É estranha, porém justificável, essa paixão que o brasileiro mantem pelo Gol, da Volkswagen. Antigamente isso era até compreendido, isso porque as opções eram poucas e dentre as muitas carroças que tínhamos ele era realmente uma das melhores opções.

Hoje, essa paixão não é tão compreensível assim, isso porque existem outros veículos com design muito superior, com mais itens de série e conforto com preços inferiores. A pessoa paga mais caro pelo Gol exatamente devido à paixão.

A história do Gol começou em 1980. Naquela época o sucesso se justificava porque era um projeto totalmente nacional, lançando a linha de compactos com grande espaço interno. O primeiro modelo a circular tinha motor 1.3 a ar, seguido em pouco tempo por um motor 1.6 com uso de carburador. Depois de algum tempo, e algumas versões que mudaram pouca coisa, surgiu o primeiro Gol com injeção eletrônica, aliás, o primeiro carro nacional com injeção eletrônica. Esse foi o Gol modelo GTi, cobiçadíssimo na época. Todos desejam um. O interior era simplesmente fantástico e o painel com muitas opções, um diferencial na época. Equipado com motor 2.0 era o desejo de todos, na verdade de toda uma geração. Eu sempre quis um e não tive. O Gol GTi e GTs marcaram época. Depois dele uma nova revolução aconteceu em 1995, quando surgiu o popularmente conhecido Gol bola.

A extinção da utilização de modelos quadrados, pelos modelos arredondados, fez com que o Gol fosse disparadamente o campeão de vendas. A próxima inovação se deu com a chegada do ano 2000, com a terceira geração do Gol. O diferencial nesse modelo, além do motor turbo 16V, foi a utilização de um estilo mais europeu, dando aos traços arredondados uma certa estilização.

O Gol também inovou quando lançou o motor flex – hoje copiado em todos os veículos. A quarta geração do Gol preferiu dar nova cara ao antigo Gol bola. Ele não foi nada mais que uma nova estilização do carro de 1995. A grande mudança aconteceu com a quinta geração, em 2008. Motivada pela perda em vendas e por concorrentes apresentando sempre muitas novidades.

Por Luciana Viturino

Gol quadrado

Gol bola

Gol 2015

Fotos: Divulgação


A Volkswagen sempre foi uma marca referência em carros fortes e como dizia meu pai “aguentam o tranco”. Nunca foi referência de carros extremamente confortáveis, porém fortes e potentes o que pode ser observado com os lançamentos da linha 2015 dos seus modelos mais vendidos, como o Gol, que na linha 2015 a novidade fica por conta da introdução do motor 1.6 16V MSI de alumínio para Gol Rally, com potência de 110 cv/120 cv a 5.750 giros com gasolina e etanol, respectivamente.

Em 1980, o Gol era vendido apenas com motor 1.3 refrigerado a ar e movido a gasolina ou álcool. 9 anos depois, a VW lançou o esportivo GTI, o primeiro automóvel brasileiro com injeção eletrônica. O compacto também foi o primeiro carro do Brasil equipado com motor 1.0 16V Turbo (em 2000), assim como o primeiro com propulsor bicombustível (2003). Há 25 anos, o Gol está na ponta da tabela entre os modelos mais vendidos do país. Queridinho incontestável dos brasileiros, o modelo já passou por diversas transformações até chegar à sua atual geração. Muito mais confortável e com a durabilidade de sempre, o Gol resiste ao tempo.

A Saveiro é a companheira fiel do Gol. Em sua quinta geração no Brasil, a Saveiro está à venda nas versões 1.6 com cabine simples, estendida e dupla, e 1.6 Cross, sendo a última somente com cabine estendida e dupla e com um novo propulsor de 16V. A última atualização da picape foi em 2013, quando ganhou a mesma identidade visual do Gol. O modelo aventureiro da picape, a Cross, tem como diferenciais alguns elementos estéticos como para-choques exclusivos com grandes faróis auxiliares, santantônio de alumínio e grade do tipo colmeia. Nas laterais, as caixas de rodas têm as linhas acentuadas por molduras pretas exclusivas para esta versão, unidas por um friso que percorre todo o comprimento do veículo.

Com a enxurrada de novos modelos no mercado, a Volkswagen vem se inovando e continua a agradar aos brasileiros.

Por Luciana Viturino

Volks Gol 2015

Volks Saveiro 2015

Fotos: Divulgação


O Volkswagen Gol é um dos carros mais populares do Brasil, para não dizer o mais popular. O modelo conseguiu a façanha de ser o carro com o maior número de vendas nos últimos 25 anos. A nova versão 2013 do modelo já está sendo vendida.

A principal alteração realizada no veículo diz respeito ao seu design, que agora incorpora a identidade visual mundial da marca. Com isso, o novo automóvel da Volkswagen ficou mais parecido com o Jetta, com o Fox e com o Passat.

Nesta versão, melhorias e mudanças estão de fato presentes: O desenho da traseira e da dianteira foi alterado. Além disso, o veículo recebeu modificações em seu interior e no seu conjunto mecânico.

O novo Gol 2013 está sendo vendido por valores que variam de R$ 29.990,00 a R$ 40.890,00. Para entendermos melhor essas variações no preço, vejamos o exemplo do Novo Gol 2013 com motor 1.6: Ele estreia com um preço de R$ 31.890,00. Caso o comprador deseje o acréscimo do câmbio automatizado I-Motion, ele vai passar a custar R$ 34.490,00. Há ainda o Gol Bluemotion, cujo pacote bluemotion vai custar cerca de R$ 324,00.

Para conferir mais detalhes sobre o veículo, acesse o site www.novogol.vw.com.br.

Por D. Soares





CONTINUE NAVEGANDO: