Nova SUV da Kia chega ao Brasil para brigar com Audi Q3, Hyundai IX35 e Honda CR-V.

Os fãs dos carros da Kia têm mais um motivo para comemorar. O Kia Sportage chega ao mercado brasileiro para competir com as SUVs mais vendidas do mercado.

À primeira vista, o Kia Sportage lembra em muito o Porsche Cayenne, principalmente no que diz respeito ao seu aspecto frontal.

Com relação à sua competitividade com os demais SUVs, é importante destacar que a faixa de preço do Kia Sportage varia entre R$ 109.990,00 (LX) e R$ 134.990,00 (EX), em sua versão topo de linha.

No que diz respeito às versões, a topo de linha é a que mais chama atenção por seu custo benefício e acessórios que foram implementados. Entre os acessórios é possível encontrar airbags, sistema de partida sem utilização das chaves, sensor que permite ao motorista ter maior atenção aos pontos cegos, que foi empregado nos retrovisores, entre outros.

As rodas também destacam-se no Kia Sportage, haja vista sua grande dimensão. As atuais contam com 19 polegadas, o que dão mais charme e estabilidade ao SUV.

Com relação ao design, luzes auxiliares de LED, que já são usadas em vários SUVs, dão um ar de esportividade e modernidade ao carro da Kia.

Com relação ao conforto, que nesse caso está diretamente ligado ao comprimento do veículo, o Kia Sportage passou por um aumento de três centímetros entre os eixos, o que consequentemente permite maior conforto para os usuários dos bancos traseiros, que podem se assentar e perceber uma boa distância entre seus joelhos e o encosto dos bancos dianteiros. Porém, ainda não houve uma melhoria expressiva em relação à largura do Kia Sportage, haja vista transportar com conforto dois adultos e uma criança.

Entre os principais rivais do Kia Sportage estão o Audi Q3, o Hyundai IX35 e o Honda CR-V.

Sem dúvidas, o Kia Sportage agrada em seu design e preço. Alguns intens da versão EX, topo de linha do modelo, agradam os usuários que, na atualidade, estão acostumados com o grande conforto que é prioridade nos SUVs.

Após análise de todos os itens, preço, conforto, segurança e custo benefício, cabe ao comprador avaliar a vantagem ou desvantagem em adquirir esse carro para fazer parte de suas idas e vindas diárias, seja para o dia a dia ou para viagens.

RAQUEL ALICE MOREIRA


SUV chega ao país para disputar espaço com o Porsche Macan e BMW X4.

A fabricante de automóveis de luxo da empresa indiana Tata Motors, a Jaguar, anunciou o lançamento do F-Pace para o mercado brasileiro. Ele é esperado para começar a ser vendido em setembro com preço inicial de R$ 309.300. O modelo SUV da fabricante já está em pré-venda. Há uma versão limitada a 19 unidades com a cor azul Caesium Blue, que custará R$ 416.400.

A Jaguar desembarcará o F-Pace em três modelos de motorização. O primeiro será equipado com um motor diesel 2.0 Ingenium, com 182 cv e 43,8 kgfm. A segunda opção de motor, muito mais potente, é um 3.0 V6 movido a gasolina, com 344 cv e 45,8 kgfm. O terceiro modelo também conta com um V6 com 385 cv e 45,8 kgfm. De acordo com a Jaguar, o F-Pace em sua versão mais potente consegue chegar a 100 km/h em apenas 5,1 segundos. Em todos os modelos o câmbio é automático e há oito velocidades com trocas realizadas no volante. A tração do veículo é integral.

O Jaguar F-Pace Prestige 2.0 180 cv diesel custará R$ 309.300. Nesta versão haverá sistema de navegação via GPS, farol de xenon, rodas aro 18", teto solar panorâmico e bancos dianteiros de couro com ajuste elétrico.

Outro modelo que será comercializado é o Jaguar F-Pace R-Sport 3.0 V6 340 cv gasolina. Esta versão sairá por R$ 360.500. Os clientes que adquirirem o veículo contarão com rodas aro 20", bancos esportivos, teto solar elétrico, faróis em LED, sistema multimídia inTouch Control Pro, painel de instrumentos com tela TFT, tampa do porta-malas acionável por gestos e sistema de som Meridian de 380 W.

O modelo Jaguar F-Pace S 3.0 V6 380 cv gasolina custará R$ 405.900. Ele oferece bancos de couro esportivos, sistema Adaptative Dynamics, pinças de freio esportivas, banco dianteiro elétrico com 14 ajustes, kit visual "S" e sistema de som Meridian de 825.

Por último, o modelo mais caro e com versão limitada a 19 unidades custará R$ 416.400. Ele é o Jaguar F-Pace First Edition 3.0 V6 380 cv gasolina. Além da cor azul Caesium Blue, ele oferece bancos esportivos em couro Windsor, luz ambiente interior configurável, acabamento exclusivo e soleiras iluminadas. O F-Pace oferece de série a tração integral, faróis com assinatura LED, vetorização de torque, sistema multimídia com tela touchscreen, start-stop, sensores de estacionamento, ar-condicionado, bancos dianteiros com ajustes elétricos e 8 airbags.

Nos modelos mais completos, haverá o Activity Key, uma pulseira que funciona como a chave do veículo.

Com o lançamento no Brasil, a Jaguar pretende inserir o F-Pace para brigar com o Porsche Macan e o BMW X4, que são vendidos a gasolina. Em sua versão em diesel, o modelo deverá ser uma boa alternativa para os clientes de carros de luxo.

Por William Nascimento


Veículo deverá chegar ao Brasil no 1º semestre de 2016 e custará a partir de R$ 217 mil.

E quem nunca sonhou em desfilar por aí com um Range Rover? Os carros dessa marca são extremamente conhecidos por serem utilizados pela família real britânica. O que mais impressiona é que essa marca tem ficado cada vez mais “popular” no Brasil. Ora, apesar de estarmos em crise, a versão HSE Dynamic custa entre R$ 217.500,00 e R$ 265.800,00.

Apesar dos pesares, o que mais chama atenção nessa marca é o estilo. Nesse aspecto, a Range Rover traz ao mercado o seu mais novo veículo: o Range Rover Evoque Facelift.

A princípio, a produção desse carro foi um desafio, principalmente para os designers. Como inovar em um carro que não precisa ser mudado em nada. Seria o mesmo que “mexer em um time em que se está ganhando todas as partidas, todos os campeonatos e todos os torneios”. Sendo assim, para o Range Rover Evoque Facelift, poucas mudanças visuais foram realizadas. Dentre elas se destacam a divisão dos faróis de LED, charme da marca. Tal truque foi repetido nas lanternas traseiras.

Segundo Gerry McGovern, chefe de design da Land Rover, a intenção foi evoluir o design do carro sem diminuir o caráter peculiar.

A expectativa é que o Range Rover Evoque Facelift seja lançado ainda no 1º Semestre de 2016. Segundo informações, o Range Rover Evoque Facelift deve ser fabricado em Itatiaia, RJ.

O Range Rover Evoque Facelift apresenta uma boa desenvoltura no que diz respeito a motor, além de possuir uma boa tolerância a pisos ruins.

A versão básica do Range Rover Evoque Facelift conta com rodas de 18 polegadas, ao passo que a versão top e esportiva da marca (HSE Dynamic) conta com rodas de 20 polegadas. Além disso, possui retrovisores pretos.

O interior do Range Rover Evoque Facelift não deixa a desejar. Os bancos são abraçados por couro Oxford nos tons preto e vermelho. Além disso, foi incorporada uma central multimídia de maior definição.

A versão compacta conta com um motor 2.0 de 240 cv, o que possibilita um consumo médio de combustível de 11,6 km/l na estrada e na cidade, o carrão apresenta um consumo médio de 5,4 km/l.

Para quem pode desembolsar o preço pedido estará bem servido.

Raquel Alice Moreira


Novo modelo será compacto e será lançado, primeiramente, no mercado indiano.

Foi anunciado pela fabricante de veículos automotores Hyundai, no dia 2 de junho, que a empresa irá trabalhar na produção de um novo utilitário esportivo, porém compacto. Este modelo já tem até nome, o veículo foi batizado com o nome de Hyundai Creta e a montadora já adiantou que ele terá fabricação nos diversos mercados globais que a empresa trabalha, contudo, ao que tudo indica, chegará primeiro ao mercado indiano, local onde a montagem será iniciada já neste segundo semestre do ano de 2015, o que demonstra que a ideia da empresa é apostar bastantes fichas neste novo modelo.

Para aqueles que ficaram curiosos a respeito de mais detalhes com relação a este veículo, ainda não foi divulgado pela montadora nenhum detalhe técnico de maneira oficial a respeito do Creta, todavia, segundo notícias advindas dos bastidores da Hyundai, este carro está em compasso com direção da empresa globalmente.

Os representantes da Hyundai adiantaram também que este nome “Creta” foi escolhido devido ao fato dele ser de fácil aprendizado, bem como por gerar associações mentais positivas, além de ser uma referência à maior e mais populosa ilha da Grécia, a qual no ano de 2014 fazia a ligação do comércio entre os continentes Asiático, Africano e Europeu.  

Independente de como for ficar este veículo, com a fabricação deste carro, fica totalmente comprovado que a Hyundai se tornou mais uma das empresas do ramo automobilístico a estar disposta a explorar também o segmento dos veículos SUVs de pequeno porte, segmento este que está em ascensão em todo o mundo.

Além do Creta, a Hyundai também já fez o lançamento na China do novo ix25, todavia o certo é que o Creta foi lançado pela Hyundai para fazer frente a alguns modelos renomados e que já estão bem estabelecidos no mercado dos SUVs de pequeno porte, tais como, o Honda HR-V, o Ford EcoSport, o Jeep Renegade  e o Renault Duster.

Por Adriano Oliveira

Hyundai Creta

Desenho do Hyundai Creta

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: