A Audi trouxe recentemente para o mercado brasileiro uma edição especial bem trabalhada de seu compacto A1. Chamada de Kult, a versão teve sua linha de produção limitada a apenas 100 unidades. Quem quiser ter a edição especial e relativamente “rara” em sua garagem deverá desembolsar R$ 79.900.

A novidade apresentada pela montadora tem como objetivo se tornar o modelo de entrada no line-up da Audi no mercado brasileiro. Essa função era ocupada anteriormente pelo modelo A1 Attraction. Com objetivo de tornar a ideia um pouco mais concreta, a companhia tratou de reduzir em grande parte a lista de equipamentos que era oferecida com o modelo. Por outro lado, meio que para compensar essa redução de itens ela aumentou relativamente o número de opcionais disponíveis.

Embaixo do capô o motor continua o mesmo 1.4 TFSI de 122 cv integrado ao câmbio S-tronic que conta com sete velocidades e também com dupla embreagem.

Em termos gerais o que diferencia essa nova série da Audi da versão Attraction são basicamente os emblemas especiais e as cores que provocam um contrataste interessante entre a carroceria e teto do automóvel.

De acordo com informações divulgadas pela própria montadora alemã, o modelo será disponibilizado aos consumidores nas cores laranja com cinza, preto com prata, branco com cinza, vermelho com preto, azul com prata e prata com preto.

Falando dos itens que vem de série o Kult conta com ar condicionado, rodas de liga leve de 15 polegadas, assistente de partida em rampa, rádio, controle de estabilidade, direção elétrica, freios ABS e sete airbags. Como tínhamos dito anteriormente os opcionais é que são o verdadeiro destaque que, neste caso, incluem uma pintura personlizada, pacotes de equipamento Conforto e Tecnologia e sistema de navegação.

Como nem tudo é perfeito vale lembrar que quando o A1 chegou por aqui sua missão era de ser o sucessor do A3 nacional que, para quem lembra, foi um sucesso nas vendas nacionais. Entretanto, devido ao tamanho reduzido do carro e acrescentando a isso o preço nada animador as vendas ainda permanecem tímidas. Outro fator que deve influenciar para isso é o fato de que o A3 que é equipado com o mesmo motor custa, mais ou menos, R$ 10 mil a mais.

Por Denisson Soares

Audi A1 Kult

Foto: Divulgação


Foi apresentada ao mercado mundial de autos a mais nova aposta da montadora Audi, conhecida por fabricar carros de luxo. A novidade da marca é o A1 Sportback 2013, um quatro portas diferente, que chega como bela opção para os apaixonados por carros requintados, elegantes e sofisticados.

O modelo antecessor não agradou tanto justamente por ter apenas duas portas, mas agora os consumidores não terão do que reclamar, pois além desse detalhe ter sido corrigido, o carro passou a contar com transmissão automática de 6 marchas e ótimo propulsor 1.4 turbo, que atinge 185 cavalos de potência e possui torque de no máximo 25 Kgfm.

Na parte interna o Audi A1 Sportback conta com ar condicionado, bancos revestidos em couro, porta-objetos variados, completo sistema de entretenimento, porta-malas/bagageiro com capacidade de 270 litros, dentre outras funcionalidades. Vale acrescentar que o lançamento será disponibilizado em duas versões: Attraction e Ambition. Segundo a montadora o carro custará entre R$ 94.900,00 e R$ 114.900,00, a depender do modelo escolhido.

O lançamento oficial nas concessionárias mundiais ainda não foi divulgado pela Audi, no entanto, quem procura conforto, luxo e bom desempenho, mal vê a hora do novo Sportback 2013 estar disponível para compra.

Por Larissa Mendes de Oliveira


Há pouco tempo, a Audi brasileira apresentou a nova versão do seu hatch, o A1 Sport. A apresentação do novo veículo foi feita pelo presidente da empresa no Brasil, Leandro Radomile.

O presidente se referiu ao carro como a joia da coroa, ou seja, um dos melhores já lançados. Essa referência foi feita para o novo motor do automóvel que agora é um 1.4 TFSI que veio com mais potência, chegando a 185 CV, e com torque de até 25 kgfm. Mesmo com esse poder todo, o carro pesa apenas 1.265 kg.

Ao contrário da versão antiga do A1, que possui um motor com turbocompressor, a nova versão chamada de Sport vem com duas fontes de sobrealimentação. Além disso, o novo motor também conta com injeção de gasolina diretamente na câmara de combustão e também um novo intercooler, para resfriar o ar.

Outra mudança evidente é o novo visual esportivo, com rodas que possuem aros 17” mais elaborados, além de um para-choque que possui o design original com entradas de ar na frente e moldura cinza na parte de trás.

Assim como os demais Audis, o A1 também custa um valor elevado. O carro sai pelo preço inicial de R$ 109.900, chegando até o valor de R$ 130 mil.

Por Guilherme Marcon


Desde a chegada da Audi, em 1993, brasileiros têm aprovado o design moderno e com apelo esportivo trazidos pelos novos carros da marca, que não perdem a classe de um autêntico carro alemão.

A Audi é uma montadora de automóveis de luxo, com sede em Ingolstadt, que há mais de um século fabrica automóveis. Sua longa trajetória foi marcada por muitas fusões, que inclusive inspiraram o logotipo da marca, conhecido pelas suas 4 argolas.

Há pouco mais de uma década no mercado brasileiro, são expressivos os números que apontam o grande crescimento da marca no país, sobretudo com a comercialização de sua nova linha de produtos. Os novos carros da Audi inspiram modernidade, conforto e alto desempenho, por meio de elementos como arrojados faróis de led, tecnologia de suspensão variável Audi Magnect Ride, que permite alternar entre suspensão sport e normal, além do conjunto mecânico, com incremento de tecnologias como s tronic (que permite trocas de marcha mais rápidas), FSI (que traz maior economia e ganho de performance para os motores) e o TFSI (que é o FSI com turbo).

Recentemente lançado pela marca, o A1 foi recebido pelos brasileiros em grande estilo, em um grande evento promovido pela marca na capital paulista. Com design ultramoderno e compacto (3,95 metros de comprimento, 1,74 metros de largura e 1,42 metros de altura, segundo dados da montadora), o A1 é tido como um veículo de alta performance, apresentando consumo médio de 18,8 km/l,  sendo 15,4 km/l na cidade e 21,7 km/l na estrada.

O preço sugerido é de R$ 89.900,00, o que o faz ocupar o lugar de veículo mais barato e “tangível” da montadora.

Com uma gama completa de veículos produzidos com qualidade e antenados com as tendências atuais, a Audi tem abertura para se tornar referência no mercado brasileiro quando o assunto é carro premium, disputando a preferência dos consumidores com as já consagradas Mercedes-Benz e BMW.

Por Airton Felix Junior


Inicialmente um carro conceito, o Audi A1 2011 tem detalhes no teto que podem ser customizados ao gosto do cliente, além de saídas de ar no painel, cores dos bancos e iluminação interna por LEDs. Baseado na arquitetura de carros compactos da Volkswagen, o Audi A1 é construído nas plataformas do Polo e do Skoda Fabia, com chassi revisado para aumentar o prazer de dirigir.

O modelo tem 3,95 metros de comprimento,1,74 metros de largura e 1,42 metros de altura. O porta-malas, que tem uma capacidade de 267 litros, pode ser aumentado com o rebatimento total ou parcial dos bancos traseiros. Os motores do Audi A1 contam com turbo, sendo dois a gasolina e dois a diesel.

As versões com motor 1.2 tem motor com potência de 86 cavalos, e o 1.4 tem uma potência de 122 cavalos, que permitem uma aceleração de zero a 100km/h em 12,1 segundos  com motor de 86 cavalos e de zero a 100 km/h com o motor de 122 cavalos.

Experimente esse carro e sinta o prazer de dirigir.

Por Gerson de Morais





CONTINUE NAVEGANDO: