O ranking foi feito pela Focus2move, sendo verificados 28 países da América Latina, onde o Chevrolet Onix ficou em 1º lugar, com 186.902 unidades vendidas.

Recentemente, o noticiário nos envolveu com boas notícias do setor automobilístico, não é para menos, após anos sofríveis em 2015 e 2016, o ano de 2017 se mostra em franca recuperação com uma indústria mais produtiva e principalmente mais exportadora.

Um recente relatório de consultoria internacional Focus2move (http://focus2move.com/) vem comprovar isto, sua lista enumera os 10 carros mais vendidos na América Latina, foram verificados 28 países, do México a gelada Terra do Fogo, apesar do mercado consumidor brasileiro ser líder e um ótimo termômetro de região, os méritos são visíveis para nossa recuperação, com exceção do último colocado na lista, a maioria dos veículos são produzidos ou importados para o solo brasileiro.

O relatório é com base nas vendas de Janeiro a Outubro deste ano e tem algumas peculiaridades bem interessantes, uma delas é o Chevrolet Onix, produzido na planta gaúcha da cidade de Gravataí, no estado do Rio Grande do Sul, o sucessor do Chevrolet Corsa e Celta soma mais unidades vendidas por aqui que no resto dos outros países, foram precisamente 152.538 veículos comercializados em território brasileiro, contra 186.902 em todo continente latino-americano, uma diferença expressiva de 35 mil unidades. Não é a toa que se firmou líder isolado no mercado nacional nos últimos meses, aliás, a Chevrolet não fez feio na lista, emplacando três carros, o hatch Onix, o sedan Prisma e o subcompacto Spark.

Outro dado interessante é o do Volkswagen Gol, com 61.575 de unidades comercializadas em território nacional, ele não passa da quarta colocação no volume total de vendas no mesmo período no mercado brasileiro, porém na lista da Focus2move, ele assume a segunda posição com expressivos 133.431 unidades, provando mais uma vez que o Volkswagen Gol foi e sempre será um dos carros mais exportados do Brasil, muito mais do que já foi vendido em nosso mercado. Mais um veículo com posição de destaque no ranking é o Nissan Versa, assumindo o quinto lugar com 102.691 unidades comercializadas, um número alto em comparação ao ranking nacional, aonde se coloca no 35º lugar apenas, a provável justificativa é sua produção combinada entre Brasil, na planta da Nissan na cidade de Resende, no estado do Rio de Janeiro, e no México, aonde as quantidades devem estar divididas. A Nissan ainda emplacou o Nissan March em penúltimo com 69.783 unidades.

A lista ainda tem velhos conhecidos nossos, como o Ford Ka, já em sua terceira geração, aonde são somadas as versões sedan e hatch nos números apresentados, o Hyundai HB20, vice líder do mercado de vendas, fabricado na planta da Hyundai no interior do estado de São Paulo e o Toyota Corolla como um sedan médio com mais que 88 mil unidades. Os franceses também não fizeram feio com o Renault Sandero na quarta posição geral e bons números de venda no mercado nacional também.

Por último vale ressaltar um ‘’intruso’’, o subcompacto Chevrolet Spark na décima colocação, seu porte é menor do que seus irmãos maiores (Onix e Prisma, porém suas unidades comercializadas não passam das 65 mil unidades, com 66.830 produtos).

Ranking Geral

O ranking geral divulgado segue abaixo:

1º posição para o Chevrolet Onix, com 186.902 unidades vendidas

2º posição para o Volkswagen Gol, com 133.431 unidades

3º posição para o Ford Ka, com 123.720 unidades

4º posição para o Renault Sandero, com 108.939 unidades

5º posição para o Nissan Versa, com 102.691 unidades

6º posição para o Hyundai HB20, com 88.945 unidades

7º posição para o Toyota Corolla, com 88.403 unidades

8º posição para o Chevrolet Prisma, com 82.128 unidades

9º posição para o Nissan March, com 69.783 unidades

10º posição para o Chevrolet Spark, com 66.830 unidades

Por C. B.

Onix 2018


Modelo foi apresentado no Salão de Genebra 2017.

Para os fiéis consumidores e fãs da marca Kia no Brasil e em especial aqueles que adoram o modelo Picanto, uma grande novidade acaba de se revelada em Genebra, Suíça, no último salão do automóvel: o modelo vai estrear em todo o mundo agora com um visual totalmente repaginado, ou melhor, ele estará mais rejuvenescido e atualizado. Para os brasileiros, a novidade promete estar nas lojas a partir do segundo semestre de 2017.

Com o novo visual, a nova geração do Kia Picanto 2017 chega à sua terceira geração e promete continuar a briga com seus antigos rivais desde quando estreou em terras brasileiras: o Up! da Volkswagen, o Peugeot 108 e o Hyundai i10. Considerado o filho mais novo da família coreana, a partir de agora ele assume um visual mais esportivo, marca principal de sua inovação. Além disto, ele promete oferecer maior espaço interno e itens exclusivos de conforto e segurança .

Quais as mudanças que podem ser notadas no seu aspecto físico ?

Além do visual, considerado também mais agressivo (versão GT Line), ele incorporou novos conceitos de conforto, estabilidade e segurança:

1 – Cabine em estilo mais refinado;

2 – Possibilidade do motorista recarregar seu celular em sistema sem fio;

3 – Maior controle de estabilidade;

4 – Sistema de frenagem automática de emergência (opcional);

5 – Maior porta malas da categoria (255 litros);

6 – Equipado com motor 1.0 T-GDI (turbo com injeção direta), de 100 cv e 17,5 kgfm de torque. As demais versões vem com motor a gasolina 1.0 com 3 cilindros. Ele promete fazer de 0 a 100Km/h em 10 segundos, com uma velocidade máxima de 180Km/h;

7 – Sistema de redução de ruídos (pode se considerado o mais silencioso de sua classe);

8- Sistema de câmbio manual com cinco marchas, sendo que câmbio automático de 4 velocidades pode ser comprado na versão 1.2; Todas estas versões vem o sistema Start/Stop.

As primeiras vendas deverão ocorrer na Europa a partir do segundo trimestre deste ano. No Brasil, o novo e mais jovial Kia Picanto tem previsão de chegada confirmada no país ainda ao longo de todo 2017, sem uma data definida ainda pela montadora.

Emmanoel Gomes


Confira aqui o preço e as principais novidades presentes no novo Hyundai Tucson 2017.

Desde a sua fase de ressureição da Hyundai em meados de 2007 aqui no Brasil, o aumento das vendas do seus veículos vem crescendo assustadoramente, mesmo em épocas de crise e aperto financeiro.

Depois do sucesso de vendas dos bem sucedidos New Azera e do grandalhão Grand Santa Fe, chegou a vez da Hyundai do Brasil inovar e lançar o seu mais novo carro: o New Tucson 2017, que vem totalmente reestilizado e não se parece em nada com sua versão anterior.

A própria montadora diz que o carro é a verdadeira revolução do SUV e não poderia deixar de ser, pois o New Tuson vem equipado com motor 1.6 com injeção direta de gasolina e 177 cv, câmbio automático de 7 velocidades, ar condicionado dual zone, central de entretenimento, teto solar panorâmico que proporciona experiência única para motorista e passageiros e rodas de liga leve com aro 18".

O New Tucson chega ao mercado totalmente remodelado e com um design totalmente inovador, tem a intenção de ser um dos carros mais admirados do planeta. A promessa da Hyundai é que o New Tucson vai ser uma revolução no segmento dos SUV´s aqui no Brasil, pois o modelo vem com uma moderna tecnologia que vai impressionar a todos. A montadora sul coreana, que tem a tradição de produzir carros beberrões, promete acabar com isso e lançou a New Tucson com um moderno e econômico motor 1.6 com desempenho surpreendente e 30% a mais de economia de gasolina.

O conforto também é outro ponto forte desse Hyundai, pois o carro conta com um enorme porta-malas com capacidade para 513 litros e abertura por aproximação, além de banco revestidos em couro com opção de escolha de duas cores, aquecimento e resfriamento do ambiente interno.

O espaço interno é muito grande e cabe, seguramente, três adultos com folga no banco de trás com amplo espaço para as pernas.

A tranquilidade de quem compra um carro zero km da Hyundai é a garantia de 5 anos que a montadora oferece, sem limite de quilometragem, além de assistência 24 horas durante 1 ano e totalmente grátis.

Quem quiser um super carro desses e tiver a coragem de desembolsar salgados R$ 147.900,00, pode se dirigir até uma concessionária Hyundai mais próxima e fechar negócio.

Rodrigo Souza de Jesus





CONTINUE NAVEGANDO: