O mercado automobilístico receberá em breve mais uma novidade, pois a Renault pretende lançar o seu modelo SUV. A montadora francesa resolveu, com isso, aderir à febre de crescimento vivida pelo setor de carros utilitários e crossovers.

Para isso, a Renault irá transformar a nova versão do seu carro Modus em um crossover – com base no Nissan Juke – e também vai criar a sua própria versão de SUV com base no modelo japonês Nissan Qashqai. Sendo que este utilitário japonês, segundo o site inglês Auto Express, em sua próxima geração terá uma variant SUV para o Renault Mégane.

A semelhança entre estes dois modelos será apenas na sua plataforma mecânica, visto que o Mégane SUV vai adotar a identidade visual típica da montadora francesa que foi criada pelo designer holandês Laurens Van Den Acker. Neste novo Mégane serão destaques o logotipo da Renault colocado em grandes dimensões na parte dianteira central do veículo, além de uma carroceria com linhas mais agressivas e esportivas. Outras novidades para este novo carro da Renault são o motor 1.6 turbodiesel da Nissan, além de um motor 1.2 turbo com potência de 115 cavalos.

Esta interessante novidade tem previsão de chegar ao mercado mundial de automóveis para vendas no ano de 2015 com um preço inicial aproximado de 15 mil euros, estando, assim, em uma posição acima do seu crossover com base no Nissan Juke.

Portanto, para aqueles que gostam de inovações e velocidades estas são novidades que em pouco tempo estarão disponíveis para serem usadas por todos os apaixonados por carros em todo o mundo.

Por Ana Camila Neves Morais


Como todos sabem o sedã Mégane acabou de sair de linha e será substituído pelo novo Fluence com mais atrativos para sua faixa de atuação. Este novo sedã é a grande aposta da Renault para abocanhar uma fatia maior do mercado e ele estará no mercado brasileiro a partir de Fevereiro de 2011.

Mas a saída de cena do Mégane não será o fim total do modelo. Conforme matéria do site Carros IG, a Renault manterá ainda em fabricação a versão perua do Mégane, a Grand Tour. Perua de linhas sóbrias e cara de família, ela continuará a ser fabricada e não é só isso. Ainda terá uma redução no seu preço.

A versão que será mantida a venda, a Dynamique, sairá por R$48.490. Valor equivalente a de modelos de peruas compactas a venda no Brasil. Esta será uma versão 1.6 e virá somente com itens de série básicos como trio elétrico, ar condicionado e direção elétrica e terá câmbio manual.

Resta saber agora por quanto tempo ainda a Renault irá manter em linha a solitária irmã do falecido Mégane.

Por Mauro Câmara





CONTINUE NAVEGANDO: