O Touareg da Volkswagen acaba de passar por mudanças, expressivas na parte estética, que não o caracteriza como uma nova versão do SUV, mas apenas o mesmo modelo, com um pacote de alterações.

A montadora tem a expectativa de vender no Brasil aproximadamente 50 unidades, porém o preço continua salgado e o carro custará a partir de R$ 334.000.

A reformulação do automóvel ficou por conta da grife R-Line, que também assinou as alterações do Passat CC. Em termos de visual, o carro ficou bem atraente e as alterações podem ser percebidas ao primeiro olhar.

O Touareg  recebeu frisos cromados, modernas saias laterais, nova ponteira de escape,  logotipo estilizado e  aerofólio. Na parte mecânica, o carrão permanece com o conjunto intacto.

O Touareg R-Line é cerca de R$ 25.500  mais caro que a versão básica, mas em contrapartida, além da beleza, o modelo incrementado vem equipado com câmeras externas panorâmicas e sistema de som bem mais potente.

Segundo a Volkswagen, no próximo ano mais quatro versões do Touareg R-Line  serão disponibilizadas em breve nas concessionárias brasileiras. Os apaixonados por carros não perdem por esperar!

Por Larissa Mendes de Oliveira


Os novos VW Passat 2011 e VW Touareg 2011 devem estrear no Brasil até o final do mês de maio. Os modelos, importados da Europa, vêm com o novo design global da marca, baseado principalmente nas linhas horizontais e com muita tecnologia, para melhorar o desempenho dos carros e garantir a segurança de motoristas e passageiros.

O VW Passat 2011 conta com novas rodas aro 18, faróis com lâmpadas de LED, acabamento interior com novos materiais, sistema que alerta sobre a troca involuntária de faixa, frenagem de emergência e sistemas para manter a distância em relação ao carro da frente e para detectar se o motorista está cansado. Inicialmente, o novo sedã deve vir com motor turbo 2.0, que desenvolve 210 cv de potência, associado ao câmbio de dupla embreagem.

No caso da nova geração do Touareg, a principal novidade é a perda de peso. Ele está 208 kg mais le0ve, devido a algumas mudanças mecânicas e estéticas. O utilitário esportivo tem três opções de motor, sendo um deles híbrido, que apresenta consumo médio em torno de 12,2 km/l, desempenho relativamente bom, para um motor com mais de 350 cv de potência.

Ambos ainda não tiveram os preços definidos.

Por André Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: