Ford Ka Sedan Titanium 2019 – Análise e Preço




Modelo anda muito bem, mas custa caro.

Antes de citar motivos e a justificativa real do preço, é necessário entender qual a importância especificamente deste modelo aqui no Brasil, já que é muito conhecido por toda a população, até por ser um popular que circula por muito tempo aqui. Conhecido principalmente por seu modelo hatch estar atuando há muito tempo, o Ka, agora em seu modelo Sedan, está presente no Brasil há quase quatro anos. Este modelo tomou conta do cenário desde sua entrada, já que por ser um popular, teve uma boa quantidade de compra e aparição.

A discussão em relação ao seu preço é exatamente isso, um popular custar R$ 70.990, mas existe um equívoco nesta parte, por um olhar precipitado, não justificando seu preço, mas talvez seja necessário um novo olhar para o carro, e deixar essa caminho de carro "muito popular" para um carro com características um pouco mais avançadas, tendo como exemplo seu motor, desempenho na pista, tamanho, estrutura aerodinâmica e as outras características que compõem um carro, que é direcionado tanto para família quanto para outro público, e isso será explicado mais detalhadamente em outro tópico.


Mas enfim, quais são suas características para deixá-lo caro ?

O carro, já de início, ao ser imaginado por alguém que não entende muito da área de automóveis, vem talvez com um certo "desprezo" por não imaginar a quantidade de tecnologia que lhe foi empregada, por exemplo, sua parte interior conta com um grande design tecnológico, principalmente em seu painel, isso mostra seu kit multimídia, composto por um grande conector de veículo x condutor, e ainda mais coisas como ar-condicionado e possibilidade de conectividade com a central multimídia diretamente do volante, coisa que hoje em dia é um grande diferencial e isso não apenas nesse modelo.

Outra coisa, agora citando a parte exterior do veículo, são seus traçados, esses que têm características não apenas para design, mas que também contribuem para a parte aerodinâmica, pois pela lógica, um objeto que corte mais facilmente o ar tem mais facilidade de locomoção, tanto em cidade quanto na pista, pensando nisso, ao analisar imagens do modelo podemos ver o quanto foi investido nesta característica particular do modelo.

Ainda citando a parte aerodinâmica, podemos ter como base sua grade frontal, que a princípio pode parecer apenas mais um detalhe de fábrica para deixá-lo mais atraente, mas o maior deles é sua importância para a entrada de ar intraveicular, ou seja, para dentro, o que contribui para o resfriamento e melhor rendimento seja lá onde for.


Mais uma coisa que mostra a sua opção elevada de preço é seu modelo, não é um carro 1.0 qualquer, pois o modelo que custa os R$ 70.990 começa por ser 1.5 e outra coisa que diferencia o mesmo é seu método de transmissão de marcha, sendo automático, ou seja, mais um ponto que contribui para um preço talvez mais elevado.

O carro também atinge um público muito variado e pode ser sim comprado em sua versão mais simples, 1.0, que sai em torno de 40 mil reais. O público atingido pode ser tanto pais de família em busca de um carro mais simples, quanto para jovens que estão em busca de um primeiro carro que não seja tão ostentador, porém, que possua características de um bom carro, tanto em desempenho, como em tecnologia, e o Ka, sim, atende estas expectativas.

Conclusão

Portanto, este tópico não é justificando o valor, mas sim mostrando o provável motivo de ser um carro com um custo tão alto, e podemos ver talvez o seu distanciamento de ser um popular comum, mais especificamente na versão de motor 1.5.

Gustavo Martins

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *