofrer uma alteração. Há boatos de que a montadora poderia introduzir, eventualmente, um motor V6 de nível de entrada que deslocaria 2.5 litros e usaria o processo de combustão de ciclo denominado Atkinson.

Se tudo correr bem, os dois modelos, V6 e V8, poderão ser usados em uma grande variedade de modelos, como os da Bentley, Audi, Porsche, Lamborghini e Volkswagen.

Com o desenvolvimento dos dois motores, a Porsche e a Audi se aperfeiçoam e se aproximam cada vez mais das novas tendências do mercado que preza alta performance, com a preocupação constante com a natureza. Os motores desenvolvidos dariam aos clientes essas duas opções, e têm grandes chances de serem o futuro modelo da maioria dos outros motores semelhantes.

Por Patrícia Generoso

Motor parceria entre Audi e Porsche

Foto: Divulgação


Novo modelo chega ao Brasil com novidades na parte mecânica, tecnológica e estética.

Muito diferente do que acontece com os veículos automotores fabricados e comercializados aqui no País, em que as inovações ficam somente por conta da parte estética, o sedan executivo A6 da Audi chega ao Brasil com uma extensa lista de novidades, as quais foram feitas na parte mecânica, tecnológica e estética do carro.

Em princípio, este veículo será comercializado aqui no País apenas em duas versões, a Ambiente que possui o propulsor 2.0 litros modelo TFSi e a versão Ambition dotada de um propulsor 3.0 litros de seis cilindros em V. O sedan A6 ainda traz consigo diferentes modelos de carrocerias, tendo como opcionais a  carroceria A6 sedan, que além de ser a mais clássica é a mais tradicional do modelo, e a S6 que equipa a versão mais apimentada deste veículo, a Avant RS6, que é a perua esportiva do modelo, juntamente com a perua todo terreno Allroad.

Esta nova versão do Audi A6 chega ao País medindo quase incríveis 5 metros de cumprimento e outros 3 metros de entre-eixos, dimensões estas que sem sombra de dúvidas são capazes de oferecer conforto de sobra não só para os condutores do veículo, mas também para os passageiros, além do prazer imensurável de se dirigir um veículo da marca das quatro argolas.

Na motorização 2.0 este veículo será capaz de produzir uma potência máxima de 252 cavalos e na V6 inacreditáveis 333 cavalos, configurações estas que trabalham juntamente com uma transmissão do modelo S Tronic que é dotada de um sistema de dupla embreagem e sete velocidades.

Como não podia ser diferente, todos os tipos de controles eletrônicos possíveis e esperados em um carro deste nível estão presentes neste novo A6, sendo que o outro diferencial deste veículo está no quesito segurança, uma vez que nele o consumidor encontra de série seis airbags que servem para fazer a absorção das forças resultantes de uma possível colisão.

Ainda este carrão traz acessório de altíssima qualidade, tais como, sistema de som com conforto acústico de primeira linha, na versão Ambiente faróis de gás xenônio, na versão Ambition eles são de LED o que substitui com muita qualidade as lâmpadas convencionais.

Com relação aos demais detalhes este veículo dispensa comentários, uma vez que tanto no acabamento, os materiais utilizados e os acabamentos são sensacionais.   

Por Adriano Oliveira

Audi A6

Audi A6

Audi A6

Fotos: Divulgação


2ª geração do modelo traz grandes novidades e características

O Audi R8 V10 Plus é a grande criação da marca alemã, o melhor início da segunda geração do Audi R8, que chegou em 2015 pulverizando todas as expectativas e mostrando que a Audi tem grandes planos para o esportivo da marca. A cor da carroceria combina com o tom escuro da fibra de carbono e também com as rodas exclusivas de 20 polegadas.

O Audi R8 da segunda geração está disponível em duas versões diferentes, o modelo base e o R8 V10 Plus. Ambos os modelos estão disponíveis com um motor V10 5.2 litros FSI, prescindindo por completo do anterior e obsoleto V8 FSI. O modelo atual desenvolve 540 cv de potência (versão básica) e 610 cv (versão R8 Plus). São cifras bem importantes considerando o seu antecessor R8 estândar com 420 cavalos. Além desta potência violenta, o modelo possui um chassi praticamente novo e faz uso em grande medida de elementos de composição que permitem o melhor desempenho do veículo, o principal componente da carroceria é a fibra de carbono, seguido de magnésio e alumínio, pesando algo em torno de 1.555 quilos.

A caixa de câmbios do R8 V10 Plus, assim como a da versão básica, é uma S- Tronic com 7 velocidades e dupla embreagem. O modelo turbinado possui capacidade para acelerar de 0 a 100 quilômetros em 3,2 segundos, chegando a uma velocidade máxima de 330 km por hora (a mesma de um McLaren 675LT).   

Recentemente, o Audi R8 V10 foi visto nas ruas, especificamente, quando o modelo estava participando do comercial que promoverá a nova máquina da Audi. Nas fotos conseguidas durante a gravação viu-se o Plus junto a uma moto Ducati 1299 Panigale S (vale lembrar que a Audi comprou a montadora italiana no ano de 2012).

O modelo Plus assim como a versão mais básica chegarão ao mercado ainda no primeiro semestre deste ano.  

Por Melina Menezes

Audi R8 V10 Plus

Audi R8 V10 Plus

Fotos: Divulgação


A montadora lançou recentemente uma máquina de café expresso portátil como linha de acessórios dos carros na Europa

Você gosta de café? Já imaginou ter uma máquina de café expresso no seu carro? A Audi pensou nisso, e colocou uma máquina de café expresso portátil em sua linha de acessórios na Europa. Desta forma, os motoristas podem saborear um delicioso café! Este sistema já era comercializado por uma empresa chamada Hanpresso e agora ele pode ser comprado junto com o automóvel, oferecendo comodidade para os amantes do café. O nome do sistema é “Espresso Mobil”, que traduzindo significa expresso móvel.

Como funciona a máquina de café expresso da Audi? O sistema atua ligado a uma tomada de 12v do veículo. O café é feito quando a pessoa coloca a cápsula na máquina, depois é necessário jogar água quente e, para finalizar, é só apertar o botão e a bebida fica pronta em 2 minutos. O sistema é muito simples, prático e rápido, para agradar a todos que adoram apreciar e saborear um café quentinho.

Entretanto, o custo da máquina de café no carro é alto, e pode ser considerado um padrão luxo. Inicialmente, o preço sugerido para o sistema foi de 199 euros, o que equivale a, aproximadamente, R$ 700,00. Além da máquina de café, outros itens a acompanham como: 2 copos, toalha e 18 cápsulas.

Mas, além da Audi, outras montadoras já pensaram nessa ideia: no ano de 2012, a Fiat falou que iria lançar o 500L com uma máquina de expresso e em parceria com a Lavazza, e o sistema não teria cabo de energia.

Outra novidade do mundo automobilístico, é que muitas marcas de carro estão emprestando o seu nome para vários objetos e eletrônicos de casa. Como, por exemplo, torradeira Ford, abajur Maserati, poltrona Lamborghini, entre outros.

Isso ocorre porque muitas montadoras têm produtos, além de carros, ou seja, são itens que têm licença e são produzidos por empresas especializadas.

Gostou de saber das novidades?  

Por Babi

Foto: divulgação


Fabricação foi iniciada na fábrica de São José dos Pinhais (PR)

A Audi já começou a fabricação nacional do A3 Sedan, que poderá ser recebido no mercado a partir de setembro. De acordo com o que foi antecipado, o modelo é produzido na planta da Volkswagen em São José dos Pinhais, Paraná, e será recebido com o motor 1.4 TSFI Flex de 145 cv, bloco que também será usado no VW Golf.

O modelo irá dividir a plataforma idêntica com o sedan. A empresa ainda não oferece as especificações, entretanto, é previsto que o veículo irá adotar os padrões do modelo vendido na Hungria. A previsão é que a Audi também comece a fabricação do crossover Q3 no próximo ano. É importante recordar que em 2013 foi feito um acordo de cooperação, entre a Volkswagen e o governo federal, que iria realizar o investimento de R$ 450 milhões na fábrica de São José dos Pinhais, Paraná.

A Audi afirma que irá realizar alterações significativas no lugar de fabricação do crossover !5 a partir do próximo ano. Com a disponibilização da nova geração agendada para o ano que vem, o modelo passará a ser produzido no México como resultado de um investimento milionário já garantido pela empresa. O país será exclusivo a fabricar o modelo e passará a ser a plataforma de exportação para todo o mundo. Com isso, o veículo que neste momento é importado de Ingolstadt, na Alemanha, será recebido no território brasileiro no próximo ano sem o pagamento de imposto de importação.

A nova geração do Q5 será produzida na plataforma MLB da equipe Volkswagen e terá a perda de cerca de 100 kg em relação ao modelo recente. A gama de motores possuirá várias alternativas a gasolina e a diesel, tendo um sofisticado 3.0 TDI tri-turbo com potência maior que 350 cavalos. Uma nova versão híbrida está nos objetivos. No design, a base será proveniente de lançamentos atuais e conceitos há pouco mostrados.

Por Felipe Couto de Oliveira

Audi A3 Sedan nacional

Audi A3 Sedan nacional

Audi A3 Sedan nacional

Fotos: Divulgação


Audi, Porsche e Volkswagen terão carros com base na célula de combustível

A Volkswagen faz os preparativos para apostar no ramo dos carros ecologicamente corretos. Somado aos veículos híbridos e híbridos plug-in, o grupo deseja novos carros que não utilizem as bombas de combustível. Para isso, Audi, Porsche e Volkswagen possuirão modelo com base na célula de combustível. Para estar junto com o Volkswagen e-Golf e o Audi R8e-tron, a Porsche possuirá seu veículo pioneiro 100% elétrico.

O modelo da Porsche possui concorrente garantido: Tesla Model S. O modelo americano é recentemente a base dos veículos plugados na tomada, sendo objetivo da alemã ultrapassá-lo. Para isso, o semelhante menor do Panamera, denominado internamente de Pajun, poderá ser escalado. O estilo do veículo poderá ser inspirado de forma elevada no 911 e a plataforma irá se tratar da modular MSB.

Estando a Toyota sozinha no ramo de veículos com base na célula de combustível com o Mirai, a Volkswagen faz os preparativos para suas apostas. Através de uma veia esportiva, a Porsche possuirá seu representante, a Audi irá adotar a elegância e a Volkswagen irá formar um rival direto para o Toyota Mirai e o futuro Honda FCX.

A Porsche também divulgou o modelo Cayman GT4, que compartilha alguns itens com o semelhante maior 911 GT2. O modelo foi anunciado mundialmente no Salão de Genebra e já está presente no Brasil pelo valor de R$ 569 mil, o que significa uma elevação de R$ 90 mil em comparação ao GTS, recente especificação de elite do cupê compacto.

Através da motorização, é possível verificar que o novo Porsche Cayman GT4 é um veículo importante. O propulsor presente é quase idêntico ao do 911 Carrera S, sendo um 3.8 litros boxer de seis cilindros, tendo potência diminuída de 400 cv para 385 cv, e torque de 42,8 kgfm, tendo transferência para as rodas de trás por meio do câmbio manual de seis marchas. O modelo atinge 100 km/h em 4,4 segundos.

Por Felipe Couto de Oliveira

Carros elétricos

Foto: Divulgação


SUV elétrico tem previsão de começar a ser produzido nos próximos 3 anos

A Audi anunciou o teaser oficial pioneiro do SUV elétrico Q6. Divulgado na conferência de mídia anual da companhia, o visual produzido no computador trata-se de uma prévia de um futuro concorrente da BMW X6 e Mercedes-Benz GLE Coupe, que terá alimentação por um motor completamente elétrico. O modelo possivelmente irá utilizar um sistema similar ao do R8 e-tron, entretanto, possuirá independência de 293 km com uma carga exclusiva. O novo modelo terá como base a plataforma MLB que está baseado no modelo Q7 e possuirá uma bateria de 100kWh.

Considerando o visual, o novo SUV terá forte influência com o conceito Prologue, segundo Ulrich Hackenberg, chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Audi. De acordo com a revista britânica Autocar, o modelo Q6 não será recebido anteriormente ao final de 2017. Contudo, na mesma conferência, a Audi garantiu novamente a fabricação do SUV Q8.

Segundo a Autocar, o Q8 teve aceitação e está avançando através de um programa de produção e comercialização com expectativa para iniciar nos próximos três anos.

A Audi também garantiu na conferência de mídia anual que o novo A4 será divulgado ao público no Salão de Frankfurt, em setembro de 2015. A nova geração do modelo estará finalizada anteriormente aos SUVs.

Na conferência, onde a Audi divulgou os resultados econômicos do ano antecedente, a empresa afirmou que o novo Audi A4 será disponibilizado em Frankfurt para estar mais forte na disputa com os concorrentes Mercedes Classe C e BMW Série 3.

O novo A4 é bem significativo para a Audi, devido além de utilizar a segunda geração da plataforma MLB para estar mais elevada e estar mais distante do novato A3 Sedan, ele seguirá as últimas tecnologias verificadas no novo Q7. A gama de motores também terá fatores novos, tendo como fator principal o 1.4 TFSi de 180 cv (Audi A1 Sport) e nova transmissão S-Tronic de nove velocidades.

Por Felipe Couto de Oliveira

Teaser Audi Q6

Conceito Prologue influenciou o novo Q6

Fotos: Divulgação


Será lançado no Salão de Genebra o novo modelo de automóvel da marca Audi. O R8 será oficialmente apresentado no evento na Suíça, no entanto, algumas informações sobre o Audi R8 vêm sendo divulgadas. Durante um evento destinado aos jornalistas, a Audi concedeu alguns detalhes do novo modelo.

De acordo com a marca, o carro será apresentado em duas versões, uma tradicional e outra top de linha.

A versão mais básica contará com um motor V10 5.2 Litros de 54,96 mkgf de torque, potência de 532 cv. A plataforma usada neste veículo é uma adaptação da Lamborghini Huracan. O carro terá um comprimento de 4444 mm, já o sua largura será de 1944 mm e altura de 1241 mm.

O modelo R8 possui uma suspensão mais rígida que o seu antecessor. No que se refere às rodas, elas são de 19 polegada com pneus de 235/25 ZR19 na parte dianteira e de 295/30 ZR19 na parte traseira. Também poderão ser utilizadas no modelo rodas de 20 polegadas. O R8 conta com um câmbio de sete marchas, dupla embreagem e a versão mais atualizada do sistema quatro de tração.

A outra versão, a mais completa e topo de linha, o Audi R8 V10 Plus chegará ao mercado com um motor de 609 cavalos que pode assumir uma velocidade de 100 km/hora (partindo do zero) em apenas 3,2 segundos. Esta versão poderá alcançar a velocidade máxima de 330 km/hora. 

Embora não sejam muitas as informações liberadas pela Audi, principalmente no que diz respeito ao design interno e externo, elas foram concedidas para que os amantes da marca e dos modelos da Audi possam satisfazer a sua curiosidade antes da divulgação oficial do R8. Conforme foi dito anteriormente, a apresentação oficial do novo automóvel da marca será feita durante a realização do Salão de Genebra.

Por Melina Menezes

Audi R8

Audi R8

Audi R8

Fotos: Divulgação


Entre os eventos que mostram as tendências e tecnologias dos novos lançamentos automobilísticos, a Feira do Automóvel de Paris está entre as mais badaladas do mundo. Para a edição de 2014, que será realizado entre os dias 4 e 19 de outubro de 2014, o Salão de Paris promete apresentar, com antecedência, todas as novidades, principalmente da marca Audi.

Para quem gosta de esportividade, velocidade e força, vem aí o TT Roadster da Audi, um possante incrivelmente forte, de design único, modelado em um conversível de dois lugares, com motor potente que pode levar a mais de 250 Km/h em pequenos 4,9 segundos.

Os curiosos terão de aguentar até outubro para se dirigirem até Paris, capital francesa, e ver em primeira mão o quanto a máquina vai atiçar o desejo dos amantes da velocidade. Se quem gostar for europeu, aqui vai uma boa notícia: ainda este ano, já vai ser possível ter um possante como este. No entanto, se for um brasileiro, a espera vai demorar um pouquinho, pois só mesmo em 2015 o TT Roadster vai aterrissar em concessionárias brasileiras.

O carro estará disponibilizado no mercado nas versões  2.0 FSI (turbo) a gasolina de 230 cv ou ainda o um 2.0 TDI (diesel turbo) de 184 cv.  Além do TT, a Audi também vai dispor do modelo TTS, o qual trará um motor mais potente, no entanto, dentro do mesmo modelo do TT, com a mesma conversibilidade com um toque a mais para se ganhar velocidade pelos seus 310 cv.

Na parte interior, o que mais chama a atenção é o quadro de instrumentos do painel, que é de LCD e tem os mesmos comandos de um smartphone, trazendo todas as informações do veículo para facilitar a condução do motorista.  Entre os opcionais estão câmbio manual de seis marchas, mas, se preferir, tem o câmbio automatizado S Tronic, com dupla embreagem que são iguais em seis velocidades.

Nem precisa falar que ele terá airbag, bancos de couro, direção hidráulica e outros itens essenciais para um carro de alto luxo. O preço de tanta beleza e tecnologia? Ainda é um mistério, assim como está um mistério o modelo do TT e do TTS da Audi para 2015.   

Por Michelle de Oliveira

Audi TT Roadster

Audi TT Roadster

Audi TT Roadster

Fotos: Divulgação


A Audi trouxe recentemente para o mercado brasileiro uma edição especial bem trabalhada de seu compacto A1. Chamada de Kult, a versão teve sua linha de produção limitada a apenas 100 unidades. Quem quiser ter a edição especial e relativamente “rara” em sua garagem deverá desembolsar R$ 79.900.

A novidade apresentada pela montadora tem como objetivo se tornar o modelo de entrada no line-up da Audi no mercado brasileiro. Essa função era ocupada anteriormente pelo modelo A1 Attraction. Com objetivo de tornar a ideia um pouco mais concreta, a companhia tratou de reduzir em grande parte a lista de equipamentos que era oferecida com o modelo. Por outro lado, meio que para compensar essa redução de itens ela aumentou relativamente o número de opcionais disponíveis.

Embaixo do capô o motor continua o mesmo 1.4 TFSI de 122 cv integrado ao câmbio S-tronic que conta com sete velocidades e também com dupla embreagem.

Em termos gerais o que diferencia essa nova série da Audi da versão Attraction são basicamente os emblemas especiais e as cores que provocam um contrataste interessante entre a carroceria e teto do automóvel.

De acordo com informações divulgadas pela própria montadora alemã, o modelo será disponibilizado aos consumidores nas cores laranja com cinza, preto com prata, branco com cinza, vermelho com preto, azul com prata e prata com preto.

Falando dos itens que vem de série o Kult conta com ar condicionado, rodas de liga leve de 15 polegadas, assistente de partida em rampa, rádio, controle de estabilidade, direção elétrica, freios ABS e sete airbags. Como tínhamos dito anteriormente os opcionais é que são o verdadeiro destaque que, neste caso, incluem uma pintura personlizada, pacotes de equipamento Conforto e Tecnologia e sistema de navegação.

Como nem tudo é perfeito vale lembrar que quando o A1 chegou por aqui sua missão era de ser o sucessor do A3 nacional que, para quem lembra, foi um sucesso nas vendas nacionais. Entretanto, devido ao tamanho reduzido do carro e acrescentando a isso o preço nada animador as vendas ainda permanecem tímidas. Outro fator que deve influenciar para isso é o fato de que o A3 que é equipado com o mesmo motor custa, mais ou menos, R$ 10 mil a mais.

Por Denisson Soares

Audi A1 Kult

Foto: Divulgação


Um mini SUV de última geração e design diferenciado está chegando para aumentar os ânimos do mercado. O mais novo membro da Audi, O Q1,  terá sua produção iniciada em 2016. O Q1 deve ser apresentado no salão de Frankufurt na Alemanha, no próximo ano e as medidas devem acompanhar os padrões do modelo Nissan Juke, por exemplo,  que tem no máximo quatro metros de comprimento no seu total. 

Com linhas e desenho dignos de um jogo de videogame totalmente futurista e inovador, o Mini SUV da Audi deve ser montado em plataforma MQB da Volks com motor semelhante ao Audi A1. O aproximado para aquisição deverá berar a faixa dos 130 mil reais, porém, logicamente ainda não pode se confirmar os valores exatos.

Segundo o presidente da montadora Rupert Stadler, o Q1 ficará no topo como entrada da linha que promete ser expandida ainda mais no portfólio da alemã. Segundo ele, o Audi Q1 faz parte da estratégia da Audi para a linha de SUVs que tende a fazer sucesso com o "top" popular. Há quem se refira ao Q1 como crossover, porém o mesmo se enquadra na categoria SUV por ser capaz de superar certos obstáculos em trilha, segundo especialistas da marca.

Vale lembrar que a Audi conta com os modelos Q3, RS Q3,Q5, Q7 e SQ5, sendo que o Audi Q5 é o mais vendido da montadora que já comercializou mais de 195 mil unidades deste modelo. O SUV de menor compacto deve agradar também o público feminino mais "agressivo" pelo seu tamanho e potência.

Entre as cores básicas disponíveis, o amarelo e o vermelho também terão uma tonalidade diferenciada do mercado atual. Ainda segundo o CEO da marca, o Q1 é apenas uma amostra do que a Audi já vem trabalhando há alguns anos e que este é o modelo ideal para dar início na divulgação do que vem por aí nos proximos lançamentos.

Por Luciana Ávila

Q1 Novo Mini SUV da Audi

Foto: Divulgação


Audi R8 V10 Plus A Audi está lançando no Brasil até o final desse mês o seu modelo super esportivo, o Audi R8 Coupé V10 Plus. Ele chega com algumas mudanças no visual e na parte mecânica.

O carro vem com motor V10 5.2 TFSI com capacidade para gerar 550 cavalos de potência. Combinado com o novo câmbio S tronic com sete velocidades e dupla embreagem, faz com que o carro faça de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, atingindo a velocidade máxima de 317 km/h. O motorista tem a opção de trocar as marchas na alavanca de câmbio ou no sistema de borboletas situado no volante.

O V10 Plus teve melhorias na sua aerodinâmica e ficou bem mais leve graças à nova carroceria que traz algumas partes em fibra de carbono. Teve também algumas alterações como nas rodas de liga leve de 19 polegadas que ganharam um novo desenho exclusivo; a capa do espelho retrovisor e soleiras das portas são feitas em fibra de carbono; luz no compartimento do motor e frisos decorativos.

Outra novidade do V10 Plus são os seus faróis em LED com um recurso que em uma curva ele acompanha o trajeto do carro.

Na parte interna ele conta com bancos dianteiros esportivos e confortáveis, revestidos em couro com ajuste elétrico e aquecimento. A cabine é toda revestida em fibra de carbono e seu teto é revestido com couro Alcântara.

O Audi V10 Plus é um carro para poucos, e chegará com o preço de R$ 800.000.

Por Mariana da Silva


Com ótimo design e grande histórico de venda, o Audi A3 ganha destaque desde sua primeira versão, lançada no Brasil em 1999. 

Mesmo com preços competidores a veículos de categorias superiores, o Audi A3 se destaca em meio a este mercado tão competitivo, isto se dá pelo fato de ser um carro com design diferenciado e alta tecnologia.

Porém, esta tecnologia se limita pelos países onde é comercializado, caso do novo A3 que chega ao Brasil no segundo semestre de 2013 com um valor de R$ 115.000,00. A 3ª geração do A3 é comercializada na Europa com vários itens de segurança que não chegou ao Brasil, como por exemplo, o controle de cruzeiro adaptativo que controla automaticamente a distância do veículo da frente, evitando colisões controlando sua frenagem. Fora diversos outros itens de segurança para o motorista e pedestre. 

Mesmo com quantidade menores de itens atrativos, o Audi A3 chega ao Brasil com grande estilo, com rodas aro 17", faróis bi xenônio com ajustes de altura e spoiler traseiro, que dão um grande toque de esportividade ao veículo. Para reforçar esta esportividade, dentre vários itens que qualificam o veículo como bom, o A3 possuí câmbio S tronic de dupla embreagem e 7 marchas que confortam o motor, e por ser um carro não tão pesado, o A3 pode chegar de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos e velocidade máxima de 232 km/m.

Mesmo sendo um bom carro, não poderemos desfrutar o melhor que a marca oferece, porém, este não é só um problema da Audi e sim de várias montadoras que não trazem para o Brasil seus melhores veículos com suas melhores tecnologias, pois, se um carro básico no Brasil já custa o "olho da cara" imagine pagar por tantos itens inovadores para um só carro.

Por Adriano Passos de Almeida.


Na última quarta-feira, dia 29 de maio, a Audi anunciou que irá apresentar no mês de junho o modelo A3 Sportback ao mercado brasileiro.

O veículo, em sua opção com 4 portas, irá chegar ao Brasil algumas semanas depois da entrada do Audi A3 Sport. O valor do novo modelo ainda não foi confirmado pela marca.

O veículo possui 2 opções de motor: a 1.4 e a 1.8

O motor 1.4 oferece 122 cv e 20,4 kgfm de torque. Com este motor, o veículo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 9,3 segundos.

Já o motor 1.8 oferece 180 cv e 25,5 kgfm. Com este motor o A3 Sportback é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 7,3 segundos.

Vale lembrar que a transmissão do veículo é do tipo S Tronic, com 7 marchas.

O Audi A3 Sportback apresenta 4,31 metros de comprimento, possui 2,64 metros de espaço entre-eixos, conta com 1,43 metros de altura e possui 1,79 metros de largura. Todo esse conjunto chega a um peso de 1.300 quilos.

Há disponibilidade de 12 tons para a carroceria e dois tipos de revestimento para a parte interna.

Por Marcelo Araújo


Recentemente, o novo carro da montadora Audi foi lançado em território brasileiro. Trata-se do moderno A6 Allroad Quattro, uma perua marcada pelo arrojo e esportividade. Vale acrescentar que o veículo é o primeiro da marca a ser lançado no Brasil este ano.

O A6 Allroad Quatro integra a aclamada família Avant e de acordo com informações da fabricante, o automóvel alemão é equipado com propulsor V6 3.0, capaz de desenvolver 310 cavalos de potência.

Ainda segundo a Audi, a nova geração do Allroad Quattro vem com injeção direta de combustível, dupla embreagem, potente turbo, câmbio com sete velocidades, troca de marcha no volante e tração integral.

Com esse excelente conjunto, o carro oferece além de bom desempenho, a economia de 20% em relação ao modelo anterior. O novo A6 Allroad Quattro atinge a velocidade de  250 km/h e faz de 0 a 100 km/h em menos de 6 segundos.

Outra característica interessante, é que o veículo que já possui amplo porta-malas, pode ter seu tamanho ampliado para 1.680 litros se os bancos traseiros forem abaixados.

O modelo custará cerca de R$ 350 mil e pode ser encontrado em todas as concessionárias brasileiras representantes da Audi.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Em breve dirigir seu próprio carro será totalmente ultrapassado. De acordo com a publicação da revista Forbes, a montadora Audi ganhou uma autorização para circular com automóveis que não precisam de motoristas no estado de Nevada, Estados Unidos.

É importante lembrar que a companhia é a primeira fabricante de carros a receber esse tipo de licença. Até o momento, apenas a Google tinha essa licença, pois em 2012 a empresa desenvolveu o Toyota Prius autônomo, nos Estados Unidos.

Por enquanto a Audi não revelou como será usada a tecnologia no estado norte-americano, mas segundo a revista, o sistema para condução autônoma da companhia alemã foi fruto de uma parceria entre a Universidade de Stanford e a Volkswagen, que para quem não sabe pertence a Audi, ele funciona graça a um navegador GPS, computadores e sensores ao redor do automóvel que simulam o comportamento humano no volante.

Ainda que para nós o sistema e condução autônomo seja uma grande novidade, para a Audi ele já é conhecido. Em 2010 aconteceu no estado do Colorado a tradicional competição Pikes Peak, e a Audi realizou a subida de montanha com um TTS sem piloto.

Por Felipe Santos Bonfim


Mais um lançamento pode chegar em pouco tempo no mercado de automóveis vindo da Audi.

Isso porque segundo rumores que circulam pela internet vazaram algumas fotos do novo Audi RS1.

As especulações esperam um veículo com design parecido com o A1 Clubsport Quatro equipado com um motor de cinco cilindros com 2.5 litros e uma potência menor do que 340 cavalos.

Se estas informações estiverem corretas, o Audi RS1 deverá ser vendido em pequena quantidade e com valores bem elevados.

Basta aguardar!

Por Ana Camila Neves Morais


A Audi vai ampliar realmente a sua gama de veículos e a letra da vez é o Q. Issto porque a montadora alemã vai aumentar a sua linha de veículos do tipo utilitários com os lançamentos dos modelos Q7, Q4, Q2, Q6 e Q8.

Todos estes carros serão produzidos em uma plataforma da Audi mais atualizada que permitirá a estes carros ficarem mais leves.

Esta super inovação da Audi vem para atender a um aumento cada vez maior do segmento de veículos SUV´s no mundo todo.

O primeiro a ser lançado será o Audi Q7 já no ano de 2014. Os veículos Q4, Q6 e Q8 serão todos versões esportivas dos Audi´s Q´s com números ímpares já existentes mas com maiores possibilidades tecnológicas e equipados com três portas.

No entanto, estes veículos esportivos não tem previsão de lançamento já que ainda estão em fase de produção e desenvolvimento pela Audi.

Já o Q2 será um utilitário do tipo compacto com base no carro conceito Crosslane Coupé que foi mostrado no Salão do Automóvel de Paris que deve ser colocado para o comércio também no ano de 2014.

Por Ana Camila Neves Morais


Foi apresentada ao mercado mundial de autos a mais nova aposta da montadora Audi, conhecida por fabricar carros de luxo. A novidade da marca é o A1 Sportback 2013, um quatro portas diferente, que chega como bela opção para os apaixonados por carros requintados, elegantes e sofisticados.

O modelo antecessor não agradou tanto justamente por ter apenas duas portas, mas agora os consumidores não terão do que reclamar, pois além desse detalhe ter sido corrigido, o carro passou a contar com transmissão automática de 6 marchas e ótimo propulsor 1.4 turbo, que atinge 185 cavalos de potência e possui torque de no máximo 25 Kgfm.

Na parte interna o Audi A1 Sportback conta com ar condicionado, bancos revestidos em couro, porta-objetos variados, completo sistema de entretenimento, porta-malas/bagageiro com capacidade de 270 litros, dentre outras funcionalidades. Vale acrescentar que o lançamento será disponibilizado em duas versões: Attraction e Ambition. Segundo a montadora o carro custará entre R$ 94.900,00 e R$ 114.900,00, a depender do modelo escolhido.

O lançamento oficial nas concessionárias mundiais ainda não foi divulgado pela Audi, no entanto, quem procura conforto, luxo e bom desempenho, mal vê a hora do novo Sportback 2013 estar disponível para compra.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Simultâneo ao lançamento do Audi RS5 nas concessionárias brasileiras, a fabricante lança no exterior a versão conversível do modelo. São oito cores disponíveis e a carroceria pode fazer combinações com a capota nas cores cinza, preto, marrom ou vermelho.

Em território alemão, o valor aproximado do conversível é de R$ 230 mil sem os impostos, o que corresponde a € 88,5 mil. De acordo com o fabricante, o conversível chega a marcar até 280 km por hora e o consumo de combustível é de 9,1 km por hora.

O Cabriolet é um carro de chamar atenção e de acordo com a Audi uma das novidades fica por conta da abertura do teto que é de 15 segundos. Na abertura, toda a capota fica dentro do porta-malas, porém, o fabricante ressalta que a capota só pode ser aberta ou fechada quando o conversível está a 50 km por hora.

O conversível vem com sistema de som premium, volante multifuncional e bancos que podem ser ajustados de forma automática. O veículo agrega ainda airbags laterais e frontais. O RS5 conta ainda com sistema que avisa ao motoristas quando uma mudança de faixa é feita de forma involuntária.

Por Flaviane Oliveira


Se você é um cliente potencial da Audi, já deve saber que o novo A5 Sportback foi lançado no mercado automotivo brasileiro.

Trata-se de uma reestilização do modelo que ganhou renovação e aspectos ainda mais modernos, garantindo uma maior estabilidade e segurança na condução do veículo.

Segundo as informações divulgadas, no Brasil é possível encontrar 2 versões para a comercialização, a Ambiente e a Ambition, partindo do valor de R$ 163,9 mil e R$ 197,7 mil, respectivamente.

Dessa forma, as diferenças se encontram principalmente na capacidade do motor 2.0 l TFSI, que em uma versão é capaz de gerar até 180 cv de potência e torque máximo de 32,6 kgfm, e na outra versão pode render até 211 cv e 35,7 kgfm. Além disso, a velocidade máxima a ser atingida é de 222 km/h em uma versão e de 241 km/h na outra.

Externamente, o novo A5 Sportback apresentou mudanças significativas no visual, tendo rodas, para-choque e faróis redesenhados, além de nova iluminação para os mesmos. Internamente, as alterações realizadas consistem em novo volante e novos materiais, resultando em um melhor acabamento e aspecto mais esportivo, como o próprio nome já diz.

Por Anne A. Matioli Dias


No inicio deste mês a Audi realizou mais um de seus lançamentos no Brasil.  A novidade desta vez foi o modelo A5 Cabriolet.

Batizado de Ambition 2.0 Turbo FSI, o conversível chega ao mercado automobilístico nacional em uma única versão com um preço inicial de venda estimado em R$229.700.

A terceira versão A5 ( antes dele vieram o Sportback e o Coupé) segundo o que foi divulgado pela própria empresa, virá equipado com uma capota em tecido que, mesmo com o carro a 50 km/h será capaz de abrir ou fechar em 15 segundos.

O Ambition 2.0 Turbo FSI, também trará agregado a si um defletor de vento junto a estrutura do pára-brisa. A idéia é que tal acessório possa contribuir para a redução do nível de ruído interno. Já os faróis, entre outros detalhes, terão ajuste automático de altura, além de uma faixa em LED.

Essa versão do Audi A5 será movida com o motor 2.0 TFSI, com quatro cilindros e 211 cavalos de potência. De acordo com a multinacional automobilística o conversível terá capacidade de ir de 0 a 100km/h em 7,3 segundos e atingir o nível de velocidade em 238 km/h.

Por D. Soares


Acabou de chegar ao Brasil o novo Audi A5 Coupé, agora na versão Ambition, com um motor mais potente, com 2.0  litros e ainda turbo, podendo chegar a 211 cavalos de potência, variando de 4.300 a 6.000 rpm, sendo possível atingir uma velocidade de até 245 km/h.

Para aqueles que gostam de emoção, a novidade é que se consegue acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 6,5 segundos. O automóvel também possui um sistema que permite variar a abertura e fechamento das válvulas do motor, o que acarreta na alteração em baixas e altas rotações, aumentando o seu desempenho.

Além disso, o carro é leve, com apenas 1.550 quilos. Esse fator se deve por conta do material, feito de alumínio e aço. Possui 4,62 metros de comprimento e 1,85 m de largura.

As rodas de liga leve são de 18 polegadas, com pneus 245/40. Para aqueles que visam o espaço, esse não é o forte do carro, com capacidade de 455 litros no porta-malas.

O novo Audi A5 Coupé será vendido a partir de R$ 202.700. E segundo informações da fabricante ele é  27,9% mais econômico que o anterior.

Por Camila Caetano


O balanço do mês de Maio para a Audi AG foi motivo de comemoração, afinal um novo recorde de vendas foi superado.

Os 128.900 veículos entregues representam 13,7% de crescimento se o número for comparado com o mesmo período de 2011.

Do início de 2012 até o final de Maio, 600.200 automóveis foram vendidos pelo mundo. A meta da empresa é chegar a 1,4 milhão de veículos comercializados até o fim deste ano, 2012.

O lançamento de modelos como o Q3 e o A1 Sportback auxiliaram nas vendas na Europa, com crescimento de 3,8%. Na China a comercialização aumentou em 44,2%, o maior índice, e na América do Norte em 10,3%.

No seu país natal, Alemanha, o salto foi de 8,1%, ou seja, um total de 25.307 unidades vendidas. No Reino Unido as vendas atingiram 8,5% a mais que em Maio de 2011, chegando a 14.081 automóveis comercializados.

O único lugar que o desempenho caracterizou extrema queda de vendas foi no Brasil. Em consequência do novo Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), a Audi encerrou Maio maio com apenas 203 unidades vendidas, um número 56% menor do que no mesmo período de 2011.

Fonte: Quatro Rodas

Por Rafaela Fusieger


Com o crescimento das vendas de SUVs urbanos na última década, diversas marcas investiram fortemente nesta área. Este aumento abrange desde as generalistas até as premium, assim, a Audi, uma das empresas que mais investe no setor, lança de forma oficial no Brasil o modelo Q3, que, apesar de ser um SUV médio, tem praticamente todos os apelos esportivos de um off-road.

Muito antes do lançamento do Q3 no Brasil, a Audi já havia dado alguns indícios de que estava interessada em apresentar o carro ao mercado nacional. No mês de fevereiro deste ano, a marca de origem alemã fez um pré-lançamento de seu menor utilitário esportivo. O carro foi apresentado nas concessionárias e essa tática teve como objetivo familiarizar os consumidores ao utilitário. Porém, nesta época o Q3 ainda não estava à venda.

Somente agora, quatro meses depois da aparição inicial, o carro tem seu preço estipulado em R$ 144.900 na versão de entrada. A inserção do carro no mercado tem como objetivo disputar com o BMW X1, Land Rover, Evoque e Freelander.

A Audi tem a política de não apostar em carros de entrada, mas este lançamento é encarado como uma forma de reaver o prestígio que ficou abalado com o abandono da marca no Brasil após o término da produção do A3 no Paraná no ano de 2006.

Por Marcelo Araújo


Desde a chegada da Audi, em 1993, brasileiros têm aprovado o design moderno e com apelo esportivo trazidos pelos novos carros da marca, que não perdem a classe de um autêntico carro alemão.

A Audi é uma montadora de automóveis de luxo, com sede em Ingolstadt, que há mais de um século fabrica automóveis. Sua longa trajetória foi marcada por muitas fusões, que inclusive inspiraram o logotipo da marca, conhecido pelas suas 4 argolas.

Há pouco mais de uma década no mercado brasileiro, são expressivos os números que apontam o grande crescimento da marca no país, sobretudo com a comercialização de sua nova linha de produtos. Os novos carros da Audi inspiram modernidade, conforto e alto desempenho, por meio de elementos como arrojados faróis de led, tecnologia de suspensão variável Audi Magnect Ride, que permite alternar entre suspensão sport e normal, além do conjunto mecânico, com incremento de tecnologias como s tronic (que permite trocas de marcha mais rápidas), FSI (que traz maior economia e ganho de performance para os motores) e o TFSI (que é o FSI com turbo).

Recentemente lançado pela marca, o A1 foi recebido pelos brasileiros em grande estilo, em um grande evento promovido pela marca na capital paulista. Com design ultramoderno e compacto (3,95 metros de comprimento, 1,74 metros de largura e 1,42 metros de altura, segundo dados da montadora), o A1 é tido como um veículo de alta performance, apresentando consumo médio de 18,8 km/l,  sendo 15,4 km/l na cidade e 21,7 km/l na estrada.

O preço sugerido é de R$ 89.900,00, o que o faz ocupar o lugar de veículo mais barato e “tangível” da montadora.

Com uma gama completa de veículos produzidos com qualidade e antenados com as tendências atuais, a Audi tem abertura para se tornar referência no mercado brasileiro quando o assunto é carro premium, disputando a preferência dos consumidores com as já consagradas Mercedes-Benz e BMW.

Por Airton Felix Junior


Durante a 64ª edição do Salão Internacional do Automóvel em Frankfurt, na Alemanha, a Audi apresenta o A2, carro conceito elétrico de design inovador, de desempenho ágil para até quatro pessoas.

O carro possui 3,80 metros de comprimento; 1,69 de largura e 1,49 de altura. É esportivo, bastante potente; além de elegante. Ele promove um grande impacto visual, por ser harmonioso e com detalhes sutis. Seu teto é de vidro escuro que clareia com o toque de um botão.

Os faróis chegam com uma novidade na tecnologia LED, com a presença de microrefletores para fazer um farol de luz alta que não ofusca e possui alta resolução. As luzes traseiras são inteligentes e fazem a adaptação da iluminação de acordo com o grau de visibilidade; já a de neblina, possui diodos a laser, que se faz bem visível com a neblina e, ainda, projeta um triângulo vermelho como sinal de aviso.

O A2 é bem iluminado. Ele possui uma luz dinâmica que vai da dianteira a traseira do carro, uma faixa luminosa abaixo da janela com sensores de aproximação que detectam o motorista e destravam as portas com comando gestual. Essa luz dinâmica também pode ser encontrada no interior do carro, em dois arcos separados. O motorista também possui controles intuitivos, através do toque na parte interna da direção, para controlar algumas funções importantes.

Este carro conceito da Audi possui quatro assentos individuais separados pelo console que dá mais leveza ao veículo; além de possuir mais espaço para armazenamento abaixo das almofadas móveis. Seu revestimento é feito em poliuretano que lembra uma superfície de neoprene, poliéster reciclado para cobrir a parte central do piso e o assento é elaborado com plástico moldado por pressão.

Por Danielle Vieira


O Salão de Genebra é palco dos veículos automotores mais avançados, tecnologicamente e visualmente, da atualidade. Um dos chamarizes do evento é o Audi Q5 híbrido quattro, que deve chegar ao mercado mundial no final de 2011. Aliás, esse é o primeiro carro híbrido da montadora que será fabricado em ampla escala.

Informações da Audi assinalam que a motorização do veículo assegura consumo médio de combustível de aproximadamente 6,9 litros a cada 100 quilômetros rodados, graças a um motor elétrico e outro a gasolina, responsáveis por gerar 245 cavalos de potência e aceleração de zero a 100 km/h em 5,9 segundos.

Detalhes técnicos não faltam no modelo. Para os mais interessados em informações palpáveis, ou seja, de fácil entendimento, vale destacar os efeitos visuais externos, tais como assinatura, pára-lamas, traseira e soleiras de porta em alumínio. As rodas, por sinal, são de 19 polegadas e criadas especificamente para o Q5.

Em meio à convergência de diferentes plataformas, a Audi alia no exemplar conexão à internet por meio do telefone Bluetooth opcional, permitindo que o motorista acesse os conteúdos da rede diretamente dentro do SUV.

Além das descrições anteriores, o modelo conta com teto panorâmico, faróis com LEDs, computador de bordo com marcador de temperatura, ar condicionado automático de duas zonas, airbag lateral dianteiro e de cabeça, alarme antifurto, bancos em couro ecológico, entre outros.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Audi


O sedã de luxo A8 L Security da Audi, muito mais do que representar status, poder, riqueza e luxo, assegura aos seus futuros e felizardos proprietários segurança de altíssimo nível. Dizer que o sedã é bonito, luxuoso, possui desenho clássico e imponente não o descreve com exatidão. Além destes atributos o carro representa talvez o que exista de mais sofisticado no mundo em termos de proteção e segurança pessoal.

De acordo com a montadora o modelo, que foi certificado por uma entidade governamental de testes balísticos da Alemanha, possui blindagem pesada com capacidade de resistir a projéteis de grosso calibre e graças ao reforço em sua estrutura ele está preparado até para proteger seus ocupantes em caso de explosões de minas.

Além da sua impressionante carapaça resistente, o Audi A8 L Security vem repleto de itens interessantes que completam o seu elevado nível de segurança pessoal. Entre eles sistemas de comunicação de duas vias externo que dispensa a necessidade de abaixar os vidros, extintor de incêndio com sensor térmico e até ejeção das portas para facilitar a saída em caso de emergência.

O carro também possui itens de conforto requintados que complementam a sua sofisticação. E ao contrário do que se poderia pensar, o modelo, que é montado de modo manual, também é econômico. Na comparação com a versão anterior o consumo caiu, passando de 6,0 Km/l para 7,4 Km/l. E isso tudo com um propulsor 6.3 W12 que gera 500 Cv de potência e conforme informações da fabricante o modelo pode acelerar de 0 a 100 Km/h em somente 7,3 segundos apesar do seu peso.

Com preço não divulgado o modelo deve ser destinado aos bilionários, reis e príncipes, presidentes e chefes de estado, porém na atual conjuntura em que vivemos uma proteção como essa vem bem a calhar.

Por Mauro Câmara

Fonte: Carro Online


Inicialmente um carro conceito, o Audi A1 2011 tem detalhes no teto que podem ser customizados ao gosto do cliente, além de saídas de ar no painel, cores dos bancos e iluminação interna por LEDs. Baseado na arquitetura de carros compactos da Volkswagen, o Audi A1 é construído nas plataformas do Polo e do Skoda Fabia, com chassi revisado para aumentar o prazer de dirigir.

O modelo tem 3,95 metros de comprimento,1,74 metros de largura e 1,42 metros de altura. O porta-malas, que tem uma capacidade de 267 litros, pode ser aumentado com o rebatimento total ou parcial dos bancos traseiros. Os motores do Audi A1 contam com turbo, sendo dois a gasolina e dois a diesel.

As versões com motor 1.2 tem motor com potência de 86 cavalos, e o 1.4 tem uma potência de 122 cavalos, que permitem uma aceleração de zero a 100km/h em 12,1 segundos  com motor de 86 cavalos e de zero a 100 km/h com o motor de 122 cavalos.

Experimente esse carro e sinta o prazer de dirigir.

Por Gerson de Morais


Novo Audi A6 2012 terá sua estreia na Europa no ano de 2011. Percebe-se uma grande diferença entre as suas versões anteriores. Seu visual é mais robusto com detalhes em alumínio, sua cabine terá uma combinação de couro e madeira e vários outros itens de conforto.

O propulsor 2.0 TDI desta versão do A6 é mais ecológico. Ele consegue fazer 20 km com 1 litro. Para suas principais versões o Audi A6 pode ter de cambio o S-tronic de sete velocidades automáticas ou o manual de seis velocidades.

Esse carro também contará com a versão Hybrid motor 2.0 TFSI movido à eletricidade. Apenas essa versão terá 8 marchas para aproveitar melhor o desempenho do motor.

Por Oscar Ariel





CONTINUE NAVEGANDO: