Volkswagen Taos – Novidades e Equipamentos de Série



Novo modelo vai concorrer com o Jeep Compass.

A Volkswagen revelou algumas imagens do Taos, o novo modelo SUV com porte médio que veio para concorrer no mercado diretamente com o Jeep Compass e o Chevrolet Equinox. No próximo ano, a nova versão deve ganhar território também no mercado do Corolla Cross. A Volkswagen quer apresentar sua novidade antecipado a rival japonesa: a programação esperada é que o modelo chegue ao mercado a partir de julho de 2021. Embora a empresa não tenha informado dados técnicos sobre o Taos, sabemos que ele competirá mercado entre o T-Cross e o Tiguan nos quesitos porte e preço. Analisando a parte mecânica, é esperado para o novo SUV o conjunto tradicional composto por motor 1.4 TSI, de 150 cavalos de potência e câmbio automático composto de 6 marchas.

Com a divulgação das imagens oficiais da Volkswagen, já é possível imaginar que o Taos difere no visual em relação ao Tharu: ambos nasceram do mesmo projeto e compartilham todo o design da carroceria. Porém, o Tharu é comercializado em mercados asiáticos. O modelo destinado à América do Sul tem distinção na grade e nos para-choques. Quanto ao design, a maior diferença notória do SUV latino é a presença de uma faixa de LEDs que interliga os faróis. Há possibilidade que essas modificações façam com que a nova versão tenha dimensões sutilmente diferentes do modelo asiático. De qualquer forma, o Tharu é uma excelente referência: o modelo asiático possui 4,46 metros de comprimento, 2,68 m de distância entre eixos, 1,84 m de largura e 1,63 m de altura.



Equipamentos do Volkswagen Taos

Entre os principais equipamentos, o Taos terá central multimídia com 10,1 polegadas de tela, VW Play e também carregador de celular sem fio. No painel digital ele contará com soluções digitais, dispostos em uma tela de 10,25 polegadas. De acordo com as especificações do fabricante, o acabamento do painel terá materiais macios e o estofamento terá enxertos para compor as forrações das portas. Os atributos de segurança são constituídos por controle de velocidade de cruzeiro adaptável com sistema de freios agindo de forma autônoma, detector de ponto cego e detector de tráfego traseiro, além de faróis de LED com sistema dinâmico de iluminação. O Taos será produzido pela unidade da Volkswagen em General Pacheco, na região central de Buenos Aires, na Argentina, e será enviado para o Brasil com as vantagens fiscais constantes no acordo MERCOSUL. Em sua produção na Argentina, a companhia fez investimentos de estruturação da fábrica de aproximadamente 650 milhões de dólares.

Leia também:  Kei Jidosha - Mini Carros é Febre no Japão

Antes o novo modelo conhecido como Projeto Tarek, o Volkswagen Taos usufruiu da idéia dos modelos Skoda Karoq comercializado em países Europeus, como uma versão um pouco menor que o Tiguan e mais em conta, mas que não comprometesse a maior parte de seus atributos, como o sistema modular MQB. No mercado americano, a companhia alemã assegura que o porta-malas do novo modelo lançado tem capacidade para 795 litros, o que nos remete a idéia de que deve ser uma medição até o teto do veículo, uma vez que o Tiguan Allspace, que possui 5 lugares, no mercado brasileiro tem 710 litros. O cálculo em que ele deve ser aproximar em relação ao bagageiro, é que possua algo em torno dos 455 litros do Tharu, a versão asiática do modelo. O porte do lançamento da companhia alemã o deixará exatamente à frente não só do Jeep Compass, seu principal concorrente, mas também à frente da promessa da Toyota, o Corolla Cross.



Adriana Silva Souza

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *