Novo modelo será lançado ainda em 2015

Ainda em 2014 quando apresentou de forma inédita e de maneira simultânea nos Estados Unidos, Japão e Europa o MX5  a Mazda, com certa discrição, definiu a nova geração do modelo como algo que ia de encontro ao passado focando os objetivos tidos como originais para o carro. Mesmo com essa questão de “volta às origens” é interessante observarmos alguns pontos no MX5.

Mesmo com a clara intenção da marca essa geração do MX5 inquestionavelmente também apresenta uma série de interrupções em algumas “tradições”. Para entender melhor isso basta observarmos o fato de que o novo modelo é mais leve e menor que o seu anterior. Isso, porém, não aconteceu nas duas últimas gerações. Na realidade foi bem ao contrário já que as versões estavam “engordando” e crescendo.

O novo MX5 teve seu estilo trabalhado e refinado pelo departamento do setor da marca no Japão. Por trás do projeto estava Ikuo Maeda na liderança. Esse sujeito aí foi o responsável pela criação do Kodo Design, a linguagem de estilo adotada pela Mazda.

Um ponto curioso de observarmos é que o MX5 "2016' tem previsão para sair em 2015, porém já como carro de 2016 (por isso a designação extra no nome do modelo).

Um dos principais atrativos em termos de destaque nesse modelo tão aguardado fica por conta do chassi que traz a tecnologia SKYACTIVE. É a primeira vez também que esse ponto apresenta uma configuração de tração traseira.

Anteriormente falamos sobre alguns aspectos como peso e tamanho. Pois bem, o novo Mazda MX 5 fica 105 mm mais curto, 10 mm e 20 mm mais baixo se comparado com seu antecessor.

Essa redução de tamanho, juntamente com o uso de materiais mais leves, acabou por reduzir 100 kg em comparação com a geração que se encontra atualmente no mercado.

A marca japonesa também já avisou que quem quiser já pode encomendar o seu. Neste caso os pedidos estão sendo feitos por meio do site da marca no Reino Unido por enquanto.

A expectativa é de que o MX5 seja mais bem conhecido no festival Goodwood até porque a marca receberá uma homenagem no mesmo.

Mas, além do MX5 a Mazda ainda exibirá no referido festival o SUV compacto CX-3 e o supermini2. O festival acontece entre os dias 26 e 28 de junho.

Por Denisson Soares

Mazda MX5 2016

Mazda MX5 2016

Mazda MX5 2016

Fotos: Divulgação


Confira as características do novo modelo

A Mazda é uma empresa que está nos últimos dias divulgando mais um carro potente no mercado automobilístico e esse carro é o MX-5 Miata Club Edition, que foi apresentado no Salão de Nova York e conforme dados fornecidos pela empresa ele é o “mais agressivo da atual geração do MX-5”, no que diz respeito a modelos legalizados para as ruas.

Para aqueles que conhecem a história do Mazda MX-5 sabem que ele foi lançado no ano de 1989 e que em gerações anteriores utilizava o sufixo Miata e a Mazda está lançado o MX-5 Miata Club Edition em forma de comemoração, da mesma forma que a Ford com o Mustang (nesse caso são 50 anos de história).

O MX-5 é um carro de dois lugares que foi mais vendido na história, com registro de 940 mil unidades em três gerações e o MX-5 Miata Club Edition apresenta modificações em relação a sua aerodinâmica, onde pode ser destacado um novo kit aerodinâmico robusto e que apresenta partes inspiradas diretamente no MX-5 Cup.

Já na parte da motorização, foi mantido o bloco 2.0 SKYACTIV-G, que é movido a gasolina e que oferece 155 cavalos de potência e 20,4 mkgf de torque. O carro ainda apresenta uma pintura vermelha no teto e retrovisores pretos, além de um interior revestido em couro preto e creme com uma faixa vermelha no painel e também com amortecedores Bilstein.

Uma das dúvidas é em relação ao tipo de câmbio que vai ser oferecido nessa máquina, pois pode ser tanto o manual quanto o automático, mas independente da opção ambos vão apresentar seis marchas.

No Salão de Nova York também foi informado que o chassi da próxima geração do esportivo, adapta-se pela primeira vez a tecnologia Skyactiv, onde temos um conjunto com tração traseira e motor central-dianteiro, que é montado atrás do eixo.

O seu peso foi reduzido ficando em cerca de 100 kg e centro de gravidade mais baixo, para que o futuro MX-5 seja ainda mais divertido do que foram os modelos que estiveram à disposição nesses 25 anos.

Por Fernanda de Godoi

Mazda MX-5 Miata Club Edition

Mazda MX-5 Miata Club Edition

Fotos: Divulgação


O Mazda6 Sedan foi desenvolvido para ser usado no dia a dia, em ambientes metropolitanos. Traz design elegante, sendo ideal para as famílias fazerem viagens seguras dentro de um carro bonito, potente e com maior nível de sustentabilidade.

Depois de diversas linhas que marcaram história no mundo automotivo, a série 2013 do Mazda6 chega com carroceria arrojada, formato moderno e com extrema perfeição estética, conforme exigem os clientes fiéis da marca.

O sistema de ar condicionado Dual Zone está entre os pontos destacados com maior positividade entre os especialistas. Ele foi adaptado para que a bateria do carro não fique prejudicada com o constante uso do ar frio ou quente.

O motor diesel pode ser encontrado em três versões, todas com turbos compressores compactos e injeções que aumentam a agilidade da aceleração. Com rotações menores, os motores conseguem reduzir a constante emissão de gases prejudiciais para a atmosfera.

Os compradores podem escolher um entre os seguintes modelos:

  • Motor 180CV 3.500RPM 400NM;
  • Motor 163CV 3.500RPM 360NM;
  • Motor 129CV 3.500RPM 340 NM.

Obtenha mais informações acessando o site oficial da Mazda

Por Renato Duarte Plantier


O Mazda CX-5 está entre os veículos mais luxuosos da Europa. Conta com design arrojado, que por sinal representa ponto encontrado na maioria dos veículos produzidos pela marca. Leveza ao dirigir e alta potencia são duas sensações sentidas pelos condutores do veículo.

Segurança em primeiro lugar. Os Mazda CX-5 saem da fábrica com sistema completo de airbags, garantindo assim toda a integridade física das pessoas que estão dentro do carro. A tecnologia permite com que as luzes dianteiras fiquem mais luminosas quando se aproxima algum veículo, ou mesmo quando os condutores realizam curvas longas. A ação também pode ser acionada de forma manual, fato que pode prejudicar no desempenho da bateria a longo prazo.

O formato dos faróis traseiros permite com que sua imagem fique com maior nível de esportividade. Durante o dia, enquanto estão apagados, trazem um agradável tom avermelhado.

A liga leve presente na carroceria e o escape duplo cromado, ambos resistentes, são capazes de durar longo tempo com o mesmo brilho de veículo novo. E a tecnologia KODO permite com que os condutores obtenham respostas dinâmicas das ações executadas no veículo.

Por Renato Duarte Plantier


Cada vez mais a segurança do motorista é priorizada quando se faz um projeto para um novo automóvel. Foi o caso do crossover compacto CX-5. A montadora Mazda resolveu apelar para a proteção de motoristas distraídos que acabam por colidir com o carro até mesmo em baixa velocidade.

O novo sistema foi batizado de “Smart City Brake Support” (SCBS) e promete focar em colisões frontais. Ele consiste em um dispositivo implantado no exterior do próprio veículo que opera a uma velocidade de 4 a 30 km/h, com um sensor a laser no para-brisa para detectar obstáculos na frente do modelo seja ele qual for. Seu funcionamento é automático e a tecnologia ainda ajuda na frenagem, mesmo se a pessoa que estiver dirigindo deixar os pés no freio, calculando a distância para o que vier a frente.

Mesmo tirando o pé do freio, o SCBS ativa o sistema de travamento do CX-5, reduzindo a rotação do motor. O mais importante ainda é que o dispositivo não permite a aceleração não intencional mesmo se o motorista pressionar o acelerador ao invés do pedal do freio. Esse mecanismo ficou conhecido por “controle de aceleração de transmissão automática”.

Por Jéssica Monteiro

Fonte: G1





CONTINUE NAVEGANDO: