Na unidade fabril de São José dos Pinhais, localizada no Paraná, uma equipe de estagiários efetuou um trabalho conjunto que resultou na criação de um carro-robô que funciona transportando peças na fábrica. Nomeado de Automatic Guided Vehicle (AGV), a invenção foi desenvolvida com tecnologia da empresa e possui peças nacionais. Além disso, não é necessário um operador para guiá-lo, pois ele segue um caminho pré-definido.

Esta inovação resultou de um exercício de aprendizado orientado pelos Técnicos e Engenheiros da Volkswagen e será utilizada como mais uma das ferramentas da linha de montagem a partir de outubro de 2012. O robô AGV é considerado como uma atualização de outras invenções do tipo presentes no setor. Com ajuste em sua velocidade de 10%, é um dos mais rápidos em suas funções. Fora isso, tem grande força de tração e é guiado através de apenas uma marcação com tinta no piso.

Nos robôs mais tradicionais, a vida útil das baterias é de 80 ciclos, já no robô feito pelos estagiários da Volks, a bateria aumentou para 200 ciclos a vida útil da engenhoca. Com isso, há uma redução nos custos em toda a empresa.

Por Marcelo Araújo





CONTINUE NAVEGANDO: