O Salão do Automóvel de Nova Iorque vai até o dia 11 de Abril. Muitos dos modelos lançados durante o autoshow americano só devem ser vendidos por lá mesmo. Outros deve ser vistos rodando na Europa e Ásia, em breve. O Brasil, apesar de pela expansão do seu mercado, ainda fica em terceiro plano ou quarto plano.

Dentre os modelos que poderão desembarcar por aqui, estão confirmados o VW Polo, eleito o “Carro do Ano”, o Kia Magentis, e o Mini Countryman. Notícias de que o Cerato Hatch deve aparecer em terras brasileira são apenas especulação. O mesmo acontece com o Porsche Cayenne, um híbrido, que poderia ser o primeiro dessa categoria a ser vendido por aqui. O Cayenne tem dois motores: um a combustão, e outro elétrico.

De qualquer maneira, as notícias sobre esses lançamentos só devem ser confirmadas durante o Salão do Automóvel de São Paulo, em Outubro, e as vendas desses modelos deverão começar só em 2011.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: G1


Não são raros os casos em que motoristas desavisados pagam o licenciamento eletrônico e não o recebem na sua casa. Esses motoristas não entendem como funciona o mecanismo de licenciamento, então vou explicar um pouco sobre isso.

Quando a pessoa paga o licenciamento eletrônico, ela paga a taxa de DPVAT, a taxa de LICENCIAMENTO, e a taxa de POSTAGEM. Pagando a taxa de postagem significa que o motorista receberá o documento em casa dentro de alguns dias. Porém os carteiros vão três vezes na casa da pessoa, se não encontrarem ninguém na residência, o documento vai para o órgão de trânsito DETRAN/CIRETRAN. E a pessoa deve procurar o documento.

Motorista fique atento ao o que você está pagando, e se informe sobre como você deve proceder para conseguir o documento.

Por Mateus Silveira

Fonte: www.detran.sp.gov.br


Todos sabem que dirigir é uma atividade que requer muitos cuidados, pois distração não combina com celular, e também não combina com Internet. Isso mesmo Internet!

Com a constante facilidade da vida moderna, nós temos a Internet no celular, e navegamos nela a qualquer hora, e esse a qualquer hora implica quando estamos dirigindo. Sei que a Internet é muito bom, particularmente passo horas e horas navegando pela web, contudo dirigindo não dá, pois nos distraímos e o acidente acontece.

Os celulares que trazem o recurso da internet devem ser desligados no momento da direção, pois você pode cair na tentação de “espiar” um pouco na web, e sofrer graves consequências. A direção é uma atividade que requer a nossa máxima atenção, então quando dirigimos devemos nos concentrar somente nisso.

Não deixe que a Internet adquira uma conotação negativa em sua vida. Internet e direção não combinam.

Por Mateus Silveira


Redução da idade para dirigir.

A maioria dos jovens espera ansiosamente pela idade de dezoito anos, para poder tirar a carta de motorista, e poder dirigir o seu carro. Porém dezoito anos é a idade ideal para tirar a carta?

Não são poucos os casos em que jovens de 16 a 18 anos dirigem  sem carta de motorista. Também não são poucos os casos em que jovens sem habilitação dirigem carros e provocam graves acidentes de trânsito.

No entanto de um modo geral os jovens não concordam com essa idade ideal. Também acho que seja muito alto esse teto de idade, acredito que a idade de habilitação deveria ser reduzida para os dezesseis anos, pois pesquisas recentes demonstram que os jovens nessa faixa etária já tem responsabilidade e podem responder por seus atos.

É evidente que se acontecer essa redução da maioridade para habilitação ainda vai ocorrer acidentes de trânsito, todavia os jovens poderiam dirigir sem medo da lei e não fugiram desesperadamente da polícia, podendo até aconselhar e repreender os seus amigos mais jovens.


Por que tantos fabricantes de veículos estão fazendo recall?

Será que as montadoras, em todo o mundo, estão relaxando na qualidade de seus produtos? Ou o famoso controle de qualidade delas não é mais aquele?

Nem tanto, se bem que a crise econômica tenha levado os fabricantes a adotarem medidas para diminuição de custos. Em alguns casos, realmente aliviado o controle de qualidade.

Para quem tem acompanhado as reportagens das revistas especializadas, não é surpresa um carro apresentar defeitos aqui ou ali. Por isso acredito que o que está ocorrendo é decorrente mais de um mercado mais exigente do que qualquer outro motivo. As instituições governamentais ou não estão mais ativas e pressionando, não só automobilísticas, mas em todos os setores. Como o recall de carrinhos de bebe vendidos pela rede Walmart.

Odailson Elmar Spada


Motocicleta porque é tão estigmatizada.

Qual seria a razão das pessoas terem muito medo de andar de motocicletas. Por que esse meio de transporte amedronta tanto os motoristas.

Em um primeiro momento pode ser o fato dele não oferecer “proteção nenhuma”, ou seja não ser um veículo fechado igual ao carro, mas sim um veículo aberto onde se você cair pode ter sérias conseqüências (pelo menos é isso que dizem).

Contudo não sejamos radicais a ponto de acreditar que a moto é responsável pelos acidentes. Os responsáveis pelos acidentes são os motoristas que não respeitam as leis de trânsito, e acham que só existe ele nas ruas. É lógico que se acontecer um acidente a pessoa pode sair muito machucada estando em uma motocicleta, todavia os acidentes de carros também fazem vítimas fatais.

Seja consciente, respeite as leis de trânsito, e escolha seu próprio meio de transporte.

Por Mateus Silveira





CONTINUE NAVEGANDO: