Novo modelo do Hyundai Creta traz diversas novidades em suas versões.

Sediada em Seoul, na Coreia do Sul, a Hyundai é uma das empresas mais modernas e influentes no ramo automobilístico, sempre trazendo veículos que aliam inteligência e design, gerando produtos que apresentam muita eficiência e performance. Sem deixar o lado estético de lado, também apresentam veículos com visual bem atraente. Para quem já gosta e busca acompanhar seus lançamentos, o ano de 2018 traz as novas versões de um de seus modelos mais versáteis e robustos, o Hyundai Creta 2019. Confira!

A nova linha do Hyundai Creta 2019 chega com ótimas novidades para os amantes das quatro rodas, a começar pelas versões Sport, Pulse Plus e Prestige, equipadas com central multimídia com TV digital e detalhe moldurado na tampa do porta-malas. O Hyundai Creta tem um visual moderno, que se sai muito bem, tanto para gostos mais discretos, como também para consumidores mais adeptos da estética de carros esportivos. Apresenta bom desempenho em diferentes ambientes, seja no asfalto das estradas e ruas, ou em caminhos de terra.

O Hyundai Creta Sport, lançado no mês de novembro do ano passado, tem um novo design, com emblema do nome de sua versão nas portas dianteiras, também equipado com suspensões de acerto mais consistente. Esta configuração, que é vendida com itens como câmbio automático (seis marchas), motor 2.0 de 166 cv e 20,5 mkgf, ainda apresenta interior todo preto, moldura inferior no para-choque, também com grade frontal, além do desenho de faixas pretas brilhantes, spoiler traseiro e rodas diamantadas de liga leve com 17 polegadas específicas. Entretanto, a versão Pulse 1.6 do Creta, com transmissão (câmbio) manual e automática não estará mais disponível, o que dá mais espaço para que se aproveite a versão Pulse Plus 1.6, que apresenta, além dos itens da opção anterior, sensor de luminosidade, câmera traseira (que auxilia nas balizas), ar-condicionado de controle automático, central multimídia blueNAV junto a espelhamento, com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto. Atualmente, se trata da versão do Hyundai Creta mais vendida no mercado.

O Hyundai Creta em sua versão Attitude 1.6 automático, custa em média R$ 69.990, apresentando exclusividade para PcD, trazendo rodas de aço com calotas, diferente das rodas aro 16 de liga leve. Sua configuração engloba controle de estabilidade, controle de tração, Isofix, direção elétrica, ar-condicionado e também um assistente de partida quando o carro estiver em rampas. Porém, faltam tanto monitoramento de pressão dos pneus, volante com funções múltiplas, sistema de som e tampão para o porta-malas. A versão top de linha Prestige se encontra ao preço de aproximadamente R$ 103.990.

Quando se trata de cores, o Hyundai Creta foi disponibilizado nas seguintes oito cores:

  • Preto Onix;
  • Branco polar;

Cores metálicas:

  • Prata areia;
  • Bronze terra;
  • Prata metal;
  • Cinza titânio;

E também cores perolizadas, como:

  • Vermelho chilli;
  • Verde Floresta.

Dentre outras características, o Creta 2019 também apresenta:

  • Sistema Start Stop & Go;
  • Amplo espaço em seu interior;
  • Chave presencial Smart Key;
  • Faróis em LED;
  • Tempo 0-100 (s) – 9.7;
  • Proteção de carroceria;
  • Controle eletrônico de estabilidade e tração;
  • Velocidade Máxima: 188 Km/h.

Dimensões

  • Comprimento: 4270 mm;
  • Largura: 1780 mm;
  • Altura: 1635 mm;
  • Entre-eixos: 2590 mm;
  • Peso: 1296 kg.

Capacidades

  • 5 ocupantes;
  • Tanque: 55 litros;
  • Porta-malas: 431 litros.

Em contrapartida, o custo das versões 2019 do Hyundai Creta aumentou seu preço, ficando em valor aproximado de 1.900 reais a mais que suas versões anteriores. Confira a seguir a sequência de preços previstos para o lançamento dos modelos 2019, em comparação ao Creta 2018, e os respectivos aumentos em seus valores:

  • Hyundai Creta Pulse Plus 1.6 6AT: 2018 (R$ 89.990 ) / 2019 (R$ 91.890 ) / Aumento de R$ 1.900
  • Hyundai Creta Attitude 1.6 6MT: 2018 (R$ 76.350) / 2019 (R$ 77.890) / Aumento de R$ 1.540
  • Hyundai Creta Prestige 2.0 6AT: 2018 (R$ 102.580) / 2019 (R$ 103.990) / Aumento de R$ 1.410
  • Hyundai Creta Sport 2.0 6AT: 2018 (R$ 96.350) / 2019 (R$ 97.890) / Aumento de R$ 360

Por Douglas Ribeiro

Hyundai Creta 2019

Hyundai Creta 2019


Sem perder o luxo e a sofisticação da marca Honda na sua linha do Civic, o novo modelo Si aproveita a mesma carroceria dos seus primos Sedans e traz uma carroceria com duas portas.

De nada adiantou a Honda manter em segredo o lançamento da nova versão 2019 do Honda Civic. O fato é que os internautas foram presenteados com as imagens do novo modelo que inundaram os sites relacionados com o mundo automobilístico pelo mundo afora, inclusive o Brasil.

Antes de falar sobre as características da nova versão, é bom salientar que este modelo vem com muitas novidades que devem encantar os fãs da marca.

Se quem já conhece o Honda Civic por que é dono de um, está pensando em comprar um novo modelo ou quer trocar o seu, então é bom ir preparando o bolso. Além das imagens vazadas da versão 2019, os especialistas conseguiram adiantar para o consumidor brasileiro quanto vai custar o novo carro: não deve sair por menos de R$ 160.000,00.

Para quem não sabe, o novo modelo já está nas concessionárias brasileiras desde o mês de março deste ano e vem atender a uma demanda exclusiva de um público-alvo que deseja a esportividade com uma alta performance característica dos carros da Honda.

Sem perder o luxo e a sofisticação da marca Honda na sua linha do Civic, o novo modelo Si aproveita a mesma carroceria dos seus primos Sedans e traz uma carroceria com duas portas.

Se quem não viu ainda, um Civic de duas portas pode ainda assustar muita gente neste ano. Não deveria, pois segundo as informações divulgadas pela própria Honda, o modelo esportivo já deveria estar rodando nas estradas e avenidas brasileiras desde 2017.

As primeiras imagens do novo modelo chamam muito a atenção dos consumidores, principalmente, pelo fato de que esta nova versão assumiu um caráter esportivo bem peculiar, o que o coloca em pé de igualdade com outros modelos esportivos da concorrência. No caso aqui o Golf GTI que está no mercado com um preço de R$ 135.000,00.

Motor e Câmbio do novo Honda Civic Si 2019

Realmente para quem procura um bom esportivo de uma marca diferente, certamente vai encontrar boas novidades.

A versão esportiva do Honda Civic tradicional vem de fábrica com um motor do tipo turbo na versão 1.5 e com exatos 208 cv de força e um torque de 26,5Kgfm.

Toda esta potência deverá ser comandada por uma transmissão do tipo manual de seis marchas. Um detalhe que chama a atenção para o sistema de caixa de marcha do veículo é o encurtamento dos engates de cada tempo, o que facilita a troca e o carro não perde muito em desempenho, principalmente nas arrancadas e saídas rápidas, onde se exige um pouco mais do motor.

O motorista ainda deve contar com uma novidade: além do tipo de motor, suspensão e direção, ele conta com um sistema do tipo Sport que pode ser acionado através de um simples botão no painel e que altera toda a configuração dos itens descritos anteriormente.

O novo Honda Civic Si 2019 vem com aros esportivos e com design exclusivo da fabricante e no tamanho de 18 polegadas, faróis do tipo LED com detalhes próprios, assistente de faixa e bancos em estilo esportivo.

O interior do veículo conservou todo o luxo e sofisticação da linha Civic e um dos destaques é o seu grande aerofólio traseiro e que consegue cobrir toda a extensão do desenho das lanternas traseiras.

Para quem procura um estilo mais arrojado, mais esportivo, porém não quer abrir mão da sofisticação e do conforto de dirigir um Civic, então vai encontrar nesta versão todas estas qualidades reunidas em um único veículo.

Se você não conhece o novo modelo de perto, então por que não agendar uma visita a uma concessionária mais próxima de sua casa?

Por Emmanoel Gomes

Honda Civic Si 2019


No que tange à potência de motores e trações, este inédito Fiat Toro está disponível para vendas em 7 versões essenciais e uma edição extra limitada, batizada de Opening Edition.

Na atualidade, o mercado de caminhonetes cresceu de modo vertiginoso, abrindo espaço para a competição entre as melhores companhias automobilísticas. Nessa linha de produção entra um dos modelos de picapes mais bem sucedidos do mercado brasileiro, ou seja, o Fiat Toro 2018, uma das mais cobiçadas no segmento.

Entretanto, levando em conta as significativas alterações realizadas nas versões mais recentes, estes veículos estão sendo comercializados por valores mais elevados. Nas concessionárias este utilitário, atualmente, será encontrado pelo consumidor no valor inicial de até R$91.990, ou mesmo por mil reais a mais do que o valor cobrado na tabela anterior. Com relação à versão top de linha, equipada com motor movido a turbo-diesel; com transmissão automática em nove marchas, além de um sistema de tração nas quatro rodas, a mesma estará disponível pelo valor de R$136.190, sendo que esse preço aumenta para R$157,4 mil na inclusão dos acessórios opcionais disponíveis.

Dentro da linha Fiat Toro 2018, em sua totalidade, a configuração mais repaginada, em todos os sentidos, foi a da versão especial Blackjack, que está equipada com um feroz motor 2.4 litros Flex; também munida de câmbio automático com nove velocidades e capacidade de tração integral. Hoje, esta versão será comercializada pelo valor de R$115.290, desprovido de acessórios opcionais.

De acordo com informações angariadas do Grupo FCA, a decisão foi a de se utilizar a plataforma do Toro para lançar diversas outras versões. Isto se confirma pela criação da versão de cabine simples, sendo ideal para caminhonetes utilizadas exclusivamente para o trabalho, elevando o potencial de capacidade de carga na caçamba. Portanto, a companhia está promovendo uma série de ajustes e alterações positivas, que vão beneficiar o consumidor final.

Entre as mudanças mais significativas e os atributos desta série, Fiat Toro 2018, é possível relacionar os seguintes itens de série: possui direção elétrica; sistema de ar condicionado; munido de setes resistentes airbags duplos; sistema de freios em ABS; vidros elétricos; computador de bordo e piloto automático; tração 4×4 4WD; teto solar elétrico; faróis em LED; espelho retrovisor elétrico com memória; as rodas são de liga e aro raio 17; o volante tem diversas funções e está todo revestido em couro; sensor de estacionamento e central multimídia com tela LCD Touchscreen de 5 polegadas; estruturada em cabine simples e aparelhada com motor 2.0 a Diesel Recalibrado.

No que tange à potência de motores e trações, este inédito Fiat Toro estará disponível para vendas em sete versões essenciais, com valores acrescidos e uma edição extra limitada, batizada de “Opening Edition”, seguem os atributos:

A versão Toro Freedom 1.8 Flex AT6 4×2, no valor de R$91.990, acrescido de R$1.000;

A versão Toro Freedom 2.4 Flex AT9 4×2, no valor de R$101.690, acrescido de R$1.420;

A versão Toro Blackjack 2.4 Flex AT9 4×2, no valor de R$115.290, acrescido de R$2.300;

A versão Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×2, no valor de R$108.490, acrescido de R$1.500;

A versão Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×4, na valor de R$117.390, acrescido de R$1.700;

A versão Toro Freedom 2.0 Diesel AT9 4×4, no valor de R$122.590, acrescido de R$1.700;

A versão Toro Volcano 2.0 Diesel AT9 4×4, no valor de R$136.190, acrescido de R$1.800;

Além da edição limitada Opening Edition, automática de motor 1.8 flex 4×2.

Por Paulo Henrique dos Santos

Fiat Toro 2018


Design, conectividade, espaço, segurança, tecnologia, performance e custo benefício são os diferenciais desse novo modelo da Fiat.

A montadora Fiat divulgou no final de 2017 algumas informações sobre seu novo modelo de sedan, o Fiat Cronos 2019. O lançamento oficial, incluindo valores que serão praticados de acordo com suas versões, ocorreu na segunda quinzena de fevereiro deste ano.

O modelo, quando foi apresentado, aparentava inicialmente detalhes de outro carro da montadora, o Argo, porém em versão sedan. Especialistas do segmento automotivo compararam e avaliaram que o Fiat Cronos 2019 chegou para ser um concorrente direto do Virtus, mais um lançamento na linha sedan da Volkswagen.

Com diversos diferenciais, entre eles um preço mais competitivo, sua versão básica inicial com motor 1.3 já está sendo vendido por R$53.990. O valor é R$1.000 a menos que o preço do Fiat Argo com mesmo motor, porém com câmbio manual.

Ainda sobre os preços praticados, o Fiat Cronos chega em cinco versões, com motores e câmbios distintos para cada um deles como:

  • 1.3 Flex manual – a partir de R$52.990;
  • 1.3 Flex manual (inclui central multimídia) – a partir de R$55.990;
  • 1.3 GRS Flex automatizado – a partir de R$60.990;
  • 1.8 Flex manual – a partir de R$62.990;
  • 1.8 Flex automático – a partir de R$69.990.

Design, conectividade, espaço, segurança, tecnologia, performance e custo benefício são os pilares que apoiam os diferenciais desse lançamento da Fiat.

Novidades no segmento de sedan

Tal qual sua aparência externa possui formas alongadas, o Fiat Cronos consegue se apresentar clássico e esportivo ao mesmo tempo. Já correspondente ao seu aspecto interno, ele possuiu algumas inspirações de design italiano alinhado a modernidade urbana, o que faz a união dessas características manter a elegância que um sedan oferece.

Com exceção do modelo básico, a central multimídia vem como item de série para facilitar a vida do usuário a bordo. A conectividade do Fiat Cronos inclui o Android Auto e o Apple Car Play que interagem com o celular do motorista oferecendo através da central multimídia acesso a mapas, teclado virtual do telefone, aplicativo de música como o Spotify, Whatsapp entre outros.

O espaço interno conta com acabamento superior e distância confortável tanto para motoristas quanto para passageiros do banco frontal e traseiro. O porta-malas tem 525 litros de capacidade, sendo o maior da categoria.

Uma das novidades sobre os itens de segurança do Fiat Cronos 2019 está relacionada à instalação do bebê conforto. No novo sedan da Fiat existe um dispositivo de nome Isofix. Trata-se de uma trava de segurança que prende de maneira rápida e fácil o bebê conforto à estrutura do banco do carro.

Especificações técnicas

Todas as cinco versões oferecidas possuem quatro portas, podem ser abastecidas com etanol ou gasolina, apresentam ar condicionado, chave canivete, computador de bordo (distância percorrida, consumo médio, autonomia, tempo de percurso e velocidade média), desembaçador para vidro traseiro, espelho no para-sol no lado do passageiro e também do motorista e mais uma série de itens.

Além dessas características, os modelos apresentam as seguintes especificações técnicas:

  • Capacidade do porta-malas: 525 litros;
  • Cilindrada total: 1.332(versões 1.3) e 1747(versões 1.8);
  • Tanque de combustível: 48 litros;
  • Largura do veículo: 1980 mm;
  • Comprimento do veículo: 4364mm;
  • Altura do solo: 165mm;
  • Altura do veículo: 1516mm.

Para quem não dispensa uma característica externa, o Fiat Cronos 2019 possui versões nas cores de pintura sólida (preto, vermelho, branco e cinza); pintura metálica (preto, prata e cinza) e na pintura perolada (vermelho e branco).

Pelo link https://cronos.fiat.com.br/?monte é possível montar, dentro das opções disponíveis, itens como cor, opcionais, acessórios, serviços e cuidados. Neste link também é permitido consultar todos os itens de série de cada versão.

Por Ana Beatriz de Oliveira

Fiat Cronos 2019


O Logan, da Renault, possui um amplo espaço interno e tecnologias que atraem os usuários.

Com espaço interno generoso o Renault Logan se destaca como ótima opção entre os sedans médios vendidos no Brasil, originalmente concebido pelo fabricante europeu Dacia posteriormente adquirida pela Renault, o Dacia Logan tinha proposta de ser um carro de baixo custo (popular), seu sucesso de vendas fez com que os franceses melhorassem o carro em sua forma, acabamento e refino, tornando o que era bom, melhor ainda.

Logan no Brasil

O início de produção do Renault Logan no Brasil foi em 2007 juntamente com seu ‘’irmão‘’ menor o Renault Sandero, desde então a trajetória deste sedan vem sendo permeada por aprimoramentos, a geração atual estreou em 2013 com vários melhoramentos em comparação às anteriores. Em 2017 a Renault disponibilizou novos motores 1.6 16v de 118cv além do 1.0 12v de 82cv, todos flex, o consumidor pode contar também com câmbios manual ou automatizado se preferir em algumas versões.

O Renault Logan oferece ainda 510 generosos litros de porta-malas, isso significa espaço de sobra para bagagem de todos seus ocupantes, além de grande quantidade de porta-objetos nas portas e painel, central multimídia de sete polegadas, além de ABS, ar-condicionado e recursos mais sofisticados como sensor de estacionamento, câmera de ré e piloto automático com limitador de velocidade numa enorme variedade de acessórios internos e externos para o gosto de seu consumidor.

Suas versões, preços sugeridos e características estão resumidos abaixo:

Renault Logan Authentique

Preço inicial sugerido de R$ 44.700,00

Motorização: 1.0 12v de 82cv de 3 cilindros, flex

Câmbio: Manual

Principais Equipamentos de série:

Ar-condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricas, desembaçador do vidro traseiro, ABS, Airbag para passageiro e motorista, rodas de aço de 15”,acabamento interno em preto.

Disponível nas Cores Sólidas ou Metálicas: Vermelho, Preto, Prata, Cinza, e Branco.

Renault Logan Expression

Preço inicial sugerido de R$ 48.050,00

Motorização: 1.0 12v de 82cv de 3 cilindros ou 1.6 16v de 118cv, flex

Câmbio: Manual

Principais Equipamentos de série:

Ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, vidros e travas elétricas, desembaçador do vidro traseiro, ABS, Airbag para passageiro e motorista, alarme, luz do painel e central, rodas de aço de 15”,acabamento interno em cinza, retrovisores e maçanetas na cor do veículo.

Disponível nas Cores Sólidas ou Metálicas: Vermelho, Preto, Prata, Cinza, e Branco.

Renault Logan Expression Advantage

Preço inicial sugerido de R$ 50.900,00

Motorização: 1.0 12v de 82cv de 3 cilindros ou 1.6 16v de 118cv, flex

Câmbio: Manual

Principais Equipamentos de série:

Ar-condicionado, Central Multimídia, computador de bordo, câmera de sensor de ré, direção elétrica, vidros, retrovisores e travas elétricas, desembaçador do vidro traseiro, ABS, Airbag para passageiro e motorista, sistema start&stop, alarme, luz do painel e central, rodas de liga leve de 15”, acabamento interno em cinza, retrovisores e maçanetas na cor do veículo.

Disponível nas Cores Sólidas ou Metálicas: Vermelho, Preto, Prata, Cinza, e Branco.

Renault Logan Dynamique

Preço inicial sugerido de R$ 58.200,00

Motorização: 1.6 16v de 118cv, flex.

Câmbio: Manual e Automatizado

Principais Equipamentos de série:

Ar-condicionado, Central Multimídia, computador de bordo, direção elétrica, vidros, retrovisores e travas elétricas, desembaçador do vidro traseiro, ABS, Airbag para passageiro e motorista, sistema start&stop, alarme, luz do painel e central, rodas de liga leve de 15”, acabamento interno em cinza, retrovisores e maçanetas na cor do veículo.

Disponível nas Cores Sólidas ou Metálicas: Vermelho, Preto, Prata, Cinza, e Branco.

A Renault disponibiliza um pacote de acessórios para as três versões principais: Authentique, Expression e Dynamique, no link: www.renault.com.br/veiculos/conheca-nossa-gama/logan/acessorios.html.

Além disso, o configurador da Renault Logan é bem completo com possibilidade de fazer inúmeras combinações de cores e acessórios e acabamentos internos, dando a oportunidade ao potencial consumidor visualizar em fotos e modelos 360°, o modelo que deseja adquirir, maiores detalhes confira no link: https://conf.renault.com.br/disco/logan#/configurator.

Por Carlos B.

Renault Logan

Renault Logan

Fotos: Divulgação


O modelo alia um amplo espaço e conforto com beleza e tecnologia.

A versão aventureira do Renault Sandero, o Renault Sandero Stepway, não deve ser confundida como uma simples versão mais requintada do hatch francês, muito pelo contrário, com seus 190mm de altura livre do solo é referência na sua categoria, tanto que um dos slogans que a montadora francesa utiliza é: Á altura da sua aventura (www.renault.com.br/veiculos/conheca-nossa-gama/sandero-stepway.html).

Design aventureiro com conforto e beleza

Umas das principais vantagens do Renault Sandero Stepway, fora toda sua carroceria exterior com linhas marcantes e detalhes off-road, é combinar um ótimo espaço interno, isso se traduz num porta-malas de 320 litros disponível para os seus cinco ocupantes, e seus mais de 2 metros de entre-eixos disponibilizando um habitáculo confortável para diferentes estaturas.

Todo este conforto é acompanhando de conveniências, como a central multimídia Media Nav com tela de 7 polegadas, piloto automático com limitador de velocidade, ar-condicionado dentre outros itens.

Os novos motores disponibilizados pela Renault acompanham as versões Stepway também, agora ela conta com o 1.6 16v de 118cv, a Renault ressalta que utiliza tecnologia de ponta para sua fabricação, presente inclusive na Fórmula 1. Para comandar toda esta tecnologia é disponibilizado um câmbio automatizado de cinco velocidades com exclusivo sistema de economia, além do manual já utilizado como opção para o seu consumidor.

Todas as versões, preços e principais características são descritas a seguir:

Renault Sandero Stepway

Partindo inicialmente dos R$ 61.300,00

Motores: 1.6 16v de 04 cilindros e 118cv (gasolina e álcool)

Tipo de Câmbio: Manual de cinco velocidades

A lista de equipamentos de série é bem completa que acompanham esta versão:

– Volante de couro, maçanetas e retrovisores na cor da carroceria, barras de proteção longitudinal, ar-condicionado, direção elétrica, volante com regulagem em altura e comandos, iluminação central e no porta-malas, faróis de neblina, retrovisores elétricos com repetidores, vidros e retrovisores elétricos, computador de bordo, sistema de economia de combustível stop and start, central multimídia de 7” com GPS integrado, chave com sistema de fechamento central, alarme, air-bag para o passageiro e motorista, freios com sistema ABS, acabamento interno em cinza carbono, bancos exclusivos da versão, rodas de liga leve de 16’’, banco traseiro rebatível, indicador de troca da marcha na condução, sensor de estacionamento traseiro, alerta de não uso do cinto de segurança para o motorista, barras longitudinais de proteção, dentro muitos outros itens.

As cores disponíveis para esta versão são: Vermelho, Preto, Prata, Cinza, Branco e Laranja.

Renault Sandero Stepway Easy-R

Partindo inicialmente dos R$ 64.750,00

Motores: 1.6 16v de 04 cilindros e 118cv (gasolina e álcool)

Tipo de Câmbio: Automatizado com cinco velocidades

A lista de equipamentos de série é bem completa que acompanham esta versão:

– Volante de couro, maçanetas e retrovisores na cor da carroceria, barras de proteção longitudinal, ar-condicionado, direção elétrica, volante com regulagem em altura e comandos, iluminação central e no porta-malas, faróis de neblina, retrovisores elétricos com repetidores, vidros e retrovisores elétricos, computador de bordo, sistema de economia de combustível stop and start, central multimídia de 7” com GPS integrado, chave com sistema de fechamento central, alarme, air-bag para o passageiro e motorista, freios com sistema ABS, acabamento interno em cinza carbono, bancos exclusivos da versão, rodas de liga leve de 16’’, banco traseiro rebatível, indicador de troca da marcha na condução, sensor de estacionamento traseiro, alerta de não uso do cinto de segurança para o motorista, barras longitudinais de proteção, dentro muitos outros itens.

As cores disponíveis para esta versão são: Vermelho, Preto, Prata, Cinza, Branco e Laranja.

Caso necessite de mais detalhes, acesse o configurador no site da Renault e faça todas as combinações que desejar com as duas versões disponíveis: https://conf.renault.com.br/disco/sandero-stepway#/configurator.

Por Carlos B.

Renault Sandero Stepway


Confira as versões e características do Renault Kwid.

Lançado em 2015, o Renault Kwid recebeu uma resposta irresistível dos compradores de carros mundiais. Em uma tentativa de cobrar a popularidade da Kwid, a empresa introduziu várias novas variantes deste pequeno carro, e edições especiais nos últimos 2 anos. Graças a estas novas versões, o Renault Kwid 2017 conseguiu manter suas vendas crescendo nos últimos dois anos.

Além de bons preços, o que mais chamou atenção em favor do veículo foi o seu estilo contemporâneo e a melhor eficiência de combustível da classe. Este carro também tem uma contribuição importante nas vendas totais da empresa. Também ajudou a Renault a aumentar sua participação de mercado de 2,3 por cento para 4,5 por cento em 2016.

Seguindo em frente, o Renault Kwid América Latina é construído sobre a CMF-A Plataforma de Aliança Renault Nissan, com 80% de peças específicas personalizadas por Renault Tecnologias Américas para o Brasil e América Latina .O novo modelo possui uma segurança reforçada, incorporando uma estrutura mais sólida, quatro airbags e ISOFIX em todas as versões.

O motor corresponde à nova família SCE, com 1 litro de três cilindros, capaz de fornecer 66 cavalos de potência e 92 Nm de torque, acoplado a uma caixa de velocidades manual de cinco velocidades. O espaço interior do Renault KWID traz o mesmo estilo audaz do lado de fora. As linhas horizontais e não arrumadas do painel mostram uma impressão de largura e refinamento. O painel de instrumentos digitais e a fachada do centro preto do piano com cromo rodeiam harmoniosamente o sistema MediaNAV centralmente posicionado, criando uma sensação contemporânea e de alta qualidade que combina estilo e praticidade. Usa um design semelhante ao Logan e Sandero atual, rádio convencional ou sistema de mídia Nav 2.0.

O novo Kwid tem uma altura de 18 cm elevado ao solo, semelhantes aos SUVs mais altos, com um ângulo de entrada de 24 graus e saída de 40 graus. Seu comprimento é de 3,68 metros, a distância entre eixos de 2,42 metros e capacidade de carga no porta-malas é de 290 litros.

Versões e equipamentos

Os níveis de acabamento disponíveis no Brasil são o Life, Zen e Intense. As cores que estão disponíveis para a nova versão são: laranja ocre, vermelho fogo, branco marfim, branco neige, prata etoile e preto.

A primeira versão, Renault Kwid Life, versão de entrada, incorpora rodas de 14 polegadas com três pinos e copos, quatro airbags, Isofix e mudança de marcha indicadoras (GSI). O acabamento Zen acrescenta direção hidráulica, ar condicionado, fecho centralizado, vidros eléctricos dianteiros e um rádio com Bluetooth e reprodução de áudio via USB e entrada auxiliar.

Por fim, a versão Intense tem espelhos eléctricos, faróis garimpeiros, sistema de Infotainment mídia Nav 2.0, câmara de marcha, abertura tronco elétrica, chave tipo de luxo e rodas tipo Flexwheel.

Os preços previstos para o Brasil variam entre R$ 29.990 (US $ 9.143) para a versão Life, atingindo R$ 39.990 (US $ 12.191) para a versão Intense.

Definido pela marca como um sofisticado compacto urbano foi apresentado no salão de Buenos Aires, e logo em seguida no Brasil, onde é produzido, deixando os outros países latino-americanos na lista de espera para lançamento.

A marca francesa, Kwid, toma o lugar do Clio como modelo de entrada Renault, mas não vai substituir diretamente a um conceito mais aventureiro, além de ter sido projetado desde o início como um carro popular para mercados de países emergentes, chegou primeiro na América Latina e em seguida, após dois anos, na Índia. O lançamento deste veículo em outros países da América Latina, como na Colômbia, está previsto para o final deste ano ou início de 2018.

Por Samuel Perpétuo

Renault Kwid


Confira as características das versões do Renault Captur.

Fabricado na Europa desde 2013 e compartilhando algumas características e componentes mecânicos do irmão Duster, o Renault CAPTUR chegou ao Brasil com forte apelo ao seu Design. Com linhas modernas, fluidas e suaves sem parecer “fracote”, o SUV (Utilitário Esportivo) da Renault quer ganhar terreno em uma briga que envolve concorrentes difíceis de serem ultrapassados (pelo menos no que diz respeito à aceitação de mercado). A empreitada tem pela frente os interessantes e bem sucedidos Creta (Hyundai), Renegade (Jeep), Kicks (Nissan) e HR-V (Honda).

Das quatro versões disponíveis, apenas uma possui motor 2.0 16v e câmbio automático “tradicional” – que difere do CVT X-TRONIC. É a Intense 2.0 Automático. Esta versão topo de linha tem valor inicial de R$ 93.490 na configuração “padrão”, mas que pode chegar aos R$ 97.890 apenas com uma mudança de cor (biton) e a inclusão de bancos revestidos parcialmente em couro. As versões abaixo do Intense 2.0 têm valores a partir de R$ 80.000 (Zen 1.6 Manual), R$ 86.000 (Zen 1.6 CVT X-TRONIC), e R$ 89.590 (Intense 1.6 CVT X-TRONIC).

Apesar da forte concorrência o Renault CAPTUR aproveita um mercado aquecido para o segmento de SUVs (tanto que a concorrente chinesa JAC Motors anunciou recentemente que vai focar unicamente em SUVs no Brasil e descontinuar seus modelos tradicionais) e seu design se beneficia de uma gama que tem 13 opções de cores, das quais “nove são biton” nas palavras do fabricante. Vale o destaque para a elegante combinação Preto Nacré com teto marfim e as chamativas Laranja Ocre com teto preto e Vermelho Fogo com teto preto. No CAPTUR o Design pode vir acompanhado de rodas 17 com acabamento diamantado nas versões Intense.

Apesar de ser topo de linha e a mais potente (com 148cv) a versão Intense 2.0 recebeu algumas críticas por conta do seu câmbio automático, já considerado ultrapassado, e as versões Zen e Intense com transmissão CVT X-TRONIC devem ganhar fatias de mercado por apresentarem uma boa relação entre tecnologia, desempenho e consumo. A caixa de mudanças é a mesma utilizada no Nissan Kicks (já que falamos de veículos do mesmo grupo Renault-Nissan) e possui as características comuns a este tipo de câmbio – suavidade nas acelerações e praticamente ausência de trancos nas trocas de marchas. No caso do CAPTUR há a opção de troca sequencial de 6 velocidades.

O conforto disponibilizado pelas trocas suaves na hora de conduzir também é complementado por itens adicionais como porta-malas de 437 litros, espaço interno graças a uma boa distância entre-eixos, diversos “porta-trecos” e bancos R-Confort em formato concha com forração de duas densidades e foco na ergonomia. A fabricante autointitula o SUV como tendo a "posição de direção mais elevada e a maior área envidraçada do segmento". Na estrada, o Captur promete maior altura do solo do segmento também, com 212mm de altura livre e ângulos de ataque e saída de 23° e 31° respectivamente. Talvez faça falta uma versão 4×4 para o SUV francês. Por enquanto, estão disponíveis apenas modelos com tração 4×2, mas pelo menos todos são bi-combustível. Clique aqui www.renault.com.br/veiculos/conheca-nossa-gama/captur/conforto.html para ver mais especificações do CAPTUR.

Quando o assunto é Segurança o veículo vem de fábrica com quatro airbags, controle de estabilidade ESP e tração, assistente de partida em rampas e sistema de fixação para duas cadeirinhas infantis no banco traseiro, chamada de Isofix. O pacote tecnológico é amplo: farol de neblina com sistema Cornering Light (apenas nas versões Intense) que acende automaticamente para o lado em que o volante é esterçado iluminando assim a curva e melhorando sua visibilidade; sensores de estacionamento, chuva, luminosidade (crespuscular); indicador/limitador de velocidade (piloto automático); ar-condicionado automático que altera o fluxo e a temperatura das saídas de ar (também apenas para a versão Intense); espelhos retrovisores rebatíveis eletricamente de forma automática; e painel digital com computador de bordo com seis funções. Com o acirramento da concorrência em 2018 com a ampliação da linha de SUVs da JAC e a chegada de SUVs “menores” como o WR-V da Honda, por exemplo, o CAPTUR tem uma missão árdua pela frente. Mas se depender de sua beleza e bom conjunto mecânico, já começou bem.

RENAULT CAPTUR

Zen 1.6 16v Manual

Potência: 120cv

Preço: R$ 80.000

Zen 1.6 CVT X-TRONIC

Potência: 120cv

Preço: R$ 86.000

Intense 1.6 CVT X-TRONIC

Potência: 120cv

Preço: R$ 89.590

Intense 2.0 Automático

Potência: 148cv

Preço: R$ 93.490

Por Uirá Fernando Lopes Fernandes

Renault Captur


O Fluence é vendido em 2 versões no Brasil, a Dynamique e a Privilège.

O sedan Fluence da Renault é repleto de qualidades, itens de segurança e conforto, boa motorização, e câmbio automático – o CVT X-TRONIC – que também equipa alguns carros da parceira Nissan, e tem um design atual, detalhe que não pode ser ignorado em tempos de mudanças rápidas como os de hoje. Mas, ele tem um problema: está em um dos segmentos mais concorridos da atualidade no mercado automotivo brasileiro – o dos Sedans Médios – que só perde em disputa e novidades para o dos SUVs.

Concorrentes com mais tempo de mercado, e maior volume de vendas prometem não dar trégua para o francês. O novo Corolla da Toyota e sua fama de "inquebrável", o Honda Civic com seu design incrível, o Ford Focus Fastback e sua renomada dirigibilidade, o Chevrolet Cruze, que carrega a admiração por boa parte do público brasileiro pela marca GM, o Nissan Sentra, que depois de reestilizado passou a chamar a atenção nas ruas, e o Jetta da Volkswagen, que sempre marcou presença desde seu propulsor cinco cilindros de ronco inconfundível e hoje segue entre os líderes com versões TSi e o elogiado câmbio automático DSG são apenas alguns exemplos do tamanho da briga que o Fluence precisa enfrentar para ganhar mercado.

Há esperança, pois os veículos da Renault possuem uma aceitação crescente, ainda que discreta (no melhor estilo francês), no País, graças a sua confiabilidade mecânica. E o Fluence mantém tais características. Disponível apenas em duas versões atualmente, pode ser comprado por R$ 99.350 na versão Dynamique, ou por R$ 108.300 na Privilège. A motorização é a mesma para ambas – o 2.0 16v Hi-Flex de 143cv no etanol (e 140cv na gasolina), potência máxima designada pelo fabricante, e atingida aos 6.000rpm.

A versão top de linha do sedan francês supera em número itens de segurança e conforto se comparada à versão Dynamique. No Fluence Privilège são seis airbags no total (dois a mais, inclusive com formato cortina nas laterais), rodas 17 polegadas, controle eletrônico de estabilidade e tração, teto solar com sistema antiesmagamento, faróis de Xénon, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro com câmera de ré, rebatimento elétrico dos retrovisores, entre outros mimos. Onde a diferença ganha importância é no recurso de controle de estabilidade (ESP), tecnologia que amplia a segurança em situações adversas durante a condução do veículo. Os faróis de Xénon possuem regulagem automática de altura, outro item indisponível na versão mais "humilde".

Com uma lista extensa de itens de segurança e conforto, as duas versões do Fluence merecem uma avaliação criteriosa antes da decisão de compra. O que pode parecer irrelevante para um cliente, pode ser a decisão de outro. Teto solar ou rodas 16 polegadas ao invés de rodas 17, podem parecer detalhes de pouca importância, mas mudam a aparência do sedan médio, o que pode representar maior ou menor desvalorização no mercado de seminovos. A diferença de preço nas duas versões, na formatação "padrão" de cada uma, é de R$ 8.950. Talvez compense o investimento adicional para sair rodando com um carro mais completo e bonito. De qualquer maneira é uma decisão muito pessoal.

Veja aqui www.renault.com.br/veiculos/conheca-nossa-gama/fluence.html mais detalhes do sedan, no site oficial do fabricante.

Fato é que ao rodar com um Fluence, o conforto estará sempre presente. Sensores de luz e chuva fazem o trabalho automaticamente, colocando os limpadores do parabrisa em ação quando começa a chuva e acendendo os faróis quando escurece. O regulador e limitador de velocidade, mais conhecido como Piloto Automático também está lá, à disposição do motorista, e convenhamos, é um ótimo recurso para as estradas.

Ainda temos muitos recursos: painel digital nas duas versões, cinto de segurança de três pontos central no banco traseiro, que também possui três encostos de cabeça, Ar-condicionado digital Dual Zone, Chave-cartão "hands free" com walk away closing (fechamento do veículo quando você se distancia dele com a chave-cartão), alerta do uso de cinto de segurança para motorista e passageiro e volante com revestimento em couro natural e sintético.

Saúde para brigar no segmento dos sedans médios não falta ao Fluence, e a Renault com certeza sabe disso. Que vença o melhor.

Versões

Dynamique CVT Plus

Motor: 2.0 16v Hi-Flex

Potência: 143cv (etanol) a 6.000rpm

Preço: R$ 99.350

Privilège

Motor: 2.0 16v Hi-Flex

Potência: 143cv (etanol) a 6.000rpm

Preço: R$ 108.300

Por Uirá Fernando Lopes Fernandes

Renault Fluence


A Renault disponibiliza hoje a Duster em três versões principais: Expression, Dynamique e Dakar II. Confira suas configurações e preços.

O Renault Duster é hoje o principal SUV (Sport Utility Vehicle) em vendas da marca francesa no Brasil. Segundo a Fenabrave (www.fenabrave.com.br) mais de 10.000 unidades foram vendidas até o mês passado (Julho de 2017), isto além de significar um sucesso de vendas neste concorrido e cada vez mais recheado segmento, a aposta em um projeto europeu lançado em 2009 e muito bem adaptado ao gosto e ao bolso do consumidor brasileiro.

Sua produção se iniciou em 2011 na fábrica da Renault no Paraná e reforça o fato do Brasil ser hoje o segundo maior mercado da Renault no mundo, maiores detalhes destes e outros fatos históricos da montadora francesa, podem ser conferidos em: www.renault.com.br/universo-renault/renault-no-brasil/numeros-e-datas.html.

A Renault disponibiliza hoje o Renault Duster em três versões principais: Expression, Dynamique e Dakar II, todas podem ser equipadas com motor de 1.6 16cv de 120cv ou 2.0 16v de 148cv com tração 4×2 ou 4×4. Sua suspensão é Multilink garantindo estabilidade em terrenos mais difíceis e comportamento de carro de passeio na cidade.

O Renault Duster possui ótimos ângulos de entrada e saída (30° e 34.5° respectivamente) com altura do solo de 210mm, fazendo o carro estar muito bem preparado para terrenos off-road.

Em sua versão mais sofisticada, a Dakar II, a Renault procurou conjugar muita sofisticação a sua personalidade aventureira com um pacote exclusivo de acessórios Outsider personalizando externamente e internamente o veículo.

Excelente espaço interno e o melhor porta-malas da categoria

O Renault Duster tem um ótimo espaço interno com porta-malas de 475 de litros (segundo a Renault o maior da categoria), fora isto pode ser equipado com o câmbio CVT X-Tronic aumentando o prazer ao dirigir e com opção de seis marchas sequenciais, o espaço interno é farto com encostos rebatíveis, muitos compartimentos práticos para guardar objetos e comodidade e tecnologia com o Media Nav, tela sensível ao toque de 7’’ com GPS integrado compatível com iPod® e USB, além da função rádio AM/FM.

Preços sugeridos, versões e características

Renault Dynamique

Preço inicial sugerido de R$ 73.490,00

Motorização: 1.6 16v de 120cv ou 2.0 16v de 148cv

Câmbio: Manual, CVT X-Tronic, Automático, 4×2 e 4×4

Principais Equipamentos:

Central Multimídia, Comandos de celular e áudio no volante, repetidores na lateral, faróis de neblina, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, vidros, travas e retrovisores elétricos, alarme, ABS, Airbag para passageiro e motorista, rodas de liga-leve de 16”,painel com detalhes em preto.

Disponível nas Cores Sólidas ou Metálicas: Vermelho, Preto, Branco, Cinza, Marrom e Prata

Renault Expression

Preço inicial sugerido de R$ 67.990,00

Motorização: 1.6 16v de 120cv

Câmbio: Manual, CVT X-Tronic 4×2

Principais Equipamentos:

Central Multimídia, Comandos de celular e áudio no volante, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, vidros e travas elétricos, alarme, ABS, Airbag para passageiro e motorista, rodas aro 16”,painel com detalhes em preto.

Disponível nas Cores Sólidas ou Metálicas: Vermelho, Preto, Branco, Cinza, Marrom e Prata

Renault Dakar II

Preço inicial sugerido de R$ 74.090,00

Motorização: 1.6 16v de 120cv e 2.0 16v de 148cv

Câmbio: Manual e Automático de 4×2 e 4×4

Principais Equipamentos:

Central Multimídia, Comandos de celular e áudio no volante, repetidores na lateral, faróis de neblina, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, vidros, travas e retrovisores elétricos, alarme, ABS, câmera de ré, piloto automático, Airbag para passageiro e motorista, rodas de liga-leve diamantadas de 16”, acabamento interno e painel Dakar II.

Disponível nas Cores Sólidas ou Metálicas: Vermelho, Preto, Branco, Cinza, Marrom e Prata

A Renault disponibilizou um simulado com ampla variedade de combinações, motores, cores e acabamentos, além de uma visão 360° do carro para o consumidor conhecer todos os detalhes no link: www.renault.com.br/veiculos/conheca-nossa-gama/duster/configurator.html#configure/. Vale a pena conferir.

Por Carlos B.

Renault Duster 2017


O compacto Volkswagen Up! tem 4 versões disponíveis com itens e preços variados.

O compacto Volkswagen Up! foi um sucesso de crítica europeia desde seu lançamento em 2011 em uma das mais importantes exposições automobilísticas do mundo, o Salão de Frankfurt, na Alemanha.

Em sua atual comercialização no Brasil, a Volkswagen oferece quatro versões (Take, Move, Cross e Pepeer), o Volkswagen Up! sofreu uma recente atualização estilística e conta com o novo motor 1.0 TSI turbo com três cilindros e injeção direta de combustível, tanta tecnologia é apresentada para consumidores que não dispensam mais potência sem abrir mão da economia de combustível, o compacto também é oferecido com o câmbio I-Motion garantindo conforto na condução, tanto na cidade como na estrada.

Versão aventureira e esportiva completam a gama Up!

Além de ter uma versão aventureira, denominada “Cross”, o Volkswagen lançou o Vokswagen Up! Pepper, uma versão esportiva inspirada no sucesso de público conseguido em seus outros modelos da marca.

Apesar das duas versões contarem com o mesmo motor TSI de 105cv, o principal diferencial da “Pepper” é o acabamento preto presente no teto, aerofólio e tampa traseira além das saias laterais. Rodas de liga leve de 15 polegadas completam o belo visual, além de estarem presentes na versão Cross também, o interior do veículo é todo preto com pequenos detalhes em vermelho, o proprietário irá encontrar o emblema “Pepper” no interior da soleira das portas, dando um toque de exclusividade e requinte nesta versão mais apimentada da gama.

Preços, versões e equipamentos

O consumidor tem a disposição um configurador da montadora para conferir as quatro versões do compacto no link: (http://app.volkswagen.com.br/ihdcc/pt/configurator.html#30301), nele também é possível configurar as cores da carroceria e os acabamentos internos.

Para facilitar o entendimento, abaixo descrevemos um resumo de todas as versões:

Move Up!

Move Up!, motor 1.0, partindo inicialmente dos R$ 48.790,00

Move Up!, motor 1.0 e câmbio I-Motion, partindo inicialmente dos R$ 51.190,00

Move Up!, motor 1.6, partindo inicialmente dos R$ 53.990,00

Equipamentos e cores principais:

Carroceria: rodas de liga leve aro 14”

Segurança: 2 airbags no veículo, freios com sistema anti-travamento (ABS)

Conforto: Ar-condicionado, chave tipo canivete com controle, direção elétrica e computador de bordo

Cores Sólidas: Branco, Preto e Vermelho

Cores Metálicas: Azul, Cinza, Laranja e Prata

Versão Take Up!

Take Up!, motor 1.0, partindo inicialmente dos R$ 37.990,00

Equipamentos e cores principais:

Carroceria: antena no Teto, máscara escurecida nos faróis, vidro traseiro com desembaçador, limpador e lavador.

Segurança: 2 airbags no veículo, freios com sistema Anti-Travamento (ABS)

Conforto: chave tipo canivete, encosto do banco traseiro, partida a frio do motor sem auxilio do tanque de gasolina, sistema de fixação da cadeirinha da criança.

Cores Metálicas: Azul, Cinza, Laranja e Prata

Cores Sólidas: Branco, Preto e Vermelho

Up! Pepper

Up Pepper, motor 1.0 TSI, partindo inicialmente dos R$ 57.900,00

Equipamentos e cores principais:

Carroceria: Espelhos retrovisores com luzes indicadoras de direção, rodas de liga leve aro 15”.

Segurança: 2 airbags no veículo, freios com sistema Anti-Travamento (ABS).

Conforto: Computador de Bordo, Ar-condicionado, direção elétrica, alarme e chave com controle remoto, painel com aplique 3D, sistema de fixação de cadeirinha de criança, sensor de chuva e crepuscular.

Cores Metálicas: Prata

Cores Sólidas: Branco, Preto e Vermelho

Cross Up!

Cross Up!, motor 1.6 TSI, partindo inicialmente dos R$ 56.990,00

Equipamentos e cores principais:

Carroceria: Faróis de neblina, espelhos retrovisores com ajuste elétrico, frisos laterais com inscrição “cross” além de alarme com controle remoto, rodas de liga leve aro 15”.

Segurança: 2 airbags no veículo, freios com sistema Anti-Travamento (ABS).

Conforto: Ar-condicionado, acabamento da alavanca de freio de mão em couro, direção elétrica, iluminação ambiente e do porta-malas, sistema de fixação de cadeirinha de criança.

Cores Metálicas: Azul, Cinza, Laranja e Prata

Cores Sólidas: Branco, Preto e Vermelho

Fora o simulador de configuração, vale a pena conferir o hot site do modelo disponibilizado pela montadora alemã também no link: http://up.vw.com.br.

Mais detalhes: www.volkswagen.com.br.

Por Carlos B.

Volkswagen Up

Volkswagen Up

Fotos: Divulgação


Confira a ficha técnica e as configurações completas do Jetta, da Volkswagen.

A linha de sedans médios no mercado brasileiro há um tempo conta com cinco modelos. O Honda Civic e o Toyota Corolla são absolutos na parte alta da lista, já o Volkswagen Jetta, continua discreto em quantidade de vendas e nem está dentre os veículos mais comercializados, de acordo com o levantamento da Fenabrave. Isso porque o carro foi nacionalizado recentemente e é o segundo modelo com maior número de vendas da marca.

Com o objetivo de mudar esse cenário, a Volkswagen trouxe para as configurações Comfortline e Trendline, o motor 1.4 TSI turbo.

A configuração Highline, topo de linha, ainda é importada diretamente do México sendo o 2.0 turbo que gera 211 cavalos. Este downsizing também é o marco da finalização do uso do descontinuado 2.0 com potência de 120 cavalos utilizado no Jetta, por anos. O valor inicia em R$ 78.230 na configuração Trendline manual e salta, no automático, para R$ 83.630. A versão Comfortline alcança o valor de R$ 89.750, onde não está incluso o pack Exclusive, pelo valor de R$ 6.470 ou então o teto-solar por R$ 4.130.

No mercado brasileiro, o motor utilizado no Golf, o 1.4 TSI terá os 150 cavalos somente ao se tornar flex. O Jetta novo Comfortline 1.4 TSI vem somente a gasolina e possui potência igual o Golf Variant do México. No tal ajuste, este motor 1.4 TSI à gasolina com injeção direta e turbo gera uma potência de 150 cv em 5.000 giros e torque de 25,6 kgfm em 1.500 rpm. A configuração Comfortline possui somente câmbio automático com seis velocidades Tiptronic. A Trendline, por sua vez, que é a versão de entrada também pode ter transmissão manual com seis marchas, já a Highline é ofertada apenas com transmissão automático DSG com dupla embreagem e seis marchas.

Na parte interna, o Comfortline possui volante multifuncional com base reta revestido em couro, ar-condicionado digital, manopla do câmbio de couro e alumínio, painel inferior, painéis de porta, bancos de couro bege (tendo alternativa de ser preto), sensores de estacionamento traseiro e dianteiro e aletas no volante. A distância entre-eixos é de 2,65 metros, desta forma o espaço traseiro, para dois adultos, é bom, entretanto há encostos de cabeça e cintos para todos, mesinha com porta-copos e saída de ar-condicionado. O passageiro do meio é prejudicado pela elevação do túnel no assoalho, dificultando a acomodação dos pés. Por fora, não ocorreram alterações estéticas.

O pacote Exclusive conta com sensor de chuva, multimídia Discover Media, rodas 16 polegadas com pneus 225/45, ar-condicionado digital dual zone e chave presencial. Se equipar com teto solar, os itens opcionais acabam por elevar o valor da versão Comfortline para R$ 100.350, ficando bem próximo do preço cobrado pelo Highiline 2.0 TSI, com menos itens.

Esta central multimídia (Composition Media) também é utilizada no Passat. O aparelho é fácil de operar e intuitivo, além de trazer uma tela touchscreen com 6,3 polegadas, Bluetooth, Rádio, entrada SD e ainda função de espelhamento para três diferentes plataformas (Android Auto, Mirror Link e Apple Carplay). O equipamento não possui navegação GPS e nem permite espelhamento do app Waze na tela, porém replica o Maps da Apple e o Maps do Google. Como opcional, a central Discover Media conta com duas entradas para cartão SD, leitor de CD, conexão USB e AUX. Sem falar da possibilidade de parear dois smarthpones ao mesmo tempo.

Ficha técnica

Cilindrada: 1.395cm³

Motor: Transversal, dianteiro, 4 cilindros em linha, comando duplo, 16V, injeção direta de gasolina.

Torque: 25,5 kgfm em 1.500 giros

Potência: 150 cv em 5.000 rotações

Direção: Elétrica

Câmbio: Automático com seis velocidades, tração dianteira

Suspensão: dianteira – Independente McPherson. Traseira – multilink

Pneus: 205/55 raio 16

Freios: Dianteira – Discos ventilados – Traseira – discos sólidos

Dimensões: entre-eixos 2,65 m, Largura 1,77 m, comprimento 4,65 m, altura 1,47 m.

Porta malas: 510 litros

Tanque: 55 litros

Peso: 1.298 kg

Por Filipe Silva

Volkswagen Jetta 2018

Volkswagen Jetta 2018

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: