A linha 2019 do modelo Hyundai Azera chegará ao mercado brasileiro no primeiro semestre de 2019.

O Hyundai Azera 2019 chega ao mercado brasileiro ainda no primeiro semestre de 2019. Ele será o segundo modelo da sexta geração do carro que foi lançado em 1986, ainda como Hyundai Grandeur.

Design e Visual

Desde a introdução da sexta geração em 2017 para os modelos 2018, o Azera está com um estilo mais sério, mas sem perder a elegância. Remetendo a uma aparência mais conservadora, o modelo sul-coreano ganhou uma nova grade na parte dianteira no estilo cascata, que o torna mais robusto visualmente.

As rodas de liga leve de 19 polegadas e faróis em LED, a parte externa ainda tem muitos detalhes. A parte externa tem destaques estilizados em vinco das laterais. Desde seu lançamento, há mais de 30 anos, as lanternas traseiras têm um padrão interligado entre si, tornando o sedan um carro com personalidade e guardando a tradição dessa estilização.

O sedan chegará ao Brasil em uma única versão, já vindo de fábrica com uma central multimídia de 8 polegadas (20,3 cm de diagonal), painel de instrumentos chamado de “SuperVision LED” de 4,2 polegadas (10,6 cm), tecnologia para carregamento sem fio de celulares (Wireless Charger), com abertura do porta-malas dotado de sensores de presença.

Além de tudo isso, o veículo é equipado com aquecimento nos bancos dianteiros e traseiros, controles eletrônicos de estabilidade e tração, cortina retrátil elétrica no vidro traseiro e cortinas retráteis manuais nos vidros laterais.

Como itens de segurança aliado à tecnologia, o veículo conta com seletor de modo de condução e sistemas de monitoramento de ponto cego. Ainda aliado à tecnologia temos o sistema de som “Infinity” e teto solar panorâmico.

Interior

Cheio de modernidade, o Hyundai Azera 2019, assim como o do ano anterior, tem uma interação da parte externa com o interior. O acabamento continua de altíssima qualidade, utilizando um mix de alumínio, madeira e couro.

O Azera tem itens de série de cair o queixo: teto solar panorâmico, retrovisores que têm a capacidade de eliminar pontos cegos, bancos em couro com memória e dotados de ajustes elétricos e volante com aquecimento.

Motores e Potência

Embaixo do capô encontramos no Azera o motor 3.0 V6 abastecido à gasolina com 250 cavalos de potência (186 quilowatts) acompanhados de uma transmissão automática de 6 velocidades.

Tecnologia e Segurança

O próprio nome da marca sul-coreana já revela sua paixão por tecnologia. A palavra “Hyudai” significa “moderno”. Portanto, como era de se esperar, a tecnologia se mantém como um dos pontos altos da Hyundai.

Em 2018 o Azera já tinha sido equipado com recursos que garantem ainda mais a segurança do Sedan coreano. O Azera vem equipado com o sistema Lane Assist, que auxilia o motorista para que ele mantenha o veículo nas faixas corretas, sendo capaz de corrigir pequenas alterações no volante.

O Sedan também conta com o piloto automático inteligente, alerta de atenção do motorista e Sistema Advanced Smart Cruise Control, que é responsável por manter o veículo sempre a uma distância segura do veículo da frente. Além de tudo isso ainda conta com câmeras e radares em torno do automóvel, que são capazes de detectar os pontos cegos.

A Hyundai

A Hyundai é uma empresa coreana fabricante de automóveis. Foi fundada em 1967 e opera a maior fábrica de automóveis do mundo, com capacidade de fabricação de 1,6 milhão de automóveis por ano. A empresa tem uma fábrica no Brasil há 6 anos, na cidade de Piracicaba, interior do estado de São Paulo. Essa fábrica tem a capacidade de produzir 150.000 veículos todos os anos.

Para mais informações sobre os carros que a Hyundai disponibiliza no Brasil clique aqui www.hyundai.com.br/servicos/hyundaisempre.html e selecione "showroom". Depois clique em "carros".

Por Bruno Rafael da Silva

Hyundai Azera 2019

Hyundai Azera 2019


Além do cupê padrão 488, há um Spider com capota retrátil e o novo para 2019, mais duro, já a versão Pista produz 710 CV e eleva seriamente o volume no V-8.

A visão global deste surpreendente modelo de automóvel é a seguinte:

Com um motor V8 semi-turbo de 3,9 litros, o 488 GTB gera um lamento sonoro e uma aceleração feroz até 8000 RPM, chegando a 661 HP. Um automático de sete velocidades de dupla embreagem é a única transmissão; estimamos um tempo de zero a 60 MPH de 3,0 segundos. A suspensão adaptativa da Ferrari é relativamente compatível sem sacrificar o manuseio. Além do cupê padrão 488, há um Spider com capota retrátil e o novo para 2019, mais duro, já a versão Pista produz 710 CV e eleva seriamente o volume no V-8.

As gerações do modelo Ferrari 488 GTB explicadas:

Os grandes designs novos ocorrem a cada cinco anos ou mais. Não há muita mudança no meio. Dividi-los em gerações proporciona distinções mais significativas no processo de compra.

A Spider FERRARI 488 consiste no último capítulo da história em termos de carros desportivos tipo OPEN-TOP V8, sendo que a saga iniciou com uma versão tipo TARGA-TOP DO 308 GTB.

Começando com o RHT (Top Rígido Retrátil) em torno do qual todo o carro foi desenvolvido, cada área do modelo 488 Spider foi projetada para estabelecer novos padrões tecnológicos para o setor.

Os valores dos consumos de combustível e das emissões de CO2 apresentados foram determinados de acordo com o Regulamento Europeu (CE) n.º 715/2007, na versão aplicável no momento da homologação.

Os valores de consumo de combustível e de emissões de CO2 referem-se ao ciclo NEDC e à configuração do veículo com o sistema HELE.

O novo procedimento WLTP é caracterizado por um perfil de condução mais dinâmico com aceleração mais significativa. A velocidade máxima aumenta de 120 para 131,3 km / h, a velocidade média é de 46,5 km / h, sendo o tempo total do ciclo é de 30 minutos, 10 minutos a mais que o NEDC anterior. A distância percorrida dobra de 11 a 23,25 quilômetros. O teste WLTP consiste em quatro partes, dependendo da velocidade máxima: Baixa (até 56,5 km / h), Média (até 76,6 km / h), Alta (até 97,4 km / h), Extra alta (até 131,3 km / h). Estas partes do ciclo simulam a condução urbana e suburbana e a condução em estradas e autoestradas extra urbanas. O procedimento também leva em consideração todos os conteúdos opcionais do veículo que afetam a aerodinâmica, a resistência ao rolamento e a massa do veículo, resultando em um valor de CO2 que reflete as características do veículo único.

Os valores estão todos atualizados e são os seguintes:

O preço atual, para o mês de Novembro de 2018: R$ 2.750.000,00;

O preço anterior, no mês passado: R$ 2.750.000,00;

O preço anterior, registrado há 3 meses: R$ 2.750.033,00;

O preço anterior, registrado há 6 meses: R$ 2.680.000,00;

O preço anterior; registrado há um ano: R$ 2.700.000,00;

O preço anterior; registrado há 2 anos: R$ 2.600.000,00.

Todos estes valores estão atualizados.

Estruturalmente, o automóvel da linha Ferrari 488 GTB consiste em um modelo esportivo produzido pela companhia Ferrari. Este tipo de veículo estreou, oficialmente, no dia 3 de fevereiro do ano de 2015, que ocorreu antes de sua grande estreia mundial no Salão Internacional do Automóvel em Genebra. A Ferrari 488 GTB consubstanciou-se em uma substituta da Ferrari 458, compartilhando com a mesma várias características de design e chassis.

Esta é uma das grandes novidades da companhia, a qual está emplacando o comércio há três anos.

Para mais informações a atualizações, todos os interessados poderão consultar o site: https://auto.ferrari.com/en_EN/sports-cars-models/car-range/488-spider.

Há muitos outros sies que estão noticiando as últimas informações sobre este modelo, alguns com maior precisão que outros.

Por Paulo Henrique dos Santos

Ferrari 488GTB 2019

Ferrari 488GTB 2019


O modelo i8 Roadster da BMW será comercializado no Brasil, sendo uma versão conversível do esportivo híbrido i8.

A montadora BMW já tinha confirmando ainda no dia 8 de outubro que o modelo i8 Roadster da marca iria dar o ar da graça no Salão Internacional do Automóvel na cidade de São Paulo, evento que aconteceu de 8 a 18 deste mês. Ele foi uma das sensações do salão, chamando muita atenção dos admiradores que transitaram por lá. O veículo é uma versão conversível do BMW esportivo híbrido i8. É a primeira vez que o carro é apresentado sem teto e com uma opção bem descolada, ao ser comparado com o cupê. O esportivo ecológico já é comercializado há um bom tempo no mercado brasileiro, tendo a sugestão no valor de R$ 799.950.

De acordo com a Diretora de Marketing e Produto da marca aqui no Brasil, Nina Dragone, a empresa está muito entusiasmada para realizar o lançamento do BMW i8 Roadster. Isto porque o modelo simboliza em somente um automóvel toda a esportividade que a montadora germânica possui, tendo um desenho multipremiado e visionário do grupo BMW, além de haver o pioneirismo de uma submarca, batizada de BMW i, nos quesitos de conectividade e também em eletrificação, os quais foram estabelecidos por meio de uma estratégia da empresa, que atualmente se encontra presente na gama atual gama de veículos eletrificados da companhia.

Da mesma forma que a versão cupê, o modelo i8 Roadster possui em sua estrutura um chassi confeccionado em alumínio. Esta arquitetura, que levou o nome de LifeDrive, foi projetada de forma especifica para veículos híbridos e elétricos.

O BMW i8 Roadster possui um sistema híbrido conhecido como plug-in, isto é, o veículo pode e precisa ser conectado em uma fonte de energia quando suas baterias internas se encontrarem descarregadas. O carro esportivo é alimentado por dois propulsores, sendo um motor movido a gasolina de 1.5 litros, dotado de somente três cilindros. O outro é um propulsor elétrico em seu eixo dianteiro. O conjunto possui a capacidade de gerar uma potência de 374 cavalos.

Para o propulsor a combustão conta com um conjunto de transmissão automático com seis marchas, enquanto para o motor elétrico é outro com duas velocidades, automático também. O ecológico i8 Roadster pode trabalhar apenas no modo elétrico, porém não irá funcionar por uma grande quantidade de tempo. Com este motor, o conversível conta com uma autonomia para trafegar somente entre 24 e 29 quilômetros, atuando com 120 quilômetros por hora de velocidade máxima.

O carro híbrido, em sua configuração conversível, tem a capacidade somente para duas pessoas. Além do BMW i8 contar com uma tecnologia híbrida, dispõe também de um desenho bem exótico, sendo um diferencial do veículo. A sua carroceria possui recortes em formatos bem arrojados e com contornos bem marcados em preto.

Na parte frontal do híbrido, seus faróis ainda lembram o familiar e famoso desenho da BMW, ainda que agora conte com um design mais arrojado e moderno, além de suas linhas retas.

A expectativa da marca alemã era a de que o conversível BMW i8 Roadster iniciasse suas vendas aqui no mercado brasileiro logo após a sua aparição no Salão do automóvel que ocorreu em São Paulo (SP). Portanto, espera-se que muito em breve o nosso mercado já possua mais uma opção de veículo híbrido ou elétrico, o qual vai estar juntamente com outros carros anunciados para um futuro muito próximo, como por exemplo, o Nissan elétrico Leaf. Como dito, aqui em terras tupiniquins a versão cupê é comercializada pelo preço de R$ 799.950, este que não deverá ser mais baixo quando se tratar deste novo conversível alemão.

Por Filipe Silva

BMW i8 Roadster 2019

BMW i8 Roadster 2019


A quarta geração do Ford Focus irá surpreender a todos, pois irá ser submetida a uma evolução de estilo e design.

A quarta versão deste magnífico carro está para nascer e rodar já neste ano de 2018. Ele irá substituir a versão do Ford Focus 2.0, que para muitos foi ineficiente e deixou a desejar.

O que esperar deste próximo lançamento da montadora Ford que está dando o que falar? Confira mais informações no post que preparamos exclusivamente para você sobre a nova geração do Ford Focus e decida: ele será, ou não o carro do ano de 2018? Dá uma olhada nas informações e descrições no artigo abaixo.

Não foi apenas o Ford Focus que mudou

A terceira geração do automóvel Fiesta já está rodando nas estradas do exterior, assim como a super equipada versão reestilizada do EcoSport, um belo trabalho da Ford que em breve encantará os brasileiros que estão pensando em trocar de carro. A Ford também está desenvolvendo mudanças para o modelo "queridinho" da marca, o hatch médio Ford Focus que está cada vez mais potente. Ele será provavelmente revelado no Salão de Detroit em janeiro e estreará no comércio brasileiro até o fim de 2018, fazendo parte da linha de automóveis Ford 2019.

Evolução no design do modelo

O Ford Focus irá ser submetido a uma "evolução" de estilo e design, ou seja, não será uma repaginada total, a plataforma será a mesma (Global C), que já é um tanto ultrapassada, mas obtém assim uma grande maturidade. Essa "antiga" Global C trará belas novidades: o Focus não terá suas básicas dimensões mudadas, mas, segundo sites oficiais, o hatch médio inovado possuirá maior espaço interno, pois seus espaços entre-eixos foram aumentados. Ou seja, para você que tem ou já entrou em um Ford Focus e se sentir apertado e desconfortável, não sofrerá mais desse problema a partir desta renovada quarta geração do Ford Focus.

Um carro aerodinâmico e realmente leve: Ford Focus está por vir!

Sim! A montadora Ford irá resolver um dos maiores problemas do Focus: o gasto. Segundo as fontes oficiais, o novo Ford Focus trará consigo uma bela e grande eficiência quando se fala em energia, precisamos admitir que a versão 2.0 gasta bastante.

A boa notícia é que essa "antiga" versão 2.0 será deixada pra lá. O Ford Focus que será comercializado no Brasil (e que é fabricado na Argentina) irá adotar a família EcoBoost da Europa, ou seja, serão 3 cilindros 1.0 de 125 cavalos cada um, como o modelo Fiesta daqui do Brasil, e no modelo esporte ST serão 3 cilindros 1.5 correspondendo a 150 cavalos e 4 cilindros 2.0. O modelo esporte, provavelmente, não será comercializado aqui no Brasil.

O que dá para saber é que a quarta geração do Ford Focus que vier a ser comercializada por aqui será mais econômica que a versão antiga 2.0.

Não é só a economia que virá com o modelo repaginado! Confira o que vem acoplado ao modelo Ford Focus quarta geração!

Terá muita coisa junto com o carro, o conjunto de acoplados do Ford Focus chama atenção dos interessados em carros.

Confira a lista:

As já conhecidas no mercado nacional e estrangeiro: transmissões, o Focus receberá a versão manual equipada com cinco marchas, ou seis, e possuirá também a versão automática com duas embreagens e seis marchas. Calma! Os problemas antigos nessa última versão citada estão resolvidos!

Na Europa a versão elétrica estará disponível para comércio, com algumas melhorias, e com certeza na Europa e trazendo boatos que chegará ao Brasil, uma versão híbrida.

Você compraria a quarta geração do Ford Focus?

Por David Ferreira

Ford Focus

Ford Focus


Edição especial do modelo terá 200 unidades produzidas e será vendida por R$ 179.990.

Esta semana o mercado automobilístico brasileiro irá receber mais uma novidade, esta novidade será o lançamento de uma série especial da já conhecida Pajero Dakar. O nome desta série especial será HPE-S. As unidades desta série serão realmente exclusivas, tendo em vista que serão disponibilizadas aqui no país apenas 200 unidades, sendo que todas terão uma numeração de série, esta versão será diferenciada das demais por alguns detalhes exclusivos que serão inseridos no visual, bem como na lista de acessórios que nesta versão será ainda maior.

Os consumidores que quiserem levar para casa essa novidade terão que desembolsar uma quantia de R$ 179.990, por este carro que terá espaço para até sete ocupantes. O veículo será disponibilizado com três opções de cores sendo estas as seguintes: preto, cinza e branco.

Essa edição especial da Pajero Dakar irá trazer de série um sistema multimídia com um tela de 7 polegadas, a qual terá GPS, CD, DVD, MP3, câmera de ré e Bluetooth com sistema de viva-voz. Na parte interna, o carro contará com bancos totalmente revestidos em couro, sendo que os dianteiros terão o sistema de regulagem elétrica. As trocas de marchas deste veículo serão feitas através do sistema de borboletas.

Há ainda nesta série algumas comodidades, tais como, sensor de chuva e faróis com acendimento automático, ar condicionado totalmente automático, sistema Keyless para a realização da abertura e do trancamento das portas e rebatimento elétrico dos retrovisores externos.   

No quesito segurança este carrão também não deixou a desejar, uma vez que vem com a presença, de nada mais nada menos, que oito airbags sendo estes, dois frontais, dois laterais e quatro de cortina, porém o único detalhe que a montadora deixou a desejar neste veículo foi o de não ter colocado nele um sistema de controle de estabilidade.

O visual do carro é muito bonito, ele já vem de fábrica com rodas de liga leve no tamanho 18 polegadas, rodas estas que vêm com um acabamento escurecido. Outra novidade que serão oferecidas neste jipão serão bancos com costura especial e na cor bright grey e luzes de LED diurnas inseridas no para-choque.

Com relação à motorização esta edição especial irá trazer um propulsor 3.2 turbodiesel, o qual tem a capacidade de gerar uma potência máxima de 180 cavalos e um torque máximo de 38 Kgfm, conjunto este que trabalhará juntamente com um câmbio de cinco marchas automático.

Por Adriano Oliveira

Mitsubishi Pajero Dakar HPE-S

Mitsubishi Pajero Dakar HPE-S

Fotos: Divulgação


Confira as novidades que o novo modelo terá

A Bentley está entre as marcas mais cobiçadas de carro em todo o mundo. E agora, a montadora britânica deve lançar mais um modelo de luxo no mercado. De acordo com informações da imprensa internacional especializada, o novo modelo deve ser lançado apenas no ano que vem, porém algumas novidades já foram vazadas.

O novo veículo deve usar a plataforma do atual Continental GT, porém ainda mais robusto, contando com tração integral, e sendo mais avançado do que o GT3-R. A motorização é bem interessante, já que, segundo as informações, deve vir com uma reestilização do motor de 4.0 litros biturbo V8, com potência de nada menos do que 580 cv.

Além disso, o modelo deve vir ainda mais leve do que seu modelo anterior (o atual GT3-R), sendo cerca de 200 kg mais leve. Segundo o chefe de engenharia da Bentley, Rolf Frech, o modelo atual já poderia ter sido melhor, porém a exigência para que o GT3-R estivesse pronto dentro do prazo para entrar nas pistas estava acabando, e a marca precisava que ele ficasse pronto até o início da temporada para poder competir sem problemas.

Frech ainda revelou que a marca tinha planos de mudar completamente o trem de força do modelo, mas com pressa isso não seria possível. Porém, como a marca já tem o conceito em mente, isso se torna mais viável, e faz com que as especulações sobre o novo modelo vir com tração traseira aumentem. Isso era esperado já para o GT3-R, porém deve aparecer agora nesse novo esportivo.

Como um carro de luxo e com atenção especial para pistas, esse novo modelo da Bentley deve ter uma produção bem limitada. Seu preço também não será nada acessível, pois especula-se que seu valor inicial seja de cerca de 300 mil libras, o que dá em torno de 1 milhão de reais.

Por Felipe Villares

Carro da Bentley

Foto: Divulgação


Novo modelo terá versões de 2 e 4 portas

O ano de 2015 poderá trazer um novo modelo de picape nos grandes salões de automóveis. Em recente entrevista ao site australiano CarAdvice, o executivo-chefe da Jeep, Mike Manley, deu uma declaração de que a marca poderá lançar uma picape em breve, fato inédito, já que o último modelo, o Comanche, foi lançado em 1992. Segundo Manley, a picape ainda está em fase de estudos pela empresa e, que poderia ser moldada de acordo com a plataforma do Wrangler, ou seja, com variantes de duas e quatro rodas.

"Em primeiro lugar estamos agora bem dentro do programa para a renovação do Wrangler. É um programa de ciclo mais longo por causa do que o veículo é. Você sabe que eu sou um grande defensor de um Wrangler pick-up, [mas] como parte disso, a decisão vai ou não vai ser feita a respeito de uma pick-up [variante]. Da minha perspectiva, ele se encaixa no portfólio exatamente", explica o diretor executivo.

Conhecida pelos modelos off-road, ou seja, carros destinados ao uso em estradas, o fato de querer lançar uma picape é novidade no mundo automobilístico, visto que, a Jeep não tem tradição na produção deste tipo de carro. Agora, resta esperar que o protótipo se apresente economicamente viável, além de, é claro, lucrativo.

A Jeep deve anunciar se produzirá a picape em breve.

História:

Liberdade, capacidade e aventura. Impossível não lembrar da famosa marca de "jipes" ao associar estas três palavras.

Há 74 anos nasceu a marca Jeep com o intuito de ajudar os aliados durante a Segunda Guerra Mundial. Assim, com fins totalmente militares, o Exército dos Estados Unidos lançou, em meados dos anos 1940, um apelo às fabricantes de veículos do país para criarem um automóvel ágil, com capacidade de transportar pesadas cargas, que tivesse tração integral e, o principal, que se locomovesse em qualquer terreno. Então, no final da guerra, a Willys registrou o nome Jeep. Foi dessa forma que os Jeeps passaram a integrar o mercado automobilístico e, ficaram cada vez mais famosos em todo o globo por associar aventura com capacidade, uma combinação perfeita para os amantes da liberdade.

Por Andréa Corneli Ortis

Jeep Wrangler Ute

Foto: Divulgação


A Renault possui uma versão aventureira de seu compacto Sandero, chamada de Stepway. Esse modelo é o concorrente direto dos carros CrossFox e Hb20X de suas concorrentes Volkswagen e Hyundai.

Para o ano de 2015, a fabricante já anunciou seu novo modelo, que passou por modificações notáveis em relação às versões dos anos anteriores, acompanhando a mudança de modelo da versão convencional do compacto.

Foto: divulgação

O carro vem equipado com um motor Hi-Power de 1.6 litros, com 8 válvulas e 4 cilindros, flex, com potência máxima de 98 cavalos quando rodando 100% com gasolina a 5250 rmp e de 106 cavalos no etanol, também a 5250 rpm. A transmissão do Stepway é manual, com câmbio de 5 velocidades. Possui freios ABS, air bags para condutor e passageiro e alarme perimétrico.

Externamente, o carro vem com rodas de liga leve de 16 polegadas, pneus 205/55 R16, adesivos coluna “B”, retrovisores na cor da carroceria, capas pretas plásticas nas caixas das rodas, rack de teto, faróis de neblina, desembaçador e limpador de vidro traseiro e adesivos com a inscrição “Stepway”.

O grande atrativo de seu exterior é transmitir esse estilo off-road, assim como a Renault Duster, sua irmã mais velha, faz.

Foto: divulgação

O interior é bastante moderno, com um volante personalizado, revestido em couro e com comandos para o sistema de áudio, bancos com tecnologia CCT, direção hidráulica com ajuste de altura, ar-condicionado, ar quente, computador de bordo, comando de satélite, travas elétricas, vidros elétricos traseiros e dianteiros, sistema CAR, sensor de estacionamento e retrovisor elétrico.

O carro conta com um sistema de navegação chamado de Media NAV 1.2, que consiste em uma tela de 7 polegadas sensível ao toque, com GPS 2D e 3D e possibilidade de ouvir música via streaming ao conectar-se com iPod, smartphone ou MP3 Player pelas entradas USB, Auxiliar ou Bluetooth.

Foto: divulgação

Outra função do sistema multimídia é de interagir com o celular do motorista através do Bluetooth e realizar chamadas em viva-voz, além de permitir acesso ao histórico de chamadas e aos contatos.

Um grande atrativo é seu porta-malas, que é uma referência na categoria, com 320 litros, podendo chegar a 1.196 litros quando os bancos traseiros estiverem rebatidos. O Sandero Stepway 2015 chega às concessionárias a partir de R$ 48.650.

Por Rannier Ferreira Mendes

Foto: divulgação


Entre as novidades apresentadas o C3 agora tem novas versões e conta com câmbio automático no modelo Tendance. Para a Minivan Aircross a novidade fica por conta da máscara negra nos faróis.

Na última quinta-feira, dia 22, a Citroën apresentou na cidade de São Paulo a sua nova linha 2015 para a família C3. A novidade apresentada conta com o próprio C3, a minivan aventureira Aircross e minivan C3 Picasso.

No caso do hatch premium C3 o destaque fica por conta das alterações e readequações realizadas no que diz respeito a oferta de versões uma vez que em termos visuais não foram realizadas mudanças. Confira algumas das novidades logo abaixo.

A montadora permanece com a mesma versão de entrada, ou seja, a Origine, custando R$ 40.990. De série o modelo conta, entre outras coisas, com vidros e travas elétricas, ar condicionado e também direção elétrica. A versão batizada de Attraction chega às lojas pelo preço de R$ 43.990. No caso deste modelo foram adicionados ao pacote diversos itens dentre os quais destacamos as rodas de liga leve com 15 polegadas, as luzes diurnas em LED, e os vidros elétricos na parte de trás. Também há o sistema de som com os comandos localizados na coluna de direção.

A Tendance, versão intermediária agora tem um motor de 1.6 e conta com câmbio automático. O preço do modelo nessa configuração é de R$ 49.990. Entretanto, a montadora disponibilizou uma versão mais simples que traz um câmbio manual e um motor 1.5. Este modelo sai das lojas pelo valor de R$ 45.990. Nos dois casos, além do que já vem originário de versões anteriores, ainda foi implantado nos modelos o teto panorâmico Zenith, que permite que o tamanho do para-brisa possa ser aumentado para até 1,35m de comprimento.

A versão topo de linha, Exclusive, agora tem sensor de ré e alarme de série. O modelo vai custar R$ 55.490. Também neste caso a uma novidade com uma opção com o preço mais em “conta”. O modelo que traz um câmbio manual e motor 1.5 vai custar R$ 48.990.

Por Denisson Soares

Citroen C3 2015

Foto: Divulgação


A nova gama do Mercedes-Benz C-Class ia contar agora com uma expansão que o levará a novas áreas, de acordo com Thomas Weber, chefe da Mercedes R&D.

Em entrevista, dada à revista Auto Express, Weber declarou que o mercado pode aguardar um conversível para o modelo: "Vamos continuar com variantes que você sabe", disse Weber, "além de mais alguma expansão", concluiu.

"Com plataformas produtoras do C-Class, temos uma mensagem clara de que vamos crescer. Agora é possível ser muito mais rápido e com menos dinheiro para desenvolvimento dos novos modelos".

Questionado sobre se a possibilidade de outro cupê de quatro portas ser desenvolvido com base no C-Class, Weber disse: "Sim, há espaço entre o CLA e os CLS, estamos investigando intensamente nichos restantes que irão fornecer-nos com rentabilidade e crescimento".

Weber também confirmou que o GLK SUV baseado no C-Class também será desenvolvido e pela primeira vez chegará no Reino Unido com volante à direita. O C-Class também será vendido exclusivamente na China, em forma de chassis longos, com a mesma plataforma que também estará disponível para outros modelos futuros.

Enquanto isso, a equipe da Mercedes de F1 trabalha ativamente no desenvolvimento do SLS, um carro elétrico e completo  que será construído na fábrica da F1 em Brixworth: "Nós temos algumas grandes idéias com AMG, alguns estudos de engenharia, talvez uma produção em série high-end de carros de estrada", disse ele Weber.

A Mercedes que já é uma marca conceituada no desenvolvimento de carro de qualidade e bom desempenho, mais uma vez ocupa lugar de destaque em um campo cada vez mais concorrido onde novidades surgem a cada momento.

Aos apaixonados por carros resta agora aguardar mais esta impressionante chegada do que podemos chamar de fenômeno das quatro rodas às concessionárias, enquanto a Mercedes trabalha incansavelmente em seus desenvolvimentos nós, meros mortais aguardamos ansiosamente mais esta novidade do mundo automobilistico.

Por Jaime Pargan

Mercedes C-Class foi flagrado em testes

Foto: Divulgação


Comercializado no Brasil desde setembro de 2000, o novo Chevrolet Celta 2015 já consta no site oficial da montadora. Apesar de não ter sido apresentado oficialmente, o veterano hatchback da marca da "gravata" em sua linha 2015 é oferecido apenas na versão LT com carroceria quatro portas, com pouquíssimas novidades estéticas, com preço a partir dos R$ 32.490

Sem trazer nenhuma novidade no visual, a linha 2015 do Celta teve apenas alguns equipamentos adicionados em sua lista de itens de série, além da nova cor Cinza Mond. Entre os equipamentos que o hatchback conta estão os freios ABS e o airbag duplo, que atende a legislação vigente no Brasil, direção hidráulica, sistema de ar condicionado, vidros com acionamento elétrico com comando "One Touch", antiesmagamento e fechamento/abertura automático pela chave, alerta sonoro de faróis ligados, desembaçador, limpador e lavador elétrico do vidro traseiro, cintos de segurança dianteiro com pré-tensionadores e ajuste de altura, cinto de segurança dos bancos traseiros laterais de três pontos, barras de proteção nas portas, sistema de imobilização do motor, sistema central de travas elétricas, travamento automático das portas ao alcançar 15 km/h, "Keyless Entry System" (sistema de trava central das portas via rádiofrequência), alarme antifurto relógio digital, brake light, entre outros itens.

Mecanicamente não houve alterações, portanto, a linha 2015 do Celta mantém o já conhecido motor 1.0 8V VHC-E Flex, capaz de entregar 77 cv e torque de 9,5 kgfm com gasolina ou 78 cv e torque de 9,6 kgfm, quando abastecido com etanol. Trabalhando em conjunto com o bloco 1.0 está o mesmo câmbio manual de cinco marchas. 

A Chevrolet oferece o Celta 2015 em seis opções de cores, já contando a nova opção de cor Cinza Mond, podendo ser adquirido com a carroceria pintada nas cores Preto, Prata Switchblade, Azul Sky, Vermelho Pepper e Branco Summit. A marca norte-americana ainda comercializa no Brasil a série especial Advantage, mas apenas como linha 2014, com preço sugerido a partir de R$ 33.390. 

Por Caio Polo

Celta 2015

Foto: Divulgação


A Brabus, marca alemã que se tornou especialista em personalizar carros da Mercedes-Benz, tem modelos com preços que começam em R$ 149 mil.

No início deste mês, a Brabus tornou oficial suas operações no Brasil. Especializada em personalizar os carros da Mercedes-Benz, a marca de origem alemã estreia no país representada por uma importadora, a Strasse. A mesma se encontra situada na Vila Olímpia, um bairro nobre de São Paulo.

Voltando a falar dos carros, quem quiser ter um modelo que foi customizado pela marca deverá desembolsar valores que partem de R$ 149 mil.

Os negócios da marca deverão funcionar da seguinte maneira: a importadora Strasse importa as peças e os veículos em si serão montados no Brasil, seguindo a linha alemã. Isso quer dizer que a Mercedez-Benz irá importar veículos originais, enquanto que a Strasse irá prepara os carros efetuando modificações mecânicas e também aerodinâmicas com o objetivo de extrair dos carros sua melhor performance.

De início a marca decidiu por oferece ao mercado brasileiro o Classe C 18 Brabus, o Classe C 20 Brabus e o topo de linha CLS 63 Brabus.

O C 18 Brabus pode ser adquirido pelo preço de R$ 149 mil. É o modelo de entrada da marca.

Já quem busca mais potência deverá desembolsar R$ 175 mil para adquirir o modelo intermediário, o C 200. O carro vem equipado com um motor 1.8 turbo de 224 cv e 33,14 kgfm. A título de curiosidade, em sua versão original o C 200 sem a customização é vendido pelo preço de R$ 139 mil e vem com 40 cv a menos.

Já o que merece respeito é o CLS 63 Brabus, que tem nada mais nada menos do que 620 cv de potência e cerca de 102 kgfm de torque. O responsável por isso tudo é um 5.5 V8 biturbo, que pode levar o modelo a uma velocidade máxima de 320 km/h e ir de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos. Quem quiser ter esse mega carro também tem que ter uma mega grana, já que o preço é em dólar com o valor a partir de US$ 310 mil.

Por Denisson Soares


Está previsto para 2017, o lançamento do novo modelo da BMW, que será conhecido como X2. Ainda não há uma divulgação confirmada sobre as características do design e nem sobre a tecnologia do veículo, mas escuta-se que o carro terá padrões de requinte e modernidade, o que irá provocar a imaginação dos futuros proprietários.

Mesmo sabendo que o carro está sendo rascunhado em um papel que está criando pequenas raízes , a empresa alemã tem como objetivo oferecer através do modelo X2 um sistema de tração integral e drive composto por cinco portas, lembrando o modelo cupê de três portas.

A empresa também tem a pretensão de colocar o mesmo motor do modelo X1. O veículo terá uma caixa de câmbio manual de seis velocidades ou automática de oito velocidades. Todos os motores da linha são superpotentes, o que proporciona maior força e resistência, que só pode ser conferida quando o motorista está dirigindo um carro da linha.

Não se tem ainda os detalhes do modelo X2, mas os comentários que dizem sobre o design é de que será inspirado nos modelos já fabricados, como o X4 e o X6. Vale ressaltar que parece que o modelo X2 será criado para atrair um público mais jovem, imaginando que pode ser um carro menor e com duas portas, mas deixando a opção de quatro portas para atender outros tipos de gosto.

Enfim, todos os amantes da linha BMW já podem aguardar que vai chegar uma nova máquina superpotente com alto padrão de qualidade, resistência e muito charme. Por isso vai provocar um forte apelo emocional em todos que esperam pelo novo X2.

Por Jaqueline Mendes


Com preço oficial de R$ 61.380, o T-JET 1.4 16 válvulas consiste no modelo mais caro entre as edições do Fiat Punto para a nova temporada. De forma prática o valor no mercado se relaciona ao motor que trabalha com turbo que fornece 152 cavalos adicionais. A empresa garante poder no equilíbrio das rodas para que curvas fechadas sejam desempenhadas com segurança, inclusive em velocidade alta.

De acordo com a empresa fabricante, há acabamento exclusivo no design do Fiat Punto T-JET 1.4, um ponto positivo para motoristas que não abrem mão de ter um carro que traz desenho moderno. As pinças dos freios se encontram pintadas em tonalidade vermelha. Dezessete polegadas no tamanho das rodas de liga leve.

No motor compacto 1.4 tem 16 válvulas e turbo, um conjunto desenvolvido de forma especial para qualificar o desempenho do carro nas pistas. Os 4.500RPM gerados por conta dos 152 cavalos representam números que não devem desapontar motoristas que apreciam trafegar em alta velocidade. De forma prática a direção ganha em energia com o turbo.

Há tecnologias que merecem destaque positivo no Fiat Punto T-JET 1.4 16 válvulas:

ECO DRIVE: sistema automático que coleta os dados de emissão do combustível e melhora as características do motor para diminuir o nível de fumaça tóxica à atmosfera.

Ao terminar o trajeto, tal sistema exibe aos motoristas os gráficos e índices que mostram características do desempenho atual, ou trazem quais regras seguir para melhorar a habilidade em dirigir de modo correto, ao economizar gasolina e ajudar o meio ambiente.

BLUE ME: com o sistema, quem dirige pode escolher músicas, ler mensagens eletrônicas e telefonar com facilidade ao usar os comandos do volante. Funciona de forma prática e quem nunca usou tecnologia do gênero se adapta rapidamente.

Deixe o seu recado e opine sobre o Fiat Punto T-JET 1.4 16 válvulas.

Por Renato Duarte Plantier

Fiat Punto T-JET 1.4

Foto: Divulgação


O novo Corolla da Toyota já tem pré-reserva. Esse carro, por sua vez, será incrível e totalmente diferente das versões anteriores. O fato é que esse possante começará, em todo o caso, a ser vendido a partir da data estipulada de 12 de março deste ano de 2014.

São muitas as surpresas e os mistérios que a marca estará promovendo, de modo que esse automóvel promete ser um sucesso de público e crítica.

O Toyota Corolla tem três versões de acabamento e duas opções de motorização.  Ele está ainda mais moderno e está também 10 cm maior em termos de comprimento.  O espaço interno e o conforto para até cinco pessoas serão ampliados. O visual da 11ª geração lembra o do Avalon, com lanternas alongadas e faróis que se juntam à grade dianteira.

As versões estão mais confortáveis e seguras e, diga-se de passagem, mais contemporâneas. O design parece mais arrojado e dinâmico, sem contar que a tecnologia do carro é, sem sombra de dúvida, de grande e alta tecnologia. Aliás, vale lembrar que os preços sugeridos da nova geração da Toyota ainda não foram definidos.

A versão de entrada deve chegar ao valor pensado de R$ 70 mil. Outras especificações desse grande veículo que são as apostas da Toyota para este ano são: direção elétrica, volante multifuncional e uma excelente conexão em Bluetooth.

Pois bem, com um câmbio manual de seis marchas e com recursos top de linha, o novo Corolla já tem uma miríade de imagens na internet que, por si só, já mostram as grandes e boas mudanças que esse carro está trazendo.  As cores do automóvel são branco, preto, prata, cinza, vermelho e azul, e pretos e brancos sólidos.

Por Juan Wihelm

Novo Toyota Corolla

Foto: Divulgação


A Audi apresentou no Salão de Genebra uma das novidades mais aguardadas para os apaixonados por carro e pela marca: a nova geração do TT e do TTS, que estão sendo um dos principais destaques do evento. O modelo cultiva o perfil roadster que faz sucesso desde a primeira versão de 1998, porém atualmente com um design mais contemporâneo com dominação das linhas retas.

A traseira do veículo possui lanternas trapezoidais e um spoiler traseiro que se abre de forma automática aos 121km/h. Os para-choques e para-lamas estão mais robustos. A dianteira é dominada por linhas horizontais, enquadradas por uma nova grade no formato hexagonal. A parte dos faróis segue essa mesma linha, com luzes de xênon de série ou LED opcionais. Em qualquer uma das escolhas, alguns filetes de luz são disponibilizados para o dia.

A terceira geração do TT segue o mesmo comprimento do familiar anterior, 4.18 m. Contudo, o modelo cresceu em 37 mm nos entre-eixos, medindo agora 2,05 m. A largura e altura têm 1.82 m por 1,35 m, respectivamente. O porta-malas foi aumentado para 305 litros, com 13 litros a mais que o antigo. Mesmo com medidas maiores, o automóvel ficou 50 kg mais leve, tendo no seu total um peso de 1.230 kg.

Na parte interna, o TT segue um mesmo padrão que o exterior, com cockpit exibindo linhas horizontais, sem muitos elementos, na tendência “Less is more”. A nova versão ainda apresenta uma tela multimídia de 12,3 polegadas e volante com base achatada. A disposição do carro continua no 2+2, ou seja, é um esportivo que dá a possibilidade para o uso diário.

Ficha técnica: duas opções de motorização, turbinados e com injeção direta de combustível. Primeira opção: 2.0 TDI diesel com 184 cv e 38,7 kgfm, com câmbio manual de seis marchas ou transmissão S Tronic. A segunda opção é o 2.0 TFSI a gasolina, incluindo 230 cavalos de potência e 37,7 kgfm.

Para os mais apaixonados e com disponibilidade de capital, o top de todos os TTS é o Audi 2.0 TFSI reconfigurado para alto desempenho, oferecendo 310 cavalos. A versão é capaz de fazer 0 a 100 km/h em 4,7 segundos com máxima limitada eletronicamente em 250 km/h. Para essa escolha, o esportivo é equipado apenas com câmbio S Tronic.

Audi TT

Foto: Divulgação


A busca por veículos mais eficientes no consumo de combustível cresce a cada ano, pelos menos no mercado europeu e por isso, uma das novidades que a Volkswagen irá apresentar no Salão de Genebra será o novo Golf GTE, versão plug-in híbrida que tem entre os principais destaques a autonomia.

Esteticamente, o Golf GTE tem grandes semelhanças com a versão GTI, já que, de acordo com a marca alemã, a sigla GTE está alinhada com as variantes esportivas GTI e GTD. As únicas diferenças, com relação ao GTI ficam por conta do desenho da grade frontal, a sigla GTE em azul, bem como o filete azul presente na grade, que invade os faróis. Na traseira, o nome Golf foi substituído pelo emblema da versão híbrida.

Além do visual parecido, o ajuste de suspensão e o acabamento na cabine também seguem o mesmo padrão do Golf GTi, contudo, ao invés dos detalhes em vermelho no interior a marca adotou a cor azul. A central multimídia, além de conter diversas funções, exibe informações do carro, incluindo o fluxo de energia enquanto o carro está em movimento e os dados de autonomia.

Mesmo sendo uma versão híbrida, errou quem achou que o desempenho do modelo foi comprometido. Para mover o Golf GTE a Volkswagen equipou o carro com um conjunto híbrido, dotado do bloco 1.4 TSI com 148 cv e de um propulsor elétrico de 101 cv (75kW). Os dois motores combinados são capazez de oferecer 201 cv e 35,5 kgfm de torque. Com isso, o hatchback híbrido acelera de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos, com velocidade máxima de 217 km/h.

O veículo pode ser usado no modo totalmente elétrico, com autonomia de até 50 quilômetros, chegando à velocidade máxima de até 130 km/h. A autonomia sobe para 940 quilômetros com o trabalho em conjunto dos dois motores, com consumo médio de incríveis 55,2 km/l.

Por Caio Polo

Volkswagen Golf GTE

Foto: Divulgação


Os carros de passeio também terão, a partir do final de 2014, o sistema operacional Android. Esse sistema do Google, que está presente em mais de 80% dos smartphones agora também fará parte de automóveis como o Audi, Honda, Hyundai e GM.

O Andoid, que dominou todo o universo de tablets e dispositivos móveis de modo geral, está dando um passo além e apostará no comércio de carros. A organização lançou o Open Automotive Alliance (OAA), uma união com as marcas aqui citadas para que seus veículos possam, ainda neste ano, usufruir a tecnologia do Sistema Operacional do Google. 

Esse anúncio acontecerá antes da CES, Consumer Electronics Show, que será em Las Vegas, EUA, e que é uma das maiores feiras de tecnologia de todo o mundo. 

A empresa também selou um pacto de aliança com a empresa de  chips NVidia, pois também será desenvolvido processadores de primeira linha para os automóveis.  Sem contar que o uso do Android em carros de passeio aumentará ainda mais o sucesso desse sistema operacional já tão conhecido no mundo.

Da mesma forma que ocorre com outros gadgets, o Sistema Android a ser instalado nos carros fará com que aplicativos possam ser criados e disponibilizados na loja virtual. São muitas as vantagens que esse serviço irá proporcionar para esfera dos automóveis que, a cada ano, precisa se reinventar para atrair mais clientes.

Outro ponto a favor do Android será a sua facilidade em termos de conexão.  A música do smartphone, por exemplo, poderá tocar assim que o passageiro adentrar no veículo.  Esse sistema operacional, com efeito, pode aproveitar o GPS do carro e oferecer dados para os mapas.

Enfim, dentro de tantas possibilidades, o Google sabe que tem muita coisa a ser feita, afinal suas rivais começaram a trabalhar com carros antes da empresa.

Essa estratégia tem tudo para funcionar.    

Por Juan Wihelm

Android em carros

Foto: Divulgação


A Chevrolet está lançando nos EUA a picape 2015 Colorado, modelo o qual vem a ser a versão americana do Chevrolet S-10 no Brasil. Este novo modelo já estará à venda nas concessionárias americanas a partir de janeiro de 2014, já na versão 2015.

O modelo americano da S-10, porém, sofreu algumas alterações em relação ao modelo brasileiro, apenas para se adaptar ao país. Uma das principais características é o motor diesel 2.8 litros Duramax, de quatro cilindros, novidade que só será aperfeiçoada em 2016.

Dependendo da versão, de acordo com a GM, o Colorado chega a ser 400 quilos mais leve do que a Silverado brasileira, porém com a mesma qualidade e capacidade.

Se analisarmos seu visual, notaremos que o mesmo está mais robusto, além de muito atraente, comparado ao modelo totalmente quadrado e clássico da Silverado atual.

O Chevrolet Colorado chega ao mercado apenas na versão com cabine estendida, e também com cabine dupla. Modelos com cabine simples ainda não têm previsão de lançamento. As versões de acabamento recente são as ZT1, WT e LT. Os modelos ZT1 são considerados como sendo os top de linha, sua performance é composta por rodas de 17 polegadas de liga leve, além de um sistema que integra dois níveis com uma carga e 13 pontos de ancoragem leve.

No caso dos motores, no modelo de lançamento estão disponíveis dois motores que são movidos a gasolina: um de 2,5-litros com quatro cilindros (equivalente a 184 cavalos) e um de V6 de 3,6 litros (equivalente a 302 cavalos), ambos são acoplados de modo exclusivo a uma caixa de transmissão totalmente automática compostas de seis marchas. Somente em 2016 será oferecido um modelo com um motor Duramax movido a diesel de quatro cilindros de 2.8 litros, que é semelhante ao utilizado em suas versões globais. A potência do modelo ainda não foi divulgada publicamente, mas deve estar na casa dos 200 cv, assim como o modelo brasileiro.

Por Daniela Almeida da Silva

Chevrolet Colorado 2015

Foto: Divulgação


Toyota resolveu dar uma irmã  para o Etios e lançou a versão Cross, com um visual que faz jus ao novo membro do portfólio. 

Na parte mecânica não houve qualquer alteração, sendo que o único diferencial fica por conta  do visual aventureiro e moderno.  

As rodas de liga leve ganharam desenho inédito e um design arrojado com uma grade dianteira que complementa o visual. Os faróis também estão mais longos. Nas laterais o Etios Cross apresenta proteções em material plástico nas portas e os para-lamas são unidos aos para-choques. 

O painel interno é o mesmo do novo Etios 2014 na cor preta com mostradores na cor azul. Os bancos receberam revestimento exclusivo com o logo "Etios Cross" em bordado. O sistema multimídia é um tanto básico, porém não deixa a desejar trazendo o  CD Player com a função MP3, entrada USB, 4 alto-falantes e antena. O  porta malas possui revestimento completo e o volante tem um singelo acabamento prata fosco além de ser revestido em couro. 

No quesito segurança, vem com alarme perimétrico antifurto, imobilizador eletrônico do motor, airbag duplo sendo motorista e passageiro, alarme de advertência sobre irregularidades nos cintos de segurança, entre outros.

As cores disponíveis para comercialização são preto, prata, branco e  cinza (básicos), azul, amarelo e vermelho para que dá um ar mais aventureiro para o veículo. A novidade que mais chama a atenção fica por conta do espaço interno que garante maior conforto a todos os seus ocupantes. Para o motorista outro ponto positivo em particular é que ele oferece uma condução com posição mais elevada, ideal para viagens mais longas e cansativas. A capacidade  total do porta-malas é de 270 litros que possui acesso facilitado com ampla abertura na parte traseira.

A parte da pintura ganhou uma qualidade especial onde é mais resistente a possíveis pedradas que podem atingir o veículo em algumas estradas.

O valor atual para aquisição desta versão é de R$ 45.690.  

Por Luciana Ávila

Toyota Etios Cross 2015

Foto: Divulgação


A Honda Motor sofreu nos últimos três meses uma queda na venda de carros na Tailândia, entretanto, para a felicidade da empresa, o fato não apenas foi ofuscado como também foi superado. De acordo com a montadora, os responsáveis pela mudança no cenário foram os Estados Unidos e o Japão, países onde a empresa obteve uma forte venda de seus carros.

O Fit remodelado, por exemplo, trouxe para a Honda uma demanda bem maior do que a esperada para o modelo, que teve suas vendas iniciadas na terra dos samurais no mês de setembro. Vele lembrar que esse carro é tratado pela empresa com uma certa dose de carinho, já que é fundamental nos planos da marca para aumentar as vendas em escala global em cerca de 1,5 para 6 milhões de veículos até o final de março de 2017.

Com a sorte nas vendas obtidas nos mercados do Japão e dos Estados Unidos, a Honda Motor teve de quebra um lucro líquido na cifra de 120,4 bilhões de ienes, o que em dólares seria algo em torno 1,2 bilhão. Mesmo com esse lucro, o valor não atingiu a estimativa levantada pela Thomson Reuters, ficando até mesmo abaixo da média prevista pelos analistas, que era de 134,9 bilhões de ienes.

No período situado entre os meses de julho e setembro deste ano, as vendas em terras japonesas obtiveram um aumento de 2,6% em relação à comparação anual, esse aumento foi de certa maneira impulsionado pelo início das vendas do novo Fit, em setembro. Já nos Estados Unidos o crescimento das vendas foi de 13,1 % também na comparação anual. Na América do Norte as vendas foram ajudadas pelos modelos Accord e Civic.

Por fim, a queda nas vendas (de julho a setembro) na Tailândia foi de 21,8%, tendo inclusive situações de consumidores cancelando suas encomendas.

Por Denisson Soares


O tempo passa e os carros conversíveis jamais perdem o status de luxo e elegância. Obviamente, esses atributos não custam barato, mas nunca falta quem desembolse um valor alto por todo o requinte que eles oferecem.

Os conversíveis são conhecidos também como Cabriolet e a maioria das montadoras investem nessa categoria, que tem muitos fãs ao redor do mundo.

No Brasil, o conversível mais barato é o Fiat 500 Cabrio, que custa R$ 62.290. O preço é razoável, especialmente se levarmos em conta o design arrojado e as funcionalidades do veículo.

Vale destacar que o Fiat 500 Cabrio não é um conversível padrão, uma vez que as suas laterais não são retráteis. Além disso, o modelo é bem leve, o que garante uma ótima dirigibilidade.

Na parte interna, o carro tem um bom acabamento e oferece bastante requinte para um veículo nesse preço. Cumpre salientar que o Fiat 500 Cabrio conta com um painel moderno, opção de mudança para a modalidade “Sport”, controle eletrônico de tração, acomodação para 4 pessoas e câmbio automático de 6 marchas.

Como se não bastasse, o carro é bem econômico e possui 105 cavalos de potência. O motor é o 1.4 de 16 V.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Quando a Renault lançou o Duster na Índia, no ano passado, não fazia ideia do sucesso que o carro teria naquele mercado. A resposta ao compacto SUV foi tão boa que logo o veículo se tornou um best seller no país. Tudo ia muito bem para a companhia francesa até que a Ford apareceu e lançou o mundialmente o conhecido Ecosport. Na oportunidade, a Ford não somente ofereceu um veículo muito mais barato, mas também disponibilizou muito mais acessórios opcionais aos seus utilitários esportivos. Com isso, a empresa americana conseguiu mais de 50 mil vendas apenas em seus dois primeiros meses.

Nos EUA, o veículo não foi disponibilizado, já que é muito pequeno para o mercado. No entanto, em países como Brasil, China e Índia, o Ecosport tem uma aceitação excepcional. Aqui, ele é vendido desde 2003 e está bem a frente da concorrência em termos de preços e número de vendas. Para se ter uma ideia, o Chevrolet Tracker, um dos principais concorrentes do Ecosport, custa por aqui quase R$ 72 mil.

O Ecosport 2014 vem equipado com motor Duratec 2.0 Flex de 16 V (capaz de gerar uma potência de 146,9 cv com etanol) ou com motor Sigma 1.6 Flex também com 16 V (capaz de gerar até 115 cv de potência com etanol). O utilitário ainda conta com uma série de acessórios eletrônicos, como controles de tração, freios ABS, assistente de partida em rampas, sensores de estacionamento e um porta-malas com capacidade para 705 litros com os bancos rebatidos. 

No Brasil, o veículo da Ford é vendido por até R$ 68.200 na versão mais cara, com motor 2.0 Flex e diversos acessórios, preço bem justo pelo que ele tem para oferecer.

Ebenézer Carvalho


Os amantes da montadora alemã BMW tem um motivo a mais de comemoração. A empresa apresentou nesta terça-feira (24) a versão M Design do X6. O crossover possui uma performance incrível e conta com spoiler traseiro e dianteiro feito todo em fibra de carbono. Além disso, o veículo possui rodas de liga leve de 21 polegadas e conta com grade dianteira na cor preta. Um dos grandes diferenciais do modelo são as faixas de corrida que podem ser escolhidas como acessório opcional na hora da compra.

Como se isso não fosse o bastante, o M Design ainda possui um interior digno de um carro da montadora, com acabamento de couro no painel e nos bancos, tudo bastante colorido de preto, azul e vermelho, algo que remonta às cores clássicas utilizadas pela empresa.

Detalhes sobre a tecnologia empregada na motorização não foram revelados, mas segundo especulações, o motor deve possuir 555 CV de potência, gerados com um motor V8 Twin Turbo.

Embora seja muito atraente, a BMW irá produzir apenas 100 unidades da edição especial, que ainda não teve seus preços finais informados.

Mais informações sobre o veículo devem ser liberadas ao final do ano, quando a empresa apresenta a seus consumidores os modelos da nova geração.

POR EBENÉZER CARVALHO


De acordo com a montadora Honda, a tecnologia Start/Stop* em breve será cancelada nos modelos Fit. A decisão por enquanto é exclusiva para o mercado norte-americano.

De acordo com Nobuhiko Shishido, engenheiro-chefe de motorização da marca japonesa, o sistema em questão apresentou uma certa lentidão nos modelos vendidos nos Estados Unidos. Segundo fontes oficiais da Honda, o Fit estaria ficando para trás quando os sinais são abertos.

Para os especialistas do segmento automotivo, a medida é no mínimo estranha, já que o tempo entre a abertura e o fechamento dos faróis é bem pequeno. Kentaro Yokoo, responsável pela motorização do Honda Fit, alega que o propulsor leva apenas 1 segundo para religar. Nesse caso, a mais provável causa da decisão de eliminar o Start/Stop consiste na adequação às novas normas de consumo nos Estados Unidos.

No Brasil, nada deve mudar. A marca irá fabricar o Fit no interior paulista, com lançamento previsto para meados de 2014. O modelo virá com motor 1.4 ou 1.5, terá tecnologia de comando i-Vtec e possuirá caixa de 5 marchas automática ou manual.

* O sistema em questão é responsável pelo desligamento do motor quando o automóvel se encontra parado ou fora de funcionamento, voltando a ligar assim que o condutor tira o pé do freio.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A empresa Fiat tem interesse em comprar a companhia VM Motori por completo. O novo alvo da empresa italiana, que adquiriu diversas empresas ultimamente, é uma fabricante que atua no segmento de propulsores diesel. Por ora, a Fiat tem somente uma metade referente às ações da VM, sendo que a outra parte é controlada pela General Motors, de acordo com veículos especializados no segmento automotivo.

Com a responsabilidade da fabricação dos motores diesel de modelos como o Jeep Grand Cherokee e o Jeep Wrangler, a empresa VM Motori tem uma unidade fabril em uma cidade do norte da Itália chamada Centro. O último bloco com a assinatura da empresa é o 3.0 V6 feito com base na tecnologia do tipo MultiJet2 (Fiat), apresentando 2 potências: 190 cv e 241 cv, utilizado nos veículos Ram 1500, Lancia Thema e Grand Cherokee.

A General Motoros ainda não decidiu se irá aceitar que a Fiat compre suas ações referentes à VM Motori. O preço sugerido pela marca italiana não teve a divulgação permitida. Porém, se a GM aceitar o negócio, a transação comercial ainda precisará ter autorização das autoridades para ser concretizada.

Por Marcelo Araújo


A Troller inseriu uma nova cor na paleta do T4, um de seus principais modelos. A tonalidade especial foi inspirada no deserto de Wahiba, no Oriente Médio.

A Troller oferece pinturas personalizadas para o modelo T4 e os tons podem ser escolhidos de acordo com as preferências dos clientes. Há uma linha com 99 misturas de cores para a pintura da capota e da carroceria do modelo.

Segundo a supervisora de marketing da marca, Carla Freire, a empresa já realizou variados sonhos de consumidores no que diz respeito à cor do automóvel. De tamanco rosa a cata-vento, tudo pode servir de inspiração para o desenvolvimento das tintas, basta que o cliente apresente a ideia.

Vale acrescentar que o veículo de pintura super inusitada será uma das grandes atrações da Feira da Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati ), evento de grande porte que acontecerá em breve na capital paulista. De acordo com a Troller, o novo tom foi elaborado pela companhia Merck juntamente com a montadora.

Nota sobre a Troller: Trata-se de uma empresa fundada no ano de 1997, tendo sua origem no Brasil. A marca é uma das divisões da Ford e atualmente a Troller sustenta o excelente número de mais de 15.000 unidades fabricadas e vendidas no país. A empresa conta com uma fábrica na cidade de Horizonte, no Ceará.

Troller T4

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A família do novo SRT Viper 2014 passará por várias inovações. De acordo com a montadora Chrysler, o automóvel esportivo contará com uma nova configuração intitulada de Rain Mode. Tal configuração visa proporcionar aos motoristas uma condução com maior segurança e dirigibilidade em situações nas quais o asfalto fica escorregadio em função das chuvas.

Dentre as modificações, é possível destacar que o Rain Mode possuirá mais estabilidade e a tração será formulada especificamente para oferecer mais controle na direção. Mesmo com o desempenho de 640 cavalos de potência, o novo SRT Viper 2014 ficará comportado em asfaltos molhados.

No painel do modelo de entrada haverá as opções de tempo chuvoso, havendo a possibilidade de ligar ou desligar.  Já na versão Viper GTS o condutor poderá optar entre "Sport" e "Track". Vale acrescentar que os carros serão disponibilizados em duas cores: Azul (GTS-R Blue) e Prata (Billet Silver).

A montadora ainda não divulgou a data lançamento oficial do carro. O valor de venda da nova gama SRT Viper também será mantido por enquanto. Só resta torcer para que a chegada dos novos modelos não demore a ocorrer.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


O Renault Fluence 2014 é um automóvel pensado para quem gosta de velocidade, dinamismo, estilo e luxo. O modelo tem boa reputação no mercado e de acordo com seus usuários, o carro se destaca pelo bom desempenho, excelente dirigibilidade, amplo espaço interno e acabamento de primeira.

Além disso, outro ponto forte do Renault Fluence é o ótimo atendimento pós venda, realizado por meio do Renault Assistance. O resultado da avaliação final feita por admiradores da marca e diversos especialistas do segmento aponta a nota de 9,4, qualificação acima da média.

O carro em questão vem equipado com propulsor 1.6, além de características como: faróis de lâmpada halógena, airbag traseiro e de teto dianteiro, ar condicionado, travamento central feito por chave-cartão, controle de velocidade, controle de faróis com sensores de luminosidade, dentre outras funcionalidades que tornam o Fluence ainda mais atrativo.

Os pontos negativos do carro ficam por conta do tamanho reduzido do reservatório de partida a frio. Tirando isso, as configurações do modelo são muito satisfatórias.

De acordo com a montadora Renault, o novo Fluence 2014 custa entre R$ 53.990,00 e R$ 82.990,00.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Novo Renault ClioO novo Renault Clio passará a ser equipado com um sistema moderno nomeado de GSI – Gear Shift Indicator, capaz de indicar a troca de marchas. Esse novo elemento passa a ser um dos mais diferenciados itens de série do modelo e estará presente em toda a linha.

O funcionamento do GSI acontece por meio de uma luz indicativa que aparece no painel do carro e avisa o momento em que  o condutor necessita  aumentar ou diminuir a marcha. Isso será determinado pelo estilo de condução e pelo nível de economia do automóvel. A principal finalidade do sistema é ajudar o condutor na direção e ao mesmo tempo, contribuir para a econômica de combustível.

A propulsão do Clio é tipo 1.0 16 válvulas e desenvolve 77 cavalos de potência quando movido a gasolina e 80 cavalos quando abastecido com etanol. O carro conta ainda com direção hidráulica, ar condicionado e confortável espaço interno.

O Clio é um dos 6 carros que receberam a avaliação “A” feita pelo INMETRO nos automóveis da Renault. Outros modelos avaliados no programa de qualidade foram os seguintes: Kangoo Express 1.6 16V, Fluence 2.0 16V, Duster 4×4 2.0 16V, Logan 1.0 16V e Sandero 1.0 16V. Todos eles atingiram a mesma classificação “A”.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A Honda, companhia japonesa de carros, motos e outros produtos, informou que o modelo 2014 do Accord chegou ao mercado norte-americano na quinta-feira, dia 22 de agosto de 2013. Foram lançados os modelos coupé e sedã, ambos equipados com motor 2.4 de quatro cilindros e injeção direta.

O Accord pode render até 180 cavalos de potência, contudo, o torque do modelo não foi divulgado pela fabricante japonesa. Sabe-se apenas que ambas as versões virão equipadas com câmera de ré, direção elétrica, assistente de ladeiras, além do controle de estabilidade.

Em relação à versão antiga, o modelo ainda traz bancos atualizados com encosto mais macio e novos espelhos retrovisores.

Há ainda a versão com motor V6, que apresenta um câmbio de seis marchas automático ou manual (somente no modelo coupé).

O modelo coupé terá um preço de US$ 21.955 (em torno de R$ 53 mil), enquanto a versão sedã será comercializada por US$ 23.625 (em torno de R$ 57 mil).

Ainda não há previsão para o lançamento do Accord 2014 no Brasil, contudo, a versão LX lançada aqui possui ótimos atrativos.

Por Robson Quirino de Moraes


Foi criado com o nome de 190 (W201), no entanto na atualidade é conhecido como Classe C; lançado pela Mercedes-Benz em 1982, o modelo se tornou a primeira opção com três volumes, espaço familiar ou duas portas para os interessados em entrar para o rol de clientes da montadora alemã.

Do início da década de 80 até a atualidade, 10 milhões de unidades do modelo já foram vendidas. A mudança de nome de 190 para Classe C (W202) ocorreu em 1993 e de lá para cá o nome não sofreu mais alteração. Hoje o veículo é oferecido nas versões sedan, perua e cupê, oferecendo luxo, conforto e satisfação.

Desde 2007 a sua última geração vem sendo mantida e já mostra sinais de cansaço, principalmente após a chegada do BMW Série F 30. Em virtude da "exaustão", a nova geração terá um visual mais sofisticado e ostensivo, além de ter suas linhas sóbrias reduzidas, algo que permanecia desde o lançamento do 190.

Além das citadas mudanças, o Classe C terá que passar por mudança de posição no mercado, pois o CLA, de certa forma, está tirando vários clientes em potencial nas faixas de acesso.

Projeção do novo Classe C 2014

Por Vinicius Cunha


A empresa Citroën acaba de lançar no mercado automotivo o pretendente a substituto do sedã C4 Pallas. O carro foi nomeado de C4 Lounge e chegará às concessionárias brasileiras no final de agosto. Cumpre acrescentar que a apresentação oficial do modelo aconteceu no dia 13 deste mês, na Capital Argentina.

Ao todo, serão disponibilizados 5 modelos que incluem versões com motores 1.6 e 2.0, câmbio manual e automático, além de variação nos itens de série. De acordo com a montadora, os valores de venda do carro partem de R$ 59.990 (na opção Origine) e podem chegar a R$ 77.990 (na versão Exclusive com THP Turbo). O propulsor do veículo foi criado pela BMW.

O C4 Lounge chega disposto a brigar de igual para igual com o Honda Civic e o Toyota Corolla. Requintado e arrojado, o modelo aposta no conforto interno, acabamento de bom gosto e design exclusivo. Vale destacar ainda que o painel passou a ser emborrachado e o amplo porta malas possui capacidade de até 450 litros.

O C4 Lounge contará com câmbio de 6 velocidades, completa central multimídia, sensor de ponto, 6 airbags, luzes de LED, teto solar eletrônico e muitos outros atributos.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Foi confirmado que a linha 2014 da Scion chegará ao mercado com novidades incríveis. Segundo a apresentação oficial realizada nos Estados Unidos, uma das grandes inovações ficou por conta do modelo xD, que será disponibilizado nas combinações de cores  Classic Silver Metallic com Sparkling Sea Metallic ou Black Sand Pearl com Magnetic Gray Metallic.

Outra novidade é o Scion iQ, que contará com uma edição especial composta por apenas  apenas 150 exemplares. Essa versão especial receberá o nome de Monogram Series e será disponibilizado com duas tonalidades de pintura na carroceria, sendo elas o Classic Silver Metallic com Black Currant Metallic. Além disso, o carro virá com modernas rodas em alumínio e tapetes personalizados.

Há também outro modelo que promete surpreender. Trata-se do Scion FR-S, um carro bem parecido com os conceituados Subaru BRZ e Toyota GT 86. O destaque do FR-S é o acabamento impecável no console e nas portas, além de um completo sistema multimídia formado por tela de 6,1 polegadas com sensibilidade ao toque, navegador GPS, USB/iPOD/MP3/CD e Bluetooth.

Segundo a própria Scion, o  xD 2014 custará a partir de US$ 15.920,00, o iQ será vendido por no mínimo US$ 16.520,00 e o FR-S terá o preço de partida em US$ 24.700,00.

Scion iQ 2014

Scion iQ 2014

Por Larissa Mendes de Oliveira


O Chevrolet Cobalt, que custa de R$ 40.390,00 a R$ 52.290,00, veio ao mercado com o objetivo de expandir ainda mais a marca Chevrolet. Trata-se de um automóvel muito bom e eficaz para quem gosta de andar em estradas.

Um ponto negativo do veículo, no entanto, é que o tecido do seu banco deveria ser mais resistente. Seja lá como for, o Cobalt possui um motor 1.4, tem tração dianteira, conta com direção hidráulica e possui freios à disco com discos ventilados.

Algumas características em termos de ficha técnica deste carro são as descritas a seguir: acabamento de luxo com imitação de titânio no painel, faróis lâmpada halógena, conta-giros, suspensão do tipo McPherson, limpador do para-brisa com intermitência fixa, estepe em ferro e de tamanho reduzido, vidros verdes, ar condicionado, vidro traseiro fixo com anti-embaçante, entre outras funções e equipamentos importantes da categoria.

Para conferir mais detalhes sobre o novo Chevrolet Cobalt 2014, acesse o site www.chevrolet.com.br.

Confira também no vídeo abaixo uma análise mais detalhada sobre o carro:

Por Madson Lima de Oliveira


A Fiat, grande montadora com presença global, acaba de lançar a nova edição do hatch Punto. Depois de apenas um mês do lançamento da versão tradicional, a Fiat coloca no mercado o Punto BlackMotion, que em muito se diferencia do modelo padrão.

O carro em questão conta com acabamento inusitado e acessórios exclusivos. Segundo a Fiat, o novo BlackMotion será equipado com máscara negra nos faróis, terá saias laterais, possuirá capô com frisos diferenciados, contará com colunas interiores revestidas, terá bancos bordados com o nome do modelo, possuirá cintos cinzas, terá textura negra no painel, contará com retrovisores revestidos, possuirá rodas de 16”, terá caracterização personalizada, dentre outros atributos.

O carro vem ainda com um moderno player que aceita CD, Rádio e MP3. Além disso, o veículo conta com vidros traseiros elétricos, possui volante revestido com couro e tem sensores de distância e de estacionamento.

Os consumidores que estiverem buscando ainda mais arrojo, conforto e funcionalidade, poderão adquirir alguns itens adicionais, como por exemplo: teto solar elétrico, sensor que detecta chuva, câmbio automático e muito mais.

Vale destacar que de acordo com a marca, o carro em questão custará aproximadamente R$ 50.000. Certamente não irão faltar compradores dispostos a pagar pela edição especial!

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


A montadora Nissan está preparando novidades que prometem sacudir o mercado automotivo. É que a fábrica japonesa já confirmou o interesse na retomada da produção dos carros Datsun. Os automóveis em questão são voltados para os mercados emergentes e no ano passado foram fortemente comercializados na Índia, Rússia e Indonésia.

Segundo o executivo Trevor Mann, diretor da companhia, há grandes possibilidades do carro conquistar a classe média em outros países. O Brasil já desponta como pretendente a ocupar lugar de destaque nas vendas do Datsun.

Ainda de acordo com Trevor, a Nissan pretende lançar o Datsun no sudeste da Ásia, na América Central, em países do Oriente Médio, na África e em toda a América Latina.

Sobre o veículo, sabe-se que o Datsun conta com 5 portas e o modelo nomeado de Datsun GO foi recentemente apresentado no Salão de Nova Deli, na Índia. O carro tem baixo custo e excelentes funcionalidades. Na Índia, o valor de venda não deve passar de R$ 13.000.

Tudo indica que cerca de 400 mil unidades sejam fabricadas em 2014.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


O segmento ecológico da marca BMW, chamado BMWi, lançou o seu veículo elétrico i3 em Nova Iorque, Pequim e Londres. O carro será comercializado em novembro no Mercado Europeu. No Brasil, a previsão de lançamento do veículo é para 2014.

Com valor inicial em US$ 46 mil (aproximadamente R$ 104 mil), o i3 apresenta tração na traseira e motorização elétrica chegando a 125 kW, o mesmo que 170 cavalos de potência. O veículo é carregado com uma bateria de lítio.

A marca BMW informou que lançará uma opção com motorização de combustão interna com 650cc e 34 cv. A unidade tem capacidade de gerar energia para a bateria de lítio, estendendo a autonomia do i3 em 300 quilômetros.

No que se refere à estrutura, a marca alemã fez investimentos em elementos de fibra de carbono e também de alumínio. Tal combinação resulta em um carro com apenas 1.195 quilos. De acordo com informações da assessoria de imprensa da BMW, a base da arquitetura do veículo, chamada LifeDrive, tem separação em 2 blocos, nomeados de superior e inferior.

Por Marcelo Araújo


Um novo modelo SUV compacto da Chevrolet chegará ao Brasil: o Tracker. A marca concorrerá no mercado desse segmento com os similares da Ford e da Renault, respectivamente o EcoSport e o Duster. O anúncio foi feito no último domingo durante o intervalo comercial do Fantástico, na Rede Globo, após a publicação de diversos teasers do produto nas redes sociais.

Apresentado pela primeira vez em setembro de 2012, durante o último Salão de Paris – tradicional exposição de carros na Europa –, o veículo é uma opção compacta para os apaixonados por modelos do segmento, além de reunir características como modernidade e versatilidade.

O carro já está sendo vendido em terras argentinas e, segundo informações da General Motors, em breve as concessionárias do Brasil também terão a novidade em seu portfólio. A data de lançamento e o valor do automóvel, no entanto, ainda não foram divulgados. Mas a perspectiva é que a novidade custe em torno de R$ 70 mil. O México é um dos países cotados para se tornar fornecedor do produto no Brasil, assim como já faz para a vizinha Argentina.

Com 4,24 m de comprimento, 1,77 m de largura e 2,55 m de distância entre-eixos, o veículo tem capacidade para transportar até cinco pessoas e o porta-malas comporta 358 litros. O nome dado à novidade já havia empregado em outro utilitário do grupo, fabricado na década passada, o Suzuki Gran Vitara.

Em países como o Canadá e a Coreia do Sul, o lançamento foi batizado como Trax. Já na Europa e nos Estados Unidos, o modelo produzido em escala global é referido como Opel Mokkae Buick Encore.

Acesse o site da Chevrolet e saiba mais sobre o novo lançamento.

Por Crislayne Andrade


Na última sexta-feira dia 28 de junho, a Honda lançou no mercado brasileiro a nona geração do Honda Accord. O modelo chega ao mercado nacional nas versões EX 3.5 V6 (que custará R$ 147,9 mil) e EX 2.4 (que custará R$ 119,9 mil).

De acordo com a marca, a previsão é de que as vendas desses modelos comecem efetivamente no país neste mês de julho.

O sedã foi praticamente redesenhado pela Honda. Isso vale para muita coisa, como os faróis, as rodas, os para-choques, o capô e as lanternas, que agora serão em LED. A parte interna também sofreu modificações e acabou ganhando luzes coloridas na iluminação e também uma tela “full-color” de oito polegadas.

Como itens de destaque podemos chamar a atenção para o viva-voz Bluetooth, para o assistente de subidas HSA, para o sistema de som (que conta com 360w e subwoofer), para os seis airbags e para o sistema inteligente de acionamento da ignição sem chave.

A Honda irá comercializar o Accord no Brasil em três cores: Branco, Prata e Preto. Além disso, o modelo ainda contará com uma garantia de três anos e não terá limite de quilometragem.

Por Denisson Soares


A montadora chinesa Chery Motors não para de investir no mercado brasileiro e traz mais uma novidade para seus consumidores. O SUV Tiggo foi redesenhado e ganhou um visual moderno e novos equipamentos de fábrica. Lançado na quinta-feira, 20 de junho, a nova geração do Tiggo comemorou quatro anos no Brasil, já que foi o primeiro modelo da Chery a desembarcar no país em 2009.

Com personalidade própria, o novo Tiggo abandonou as semelhanças com o antigo Toyota RAV4 e já está sendo comercializado como linha 2014. O interior ganhou novo revestimento e comandos de som acoplados no volante. O carro sai de fábrica equipado com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, rodas de liga leve de 15 polegadas, freios ABS, espelhos com ajuste elétrico, airbag duplo e rádio CD Player com entrada auxiliar USB, sem itens opcionais.

Se no visual o novo Tiggo mudou bastante, o motor 2.0 de 16 válvulas não foi alterado. Movido a gasolina com potência de 138 cv, a transmissão continua sendo manual de cinco marchas. A Chery anunciou o lançamento de uma caixa automática de quatro  velocidades, que deve ser implantada até outubro deste ano.

O modelo oferece aos proprietários garantia de cinco anos e está sendo comercializado no valor de R$51.900,00. Em relação a 2012, o modelo sofreu acréscimo de R$4.000,00. A expectativa da empresa é grande com o novo Tiggo, que fez sucesso desde o inicio de sua comercialização no país.

Por Marcos Junior


Na última quarta-feira, dia 29 de maio, a Audi anunciou que irá apresentar no mês de junho o modelo A3 Sportback ao mercado brasileiro.

O veículo, em sua opção com 4 portas, irá chegar ao Brasil algumas semanas depois da entrada do Audi A3 Sport. O valor do novo modelo ainda não foi confirmado pela marca.

O veículo possui 2 opções de motor: a 1.4 e a 1.8

O motor 1.4 oferece 122 cv e 20,4 kgfm de torque. Com este motor, o veículo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 9,3 segundos.

Já o motor 1.8 oferece 180 cv e 25,5 kgfm. Com este motor o A3 Sportback é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 7,3 segundos.

Vale lembrar que a transmissão do veículo é do tipo S Tronic, com 7 marchas.

O Audi A3 Sportback apresenta 4,31 metros de comprimento, possui 2,64 metros de espaço entre-eixos, conta com 1,43 metros de altura e possui 1,79 metros de largura. Todo esse conjunto chega a um peso de 1.300 quilos.

Há disponibilidade de 12 tons para a carroceria e dois tipos de revestimento para a parte interna.

Por Marcelo Araújo


Novo Fusca Premium 2013Para quem achava que ele só ia ficar na saudade estava muito enganado. A Volkswagen lançou o Novo Fusca 2013. Com um visual mais moderno, o novo Fusca será fabricado no México e a versão terá o nome de Premium

O Fusca vem com motorização de última geração, com um motor 2.0 movido a gasolina e com turbo que faz com que o carro tenha uma potência de 200 cavalos de força, câmbio de 6 marchas DSG e dupla embreagem.

Primeiro será lançada uma versão Sport que vem equipada com teto solar panorâmico acionado por controle elétrico, spoilers, rodas de liga leve de 17 polegadas e um sistema de som de alta qualidade. Os faróis vêm com 15 lâmpadas de LED em cada um. Portanto, para os colecionadores e saudosistas, o novo Fusca está muito longe da versão original criada por Ferdinand Porsche a pedido de Hitler em meados da Segunda Guerra. 

O novo Fusca 2013 tem o seu interior bastante aconchegante e um painel atraente. O seu preço inicial foi divulgado pela fábrica e está a partir de R$ 80.000.

Por Mariana Rodrigues


Lançada no ano passado em Genebra, na Suíça, enfim a Ferrari F12 Berlinetta chegou ao Brasil. Apresentada no último dia 12 de abril no autódromo de Interlagos, em São Paulo, a herdeira do modelo 599 GBT Fiorano é considerada a mais possante Ferrari de todos os tempos.

O responsável por colocar ação nesse superesportivo é um motor 6.2 V12, que é capaz de gerar uma potência de 740 cv a 8500 rpm, com 70,4 kgfm de torque.

De acordo com a própria Ferrari, seu veículo pode fazer 0 a 100 km/h em 3,1 segundos, podendo chegar a marca de 200 km/h em 8,5 segundos. O carro pode alcançar a velocidade máxima de 340 km/h. Sem dúvida, a fabricante italiana fez um carro extremamente potente.

A Ferrari F12 Berlinetta consome combustível a uma taxa média de 6,6 km/l e sua emissão de CO2 gira em torno de 350 g/km.

Esse supercarro ainda possui várias de suas peças em fibra de carbono, o que faz com que seu peso total chegue a apenas a 1.525 quilos.

Para aqueles que quiserem adquirir essa máquina, é possível encontrá-la na concessionária da marca em São Paulo pela bagatela de R$ 2,4 milhões na sua versão mais básica. Se for o intuito do comprador ter uma F12 Berlinetta completa, ele terá que desembolsar uma quantia próxima a R$ 2,9 milhões.

Por Natália De Lazzari


O Novo Santana, lançamento mais esperado do ano na área de veículos, chegará ao Brasil no mês de setembro.

O veículo, que conta com motor 1.6, terá a missão de substituir o Polo Sedan e deverá concorrer com o Chevrolet Cobalt (atual sucesso de vendas no país).

O Novo Santana 2013 já foi lançado na China e se destacou pelo excelente espaço interno, levando até 480 litros no porta-malas. Além disso, o veículo possui um visual atrativo que o assemelha com o Volkswagen Jetta.

O Santana 2013 terá duas opções de transmissão: a manual de cinco marchas e a automática de seis velocidades. 

Na China, o Novo Santana está sendo vendido em três versões: Trendline, Comfortline e Highline. É provável que no Brasil o veículo tenha as mesmas versões.

Os preços do Novo Santana ainda não foram divulgados, mas especula-se que ele chegará com o preço próximo ao do Cobalt, que custa R$ 45.000.

O Santana 2013 virá equipado com freios ABS, airbags, ar condicionado, rodas de liga leve, teto solar, bancos de couro e sensores de estacionamento.

Por Nathalia Henderson


W Motors, montadora de origem libanesa, apresentou esta semana o seu novo veículo Lykan Hypersport, um superesportivo que possui ouro, diamantes e holograma em 3D.

Segundo a montadora, o automóvel será vendido por US$ 3,4 milhões, aproximadamente R$ 6,8 milhões.

O Lykan Hypersport é considerado o carro mais caro do mundo na atualidade.

O visual desse veículo é extremamente futurista. Ele possui faróis de LED com diamantes, tem o interior cheio de detalhes em titânio e pedras preciosas e possui revestimento com costuras em ouro.

O painel contém instrumentos virtuais holográficos em 3D, Media Player e funções de navegação.

Fora o visual magnífico, a parte mecânica também é de cair o queixo. O veículo possui um motor bi turbo capaz de oferecer uma potência de até 760 cv. Além disso, o carro pode atingir a velocidade máxima de R$ 395 km/h e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos.

Este é o primeiro superesportivo feito no mundo árabe e o seu preço se deve a produção artesanal.

Mesmo o carro sendo caro e pouco acessível para a maioria das pessoas, as encomendas já ultrapassaram 100 unidades.

Além do veículo, os compradores do carro mais caro do mundo também ganham no momento da compra um relógio Cyrus Klepcys, que custa aproximadamente R$ 393 mil.

Para conhecer um pouco mais esse carro, acesse o site www.wmotors.ae.

Por Luciana Ap. Santos e Silva


Durante o Salão do Automóvel de Genebra, a Toyota revelou um novo compacto de três rodas e dois lugares, o i-ROAD, que foi destaque durante o evento. O triciclo é elétrico e foi desenvolvido com o objetivo de competir no mercado com carros elétricos compactos e motocicletas.

O veículo ainda se encontra na fase de conceito e por enquanto a companhia não revelou nenhuma previsão de quando o modelo começará a ser vendido.

O grande destaque do i-ROAD é a tecnologia Active Lean, que permite que o carro faça curvas em grandes velocidades, pois o compacto é capaz de se inclinar automaticamente para poder compensar a força centrífuga, que é capaz de tirar o motorista da pista quando ele dirige muito rápido em uma curva com um automóvel normal.

O sistema opera através de um computador que controla a velocidade e a inclinação do veículo. Com essas informações, são enviados comandos aos sistemas montados na suspensão, que por sua vez são capazes de equilibrar o carro.

A Toyota acredita que só pela tecnologia Active Lean o apelo de vendas pelo modelo será bem grande, pois ela faz com que o compacto seja mais divertido de se dirigir, além de ser mais seguro e intuitivo.

Por Felipe Santos Bonfim


A Ford Ranger 2013, além de ganhar uma forte remodelagem na parte externa, também vem com a força de um carro mais robusto, potente e feito para as aventuras do campo e para o dinamismo da vida urbana.

A nova picape da Ford está repleta de tecnologia e possui volante com comando de áudio, computador de bordo, piloto automático e sistema de áudio com Bluetooth.

O conforto também vai ser uma máxima na nova Ranger 2013, que vem nesta edição com cerca de 20 porta-objetos.

Com um motor 3.2 de 200 cv, este carro mostra que tem a força em sintonia com as inovações do seu design. Tudo isso sem abrir mão da economia, já que a proposta da Ford é fazer com que a nova Ranger faça 1.000 km com apenas um tanque a diesel, sem contar que os freios foram feitos para serem eficientes até mesmo nos mais fortes obstáculos, como por exemplo, em terrenos íngremes.

O preço deste carro varia entre R$ 75.000,00 e R$ 139.00,00, dependendo da quantidade de opcionais que os futuros proprietários escolham para a sua Ranger 2013, um carro para lazer e também para superação de desafios.

Por Michelle de Oliveira


A BMW voltou a ficar na primeira posição no que se refere às comercializações de veículos do segmento de luxo no mercado automotor em escala global. No mês de fevereiro, com a queda da Audi para o 2º lugar e a marca Mercedes-Benz assumindo a terceira posição, a BMW retomou sua soberania.

A marca alemã passou para a 1ª posição no setor de luxo por causa de uma demanda forte nas vendas de veículos como o X1 e o Série 3, que ajudaram a alavancar as comercializações da BMW, que cresceram 7% no mês de fevereiro, índice maior do que o aumento da Audi (3,2%). Nos 2 primeiros meses de 2013, a BMW emplacou 407 unidades a mais do que a Audi.

As comercializações da Mercedes-Benz tiveram queda de 5,8% no mês de fevereiro, o que fez a marca entregar 37.229 unidades a menos do que a BMW até o fim de fevereiro. A marca informou que irá apresentar novos veículos como o novo Classe S, o CLA e o Classe E (facelift) para retomar a primeira posição.

Por Marcelo Araújo


O modelo Hyundai HB20S, sedã do conhecido veículo coreano, vai estar disponível para venda a partir do dia 20 de abril. O preço do veículo parte de R$ 39.495.

A marca tem previsão de vendas de 40.000 veículos deste sedã para os próximos 12 meses, o que seria uma média de 3.333 unidades emplacadas mensalmente neste período. A empresa espera que do total de veículos emplacados, 60% seja da versão 1.6 e 40% seja da versão 1.0.

O HB20S será vendido nas seguintes versões: Comfort Plus 1.6, Comfort Style 1.0, Comfort Plus 1.0, Comfort Premium e Comfort Style 1.6, sendo que as duas últimas versões apresentam itens como câmbio automático ou manual.

O veículo apresenta porta-malas com capacidade para 450 L.

A Hyundai possui atualmente 150 lojas autorizadas e o objetivo da marca é alcançar 180 ainda este ano. Nestas concessionárias, as revisões serão realizadas a cada 10.000 quilômetros rodados por ano. A empresa dá garantia com validade de cinco anos, sendo que depois de atingir 60 mil quilômetros o proprietário terá valor de gasto aproximado em menos de R$ 2.000 reais com as revisões.

Por Marcelo Araújo


A Volkswagen, importante empresa automotiva com presença mundial, confirmou recentemente o lançamento do novo Tiguan. O modelo faz parte da geração R-Line e se configura como um automóvel bonito, confortável e potente.

O visual do novo Tiguan R-Line é marcante, suas linhas aliam esportividade e elegância.

De acordo com a montadora, o carro terá rodas aro 18”, aerofólio exclusivo, para-choques redesenhados, bancos elétricos ajustáveis, pedais de alumínio, volante com paddle-shifts, soleiras personalizadas e revestimento moderno.

Buscando um estilo mais imponente e inovador, a Volkswagen lançou mão de recursos inusitados, a exemplo dos detalhes da pintura, tanto no interior quanto no exterior do veículo. Para fazer o carro parecer mais baixo, a montadora pintou a parte de baixo com a mesma cor da carroceria.

Na parte mecânica, o carro conta com motor que assegura a excelente estabilidade e garante velocidade  e bom desempenho. O propulsor é o 2.0 turbo.

Tudo indica que o modelo custará de R$ 140.000,00 a R$ 149.900,00, isso dependerá dos itens adicionais da versão escolhida pelo comprador.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O dia 25 de fevereiro será marcado por um evento da Ford Brasil, onde a companhia irá lançar o novo Fusion com motor flex. O novo sedã, que também traz tração dianteira e câmbio automático, será vendido apenas na versão de acabamento SE, que nos EUA é uma linha mediana da série.

A Ford ainda não falou nada sobre os preços do automóvel no mercado brasileiro, mas foi apurado que ele poderá ser vendido por aproximadamente R$ 90 mil. Atualmente, o modelo é encontrado por R$ 112.900 na versão 2.0 Titanium.

O novo Fusion traz um motor 2.5 Duratec, o mesmo que foi colocado na nova geração da Ranger, que agora também é bicombustível. Na picape, quando abastecido 100% com etanol, o motor é capaz de desenvolver até 173 cv, contra 240 cv do Fusion 2.0 Turbo. A companhia ainda não revelou se este desempenho mudará no novo sedã. Além da perda de potência, o Fusion Flex poderá não contar com alguns equipamentos encontrados no modelo mais robusto, como por exemplo, o Lane Keeping (que ajuda o motorista a manter o veículo sempre na faixa) e o ACC (que controla a velocidade de cruzeiro adaptativo).

Por Felipe Santos Bonfim


O mercado automotivo é muito dinâmico e democrático. Há uma enorme variedade de modelos e atributos, que por sua vez, sempre encontram espaço nas preferências dos consumidores. Vale ressaltar que tudo influencia na criação e escolha dos carros: região, clima, perfil do consumidor, funcionalidade, custo-benefício, dentre outras características.

Foi pensando nisso que a montadora Chevrolet fez algumas adaptações na Captiva para que ela fosse vendida no Brasil, afinal, cada parte do mundo tem seu estilo e suas peculiaridades bem definidos.

O veículo é fabricado no México e agora contará com mudanças significativas, idealizadas para mexer com o imaginário dos motoristas brasileiros. Dentre as alterações, é possível citar o design externo diferenciado, as novas rodas com aro 17” e os para-choques redesenhados. Segundo a fabricante, o modelo ficou parecido com o Tracker.

As mudanças internas foram poucas, abrangendo apenas o novo retrovisor com tela pequena, bem como os modernos revestimentos. Conforme informações da Chevrolet, o carro modificado deve estar disponível para venda no Brasil ainda no primeiro trimestre desse ano. O valor de comercialização ainda não foi confirmado pela montadora Chevrolet.

Por Larissa Mendes de Oliveira Soares


Após diversos rumores sobre o lançamento de uma versão nova do crossover da Honda, finalmente o jipinho foi revelado. Batizado de Urban SUV Concept, o compacto foi apresentado no Salão de Detroit, mas a versão para comercialização só chegará aos Estados Unidos em 2014.

De acordo com a marca, o modelo que chegará ao mercado brasileiro em 2015 será uma versão pequena do CR-V, tanto na questão de tamanho quanto na do preço.

No quesito estilo, conseguimos encontrar bastante do Accord em sua dianteira, que também lembra o futuro Peugeot 2008, que dará as caras no Brasil ano que vem.

O SUV possui 4,30 metros de largura, mais longo do que o FIT (que tem apenas 4,10 metros) e um pouco mais curto do que o CR-V (que tem 4,53 metros).

A Honda ainda informou que o novo crossover contará com motores Earth Dreams. O modelo, que é mais uma aposta da montadora no segmento de crossovers, expande a linha de modelos compactos mundiais, que trazem o Fit e o City. A ideia da companhia é expandir suas vendas até o final de 2016.

Antes do Urban SUV Concept, o mercado receberá a nova versão do FIT. Os dois modelos serão produzidos na nova fábrica da Honda no México, que deverá começar a operar em 2014.

Por Guilherme Marcon


A BMW, uma das mais famosas marcas automotivas do mundo, não cansa de inovar e surpreender. Ainda no primeiro semestre de 2013, mais precisamente em abril, a montadora lançará o incrível BMW X6 M, um carro potente e veloz, idealizado para agradar os consumidores que valorizam a esportividade e o bom acabamento.

Robusto e agressivo, o crossover vem equipado com o motor 4.4 V8 biturbo, capaz de desenvolver 555 cavalos de potência. Além disso, os veículos contarão com câmbio automático de 6 marchas. O modelo da transmissão é o M Steptronic. A velocidade média do BMW X6 M é de 275 km/h e ele faz de 0 a 100 km/h em menos de 5 segundos.

Em termos de visual, o BMW X6 M recebeu modernos faróis tanto na parte dianteira quanto na traseira. A iluminação ganhou lâmpadas brancas de LED. Além disso, o carro recebeu barras horizontais vermelhas e grades centrais tridimensionais. Todo o conjunto foi pensado para oferecer arrojo, beleza e tecnologia.

O preço de venda do BMW X6 M 2013 ainda não foi confirmado pela montadora, mas deve ser similar aos valores dos esportivos da marca.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O Inovar-Auto, novo Regimento de Automóveis no Brasil, acabou de oferecer vários incentivos para a montadora Mitsubishi produzir carros em nosso país. As primeiras unidades a serem nacionalizadas serão dos modelos ASX e o Lancer.

Os veículos em questão serão fabricados no município de Catalão, em Goiás. Vale ressaltar, no entanto, que ainda não foi confirmada a data de comercialização em território brasileiro. Tudo indica que os carros serão lançados em breve. O ASX, modelo crossover, deve estrear ainda em 2013. O Lancer, por sua vez, deve começar a ser vendido apenas no primeiro semestre de 2014.

A fabricação dos dois carros faz parte do projeto estratégico de expansão da marca Mitsubishi na América Latina. Segundo a montadora, o investimento total na unidade fabril de Catalão será de aproximadamente R$ 1 bilhão até 2015. A pretensão é que a fábrica não demore a receber várias linhas de pintura e cabines de montagem.

Ainda de acordo com a Mitsubishi, a nacionalização do Lancer e do ASX fará com que a fábrica de Catalão passe a produzir o total de cinco modelos, já que o L200 Triton, a Pajero Dakar e a Pajero TR4 são fabricados nela há algum tempo.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Recentemente, a marca Ferrari reuniu seus principais clientes em um evento exclusivo realizado na Itália. A finalidade do encontro era apresentar o mais novo modelo da montadora, o incrível F70.

Segundo as informações oficiais contidas na página Ferrari Chat, o carrão é bastante promissor e deve conquistar os apaixonados por esportivos. A exemplo do modelo Enzo, o F70 provavelmente será um grande sucesso automotivo.

O carro atingirá a velocidade máxima de 370 km/h e contará com um propulsor V12, capaz de gerar a inacreditável potência de 800 cavalos. Além disso, a versão contará com moderno sistema KERS. Segundo informações do site acima citado, o F70 acelera de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos e vai de 0 a 200 km/h em apenas 7 segundos.

O novo F70 será um automóvel muito leve, com apenas 1.270 kg. A leveza ocorre em função do chassi produzido integralmente em fibra de carbono e kevlar. Já a parte aerodinâmica é composta por aerofólio móvel na traseira do veículo.

Inicialmente serão fabricadas 499 unidades do F70 e o carro deve ser apresentado ao público no Salão de Genebra, agendado para o mês de março.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Conhecida como a estrela da tecnologia, o símbolo da Mercedes-Benz mostra porque a marca está entre as mais cobiçadas do mundo. Agora, com a chegada do E63 ao mercado de carros, a montadora promete alavancar as vendas para o ano de 2013.

O E63 está dentro da linha Classic da Mercedes, o que representa a união perfeita entre tecnologia e conforto, que só mesmo a Marcedes tem para oferecer ao seu público cativo.

O veículo terá outros ótimos atributos, como novos para-choques com entradas de ar maiores na dianteira e rodas de liga leve com um difusor de ar frontal, que melhorar o fluxo de ar debaixo do veículo.

Com o motor 5.5 V8 biturbo, o motorista vai ganhar todas as condições necessárias para chegar aos 100 Km/h em apenas 4 segundos.

Com transmissão automática de sete velocidades, vai ficar ainda mais agradável dirigir um carro que tem uma moderna beleza no design.

O E63 será lançado em duas versões, sedã e perua.

O preço do veículo ainda não foi divulgado. Apesar disso, sabe-se que o valor será para consumidores de uma classe mais abastada e que queiram investir em um belo carro.

Por Michele de Oliveira


Há pouco tempo, um modelo do Ford GT recebeu a certificação de automóvel de rua mais rápido de todo o mundo no Guiness Book.

O carro foi preparado pela Performance Power Racing e possui 1.723 CV de potência e consegue chegar a 453 km/h rodando em um percurso de apenas 1.6 km. Com a certificação, o superesportivo GT tirou o título do Bugatti Veyron Super Sport no Guiness, que chegava a 431 km/h e conseguiu o recorde no ano de 2010, na Alemanha.

Uma das características que permitem que o Ford GT seja o mais rápido do mundo é o fato de que nele foi utilizada uma nova liga de alumínio, chamada de "Pandalloy", que suporta temperaturas extremamente altas. A produção deste material aconteceu com base em algumas tecnologias aeroespaciais, justamente para que o GT conquistasse a marca de mais veloz.

Entretanto, além de possibilitar tamanha velocidade, o Pandalloy pode ser utilizado em automóveis para que a emissão de CO2 e o consumo de combustível sejam reduzidos.

A avaliação que deu o título de mais veloz do mundo para o Ford GT aconteceu na NASA e pode ser vista em um vídeo que foi disponibilizado pelos laboratórios da Performance Power Racing.

Por Guilherme Marcon


Os combustíveis utilizados por veículos na atualidade possuem data para acabarem, pois são na maioria das vezes derivados do petróleo cujas reservas irão se esgotar em algumas décadas.

Por isso, diversos tipos de estudos estão sendo feitos para encontrar combustíveis alternativos.

A primeira destas possibilidades é o Ar atmosférico que foi transformado por uma empresa inglesa em gasolina, mas a sua produção é muito reduzida – 5 litros em três meses – e seus custos de produção são muito elevados.

Uma outra opção é a transformação da água do mar em combustíveis para movimentar motores a jato, mas esta opção tem como problema a sua agressão ao meio ambiente.

A criação de carros movidos a hidrogênio é outra alternativa interessante já que está presente em abundância na atmosfera e não polui o meio ambiente, no entanto a sua produção ainda possui valores muito elevados para a distribuição em nível mundial.

E uma outra opção interessante são modelos movidos a vácuo espacial que quando forçado a gerar partículas movimenta os veículos.

Apesar de estas idéias parecerem na atualidade como mirabolantes, o seu desenvolvimento está acontecendo e em um curto período de tempo serão alternativas interessantes e viáveis para a frota de automóveis no mundo.

Por Ana Camila Neves Morais


Em 2013 irá acontecer mais uma edição da Lancer Cup organizada pela Mitsubishi.

Este evento esportivo irá acontecer entre os meses de março e outubro de 2013 em um total de seis etapas que serão disputadas no autódromo Velo Città localizado na cidade de Mogi Guaçú no estado de São Paulo.

Em todas as fases da competição será utilizado o carro Lancer Evolution R que possui um motor turbo 2.0 com capacidade de fazer até 306 cavalos de potência além de rodas de 18 polegadas e pneus do tipo slick próprios para competições esportivas.

Por Ana Camila Neves Morais


A Lamborghini, marca internacional conhecida por produzir e comercializar excelentes carros comerciais e de corrida, apresentou ótimo lançamento, que promete trazer muitas inovações para o mercado mundial de autos. Trata-se do novo Gallardo LP 570-4, também conhecido como Super Trofeo 2013.

Esse modelo foi especialmente projetado para o Super Trofeo, circuito de 58 corridas que ocorrem no velho continente. O detalhe é que só poderão usar a belezinha para correr os motoristas que tiverem US$ 200 mil para desembolsar na versão.

Esse lançamento é uma evolução do conceituado Gallardo Spyder, entretanto, não foram informados tantos detalhes sobre o carro. Segundo a montadora, o motor será o V10 com 5.2 litros e potência de 577 cavalos. Como se não bastasse, o Gallardo virá com desenhos estilizados, spoilers otimizados e difusor traseiro. Nada além disso foi mencionado pela marca.

Vale destacar que o novo Gallardo faz parte de uma série limitada e quem for apaixonado por velocidade e adrenalina e tiver o interesse de levar para casa a novidade, terá que se apressar, porque o Super Trofeo é uma raridade automobilística, que estará disponível por pouco tempo.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Outra boa opção está sendo ofertada para aqueles que desejam adquirir um modelo de carro que une conforto, beleza e espaço para seus familiares e amigos. A Volkswagen (empresa especializada na produção e comércio de carros em diversos ramos) está prestes a lançar no mercado o seu mais novo veículo para inserir esta marca no mundo dos automóveis do tipo SUV´s compactos.

As linhas de base do novo carro da Volkswagen terão um tamanho parecido com o modelo do carro Audi Q2 tendo como inspiração principal o design do carro VW Cross Coupé (apresentado no Salão do Automóvel de Tóquio) e que tem a cara dos novos SUV´s da marca alemã.

Os grandes concorrentes deste novo automóvel na atualidade são: Nissan Juke e Mini Countryman.

Ainda não existem muitas informações sobre este novo SUV compacto, mas as especulações circulantes no mercado e na internet argumentam que este veículo contará com inovações tecnológicas como porta-objetos, bancos com revestimento de couro, porta-malas com grande capacidade de armazenamento, computador de bordo com tela touchscreen, sistema multimídia com Bluetooth, GPS, som, entrada para USB, entre outros.

Por Ana Camila Neves Morais


O novo Ford Fusion está de “roupa nova”, com mudanças completas, as quais o deixaram com um estilo mais europeu. Agora, com um aspecto mais elegante e agressivo, contará ainda com uma nova paleta de cores, contendo sete opções, sendo que a novidade está nas cores vermelha e azul.

Além disso, o Fusion vai estrear no Brasil os motores EcoBoost, sendo o desse modelo uma unidade de 2 litros, movida a gasolina, que consegue chegar a 240 cavalos. Sua transmissão será automática com seis velocidades, contudo, pode-se utilizar as trocas manuais.

A versão mais luxuosa do Fusion, a Titanium AWD, inclui vários detalhes, como assistência ativa ao estacionamento (o carro detecta a vaga adequada e manobra o veículo, assim, o motorista apenas acelera e freio), alerta de ponto cego, assistência à manutenção de faixa (o volante vibra se for detectada troca de faixa indevida), e controle de cruzeiro adaptativo (o freio e acelera o carro de acordo com o trânsito à frente).

Dessa vez, a promessa é de que o sistema GPS tenha adaptação para a língua portuguesa, corrigindo a última falha da Ford.  

O valor do carro ficará, em média, R$ 112.990.

Por Camila Caetano


O Ford Fusion só chegará oficialmente ao Brasil em fevereiro de 2013, mas já vai dar o ar da graça no Salão do Automóvel em São Paulo.

A versão topo custará R$ 112.990 com motor 2.0 e leva o nome de Titanium AWD.

As transformações não foram só estéticas, a Ford investiu muito nas mudanças mecânicas. De acordo com o gerente de marketing da Ford, Antonio Baltar, o novo Fusion não carrega nenhuma peça do modelo anterior. No visual, os faróis do Fusion vêm mais afilados e com lanternas no topo da carroceria.

O carro irá disputar o favoritismo daqueles que podem e querem gastar mais de R$ 100 mil em um carro com um motor EcoBoost turbo a gasolina. A Ford afirma que o propulsor tem uma potência nivelada com os carros de motor 3.0, mas com um consumo de 15% menos no combustível.

No mercado brasileiro as cores poderão ser escolhidas entre: vermelho, preto, branco, azul, cinza e prata. Bancos de couro com aquecimento também são itens do estiloso novo Fusion Titanium AWD. 

Por Dayane Garcia


A montadora Toyota acaba de apresentar uma bela novidade para o mercado de autos. Trata-se do novo Auris Touring Sports,  modelo que surpreende pelo visual e pela funcionalidade.

Por enquanto, o carro foi produzido especificamente para a Europa e na versão para o velho continente, ele vem equipado com  os seguintes propulsores: 1.4 D-4D movido a diesel, 2.0 D-4D movido a diesel, 1.33 Dual VVT-i movido a gasolina e  1.6 Valvematic, movido também a gasolina. Vale acrescentar que o Toyota Auris Touring gera até 132 cavalos de potência e alcança a velocidade de 200 km/h.

Há ainda uma versão sustentável do carro, que conta com   a tecnologia Hybrid Synergy Drive – HSD, que alia motor elétrico com bateria de lítio e  motor movido a combustão. Essa combinação é ao mesmo tempo ecológica e econômica.

Na parte interna, este modelo conta com painel com tela touchscreen acoplada no volante, porta-objetos variados, moderno sistema multimídia de entretenimento,  ar condicionado, bancos revestidos e amplo porta-malas.

O do novo Auris Touring Sports começará a ser vendido a partir do primeiro trimestre de 2013 e seus preços de comercialização ainda não foram divulgados pela Toyota. Os apaixonados por carros não perdem por esperar.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Ford é conhecida mundialmente por fabricar utilitários e carros de passeio que sempre chegam para surpreender os consumidores. Recentemente, a montadora apresentou  uma grande novidade  no Salão de Hanover, realizado no primeiro semestre de 2012. Trata-se da linha Transit, composta por carros voltados para atividades comerciais.

A surpresa ficou por conta de uma reformulação total, na qual a linha foi estilizada, teve os faróis redesenhados e ampliados, além da grade frontal ter ganhado a forma inusitada de trapézio.

A parte mecânica também foi cuidadosamente escolhida, pois o carro é equipado com o excelente motor Duratorq 2.2 movido a diesel, capaz de entregar 125 cavalos, além de transmissão manual com seis marchas.

A nova família de carros da Ford é composta por três modelos distintos: Transit Connect, Transit Custom e Transit. As versões se diferenciam especialmente na capacidade de carga e de passageiros, o que depende da demanda profissional do motorista.

Vale acrescentar que todos os carros da linha contam com: air-bags laterais e frontais, GPS integrado, sistema Start-Stop, completo sistema multimídia, dentre outros atributos.

Segundo a montadora, a linha Transit será disponibilizada para comercialização no primeiro semestre de 2013. Os preços de venda ainda não foram informados.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Acabou de chegar ao Brasil o novíssimo Hyundai HB20, um dos mais aguardados da categoria de hatches compactos, tendo como concorrentes diretos o Etios da Toyota, o Palio da Fiat e o Gol da Volkswagen.

O modelo de entrada do Hyundai HB20 é o Comfort 1.0 que tem a potência de 80 cavalos e será equipado com airbags duplos, ar condicionado, computador de bordo, direção hidráulica e bancos ajustáveis. Essa versão custará R$ 31.995,00.

O modelo seguinte é o Comfort Plus 1.0, que além dos itens listados acima, possui desembaçadores, vidros, travas e alarme elétricos. O preço de comercialização desse carro será de R$ 33.995.

A versão Comfort Style 1.0 terá todos os atributos das outras versões, com o adicional de elementos como freios ABS, completo sistema multimídia com entrada USB e CD player, além de rodas de 14 polegadas e faróis de neblina.

As versões top de linha são os modelos Premium e Premium Automático, que contam com rodas de alumínio com 15 polegadas, sensores de estacionamento, volante com comando de voz e painel com duas tonalidades. O preço dessas versões variará entre R$ 44.995 e R$ 47.995.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O Mazda6 Sedan foi desenvolvido para ser usado no dia a dia, em ambientes metropolitanos. Traz design elegante, sendo ideal para as famílias fazerem viagens seguras dentro de um carro bonito, potente e com maior nível de sustentabilidade.

Depois de diversas linhas que marcaram história no mundo automotivo, a série 2013 do Mazda6 chega com carroceria arrojada, formato moderno e com extrema perfeição estética, conforme exigem os clientes fiéis da marca.

O sistema de ar condicionado Dual Zone está entre os pontos destacados com maior positividade entre os especialistas. Ele foi adaptado para que a bateria do carro não fique prejudicada com o constante uso do ar frio ou quente.

O motor diesel pode ser encontrado em três versões, todas com turbos compressores compactos e injeções que aumentam a agilidade da aceleração. Com rotações menores, os motores conseguem reduzir a constante emissão de gases prejudiciais para a atmosfera.

Os compradores podem escolher um entre os seguintes modelos:

  • Motor 180CV 3.500RPM 400NM;
  • Motor 163CV 3.500RPM 360NM;
  • Motor 129CV 3.500RPM 340 NM.

Obtenha mais informações acessando o site oficial da Mazda

Por Renato Duarte Plantier


Diversos portais e blogs especializados publicaram imagens do Novo VW Golf  GTI, veículo que será lançado como a 7ª geração do hatch médio da Alemanha. O carro estreia na programação do Salão de Paris. O Novo VW Golf  GTI foi produzido com base em uma plataforma MQB e conta com um design mais esportivo e não muito radical.

Entre os elementos do novo modelo, destaca-se um filete em vermelho que atravessa faróis e grades, apresentando um visual não muito visto em seu segmento. Além deste detalhe, o carro apresenta um novo para-choque na parte da frente que tem spoilers integrados, além de grade com estilo colmeia, LEDs, entre outros itens.

Já na parte de trás, o Novo VW Golf  GTI tem 2 ponteiras cromadas do escapamento, além de um pequeno difusor de ar. Com visual bem esportivo, o carro tem rodas de liga leve, tecidos padronizados nos bancos esportivos, costura em vermelho que se estende à alavanca e ao volante de fundo chato. De acordo com alguns especialistas, o novo modelo da Volks virá com motorização 2.0 TSI, 230 cavalos de potência e 7 marchas, chegando de 0 a 100 quilômetros em 6,6 segundos.

Por Marcelo Araújo


A McLaren, marca automotiva de fama mundial, está prometendo grandes novidades para o próximo Salão do Automóvel, a ser realizado daqui a poucos dias na capital francesa. Uma das maiores promessas da empresa é a apresentação do carro conceito P1, que já conta com algumas imagens circulando na internet.

O conceito foi desenvolvido com base no MP4-12C e ao contrário de outros carros que não passam de meros projetos e concepções tecnológicas, o veículo da McLaren deve estar disponível para comercialização dentro do período de um ano.

Segundo informações da própria montadora, o carro apresenta a proposta de ser mais veloz e funcional do que similares de outras marcas. Assim, a expectativa é de que o P1  seja rápido em áreas urbanas e em estradas de chão, demonstrando adaptabilidade em várias situações. Em síntese, a McLaren idealizou um supercarro.

Em relação às configurações estéticas e mecânicas, a marca ainda não confirmou nada, entretanto, segundo fontes ligadas à empresa, o carro será equipado com um motor  V8 3.8 e contará com moderno sistema KERS, capaz de recuperar a energia gasta na frenagem. A potência do modelo será de incríveis 976 cavalos.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Recentemente, a GM anunciou novidades para sua marca Cadillac, a fim de dar continuidade em seu processo de modernização e otimização de seus veículos. Com essa política de melhoria, a empresa confirmou o lançamento de três modelos comerciais bastante interessantes. Trata-se do XTS Limusine, XTS Convencional e XTS Funerário.

Os três carros da nova linha Cadillac serão equipados com o eficiente motor  V6 3.6, atingindo a potência de 304 cavalos. De acordo com a GM, os automóveis consomem em média 9,5 km/l. Na parte interna, todas as versões do XTS contam com ótimo acabamento, amplo e confortável espaço para os passageiros, além de novas tecnologias que tornam os modelos altamente funcionais. Nesse sentido, vale citar o navegador GPS, tela do painel sensível ao toque, sistema de multimídia, câmera de ré e muitos outros atributos tecnológicos.

Quem se interessou pelas novidades da GM não terá que esperar muito para conferir os lançamentos de perto, pois eles em breve estarão disponíveis para compra nas concessionárias do mundo inteiro, entretanto, os preços de comercialização da nova linha Cadillac ainda não foram divulgados pela montadora.

Por Larissa Mendes de Oliveira


O Salão de Paris, que será realizado entre os dias 29 de setembro e 14 de outubro, deve trazer vários lançamentos que serão destaques em todo o mundo. Um deles será o RCZ da Peugeot que terá frente inspirada em outros lançamentos, como o sedã 508 e o hach 208. Na última semana o fabricante divulgou algumas imagens do lançamento que virá com facelit e esse é um dos carros mais esperados do ano.

Com essas mudanças, o RCZ vem com a traseira idêntica a do 208 e também do 508, sendo que essa é uma das características mais tradicionais do modelo e o teto vem abaulado. Já na lateral, as rodas recebem algumas mudanças e o motor deve ser 1.6.

A mais importante das diferenças está na frente do carro, que vem maior e traz uma placa estilizada com o nome “Peugeot”. Outra mudança ficou por conta do para-choque que foi redesenhado. Os faróis diurnos ganham nova posição e passam da vertical para a horizontal. Nesta versão, tanto os faróis quanto o capô foram trocados. O valor de venda ainda não foi divulgado.

Por Flaviane Oliveira


Há pouco tempo, a Audi brasileira apresentou a nova versão do seu hatch, o A1 Sport. A apresentação do novo veículo foi feita pelo presidente da empresa no Brasil, Leandro Radomile.

O presidente se referiu ao carro como a joia da coroa, ou seja, um dos melhores já lançados. Essa referência foi feita para o novo motor do automóvel que agora é um 1.4 TFSI que veio com mais potência, chegando a 185 CV, e com torque de até 25 kgfm. Mesmo com esse poder todo, o carro pesa apenas 1.265 kg.

Ao contrário da versão antiga do A1, que possui um motor com turbocompressor, a nova versão chamada de Sport vem com duas fontes de sobrealimentação. Além disso, o novo motor também conta com injeção de gasolina diretamente na câmara de combustão e também um novo intercooler, para resfriar o ar.

Outra mudança evidente é o novo visual esportivo, com rodas que possuem aros 17” mais elaborados, além de um para-choque que possui o design original com entradas de ar na frente e moldura cinza na parte de trás.

Assim como os demais Audis, o A1 também custa um valor elevado. O carro sai pelo preço inicial de R$ 109.900, chegando até o valor de R$ 130 mil.

Por Guilherme Marcon


O Salão de Paris tem sido um dos eventos automotivos mais aguardados dos últimos tempos e enquanto o dia 29 de setembro não chega, os apaixonados vão acompanhando as notícias sobre os lançamentos e consequentemente, aumentando a expectativa em torno dos mesmos.

A montadora Mercedes-Benz está se destacando nesse cenário tão efervescente e promete apresentar várias novidades no Salão da França. A fabricante de carros famosos por seu luxo, a exemplo do Smart, investirá fortemente suas fichas no Forstars durante o evento parisiense.

Segundo informações da marca, o Forstars é um belo crossover com visual inusitado e design bem esportivo, além de ser bastante adequado à locomoção em vias urbanas. Na parte interna, o carro conta com atributos incríveis, como teto panorâmico, desenhos modernos nas lanternas e faróis e teto de vidro. Tudo isso se reúne em dimensões compactas (2 lugares).

Na parte mecânica, as configurações são satisfatórias, mas nada surpreendente. O carro desenvolverá 820 cavalos de potência, atingindo uma velocidade máxima de 130 km/h. Em áreas urbanas, o carro apresenta como diferencial a estabilidade nas curvas e a possibilidade de rápidas ultrapassagens.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Nissan (empresa japonesa especializada na fabricação e comércio de automóveis) continua a inovação constante de seus veículos, sendo assim apresentou a última atualização do Sentra, que consiste em um veículo do tipo sedã inspirado no modelo Silphy.

Na parte externa as principais mudanças são a sua frente com luzes de LED, rodas de liga leve com 17 polegadas, além de inovações nos faróis e na grade.

Sob o aspecto mecânico, o novo Nissan Sentra possui um motor com 1.8 litro que alcança uma potência de até 130 cavalos e um torque de 17,7 kgfm em câmbio manual de seis marchas e um consumo médio de combustível de 14,4 km/l.

No seu interior, o Sentra conta com ar condicionado, NissanConnect (sistema de entretenimento com várias opções), bancos revestidos em couro ou em tecido e um porta-malas que chega a até 427 litros de capacidade.

Deste modo, o novo Nissan Sentra é uma boa possibilidade de compra para os amantes de automóveis que estará disponível no mercado em pouco tempo.

Por Ana Camila Neves Morais


O Salão de Paris será realizado no final do mês e as montadoras já estão a todo vapor, com grandes promessas para o mercado de autos. Além de  carros-conceito surreais, as marcas sempre apresentam importantes modernizações para modelos já consagrados e fazem também o lançamento de novos veículos no evento.

Nesse contexto, a Citroën está investindo fortemente nos modelos DS4 e DS5, mais precisamente na edição limitada Pure Pearl, que será revelada no Salão francês. Esta versão especial tem a lataria com pintura em Branco Pérola, apresenta um novo conjunto de rodas com aro de 18 polegadas, bem como alguns detalhes cromados.

O interior do novo DS4 e o DS5 Pure Pearl também encanta, pois conta com um moderno revestimento em couro com a costura azul. Outros atrativos são os modernos equipamentos do carro, dentre eles: faróis de xenônio com limpadores direcionais, sistema Citroën eTouch, faróis de xenônio direcionais com limpadores e navegador MyWay.

O carro será movido por motor HDi, capaz de gerar 160 cavalos. A transmissão, por sua vez, é feita através de câmbio automático. Inicialmente, o veículo será vendido apenas em algumas nações da Europa e a montadora espera alavancar as vendas da marca nos países europeus por meio deste lançamento.

Por Larissa Mendes de Oliveira


A Hyundai consiste em uma companhia de origem sul-coreana, responsável pela fabricação de automóveis e conhecida pela inovação no design e na tecnologia de seus veículos. Com isso, busca sempre oferecer aos seus clientes produtos cada vez mais modernos, destacando-se no segmento nacional e, também, internacional.

Partindo deste princípio, a Hyundai está anunciando a apresentação do novo i30, composto de duas portas, no Salão de Paris, que tem início ainda neste mês, no próximo dia 29, e término no dia 14 de outubro.

Segundo a montadora, o modelo i30 de duas portas irá se juntar à versão hatch de quatro portas e à perua da marca, permanecendo todos expostos durante o evento.

Com relação aos novos atributos do i30, além da menor quantidade de portas, o carro também vem equipado com faróis de neblina, grade e para-choque diferenciados do modelo de quatro portas, além de alteração no visual traseiro.

Quanto aos motores, são 3 opções de 1.6 l movidas a gasolina e 3 opções movidas a diesel, sendo que destas últimas, o modelo capaz de gerar 128 cv de potência, segundo a Hyundai, é considerado o menos poluente.

Por Anne A. Matioli Dias


O Mazda CX-5 está entre os veículos mais luxuosos da Europa. Conta com design arrojado, que por sinal representa ponto encontrado na maioria dos veículos produzidos pela marca. Leveza ao dirigir e alta potencia são duas sensações sentidas pelos condutores do veículo.

Segurança em primeiro lugar. Os Mazda CX-5 saem da fábrica com sistema completo de airbags, garantindo assim toda a integridade física das pessoas que estão dentro do carro. A tecnologia permite com que as luzes dianteiras fiquem mais luminosas quando se aproxima algum veículo, ou mesmo quando os condutores realizam curvas longas. A ação também pode ser acionada de forma manual, fato que pode prejudicar no desempenho da bateria a longo prazo.

O formato dos faróis traseiros permite com que sua imagem fique com maior nível de esportividade. Durante o dia, enquanto estão apagados, trazem um agradável tom avermelhado.

A liga leve presente na carroceria e o escape duplo cromado, ambos resistentes, são capazes de durar longo tempo com o mesmo brilho de veículo novo. E a tecnologia KODO permite com que os condutores obtenham respostas dinâmicas das ações executadas no veículo.

Por Renato Duarte Plantier


Há pouco tempo, a Ford anunciou que lançará a nova versão do seu hatch médio, o Ford Focus. Por coincidência, é justamente no período em que o carro ultrapassa o Hyundai i30 na liderança do mercado.

Desde junho, o Focus começou a crescer nas vendas até atingir a marca de 24% no mercado. Este crescimento acabou contrastando com a queda de vendas do segmento no primeiro semestre de 2012.

Enquanto isso, a nova linha 2013 do automóvel da Ford vem com carrocerias tanto hatch quanto sedã, sem mudanças estruturais, pois foi feita apenas a atualização do certificado do ano-modelo do veículo. Isso, porque a sua terceira geração chegará ao Brasil muito em breve.

A apresentação da terceira geração deverá ser feita durante o Salão do Automóvel em São Paulo, que acontecerá em outubro deste ano.

O modelo atual, que teve apenas a certificação renovada, possui quatro modelos de motor, sendo que as versões 1.6 são Flex GL e Flex GLX, e as versões 2.0 são Flex GLX e Titanium. O carro vem equipado com ar condicionado, vidros elétricos na parte da frente, airbag duplo, luz de neblina na parte de trás, alarme de segurança e travas elétricas.

A terceira geração ainda não teve suas especificações divulgadas, porém já foi flagrada em transporte no Estado de São Paulo.

Por Guilherme Marcon


Em 1990 diversos carros da Lada chegaram ao Brasil e fizeram grande sucesso no país, porém em 1997 a montadora teve o negócio suspenso. A companhia nunca deixou de trabalhar e continuou criando novos modelos, um deles é o El Lada, um carro elétrico bem parecido com o hatch Kalina, mas com motorização elétrica. O veículo foi o grande destaque da Lada no Salão de Moscou, na Rússia, que aconteceu no final do mês passado.

Segundo a fabricante, o modelo elétrico conta com Pack de baterias de íon lítio, que foram montados no porta-malas e permite que o automóvel percorra até 150 km sem a necessidade de fazer uma nova recarga. A bateria é recarregada totalmente em apenas 8 horas e a reposição da energia é feita em tomadas trifásicas. Além disso, o El Lada consegue atingir até 130 km/h de velocidade máxima.

Por enquanto, o veículo não estará disponível para o consumidor final na Rússia, pois primeiramente ele será testado por alguns taxistas da região de Stavropol, que fica no sudeste do país. A montadora afirma que o lote inicial do El Lada será entregue até o último trimestre deste ano e cada modelo custará aproximadamente R$ 67.615

Por Felipe Santos Bonfim


Simultâneo ao lançamento do Audi RS5 nas concessionárias brasileiras, a fabricante lança no exterior a versão conversível do modelo. São oito cores disponíveis e a carroceria pode fazer combinações com a capota nas cores cinza, preto, marrom ou vermelho.

Em território alemão, o valor aproximado do conversível é de R$ 230 mil sem os impostos, o que corresponde a € 88,5 mil. De acordo com o fabricante, o conversível chega a marcar até 280 km por hora e o consumo de combustível é de 9,1 km por hora.

O Cabriolet é um carro de chamar atenção e de acordo com a Audi uma das novidades fica por conta da abertura do teto que é de 15 segundos. Na abertura, toda a capota fica dentro do porta-malas, porém, o fabricante ressalta que a capota só pode ser aberta ou fechada quando o conversível está a 50 km por hora.

O conversível vem com sistema de som premium, volante multifuncional e bancos que podem ser ajustados de forma automática. O veículo agrega ainda airbags laterais e frontais. O RS5 conta ainda com sistema que avisa ao motoristas quando uma mudança de faixa é feita de forma involuntária.

Por Flaviane Oliveira


Na primeira semana de setembro, a Ford do Brasil fez um pronunciamento oficial, por meio de Steven Armstrong, presidente da filial brasileira, onde comentou um pouco sobre o destino do EcoSport.

De acordo com Armstrong, agora o SUV compacto EcoSport começará a ser vendido na Europa. O mesmo modelo foi apresentado no mês de julho e já é vendido no mercado brasileiro, porém as entregas só começarão no final deste mês. Enquanto isso, na União Europeia, o mesmo pronunciamento foi feito por Jim Farley, vice-presidente geral da Ford no mundo, para contar as novidades aos consumidores da região.

Atualmente, o novo EcoSport é fabricado em Camaçari, na Bahia, porém ele não será completamente exportado para a Europa. A produção do SUV compacto vendido em terras europeias terá produção local, porque são necessárias algumas alterações que são obrigatórias nos carros do mercado europeu.

Além disso, a Ford também anunciou que o carro será comercializado apenas em 2014, tendo em vista que ainda não há local definido para a sua fabricação na Europa e que é necessário identificar como aplicar as exigências legais do mercado.

Ainda há bastante expectativa de que o novo EcoSport também seja vendido nos Estados Unidos, mas parece que por enquanto isso não acontecerá. Entretanto, a Europa não será a única a receber o automóvel, pois ele também será fabricado e vendido na Ásia, em países como Índia, China e Tailândia.

Por Guilherme Marcon


Na unidade fabril de São José dos Pinhais, localizada no Paraná, uma equipe de estagiários efetuou um trabalho conjunto que resultou na criação de um carro-robô que funciona transportando peças na fábrica. Nomeado de Automatic Guided Vehicle (AGV), a invenção foi desenvolvida com tecnologia da empresa e possui peças nacionais. Além disso, não é necessário um operador para guiá-lo, pois ele segue um caminho pré-definido.

Esta inovação resultou de um exercício de aprendizado orientado pelos Técnicos e Engenheiros da Volkswagen e será utilizada como mais uma das ferramentas da linha de montagem a partir de outubro de 2012. O robô AGV é considerado como uma atualização de outras invenções do tipo presentes no setor. Com ajuste em sua velocidade de 10%, é um dos mais rápidos em suas funções. Fora isso, tem grande força de tração e é guiado através de apenas uma marcação com tinta no piso.

Nos robôs mais tradicionais, a vida útil das baterias é de 80 ciclos, já no robô feito pelos estagiários da Volks, a bateria aumentou para 200 ciclos a vida útil da engenhoca. Com isso, há uma redução nos custos em toda a empresa.

Por Marcelo Araújo


De acordo com o site iG Carros, uma fonte próxima à Renault afirmou que a nova Master – um novo modelo de van comercial – já começou a ser pré-produzida, ou seja, alguns modelos para teste já foram fabricados.

O desenho da nova Master é muito parecido com o modelo que é vendido na Europa, tendo uma grande tomada de ar na parte da frente, logo acima do para-choque, e os faróis dianteiros esticados em direção ao para-brisa. Os protótipos foram produzidos na fábrica da cidade de São José dos Pinhais (PR).

A Renault ainda não anunciou oficialmente os detalhes do novo veículo, mas em questão da mecânica da van, provavelmente ela será igual à versão que foi lançada em março deste ano para atender ao Proconve L6, que é um motor dCi de 115 CV e 16 V.

Conforme pronunciamento oficial da Renault, a Master já está em testes no Brasil, porém, não será lançada no mercado em 2012. A expectativa é que a van seja disponibilizada para venda no início de 2013, porque é provável que a empresa não queira perder o mercado para a linha Sprinter da Mercedes-Benz, que foi apresentada em um modelo renovado.

Por Guilherme Marcon


Os modelos mais vendidos da Renault no Brasil, Logan e Sandero, representam 57% do total de vendas da marca e são os carros mais procurados da montadora francesa. Entretanto, na apresentação dos modelos Renault da linha 2013, ocorrida na semana passada, não foram notadas alterações estéticas nos dois carros-chefes da marca. Houve somente uma mudança na potência do motor. Agora, os carros apresentam 1.6 8V, Hi-torque, sendo que com esta configuração o veículo torna-se mais econômico e ganha em potência.

Com estas alterações e com a renovação da linha, os automóveis sofreram um aumento de 1% no preço. De acordo com informações da Renault, este aumento no valor reflete a integração de acessórios que anteriormente eram vendidos separados. A empresa ainda informa que o objetivo é manter o Sandero como um dos modelos mais vendidos do país. Isso se deve à acirrada competição com seus rivais de categoria, que são: HB20, Ônix, Etios, Gol, Punto e C3.

De acordo com a Renault, os preços desta nova linha ainda estão sendo definidos e dependem da prorrogação, ou não, da medida de redução do IPI.

Por Marcelo Araújo

Fonte: Uol


No próximo dia 4 de setembro, a Volkswagen irá revelar a 7ª geração do modelo Golf. O lançamento ocorrerá um pouco antes da participação da marca no Salão parisiense, que será aberto no final de setembro.

Para aguçar a curiosidades dos fãs da marca e do Golf, a Volks apresentou algumas características que estarão presentes na nova edição do veículo. Este será o primeiro carro da montadora a ser equipado com plataforma modular  MOB, uma novidade apresentada em veículos da Audi como o A3, controlado pelo grupo Volkswagen.

As novidades para a 6ª geração começam no tamanho. O novo Golf apresenta 5,6 centímetros a mais no comprimento, é 2,8 centímetros mais baixo, além de apresentar o entre-eixos maior em 5,9 cm.

Segundo informações da Volkswagen, o peso do carro mostra-se com redução de 100 quilos devido à intensa utilização de alumínio nesta sexta geração do Golf. Outro aumento foi na capacidade do porta-malas, que subiu 30 litros. Fora isso, o novo Golf apresenta sistema de freio de estacionamento possuindo acionamento elétrico.

A última reestilização que o modelo tinha recebido no Brasil foi no ano de 2007.

Por Marcelo Araújo

Fonte: Estadão


A Citroën lançou nesta quarta-feira, dia 22 de agosto, a La Luna, série especial para minivan C4 Picasso com cinco lugares. Como principais atrativos da nova série estão o teto panorâmico (começa no para-brisa e vai até quase a coluna C) de vidro com grande resistência, sistema de som com entrada USB e Bluetooth, e a cor branca.

A série ainda traz repartidor de frenagem e controle de estabilidade, rodas aro 17”, ar condicionado automático digital com quatro zonas, equipamentos diversos, como freio de mão eletrônico com ajuda à partida em subidas e freios ABS.

“Estamos oferecendo um produto ainda mais exclusivo a nossos clientes, formado por famílias modernas, que exigem cada vez mais requinte e tecnologias úteis para seu dia a dia“, afirma Cléa Tiepo, gerente de produto da Citroën do Brasil.

A parte mecânica do automóvel não teve alteração, o motor 2.0 16V de 143 cv e a mesma transmissão automática sequêncial com comandos no volante da versão vendida desde 2010 permanecem no novo Citroën C4 Picasso La Luna.

O preço do automóvel tem o valor mínimo de R$ 92.200 (R$ 5.700 a mais que o modelo comum) e, apenas 1.000 unidades dessa série serão comercializadas, segundo a marca.

Por Tadeu Goulart

Fonte: IG


Uma novidade vai agitar os fãs europeus dos carros da Chevrolet, uma das maiores montadores de veículos do mundo. O Chevrolet Cobalt, desenvolvido especialmente para os mercados emergentes, também será vendido na Europa.

A marca já confirmou a informação, por meio de seu site russo, adiantando que o carro será uma das atrações da mostra do Salão do Automóvel de Moscou. O evento ocorre na Rússia, no final do mês de agosto.

Não está programada nenhuma mudança no design do carro, ficando bem parecido com a versão que é vendida no Brasil. A única alteração que o Cobalt sofrerá será nos repetidores de direção, que estarão fixados nos para-lamas dianteiros, na cor âmbar.

Outra sutil diferença será o motor 1.4 8V de 97 CV, em que o sedã vai usar no país europeu o bloco 1.5 16V e a gasolina de 105 cv, podendo ser associada a uma caixa manual de cinco velocidades diferentes ou automática, de seis marchas.

Os apaixonados pelo carro poderão encontrá-lo entre o Spark e a família do Aveo (que aqui é vendido como Sonic). A Chevrolet informou que os europeus poderão comprar o carro da montadora a partir de janeiro do ano que vem.

Por Tadeu Goulart

Fonte: IG


A Chevrolet lançou sem alardes uma nova opção na linha S10. A mudança ficou por conta do novo motor 2.8 turbodiesel, capaz de gerar 180 cavalos de potência com tração 4×2. Antes, o modelo LS era comercializado apenas na opção de propulsor movido a diesel com tração 4×4. As novas configurações passam, então, a compor o modelo de entrada.

Em termos de visual, o carro segue a mesma linha de seu antecessor. O modelo é resultado de um projeto global apresentado no ano passado, na Tailândia. Após 16 anos sem grandes reformulações, a S10 recebeu uma nova identidade visual, marcada pela barra na grade frontal ostentando o logotipo da Chevrollet, além de um design mais agressivo e robusto, sem deixar de ser refinado.

Dentre os itens de série do S10 LS estão a direção hidráulica, ar condicionado, airbag duplo frontal, computador de bordo e bloqueio do deslizamento do diferencial traseiro.

De acordo com a montadora, o preço de venda do modelo com cabine simples é de R$ 78.746,00, o modelo com carroceria de cabine dupla, por sua vez, é comercializado por R$ 89.823,00.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Com o lançamento previsto para setembro de 2012, o Etios, da Toyota, será produzido em Sorocaba, na versão hatch 1.3 e sedã 1.5, e virá de fábrica com: airbags frontais, ABS com distribuidor de frenagem, MP3, ar condicionado e travas e vidros elétricos.

Sobre a versão hatch, o carro chegará às lojas com 3,77 m de comprimento e 2,46 m entre os eixos, suficientes para 4 pessoas sentarem-se sem bater a cabeça no teto ou os joelhos no banco da frente. Na versão sedã, as medidas sobem para 4,26 m e 2,55 m.

Sobre o porta-malas, a capacidade do hatch é de 263 litros, enquanto que a do sedã é de 595 litros.

Segundo o repórter da Quatro Rodas Fernando Valeika de Barros, os pontos negativos do Etios giram em torno da falta de refinamento do acabamento: tecidos simples nos bancos, forrações de porta e painel de plástico rígido e fragilidade da tampinha da porta USB.

Os pontos fortes são: o isolamento acústico, a precisão e maciez do câmbio manual de 5 marchas e a bem calibrada direção elétrica, fazendo com quem o Etios tenha um comportamento firme nas curvas.

Estrategicamente, a potência e os valores do veículo não foram divulgados pela empresa, para que os concorrentes no Brasil não façam alterações a fim de se aproximarem dos do Etios. Mas, entre os hatches, a Toyota pretende roubar mercado do Gol, do March e do Palio. Entre os sedãs, do Logan, do Grand Siena, do Voyage, do Versa e do Cobalt.

Por Christiane Suplicy Curioni


O Volkswagen Gol é um dos carros mais populares do Brasil, para não dizer o mais popular. O modelo conseguiu a façanha de ser o carro com o maior número de vendas nos últimos 25 anos. A nova versão 2013 do modelo já está sendo vendida.

A principal alteração realizada no veículo diz respeito ao seu design, que agora incorpora a identidade visual mundial da marca. Com isso, o novo automóvel da Volkswagen ficou mais parecido com o Jetta, com o Fox e com o Passat.

Nesta versão, melhorias e mudanças estão de fato presentes: O desenho da traseira e da dianteira foi alterado. Além disso, o veículo recebeu modificações em seu interior e no seu conjunto mecânico.

O novo Gol 2013 está sendo vendido por valores que variam de R$ 29.990,00 a R$ 40.890,00. Para entendermos melhor essas variações no preço, vejamos o exemplo do Novo Gol 2013 com motor 1.6: Ele estreia com um preço de R$ 31.890,00. Caso o comprador deseje o acréscimo do câmbio automatizado I-Motion, ele vai passar a custar R$ 34.490,00. Há ainda o Gol Bluemotion, cujo pacote bluemotion vai custar cerca de R$ 324,00.

Para conferir mais detalhes sobre o veículo, acesse o site www.novogol.vw.com.br.

Por D. Soares


Lamborghini Aventador, carro que sucedeu o Murcielago, terá  4.000 unidades à venda, embora esta informação não seja oficial. Isto se deve ao fato da empresa montadora possuir uma limitada quantidade de fibras de carbono disponíveis.  

O potente veículo tem o nome em homenagem ao touro Aventador, muito famoso na Plaza de Toros de Zaragoza na década de 90, e era considerado o mais nervoso e feroz de sua raça.

O Lamborghini Aventador, segundo a empresa, está há duas gerações à frente de qualquer outra marca ou veículo do gênero. Possui suspensões baseadas em carros da Fórmula 1. O veículo também está equipado com máxima capacidade de aceleração, indo de 0 a 220 km/h, chegando até a máxima de 348 km/h em apenas 2,9 segundos. Tanta potência é devido ao motor, equipado com 6.5 V12, o que gera 700 cavalos em conjunto com a fibra de carbono. É um dos veículos com maior capacidade de força da atualidade.

Também está intimamente conectado com a melhor tecnologia, sendo possível personalizar o veículo através do site da montadora. Lá você pode configurar e combinar as cores da parte externa e interna. No site é possível fazer uma visualização do modelo em 3D.

Saiba mais no imperdível vídeo abaixo, que mostra tudo sobre o Aventador: design, parte interna e a aceleração.

Por Monique Mota


A Lexus está divulgando o lançamento do seu novo LS 460 no mercado automotivo brasileiro. Com isso, a categoria de luxo da Toyota busca atrair e conquistar um maior número de clientes.

Conforme as informações divulgadas, os novos aspectos visuais incluem grade frontal do tipo spindle e algumas mudanças estruturais, como a evolução nos contornos e no acabamento. Além disso, é possível notar através do design, a superioridade e a luxuosidade que o veículo transmite.

Com relação às especificações técnicas, o LS 460 conta agora com uma estabilidade maior, refletida em virtude da melhoria feita na carroceria e também por conta do novo volante e do novo sistema de freios.

Elaborado para adequar-se ao estilo do motorista, o veículo vem equipado com um sistema que permite selecionar o modo de direção desejado, podendo ser o modo ECO, NORMAL, COMFORT, SPORT S e SPORT S+.

Entre as demais alterações realizadas, destaca-se também a inclusão do Remote Touch Interface, que consiste em um item interativo de informação e entretenimento, controlado através da maior tela de LCD da indústria automotiva, de 12,3 polegadas.

A previsão é de que o Lexus LS 460 seja comercializado no Brasil a partir de novembro.

Por Anne A. Matioli Dias


O novo Mustang RTR da Ford foi apresentado no continente norte-americano. A versão 2013 trata-se de um projeto elaborado por Vaughn Gittin Jr., campeão mundial e piloto de Drift, cujo esporte consiste em uma técnica de direção que une velocidade, equilíbrio e controle.

Dessa forma, é possível notar que o novo Mustang vem com um visual totalmente esportivo, com auxílio de um sistema de suspensão apropriado e criado por Gittin, capaz de permitir ajustes de acordo com a preferência do motorista.

Com isso, o esforço dos desenvolvedores em oferecer exatamente aquilo que estava proposto foi compensado, já que o objetivo final foi alcançado, produzindo um carro com estilo adaptável e balanceado.

O novo modelo chega em 2 versões, a RTR Spec 1 e a RTR Spec 2.

A primeira versão vem com um visual mais agressivo por conta de spoiler lateral, adesivos, suspensão rebaixada, faixas esportivas, assinaturas RTR, escapamento exclusivo, rodas aro 19” e pneus de alta performance Falken UHP.

Já a segunda versão vem com todos os elementos da versão 1, com exceção da suspensão, que neste modelo pode ser regulada, e mais um item especial, um supercharger capaz de elevar a capacidade de potência do motor 5.0 l V8 para até 632 cv.

Por Anne A. Matioli Dias


A Hyundai criou um modelo customizado do seu Elantra, especialmente para comemorar a edição de número 100 do quadrinho conhecido como "The Walking Dead".

De acordo com as informações divulgadas, o veículo foi exibido durante o Comic-Con, evento ocorrido na Califórnia, Estados Unidos. Este evento consiste em puro entretenimento, onde são apresentadas as novidades culturais de todo o mundo.

Com relação ao Elantra, desenvolvido através de desenhos do próprio criador da série “The Walking Dead”, Robert Kirkman, o automóvel recebeu atributos exclusivos para “combater zumbis” e foi nomeado como “Zombie Survival Machine”.

A empresa responsável pela customização do veículo foi a Craft Design, que incluiu elementos como grades, espetos nas rodas e na dianteira, pneus adaptados, escotilha e vidros blindados. Há também holofotes especiais para auxiliar a visão.

Segundo afirmação do vice-presidente de marketing da montadora, Steve Shannon, esta versão do Elantra representa muito para os fãs de “The Walking Dead”, sendo uma ótima forma para se comemorar a centésima edição do quadrinho.

O carro, que deverá ser lembrado pelos fãs da série como um símbolo de cultura pop, criatividade e entretenimento, foi sorteado entre os participantes do evento.

Por Anne A. Matioli Dias


A maioria dos brasileiros que comprou um Hyundai Veloster se decepcionou pelo fato de os 126 CV do motor serem pouco para puxar o carro, que não tem injeção direta de combustível. Porém, parece que a decepção está para chegar ao fim.

Apesar de não haver confirmação da chegada do novo modelo ao Brasil, a Hyundai lançou uma versão Turbo do seu Veloster. O novo carro vem com motor 1.6 aspirado, com uma turbina que faz atingir o patamar de 204 CV de potência, além do torque chegar a 26,9 mkgf, isso entre 1750 rpm e 4500 rpm.

Acredita-se que o desempenho do novo modelo seja esportivo  comparado ao nível de Mini Cooper S, acelerando de 0 a 100 km/h em 7 segundos, além de chegar à velocidade máxima de 230 km/h. O câmbio vem em duas versões, ambas com 6 marchas, porém uma manual e a outra automática. O consumo de combustível é algo em torno de 11 km por litro na cidade.

Os freios foram alterados ganhando discos na parte traseira junto da melhoria da direção eletro-hidráulica. A diferença estética do novo modelo está na grade dianteira e nos para-choques, além dos faróis redondos e das rodas exclusivas. Por fim, há o acréscimo da palavra “Turbo” em vermelho junto ao logotipo.

A expectativa é que o novo modelo Hyundai Veloster Turbo chegue ao Brasil em 2013, mas seu preço deve ser bem salgado, na casa do R$ 100 mil

Por Guilherme Marcon


A mais nova versão do Cherokee SRT8 conta com diversas inovações, como um enorme V8 Hemi de 6.4 litros, 470 cv e 64,2 kgfm de torque. Além de toda essa potência, o superesportivo ainda possui um câmbio automático de cinco marchas.

Apesar de ser um carro pesado, é possível chegar a 100 km/h em apenas 5 segundos e a velocidade máxima de 257 km/h. Outro fator relevante e que interfere na segurança do carro, é que mesmo a 100 km/h os freios Brembo conseguem segurar o SRT8 em apenas 35 metros.

Há cinco modos no sistema de tração, três destinados para o uso no asfalto, um para neve, e outro para lidar com algum reboque atrelado. A sua suspensão está rebaixada e o modelo possui rodas de 20 polegadas.

Pensando no conforto do condutor e do passageiro da frente, a ergonomia é idêntica às versões de rua do jipão, deste modo, os comandos ficam sempre disponíveis e de fácil acesso na mão do motorista. Além disso, o console central é elevado, o que facilita o acionamento de câmbio e cria vários porta-objetos úteis no dia a dia.

Os valores do carro ainda não foram definidos ao certo pela fabricante.

Por Camila Caetano


A Hyundai lançou seu primeiro carro popular disponível no Brasil, que será batizado como HB20. Segundo informações da fabricante, o novo carro foi inspirado no "futuro i20” que será lançado somente na Europa.

A boa notícia, é que o HB20 foi projetado diretamente para os consumidores brasileiros, deste modo, ele possui, por exemplo, uma alta resistência, devido ao aspecto das estradas brasileiras.

Alguns dos equipamentos do carro já foram anunciados, como freios ABS, airbag duplo, computador de bordo, abertura interna do porta-malas, porta-revistas nas costas dos bancos da frente, dois apoios de cabeça reguláveis nos bancos de trás, ar condicionado, ajuste elétrico dos retrovisores externos (com repetidores de seta), entrada para USB e iPod, vidros elétricos (inclusive os traseiros), sensor de estacionamento traseiro, faróis de milha, direção hidráulica com volante revestido em couro e com controle de som,  e câmbio automático de quatro marchas. O carro ainda será oferecido com motor 1.0 e 1.6 flex, este último com opção de câmbio automático.

Uma das novidades que já foi apresentada, é que o volante possui ajuste de altura e profundidade, vantagem em relação aos concorrentes. E esse veículo difere dos demais da marca, com o display do rádio na cor verde.

Os valores do veículo ainda não foram divulgados pela fabricante.

Por Camila Caetano


A fabricante britânica Aston Martin, empresa conhecida pela produção de carros esportivos de luxo, apresentou a nova versão do V12 Vantage Roadster. Trata-se do lançamento de um modelo conversível, baseado no já existente modelo cupê.

Em seu visual, é possível notar a diferença no desenho da traseira e também na parte inferior dianteira, onde fica localizada a entrada de ar. Além disso, há outros aspectos que diferenciam o modelo, como os detalhes feitos em fibra de carbono.

As especificações técnicas do novo modelo compreendem motor 6.0 V12, capaz de gerar até 517 cv de potência e torque máximo de 58,1 kgfm, combinado a um câmbio manual de seis marchas. O veículo permite uma velocidade máxima de até 305 km/h, atingindo de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos. O modelo conta também com o sistema “Sport”, que pode ser acionado através de um botão e garante uma resposta mais rápida na aceleração.

De acordo com as informações divulgadas, o conversível custa cerca de 10% a mais que o cupê, ou seja, seu valor equivale a R$ 472.695.

Entretanto, apesar do seu lançamento, o novo V12 Vantage Roadster não será comercializado em todos os mercados e terá que ser solicitado sob encomenda.

Por Anne A. Matioli Dias





CONTINUE NAVEGANDO: