Veículo chegará às concessionárias custando de R$ 75 mil a R$ 107 mil.

Desde outubro do ano passado a nova geração do Honda Civic já se encontra à venda nos Estados Unidos, com preços que variam entre 18.640 dólares e 26.500 dólares, o que equivale a mais ou menos R$ 75.500 e R$ 107.300. O carro chegou a superar as vendas até mesmo do Toyota Corolla nas vendas de novembro.

O veículo chegou a sua décima geração e se assemelha a um cupê de quatro portas, com um caimento de teto mais acentuado, que quase se integra ao porta-malas. A traseira é alta e possui lanternas no formato de bumerangue. O porta-malas aumentou sua capacidade em 73 litros, passando a ter 427 litros.

Na dianteira, a grade aumentou e agora passa a integrar os faróis através uma barra cromada. O capô possui um novo design mais curvado e alto, isso definiu melhor a ligação com o para-brisa. O carro teve aumento em suas medidas, sendo 4,63 metros de comprimento, 1,41 metro de altura, 1,80 metro de largura e 2,70 metros de entre-eixos.

O modelo possui um novo conjunto de suspensão independente na traseira. Montada em um subchassi ultra-rígido composto de barras estabilizadoras mais robustas e coxins hidráulicos, além dos amortecedores traseiros serem agora de alumínio.

Nas versões de entrada o motor manteve o 2.0 DOHC i-VTEC, elevando a potência a 158 cv e tendo um torque de 19kgfm. Terá a opção de câmbio automático CVT que simula sete velocidades e a manual de seis marchas.

O novo Honda Civic nacional foi exibido durante o Salão do Automóvel de São Paulo, no mês novembro.

A versão mais esportiva, a SI, não foi deixada de lado e irá ser lançada nos próximos meses. O propulsor será um novo 2.0 turbo que foi baseado no europeu Type-R. O carro atingirá cerca de 230 cavalos e somente câmbio manual com seis velocidades. Atualmente,o motor é um 2.4 i-VTEC, com 206 cavalos e toque de 23,9 gfm a 4.400 giros.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


A Honda iniciará a comercialização a partir do final do mês da linha 2016 do Civic. O principal fator novo é a volta da versão mais equipada EXR, que neste momento possuirá controles eletrônicos de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, direção com assistência elétrica variável e airbags do tipo cortina. O valor recomendado é de R$ 88.400.

Esta versão de elite do Civc também possui teto solar e maçanetas das portas cromadas, como também uma nova central multimídia com entrada HDMI, monitor LCD escamote “avel de 7” e navegador integrado ao painel, que possui GPS com potencial para fornecer informações de trânsito das principais capitais do Brasil, sendo primeiramente São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte. O hardware é renovado e permite a conexão Wi-Fi com a utilização de browser para acesso à internet (no momento em que o veículo não estiver circulação), como também a conexão Bluetooth para fazer chamadas e reprodução de áudio.

Da mesma forma como na versão LXR, o Civic ERX 2016 possui o motor 2.0 flex que possibilita até 155 cv com somente etanol no tanque, que atua em união com a transmissão automática de cinco velocidades com alternativas de trocas sequenciais através das hastes atrás do volante.

A Honda retorna a disponibilizar o Civic EXR mais qualificado com o objetivo de voltar à liderança de comercialização entre os sedans médios. Segundo as informações da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos Automotores), no período de janeiro a dezembro do último ano o concorrente Toyota Corolla foi o modelo mais comercializado do ramo com 63.299 unidades, enquanto o Civic teve 52.267.

Na linha 2016, o sedan de elite da Honda torna-se a ser mais qualificado que o concorrente Corolla Altis, que não possui controles de estabilidade e tração entre os itens de série e também possui um valor recomendado superior ao rival (R$ 96.339).

Por Felipe Couto de Oliveira

Honda Civic 2016

Honda Civic 2016

Honda Civic 2016

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: