O simpático carro da montadora chinesa Chery tem previsão de voltar esse ano com mais novidades e com um plano de ser o carro mais barato comercializado no Brasil (linha 0), custando menos de R$ 20.000,00 na sua versão de entrada. O carro perdeu seu posto para o Fiat Mille Economy e pretende retomar o posto. 

O novo QQ será fabricado no Brasil e há a possibilidade de ter alguns de seus itens de série removidos para atingir o preço estimado. O modelo atual é importado da China, vendido a R$ 23.950,00, e estima-se que o valor almejado pela montadora será devido a ausência do imposto de importação.

Com isso, o carro promete ser um sucesso em vendas para aquelas pessoas que querem adquirir um primeiro veículo sem gastar de muito dinheiro, ou até mesmo para pessoas que gostam de carros compactos e pequenos. 

O QQ, que já está sendo comercializado na China, conta agora com um novo design e também é conhecido pela quantidade de opcionais (e itens de série) que ele oferece. 

Prometendo trazer um nível maior de qualidade em relação à sua antiga versão, o carro conta com um design mais “ocidental” e itens bem acabados. O design está mais harmonioso, apesar de ainda passar a sensação de que as rodas são pequenas para o tamanho da carroceria.

O espaçamento entre os pedais aumentou, o que gera mais segurança para o motorista, mas o espaço interno do carro continua pequeno.

Estima-se que o motor utilizado vai continuar sendo o mesmo que o da versão atual (motor Acteco 1.1 de quatro cilindros, que chega à 68 cavalos de potência e 9.1 kgfm de torque), entretanto, há informações de que o carro no Brasil será flex.

O câmbio é o mesmo (manual de cinco marchas). Alguns outros ajustes serão feitos para o carro rodar no brasil, como por exemplo, a suspensão, que na versão chinesa é mais molenga. 

O carro agora te da uma sensação de segurança, apesar de ainda ter um considerável ruído interno.

Por Mariana Caetano

Foto: divulgação


A montadora chinesa Chery Motors não para de investir no mercado brasileiro e traz mais uma novidade para seus consumidores. O SUV Tiggo foi redesenhado e ganhou um visual moderno e novos equipamentos de fábrica. Lançado na quinta-feira, 20 de junho, a nova geração do Tiggo comemorou quatro anos no Brasil, já que foi o primeiro modelo da Chery a desembarcar no país em 2009.

Com personalidade própria, o novo Tiggo abandonou as semelhanças com o antigo Toyota RAV4 e já está sendo comercializado como linha 2014. O interior ganhou novo revestimento e comandos de som acoplados no volante. O carro sai de fábrica equipado com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, rodas de liga leve de 15 polegadas, freios ABS, espelhos com ajuste elétrico, airbag duplo e rádio CD Player com entrada auxiliar USB, sem itens opcionais.

Se no visual o novo Tiggo mudou bastante, o motor 2.0 de 16 válvulas não foi alterado. Movido a gasolina com potência de 138 cv, a transmissão continua sendo manual de cinco marchas. A Chery anunciou o lançamento de uma caixa automática de quatro  velocidades, que deve ser implantada até outubro deste ano.

O modelo oferece aos proprietários garantia de cinco anos e está sendo comercializado no valor de R$51.900,00. Em relação a 2012, o modelo sofreu acréscimo de R$4.000,00. A expectativa da empresa é grande com o novo Tiggo, que fez sucesso desde o inicio de sua comercialização no país.

Por Marcos Junior


A Chery lançou nova campanha de vendas para o mês de julho, que oferece IPVA grátis para os modelos Tiggo e Face, que forem adquiridos entre os dias 1º e 31 deste mês. Os dois veículos apresentaram, respectivamente, 314 e 533 unidades comercializadas em junho.

O Tiggo tem preço sugerido de R$ 52.990 e sai de fábrica completo, com direção hidráulica, ar condicionado, volante com regulagem de altura, trio elétrico, rodas de liga leve aro 16 e som com CD, MP3 e USB. No quesito segurança, os destaques são os freios ABS com EBD, barras de proteção lateral, duplo airbag e cintos de segurança de três pontos (para os bancos dianteiros). O utilitário esportivo, de tração dianteira, traz sob o capô o motor ACTECO 2.0, movido a gasolina, que desenvolve 135 cv de potência, acoplado ao câmbio manual.

Já o Face custa R$ 32.990, e é equipado com motor 1.3, que gera 84 cv de potência, associado ao câmbio mecânico, de 5 marchas. Como é característica da marca chinesa, o monovolume também oferece uma lista de itens completa, com destaque para ar condicionado, direção hidráulica, duplo airbarg, som completo, faróis de milha, rodas de liga leve aro 14 e sensor de ré.

Por André Gonçalves

Fonte: Chery Brasil


Chega oficialmente nas concessionárias do Brasil o novo modelo de carro econômico lançado pela montadora chinesa Chery. O nome QQ vem da palavra Quio Quio, como é pronunciado, e significa fofo. Unindo-se ao charme do veículo está o título de mais barato do país,  com o preço de R$22.900, sendo inferior ao valor do Uno Mille, que é vendido por R$23.220. Com direção hidráulica, ar-condicionado, travas, retrovisores e vidros elétricos, freio ABS e CD player, o modelo possui motor 1.1 16V e faz, em média, 20km/l .

Apesar das diversas vantagens, o QQ deixa a desejar em segurança e acabamento. Em um crash test, em 2006, o modelo obteve resultado desfavorável. A montadora afirma que o carro já recebeu reforços estruturais e de materiais.  No teste feito pela Carplace, quando atinge os 90km/h, o ruído do motor é evidente dentro da cabine, piorando com o aumento da velocidade.

A Chery encontrava-se receosa no quesito pós-venda, visto que os brasileiros são reservados em relação a montadoras chinesas.

O simpático QQ deve logo inovar as ruas do país com seu custo-benefício satisfatório. E se restam dúvidas sobre segurança, logo devem ser esclarecidas pelo uso.

Por Roberta Tavares





CONTINUE NAVEGANDO: