Tecnologia está disponível na Europa mas deve chegar ao Brasil em breve.

A nova geração do Ford Edge vem com uma grande inovação da montadora: o controle inteligente de velocidade. Mas calma, isso ainda está lá pelo mercado europeu. Mas é claro que logo estará certamente pintando por aqui.

Mas o que exatamente é esse novo recurso, você deve estar se perguntando. Esse recurso chegou para ajudar os motoristas a trafegarem em segurança nas vias públicas, obedecendo as condições regulamentadas, evitando ser multado por infrações e é claro, evitando acidentes.

O novo recurso funciona por meio de um sistema de câmeras que conseguem identificar a sinalização de trânsito e também ajustar a velocidade do automóvel, fazendo com que o motorista respeite os limites de velocidade e qualquer outra peculiaridade da rua, avenida ou estrada.

O controle inteligente de velocidade foi introduzido pela primeira vez em 2015, no Galaxy e S-MAX, tendo conquistado muitos simpatizantes, tanto que a opção pelo equipamento aumentou 95% nesses modelos. O modelo reformulado traz duas tecnologias da montadora combinadas: o limitador de velocidade (que é ajustável e que pode ser configurado manualmente) e a tecnologia que reconhece os sinais de trânsito, mostrando no painel do veículo o último limite de velocidade que foi identificado e sinais como conversões ou trechos onde é proibido ultrapassar.

Acionado por controles no volante, esse equipamento pode ser ajustado à velocidade máxima local, de forma manual. Há alguns modelos – os equipados com navegação – que tem a sua precisão aumentada, por conta da utilização de dados de mapas. Os sinais de trânsito são monitorados por meio de uma câmera situada no para-brisa e quando é identificado um limite menor de velocidade, o carro é desacelerado automaticamente. Quando esse limite é aumentado, há a "permissão" para acelerar.

Ainda não há previsão da vinda dessa tecnologia para o Brasil, mas se formos considerar o grande número de acidentes que acontecem diariamente tanto em estradas quanto em vias urbanas, seria uma ótima solução para ajudar a abrandar e diminuir a incidência de excessos no trânsito, seja por descuido ou por irresponsabilidade. A montadora certamente deu um passo importante com relação a buscar um tráfego melhor e garantir mais segurança no trânsito.

Elma de Fátima Morales Jacinto


Lançado em 2014, a Ford já inova o modelo Edge. O visual é um grande atrativo para o modelo, que apresenta um design mais esportivo e arrojado, transmitindo modernidade e tecnologia. A grade em formato hexagonal é imponente e seus faróis mais esticados harmonizam bem com o conjunto frontal. Nas laterais, os vincos e a leve inclinação da lataria esboçam esportividade.

A traseira, por sua vez vem com lanternas integradas à tampa do porta-malas com encaixe perfeito, sem falar que o design é perfeito, o filete de LED liga uma lanterna à outra em linha reta, cortando a tampa do porta-malas inteira pelo centro. Um verdadeiro show. O modelo também vem com duas saídas de escape, o que denota esportividade, somado à ideia de potência.

O interior do modelo é outro destaque. Os materiais utilizados são de boa qualidade, com os elementos mais modernos que a Ford oferece. Dentro do Edge temos a sensação de estar dentro do modelo Fusion, devido à semelhança. O acabamento é refinado em detalhes black piano e em alumínio, sem falar do painel com tela de LED e do sistema de comando por voz.

Para facilitar a vida do condutor, o Edge conta com uma câmera frontal de 180 graus de visão. O recurso Park Assist, por sua vez, foi aperfeiçoado, com sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, além do sistema de alerta de tráfego cruzado.

Outras tecnologias também foram incluídas, como direção elétrica adaptativa, cintos de segurança traseiro infláveis, sistema start-stop, aviso de pontos cegos, airbag no porta luvas (que protegerá o joelho do passageiro, em caso de colisão) e também há a opção do teto-solar panorâmico, dentre outros itens.

No Brasil, em todas as versões, o Ford Edge será disponibilizado com o motor 3.5 V6 Duratec TiVCT, com 289cv de potência e 35 kgfm de troque. O valor deve variar entre R$ 131.490,00 na versão SEL a R$ 161.590,00, na versão Limited.

Por Allan Carlos Marques

Ford Edge 2016

Ford Edge 2016

Ford Edge 2016

Ford Edge 2016

Fotos: Divulgação


A terceira geração do Ford Edge foi apresentada no Salão de Paris e deverá chegar ao mercado no próximo ano, em 2015. Será comercializado pela primeira vez na Europa e por isso aposta suas fichas na demonstração em tempo real de sua produção no Salão a fim de encantar os clientes mais exigentes e acirrar a concorrência com o maior rival, um modelo americano da marca Hunga.

No Brasil, apenas no fim do ano que vem, por volta de outubro, o modelo deve chegar cheio de estilo no Salão do Automóvel de São Paulo, onde será apresentado o conceito do veículo, a estratégia é devido ao pouco tempo entre o salão e a previsão de chegada do automóvel nas lojas brasileiras.

Mas quais os atrativos, as novidades do novo carro? Um motor renovado, ainda V8, que estaciona sozinho, que tal? Já começamos bem. Um carro grande com essa função pode ser bastante útil, principalmente para os novos consumidores que não estiverem acostumados com veículos desse porte. O barulho de fora atrapalha? Não se preocupe,  novo Ford Edge possui um controle de cancelamento de ruído do exterior, que tem a função de dar paz e tranquilidade para as pessoas no interior do automóvel.

O motorista possui assistência eletrônica de aceleração e frenagem (controle de cruzeiro adaptativo), visualização de ponto cego para trocar de faixa, dispositivo de ajuda para manobrar, sensor de ré, e ainda, o condutor poderá fazer tudo isso de longe, apenas ativando os mecanismos do controle remoto.

O preço ainda é um mistério, já que a comercialização será apenas no ano que vem. A linha atual que também é importada possui valores que variam entre R$ 131.490 até R$ 161.590.

Além de tudo, a área social também saiu ganhando, cerca de mil novos trabalhadores foram contratados em um investimento de mais de 1,5 bilhão de reais na renovação da linha de produção e na contratação de toda essa mão de obra.

Por Vivian Schetini

Ford Edge 2015

Ford Edge 2015

Ford Edge 2015

Fotos: Divulgação


Apesar da maioria das pessoas estar com a atenção voltada para o novo Mustang que deverá ser exibido pela Ford provavelmente no próximo dia 05, é bom nos lembrarmos de que este não é o único lançamento previsto pela companhia para encerrar o ano de 2013. A fabricante de origem norte-americana divulgou na última quarta-feira, dia 20, que estará lançando a próxima geração do Edge. A apresentação do novo crossover deverá ocorrer durante o Salão de Los Angeles.

O Edge Concept segue a linha adotada pela Ford em relação ao visual que deverá ser apresentado pelos utilitários da empresa. Isso quer dizer que o modelo conta com a grade trapezoidal e os faróis afilados. Esses detalhes são bastante semelhantes aos integrados no novo EcoSport. Na parte traseira do carro há as novas lanternas horizontalizadas. Os para-choques também foram redesenhados. Outro detalhe é o vidro traseiro, que também está mais inclinado.

É claro que uma das primeiras coisas a se notar no novo Edge é o seu visual renovador. Entretanto, as coisas vão um pouco mais além. De acordo com a Ford, o novo Edge conta com uma tecnologia com características futuristas. Alguns exemplos disso são a direção autônoma e o estacionamento automático que poderá ser acionado via controle remoto.

O modelo também conta com a tecnologia do sistema start-stop, até porque a economia não poderia ficar de lado nos utilitários. Outro detalhe é o fechamento ativo da grade do radiador, que visa fornecer certa ajuda na aerodinâmica do carro.

Na parte interior a certos detalhes de estilo que valem ser comentados, como por exemplo, o painel de instrumentos em couro que foi costurado à mão. Também há o sistema MyFord Touch, que traz um tela touch-screen de 10 polegadas.

A Ford não informou quando o protótipo deverá ganhar a versão de produção.

Para quem quiser conferir o protótipo apresentado pela companhia, o Salão de Los Angeles ocorrerá entre os dias 22 de novembro e 1° de dezembro de 2013.

Por Denisson Soares


Graças a uma atualização de software feita pela Ford, os novos proprietários dos modelos Edge e Fusion poderão contar com a língua portuguesa no funcionamento do sistema SYNC. O procedimento de atualização do programa está sendo feito a partir deste mês e, por enquanto, abrange somente os dois modelos mencionados, que não possuíam comandos de voz na língua brasileira e nem mapas do Brasil no GPS.

Os proprietários dos modelos Fusion V6 (2010, 2011 e 2012) e Fusion Hybrid (2011 e 2012) ou Edge Limited 2011, Edge Limited 2010 e Edge SEL 2009 também poderão pedir a atualização de software, sendo que o serviço será feito gratuitamente pela Ford. No caso do Edge Limited 2011, os mapas brasileiros não estarão incluídos no sistema, mas sim em um cartão de memória que será entregue ao proprietário no momento da atualização do software. O cartão SD será gratuito, mas, em caso de perda, não haverá reposição sem custos.

Já os automóveis Fusion V6, Edge Limite 2010, Edge SEL 2009 e Fusion Hybrid terão o reconhecimento de voz do rádio, jukebox, CD/DVD e do ar condicionado desabilitados. Além disso, também ficarão inativos o reconhecimento do perfil do usuário, o modo de interação de reconhecimento por voz, a confirmação de nome de estações da rádio satélite e a confirmação de reconhecimento de voz.

Os proprietários destes veículos deverão receber uma carta da Ford avisando sobre a atualização. O pedido também pode ser feito diretamente na concessionária. No entanto, podem passar pelo procedimento os veículos que nunca receberam alterações no sistema SYNC ou na parte elétrica.

Por Matheus Camargo

Fonte: Ford





CONTINUE NAVEGANDO: