Denatran adia novamente exigência por extintor veicular ABC



O início das fiscalizações agora ficará a partir do dia 1º de junho de 2015

Foi anunciado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) na última quarta-feira, dia 25 de março, que a obrigatoriedade do uso do extintor veicular do tipo ABC foi prorrogada por mais 90 dias. Agora, a nova previsão do órgão para o início das fiscalizações será para o dia 1º de julho de 2015.

O motivo para tal decisão, segundo o Ministério das Cidades, foi a grande dificuldade que os proprietários de carros estão tendo em encontrar o produto disponível no mercado. O problema da falta desse equipamento nas lojas foi detectado pelo governo brasileiro desde o mês de dezembro do ano de 2014, quando foi feita a primeira previsão de cobrança do equipamento que seria a partir do dia 1ª de janeiro deste ano.



A principal justificativa para a exigência  deste novo modelo de extintor é devido ao fato de ter sido comprovado em testes que o extintor ABC é mais eficiente no combate em incêndios onde hajam materiais como tecidos e madeiras, materiais estes que são usualmente encontrados, principalmente, na estrutura interna dos veículos automotores.

Essa modificação, apesar de ter pegado muitas pessoas de surpresa, não é uma inovação, haja vista que no ano de 2004 foi estabelecido por uma resolução do Contran que todos os veículos iriam ser obrigados a sair de fábrica com o extintor do tipo ABC, contudo, o cumprimento dessa resolução foi derrubado na época.



Quando a resolução estiver efetivamente valendo, o condutor que for surpreendido sem o extintor do tipo ABC será sancionado com uma multa no valor de R$ 127,69 e o decréscimo de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Leia também:  Volkswagen UP! ganha nota máxima no teste do Inmetro

Então, para os mais precavidos, agora é o momento de já ir tentando providenciar o equipamento, pois o adiamento da medida não desobriga os condutores estarem com o extintor do tipo BC com validade dentro do prazo, mas como a troca será obrigatória, vale a pena começar a pesquisar e adquirir o produto onde o preço estiver mais em conta.

Por Adriano Oliveira

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Outros Conteúdos Interessantes

2 Comments

  1. Como diz Boris Casoi: Isto é uma vergonha. Faz nos lembrar os benditos Kits de primeiros socorros. Este é um,pais de brincadeira, já dizia Degaol.

  2. Aqui neste, Pais as coisas são assim mesmo, os kits de primeiros socorros foi um piada, por que ninguém nunca usou, só para pegar o dinheiro do povo, na verdade neste, Pais as coisas são assim mesmo, é o povo que acaba no maior prejuízo e depois eles inventam algo novo para nos tirar o dinheiro e assim caminha o, Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *