Montadora iniciou sua história como fabricante de motores para avião e hoje é uma das principais fabricantes de motos e carros de luxo.

É inegável o fato de que a BMW, com o passar dos anos, foi se tornando cada vez mais conhecida entre as principais fabricantes de carros de luxo do mundo. Em março deste ano a montadora completou seu primeiro século de existência. Entretanto, tão interessante e emocionante quanto os modelos da fabricante, é também a sua história.

A BMW foi profundamente marcada pela história Alemã. Pouca gente conhece esse fato, mas a fabricante de carros de luxo iniciou sua história com a produção de motores para aeronaves.

A trajetória da BMW teve seu início mais precisamente no dia 07 de março de 1916, data de seu “nascimento”. E aqui temos mais um pouco de história: O surgimento da marca se deu exatamente enquanto acontecia a Primeira Guerra Mundial. Na época, o nome passava longe do conhecido BMW. Chamava-se curiosamente de "Fábrica Bávara de Aviões".

Pouco depois de sua fundação, a Alemanha sofreu sua derrota na guerra. Posteriormente com a realização do Tratado de Versalhes, em 1919, o país ficou completamente proibido de continuar com a fabricação de aviões. Esse, fundamentalmente foi um dos principais motivos que obrigaram a marca a se reinventar e tomar outros rumos.

No ano de 1922, a BMW foi então refundada. Agora sob o nome de Fábrica Bávara de Motores. Nesse período, a marca adicionou ainda o logotipo nas cores azul e branco no formato de hélice. Esse emblema remete a dois pontos fundamentais: As cores do estado alemão (do qual era originária) e o início de sua história no setor da aviação.

Manfred Grunert, historiador da montadora, em um relato concedido a AFP, chegou a afirmar que o motivo pelo qual a marca é mais conhecida atualmente (os carros de luxo) nada mais é do que a última coisa que ocorreu na companhia para complementar o portfólio da mesma.

Nos dias atuais, a BMW se mantém firme e forte na fabricação de motos e carros de luxo. Quem nunca ouviu falar sobre o famoso Rolls-Royce ou sobre o MINI, que chegou a ganhar o status de elegante?

A BMW marca presença em mais de 14 países com atividades sendo distribuídas por cerca de 30 unidades fabris. Para dar conta de todo o trabalho, a companhia possui um contingente com mais de 100 mil funcionários. E para finalizar, em termos financeiros a companhia também é “luxuosa”: Apenas em 2014, no que diz respeito ao volume de negócios, foram 80 bilhões de euros embolsados pela fabricante.

Por Denisson Soares


Pode-se dizer que carros são como estrelas de cinema. Em muitas ocasiões o melhor de todo o filme não está nos atores, não está na história, e sim nos carros que eles dirigem.

Seguem alguns filmes que contam histórias excelentes, acompanhadas de perto por algumas belas máquinas.

1-  Gran Torino

O filme de 2008 foi produzido, dirigido e interpretado por  Clint Eastwood, ator conhecido por ter sido por vários anos expoente máximo do conhecido faroeste e que, atualmente, se mostra engajado em produzir obras de qualidade para os expectadores.

Nesse filme, que concorreu a muitos prêmios e pode ser facilmente enquadrado, como um clássico do cinema, Clint Eastwood encarna Walter Kowalski, um homem que vive em profunda agonia e solidão mas que carrega consigo muito orgulho de seu passado com a Ford e do carro que dá nome ao filme, presente em sua garagem. É uma excelente pedida de filme.

2-  Besouro Verde

O filme é uma comédia de ação baseada em quadrinhos e, posteriormente, em uma série clássica dos anos 60 (interpretada pelo mestre das artes marciais Bruce Lee, na época). Conta a história de um ricaço e seu motorista que combatem o crime à noite.

O filme foi lançado em 2011 e não representou um sucesso de bilheterias. Vale a pena conferir o carro da dupla dinâmica: o Beleza Negra.

3-  Carros

Carros é uma belissima animação lançada em 2006, cujos protagonistas são realmente carros. Os modelos são paródias de modelos reais que vivem na cidade de Radiator Springs.

Alguns modelos são facilmente identificáveis, como Porsches e Cadillacs, inclusive o protagonista, Relâmpago MCQueen, que é um carro de corrida.

Além de apresentar grandes representantes do mundo do automobilismo moderno e passado, o filme é uma ótima pedida para assistir na companhia dos filhos, sobrinhos e priminhos mais novos.

Como não poderia deixar de ser, a animação chama atenção dos menores e até mesmo dos mais velhos.

Por Nosf

Foto: divulgação


A grande maioria dos proprietários de veículos automotores sabe que a adequada manutenção da calibragem dos pneus influencia muito consumo de combustível pelo veículo, no entanto, muitos desses motoristas não zelam.

Segundo especialistas, o carro com a correta calibragem dos pneus pode ter reduzido seu consumo de combustível em até 20%.

Isso ocorre porque os pneus foram desenvolvidos para terem atrito de uma área específica deles com o solo, que será definida pela correta calibragem, de acordo com o cada tipo de veiculo e respectiva carga.

Caso estejam murchos, os pneus irão precisar de mais força para se arrastar, resultando em um esforço muito maior para o motor, que, consequentemente, irá gastar muito mais combustível e também irá resultar no desgaste mais rápido dos pneus descalibrados.

Devido a todo esse processo, os pneus dos veículos automotores devem ser calibrados, no máximo, quinzenalmente. O ideal é fazer a conferência uma vez por semana.

Uma dica interessante é: todas as vezes que o proprietário do veículo comparecer ao posto de gasolina para completar o tanque, também realize a conferência da calibragem dos pneus. Este hábito ira resultar em uma economia significativa para o próximo abastecimento.

As informações relativas à quantidade de libras dos pneus estão inseridas no manual fornecido pelo fabricante, ou ainda, muitos veículos já possuem tais informações em uma fita adesiva colada na parte interna da tampa do tanque de gasolina. Note como a própria montadora quer associar o habito de  abastecimento de combustível ao hábito de calibrar os pneus.

É importante destacar outro detalhe fundamental relativo à calibragem dos pneus: a segurança. Conforme já mencionado, se os pneus estiverem com as libras abaixo do recomendado (murchos) irá consumir mais combustível, e se estiverem com as libras acima do recomendado (cheios demais), o carro  terá menos estabilidade, que pode resultar em diversos tipos de acidente.

Por Maicon Douglas Rodrigues Arthuso

Foto: divulgação


O brasileiro gosta de automóveis e ter um carro em sua garagem é o sonho em comum de milhares de pessoas em todo o país. Muitos já possuem o seu automóvel, outros ainda planejam adquirir o primeiro, enquanto que outros querem apenas trocar seu atual carro por um novo, de preferência lançamento. E lançamento é o que não falta no mercado brasileiro de automóveis devido ao grande número de montadoras que atuam no país.

Para quem é cliente da Hyundai ou até mesmo aqueles que desejam adquirir um automóvel da marca em breve saibam que a montadora anunciou recentemente o lançamento do Hyundai HB20 2014 Copa do Mundo FIFA. Essa versão especial da Hyundai é justamente uma referência da montadora com a Copa do Mundo FIFA de 2014 que será realizada no Brasil, com isso, a marca traz para os brasileiros essa versão especial. Mais informações a respeito do lançamento você encontra na continuação deste artigo.

O HB20 2014 Copa do Mundo FIFA está disponível nas versões hatch e sedan. Um dos melhores detalhes está no design do carro, na grade frontal, por exemplo, a pintura em preto brilhante chama bastante atenção. Além disso, ainda podemos destacar as pinturas nas capas dos retrovisores, rodas de liga leve aro 15 diamantadas que são acompanhadas de um desenho inédito, molduras das portas pintadas de preto, faróis de neblina e faróis escurecidos. Na parte interior do carro ainda estão reservados vários pontos positivos em seu design, bem como na parte tecnológica do automóvel.

Em relação à motorização do modelo saiba que o mesmo será disponibilizado com 1.0 e 1.6, associado ao câmbio manual ou automático. Um detalhe bem interessante é que aqueles que adquirirem um modelo terá direito a um kit com a bola da Copa do Mundo FIFA 2014, ao todo serão produzidas 8 mil unidades.

Os preços sugeridos são:

– Hyundai HB20 Copa do Mundo FIFA 1.0: R$ 41.465;

– Hyundai HB20 Copa do Mundo FIFA 1.6: R$ 46.945;

– Hyundai HB20 Copa do Mundo FIFA 1.6 AT: R$ 50.245;

– Hyundai HB20S Copa do Mundo FIFA 1.0: R$ 44.330;

– Hyundai HB20S Copa do Mundo FIFA 1.6: R$ 49.810;

– Hyundai HB20S Copa do Mundo FIFA 1.6 AT: R$ 53.110.

Por Bruno Henrique

Hyundai HB20 2014 Copa do Mundo FIFA

Foto: Divulgação


A Audi apresentou no Salão de Genebra uma das novidades mais aguardadas para os apaixonados por carro e pela marca: a nova geração do TT e do TTS, que estão sendo um dos principais destaques do evento. O modelo cultiva o perfil roadster que faz sucesso desde a primeira versão de 1998, porém atualmente com um design mais contemporâneo com dominação das linhas retas.

A traseira do veículo possui lanternas trapezoidais e um spoiler traseiro que se abre de forma automática aos 121km/h. Os para-choques e para-lamas estão mais robustos. A dianteira é dominada por linhas horizontais, enquadradas por uma nova grade no formato hexagonal. A parte dos faróis segue essa mesma linha, com luzes de xênon de série ou LED opcionais. Em qualquer uma das escolhas, alguns filetes de luz são disponibilizados para o dia.

A terceira geração do TT segue o mesmo comprimento do familiar anterior, 4.18 m. Contudo, o modelo cresceu em 37 mm nos entre-eixos, medindo agora 2,05 m. A largura e altura têm 1.82 m por 1,35 m, respectivamente. O porta-malas foi aumentado para 305 litros, com 13 litros a mais que o antigo. Mesmo com medidas maiores, o automóvel ficou 50 kg mais leve, tendo no seu total um peso de 1.230 kg.

Na parte interna, o TT segue um mesmo padrão que o exterior, com cockpit exibindo linhas horizontais, sem muitos elementos, na tendência “Less is more”. A nova versão ainda apresenta uma tela multimídia de 12,3 polegadas e volante com base achatada. A disposição do carro continua no 2+2, ou seja, é um esportivo que dá a possibilidade para o uso diário.

Ficha técnica: duas opções de motorização, turbinados e com injeção direta de combustível. Primeira opção: 2.0 TDI diesel com 184 cv e 38,7 kgfm, com câmbio manual de seis marchas ou transmissão S Tronic. A segunda opção é o 2.0 TFSI a gasolina, incluindo 230 cavalos de potência e 37,7 kgfm.

Para os mais apaixonados e com disponibilidade de capital, o top de todos os TTS é o Audi 2.0 TFSI reconfigurado para alto desempenho, oferecendo 310 cavalos. A versão é capaz de fazer 0 a 100 km/h em 4,7 segundos com máxima limitada eletronicamente em 250 km/h. Para essa escolha, o esportivo é equipado apenas com câmbio S Tronic.

Audi TT

Foto: Divulgação


Os carros de passeio também terão, a partir do final de 2014, o sistema operacional Android. Esse sistema do Google, que está presente em mais de 80% dos smartphones agora também fará parte de automóveis como o Audi, Honda, Hyundai e GM.

O Andoid, que dominou todo o universo de tablets e dispositivos móveis de modo geral, está dando um passo além e apostará no comércio de carros. A organização lançou o Open Automotive Alliance (OAA), uma união com as marcas aqui citadas para que seus veículos possam, ainda neste ano, usufruir a tecnologia do Sistema Operacional do Google. 

Esse anúncio acontecerá antes da CES, Consumer Electronics Show, que será em Las Vegas, EUA, e que é uma das maiores feiras de tecnologia de todo o mundo. 

A empresa também selou um pacto de aliança com a empresa de  chips NVidia, pois também será desenvolvido processadores de primeira linha para os automóveis.  Sem contar que o uso do Android em carros de passeio aumentará ainda mais o sucesso desse sistema operacional já tão conhecido no mundo.

Da mesma forma que ocorre com outros gadgets, o Sistema Android a ser instalado nos carros fará com que aplicativos possam ser criados e disponibilizados na loja virtual. São muitas as vantagens que esse serviço irá proporcionar para esfera dos automóveis que, a cada ano, precisa se reinventar para atrair mais clientes.

Outro ponto a favor do Android será a sua facilidade em termos de conexão.  A música do smartphone, por exemplo, poderá tocar assim que o passageiro adentrar no veículo.  Esse sistema operacional, com efeito, pode aproveitar o GPS do carro e oferecer dados para os mapas.

Enfim, dentro de tantas possibilidades, o Google sabe que tem muita coisa a ser feita, afinal suas rivais começaram a trabalhar com carros antes da empresa.

Essa estratégia tem tudo para funcionar.    

Por Juan Wihelm

Android em carros

Foto: Divulgação


Apesar da maioria das pessoas estar com a atenção voltada para o novo Mustang que deverá ser exibido pela Ford provavelmente no próximo dia 05, é bom nos lembrarmos de que este não é o único lançamento previsto pela companhia para encerrar o ano de 2013. A fabricante de origem norte-americana divulgou na última quarta-feira, dia 20, que estará lançando a próxima geração do Edge. A apresentação do novo crossover deverá ocorrer durante o Salão de Los Angeles.

O Edge Concept segue a linha adotada pela Ford em relação ao visual que deverá ser apresentado pelos utilitários da empresa. Isso quer dizer que o modelo conta com a grade trapezoidal e os faróis afilados. Esses detalhes são bastante semelhantes aos integrados no novo EcoSport. Na parte traseira do carro há as novas lanternas horizontalizadas. Os para-choques também foram redesenhados. Outro detalhe é o vidro traseiro, que também está mais inclinado.

É claro que uma das primeiras coisas a se notar no novo Edge é o seu visual renovador. Entretanto, as coisas vão um pouco mais além. De acordo com a Ford, o novo Edge conta com uma tecnologia com características futuristas. Alguns exemplos disso são a direção autônoma e o estacionamento automático que poderá ser acionado via controle remoto.

O modelo também conta com a tecnologia do sistema start-stop, até porque a economia não poderia ficar de lado nos utilitários. Outro detalhe é o fechamento ativo da grade do radiador, que visa fornecer certa ajuda na aerodinâmica do carro.

Na parte interior a certos detalhes de estilo que valem ser comentados, como por exemplo, o painel de instrumentos em couro que foi costurado à mão. Também há o sistema MyFord Touch, que traz um tela touch-screen de 10 polegadas.

A Ford não informou quando o protótipo deverá ganhar a versão de produção.

Para quem quiser conferir o protótipo apresentado pela companhia, o Salão de Los Angeles ocorrerá entre os dias 22 de novembro e 1° de dezembro de 2013.

Por Denisson Soares


Toyota resolveu dar uma irmã  para o Etios e lançou a versão Cross, com um visual que faz jus ao novo membro do portfólio. 

Na parte mecânica não houve qualquer alteração, sendo que o único diferencial fica por conta  do visual aventureiro e moderno.  

As rodas de liga leve ganharam desenho inédito e um design arrojado com uma grade dianteira que complementa o visual. Os faróis também estão mais longos. Nas laterais o Etios Cross apresenta proteções em material plástico nas portas e os para-lamas são unidos aos para-choques. 

O painel interno é o mesmo do novo Etios 2014 na cor preta com mostradores na cor azul. Os bancos receberam revestimento exclusivo com o logo "Etios Cross" em bordado. O sistema multimídia é um tanto básico, porém não deixa a desejar trazendo o  CD Player com a função MP3, entrada USB, 4 alto-falantes e antena. O  porta malas possui revestimento completo e o volante tem um singelo acabamento prata fosco além de ser revestido em couro. 

No quesito segurança, vem com alarme perimétrico antifurto, imobilizador eletrônico do motor, airbag duplo sendo motorista e passageiro, alarme de advertência sobre irregularidades nos cintos de segurança, entre outros.

As cores disponíveis para comercialização são preto, prata, branco e  cinza (básicos), azul, amarelo e vermelho para que dá um ar mais aventureiro para o veículo. A novidade que mais chama a atenção fica por conta do espaço interno que garante maior conforto a todos os seus ocupantes. Para o motorista outro ponto positivo em particular é que ele oferece uma condução com posição mais elevada, ideal para viagens mais longas e cansativas. A capacidade  total do porta-malas é de 270 litros que possui acesso facilitado com ampla abertura na parte traseira.

A parte da pintura ganhou uma qualidade especial onde é mais resistente a possíveis pedradas que podem atingir o veículo em algumas estradas.

O valor atual para aquisição desta versão é de R$ 45.690.  

Por Luciana Ávila

Toyota Etios Cross 2015

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: