Motor 5.2 V8 é o mais potente já produzido pela montadora.

Como em diversos outros segmentos do mercado, o setor automobilístico também realiza prêmios para selecionar aqueles mais se destacaram em seu nicho.

Esse segmento tem várias premiações diferentes desde os mais genéricos até alguns mais específicos, dentre estes está o prêmio “10 Best Engines”, o qual é promovido pela publicação deste segmento WardsAuto, e que tem como objetivo definir quais foram os 10 motores que mais tiveram destaque em um determinado ano.

A premiação é realizada há 22 anos e é bem tradicional nos Estados Unidos. Para que seja selecionado um vencedor, os editores passam 60 dias dirigindo e estudando os finalistas, porém, sem usar qualquer tipo de instrumentação para teste.

São avaliados fatores como: torque, potência, especificações, economia de combustível, uso das novas tecnologias e atenuação de ruído.

A companhia Ford tem muito a comemorar nesta edição do prêmio em questão, sem dúvida em um dos ícones do setor de automóveis nos últimos anos. A celebração se deu por causa do motor do Mustang Shelby GT350, o V8 de 5.2 litros, o qual conquistou o lugar mais alto do pódio como o melhor motor do ano.

É notável que ultimamente os propulsores passaram a ser cada vez menores e o recurso de turbo tem sido cada vez mais usado, porém, este motor V8 5.2 pode ser considerado um motor tradicional e aspirado de fábrica, este é o mais potente já produzido pela empresa americana.

Este motor do Shelby GT350 gera mais de 540 cavalos e possui o giro mais alto do que seus concorrentes, que totaliza 8250 rotações por minuto. O seu virabrequim de perfil plano também é um destaque a mais para ele, essa tecnologia é muito utilizada em carros superesportivos e também nos de corrida, porém, neste caso foi utilizado em um V8. Entretanto, essa exclusividade é acessível a poucas pessoas, já que foram fabricadas somente cem unidades deste motor para a nova geração do veículo.

FILIPE RIBEIRO DA SILVA


Novo modelo conta com diversos itens e detalhes exclusivos à edição que fascinou fãs e colecionadores do mundo inteiro.

Homenagear a ida do homem à Lua, foi esta a intenção da Ford ao desenvolver o seu novo Mustang que foi leiloado em Oshkosh, nos Estados Unidos, durante uma feira. Esta edição especial do Mustang foi totalmente inspirada nas missões que a Nasa realizou para o programa espacial Apollo, responsável por levar pela primeira vez, o homem à Lua, no dia 20 de julho de 1969. O leilão da versão exclusivíssima do Mustang foi durante o EAA AirVenture Oshkosh, no dia 23 de julho.

O modelo recebeu o nome de "Mustang Apollo Edition" e até hoje é o único modelo que passou por uma transformação deste porte, que foi feita pelos engenheiros da Ford que tiveram como base o Mustang GT 2015. O visual do veículo fascinou fãs e colecionadores do mundo inteiro.

O branco da carroceria foi obtido com uma pintura especial e foram acrescentados alguns pequenos detalhes em preto, remetendo ao programa Apollo. O modelo também conta com difusor dianteiro confeccionado em fibra de carbono. Na traseira tem um bonito aerofólio que deixou o visual ainda mais impactante e para completar, uma iluminação em LED bem abaixo do assoalho, que é uma homenagem ao momento da reentrada da nave na atmosfera terrestre.

Mas o Mustang Apollo Edition não ficou apenas na aparência, a parte de desempenho também passou por transformações e conta com um pacote de novidades, o motor é de 635 cv e tem o "SuperCharger" que são as saídas de escapamento presentes nas laterais e também na traseira. A suspensão é com tunagem esportiva e para conseguir parar esta máquina foram implantados freios Brembo de 6 pistões.

Para dar um toque final ao Mustang Apollo Edition, rodas Forgiato de 21 polegadas, personalizadas com exclusividade para esta edição.

E as exclusividades não são apenas da parte externa do modelo, por dentro também tem muito o que ser visto e apreciado. Os bancos de couro preto trazem pequenos detalhes em branco e vermelho e o painel teve os instrumentos alterados, trazendo medidores de alto desempenho e as portas contam com um acabamento especial, assim como os tapetes.

Mesmo tendo muito preto em seu interior, o Mustang Apollo Edition não ficou com um visual carregado, pelo contrário, parece que tudo foi muito bem dosado e ficou na medida exata.

Foi a 8ª vez que a For doou um Mustang para o leilão da Experimental Aircraft Association. Os 7 modelos anteriores a este conseguiram arrecadar cerca de US$ 3 milhões.

Por Russel

Mustang Apollo Edition

Mustang Apollo Edition

Mustang Apollo Edition

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: