Versão será lançada com o intuito de superar as vendas do Range Rover original.

O Evoque Convertible, a versão conversível do modelo da Land Rover, espera ter o mesmo sucesso que o Range Rover original, que teve o seu lançamento em 2012.

A base do Evoque Convertible é a versão de três portas, mas não conta com o teto rígido e sim uma capota elétrica que pode ser recolhida num tempo de apenas 18 segundos. Para erguer, a mesma leva 21 segundos, uma vez que o carro não marque mais de 50 km/h de velocidade.

O modelo continua com a sua tração nas quatro rodas e com as suas assistências feitas eletronicamente para ajustar o carro para inúmeros estilões de terro. Isso faz com que o mesmo continue tendo a sua capacidade para passar por obstáculos off-road. A montadora aponta que o veículo é o primeiro SUV compacto de luxo a ser conversível.

Porém, o Evoque Convertible não é na história o primeiro dos utilitários esportivos sem o teto. A Nissan lançou em 2011 o Murano Cross Cabriolet. O também conversível, porém, não teve vendas nada boas e a produção do mesmo foi de apenas três anos.

O porta-malas deste novo Evoque teve a sua capacidade diminuída de 420 litros para 251 litros, o que é comum de acontecer em modelos conversíveis. Isso se faz para que haja espaço para que a capota seja alocada. A tampa traseira do utilitário esportivo abre somente de maneira parcial. O peso do Evoque Convertible também ficou maior em 270 quilos, uma vez que foram colocados reforços na carroceria e também no mecanismo elétrico para subir e descer a capota.

Em termos de motores, o modelo tem duas opções de propulsores. O primeiro é o 2.0 turbo movido a gasolina, com uma potência de 240 cavalos. O outro é o bloco 2.0 TD4 Ingenium movido a diesel, com 180 cavalos. O lançamento oficial do modelo conversível do Evoque será no Salão de Los Angels, nos Estados Unidos. As vendas terão início no Reino Unido, no início do segundo semestre do ano que vem. O Evoque Convertible deve chegar ao mercado nacional ainda em 2016.


Montadoras como a inglesa Land Rover estão cada vez mais atuantes no mercado brasileiro. A companhia lançou o modelo 2014 do Range Rover Evoque e mais uma versão super exclusiva com apenas 20 unidades para o país, trata-se da versão Sicilian Yellow, ambas são luxuosas e apresentam uma gama de recursos surpreendentes. A empresa mantém o respeito ao mercado nacional e por isso é uma das marcas que mais vende modelos importados aqui, principalmente pelo status que a marca proporciona.

Começa pelo motor, que na versão de entrada e na versão exclusiva possui a mesma configuração: motor 2.0 a gasolina ou diesel, que gera 240 cavalos de potência. O Range Rover Evoque chega aos 100 km/h partindo do zero em 7,6 segundos e chega a uma velocidade máxima de 217 km/h. A transmissão é de seis velocidades, permitindo trocar de marchas sequenciais com as borboletas que ficam estrategicamente na parte traseira do volante.

Evoque Sicilian Yellow

Range Rover Evoque Sicilian Yellow

Foto: Divulgação

A versão Yellows Sicilian Limited Edition tem uma estética um pouco diferente, apresentando linhas mais expressivas em tons de amarelo bem chamativos. Ao todo serão 20 unidades para o mercado brasileiro ao preço de R$ 266 mil. Ele já está disponível em concessionárias da marca no Brasil A diferença é mais estética, com um spoiler traseiro mais esportivo, além dos faróis dianteiros e de neblina escurecidos, com luzes traseiras mais claras que o modelo de entrada. As rodas são de 20 polegadas na cor preto brilhante que contrasta bem com o design, dando mais agressividade ao veículo. Há também acabamentos na cor preta no escapamento. Por dentro, o modelo mantém o luxo da marca, com bancos revestidos em couro.

Na Europa foram lançadas novas versões híbridas do Range Rover que provavelmente não chegarão aqui. Seria bom vermos eles nas ruas brasileiras, sobretudo pelo sistema elétrico do motor, que apresenta a capacidade de reabastecer parte da bateria com a energia cinética gerada pelos freios, quando acionados. 

Por Robson Quirino de Moraes





CONTINUE NAVEGANDO: