Novo modelo conta com chassi mais robusto e resistente à torção, ganhando mais espaço na carroceria e na cabine traseira de passageiros.

A Nissan, famosa montadora japonesa, conhecida mundialmente, traz ao mercado o seu mais novo veículo automotor: Frontier NP 300 2016.

A nova geração da Nissan Frontier NP 300 2016 foi lançada no México e promete um design mais chamativo e robusto. O carro, aparentemente, está sensacional.

A Nissan, desde 2007, não apresentava grandes inovações em seus modelos e, consequentemente, saía um pouco atrás dos seus concorrentes. Atualmente, os modelos, a cada ano, surpreendem mais por seu design inovador e futurístico.

Os designers da marca buscaram um estilo de atleta no qual a Nissan Frontier NP 300 2016 devia se inspirar. E qual foi a categoria escolhida por esses profissionais? O Halterofilista. Fica um pouco difícil compreender e entender esses conceitos de design para quem não é um profissional da área, contudo, podemos dizer que a Nissan Frontier NP 300 2016 ficou com uma cara bem interessante e tende a agradar o público consumidor.

A robustez tão explorada pelo marketing na Nissan Frontier NP 300 2016 não é só questão de propaganda. A Nissan empreendeu no modelo um chassi mais robusto e resistente à torção. Esse fato permitiu que a caminhonete ganhasse mais espaço na carroceria e na cabine traseira de passageiros, fato que permite mais espaço para as pernas e, consequentemente, oferece um pouco mais de conforto ao usuário. Por enquanto, a Nissan anunciou apenas modelos de cabines duplas.

A versão mais cara da Nissan Frontier NP 300 2016 vem com pintura “bedliner”, que possui maior resistência contra choques menores e corrosão.

Apesar da robustez, por dentro o carrão não deixa a desejar. O painel ganhou um tom de preto fosco de bom gosto. Os bancos oferecem conforto. Além disso, a Nissan Frontier NP 300 2016 conta com ABS, vidros, travas e nos modelos mais caros, possui uma central multimídia que faz diferença para os mais apaixonados por tecnologia.

A caminhonete, ainda, não está nos planos da marca para ser vendida no Brasil, haja vista utilizar um motor a diesel Euro 5, um tipo de diesel mais puro. Contudo, o Chile se adequa a esse padrão e deve ser o primeiro país da América do Sul a receber a Nissan Frontier NP 300 2016.

Ficaremos na expectativa!

Por Daniel Alves

Nissan Frontier NP 300

Nissan Frontier NP 300

Fotos: Divulgação


Na semana passada a Nissan divulgou para a imprensa em geral as primeiras informações sobre os detalhes (e também imagens) da nova geração da picape Navara. O modelo aqui no Brasil é conhecido como Frontier. De acordo com as informações divulgadas, a nova versão do utilitário deverá começar a ser produzido na Tailândia já no mês de julho deste ano. Inicialmente a previsão é de que a picape seja oferecida primeiramente nos mercados europeu e asiático já a partir do segundo semestre deste ano.

A quarta geração da camionete de origem japonesa apresenta um estilo que lembra bastante o da VW Amarok. Em alguns pontos podemos até mesmo ver coisas que mais se parecem com um carro de passeio. De fato, a nova Nissan Frontier traz um ganho significativo no que diz respeito ao estilo bem como ao conforto dos passageiros.

Isso quer dizer que mesmo sendo uma picape, que pode ser usada para trabalhos pesados, ela é um pouco mais suave do que robusta em alguns aspectos.

Com relação ao visual apresentado a nova Frontier deixou para traz as conhecidas linhas “quadradas” para agregar uma aparência que tem certa delicadeza. Os faróis aumentaram de tamanho e também ganharam LEDs para iluminação durante o dia. A grade central do modelo segue a mesma ideia de identidade mais recente da Nissan e que já pode ser vista em modelos como os sedãs Altima e Sentra. Na parte traseira a picape também recebeu um aeorofólio colocado na tampa da caçamba.

No que toca a motorização, a nova Frontier continua a manter o bloco de 2.5 16V turbodiesel. Entretanto, agora estão sendo disponibilizadas duas opções para os consumidores da marca. Uma conta com 163 cv e 41 kgfm de torque, enquanto que a outra tem 190 cv e 45,9 kgfm. Vale ressaltar que a segunda configuração já tem suas versões vendidas por aqui desde 2013.

No mais, o maior destaque em relação a parte mecânica fica com o novo câmbio automático sequencial que conta com sete marchas e também a tração 4×4 que agora poderá ser ativada por meio de um botão situado no painel e não mais por uma alavanca secundária.

De acordo com as informações divulgadas pela divisão brasileira da Nissan, a nova geração da Frontier ainda não tem uma data de chegada ao Brasil. Lembrando que o modelo atual foi lançado por aqui lá em 2007.

Embora a montadora não confirme nada há a expectativa de que ele seja substituído pela nova versão entre 2015 e 2016.

Por Denisson Soares

Foto: divulgação


A Nissan é uma das maiores marcas de automóveis produtoras de picapes, mas já não é a primeira vez que a montadora realiza um recall para alguns modelos. Recentemente a montadora no Brasil pediu para que fosse realizada uma inspeção nas picapes Frontier.

O recall atinge cerca de 35.280 picapes produzidas a partir do ano de 2007.

Segundo a própria empresa, o foco das inspeções é verificar problemas relacionados ao torque dos parafusos da trava do capô e também da junta da coluna de direção.

A Nissan promete que as trocas necessárias serão feitas sem nenhum custo adicional e que o serviço de recall deverá ser solicitado a partir desta quarta-feira (dia 22 de fevereiro)  em uma das concessionárias da marca.

Segundo a Nissan, os veículos que devem ser inspecionados possuem as seguintes numerações de chassis: de MNTVCUD4086000002 a MNTVCUD4086004932, de 94DVDUD409J030319 a 94DVCUD40CJ877692 e de 94DVDUD409J030319 a 94DVCUD40CJ991448.

Os proprietários dos veículos que quiserem mais informações podem ligar para o número 0800 011 1090 ou acessar o site www.nissan.com.br.

Por Jéssica Monteiro 





CONTINUE NAVEGANDO: