Preços das versões Comfortline e Highline serão, respectivamente, R$ 144.500 e R$ 151.300.

A Volkswagen apresentou o oitavo Passat há uma semana, em São Paulo. O sedan da linha 2016 terá as venda iniciadas no primeiro mês do próximo ano. Os preços das duas versões – Comfortline e Highline – serão respectivamente R$ 144.500 e R$ 151.300 sem os opcionais.

Exteriormente, o veículo ficou mais largo, aumentando a capacidade do porta-malas para 586 litros. Consequentemente, o espaço interno cresceu e a dianteira ficou baixa para um design mais esportivo.

O modelo Comfortline não mudou no interior, mas vem, como no 2015, bem equipado. O ar-condicionado digital tem três zonas. O computador de bordo possui tela touchscreen com 6,5 polegadas e GPS. O painel conta com entradas para cartão SD e USB. A direção é elétrica e multifuncional. O Passat tem os sistemas de comandos por voz, partida sem chave, start-stop, sensores de chuva e de estacionamento dianteiros e traseiros, abertura de porta-malas por sensor de movimento dos pés e freio de estacionamento eletrônico. Os bancos são totalmente ajustáveis, aquecíveis e em couro. O único opcional é o teto solar elétrico.

Nos quesitos segurança e potência, o Comfortline vem com controle de tração e estabilidade, seis airbags, controle automático de aceleração e frenagem – com distribuição da ação dos freios, assistente de partida em rampa e detectores de fadiga e pressão dos pneus. O motor é um 2.0 turbo que gera 220 cavalos de potência. As rodas são de 18 polegadas.

O Highline tem como adição o sistema easy-entry, que recua o banco para a entrada do motorista e o coloca em posição original após a sentada, apoio lombar com massageador para quem guia, câmera traseira e retrovisores elétricos com memória de posição. Por fora, os adicionais são faróis de LED com assistente de luz alta. O motor é o mesmo que na versão mais barata, bem como os itens de segurança e potência.

Os opcionais do Highline fazem parte do chamado Pacote Premium. Abrange teto solar elétrico panorâmico, sistema Dyscover Pro composto por rádio com DVD e tela de 8 polegadas touchscreen, App Connect, HD de 60GB, ajuste elétrico dos bancos e mais entradas de USB e SD. O sistema Pro-Active traz proteção proativa dos passageiros, assistente de estacionamento e piloto automático de velocidade com frenagem independente.

Por Bruno Klein

Volkswagen Passat

Volkswagen Passat

Fotos: Divulgação


Novo modelo, que será lançado somente no mercado britânico, promete fazer uma média incrível de 27 km/l. Ele terá duas versões: uma sedan e outra perua.

O sonho de grande parte dos motoristas em todo o mundo, sobretudo no Brasil, é ter um veículo que tenha alto rendimento de combustível, ainda mais se considerarmos o alto valor que está atualmente em nosso país. Mas essa realidade já está bem próxima. Pelo menos é o que diz a Volkswagen, que anunciou nessa última segunda-feira um veículo que promete fazer uma média de 27 quilômetros por litro! Essa é uma marca incrível, pois a grande maioria dos carros, pelo menos no Brasil, faz uma média de, no máximo, 10 km/l na cidade, e, com muita sorte, 15 km/l rodando nas estradas. Mas, infelizmente essa novidade não tem previsão de chegar por aqui, pois o veículo em questão é o novo Passat, em sua versão BlueMotion, que por enquanto deve estar disponível apenas para o mercado britânico.

Além disso, a montadora alemã garante que o veículo também é bem ecológico, emitindo apenas 96 g/km de CO2, o dióxido de carbono.

Todo esse desempenho é graças ao motor 1.6 litro turbodiesel composto por quatro cilindros. Essa configuração gera uma potência de 120 cv e um torque de 25,5 kgfm. O carro está disponível em duas versões: uma sedan, onde alcança de 0 a 100 km/h em 10,8 segundos; e outra em carroceria perua, com desempenho um pouco mais baixo, fazendo a mesma velocidade em 11 segundos.

A velocidade máxima que o Passat BlueMotion alcança é de 210 km/h com a versão sedan e de 208 km/h na versão perua. O câmbio é manual de seis marchas. Por ser um veículo relativamente de luxo e com tão bom desempenho, seu custo benefício pode ser considerado ideal, custando 23,2 mil libras esterlinas na versão sedan, e 24,7 mil libras esterlinas na versão perua. Entre os itens de série, estão rodas de liga leve de aro 17 polegadas, sistema start-stop e sistema multimídia com tela de 6,5 polegadas. 

Por Felipe Villares

Passat BlueMotion

Passat BlueMotion

Passat BlueMotion

Fotos: Divulgação


A Volkswagen está comemorando mais uma importante conquista! Um de seus carros, o Passat, foi eleito o Carro Mundial do Ano de 2015!

O prêmio foi anunciado durante o Car Of The Year 2015, durante o Salão de Genebra, sendo que participaram da votação, jornalistas que trabalham nos principais meios de comunicação voltados para o setor automotivo. O evento vem sendo realizado desde 1964 e a cada ano o prêmio se torna mais disputado, pois os modelos estão evoluindo rapidamente, contando com novidades tecnológicas, designs diferenciados, novos itens de segurança e conforto para o motorista e os passageiros.

O Passat foi muito elogiado, sendo que a nova geração do sedan que vem conquistando mercado no mundo inteiro, garantiu 340 pontos. Na vice-liderança ficou o Citroën C4 Cactus, ficando somente com 248 pontos, bem atrás do Passat. A terceira posição ficou com o Mercedes-Benz Classe C, que ficou bem próximo do Citroën C4 Cactus, garantindo 221 pontos.

Com este título, a Volkswagen garante a conquista do Carro Mundial do Ano pela sexta vez, sendo que em 2013 a VW faturou o prêmio com o Golf e em 2010 foi a vez do Polo ser eleito o carro do ano.

A nova geração do sedan da Volkswagen foi revelada mundialmente em julho do ano passado, mas somente foi apresentada ao público em outubro, quando foi exposto no Salão de Paris. Jornalistas de 22 países, especializados em automóveis, elegeram o Passat como o Carro do Ano de 2015 e pela diferença de pontos para o segundo lugar, ficou claro que o Passat está bem à frente da concorrência.
Em 2014, o vencedor foi o Peugeot 308, mas este ano ele não ficou nem entre os três melhores colocados.

Outros modelos que concorreram ao título foram: BMW Série 2 Active Tourer, Ford Mustang, Hyundai Genesis, Mini Cooper S 4p, Jeep Renegale, Mazda 2 Sedan, Nissan Qashqai, BMW i8, BMW X6, Cadillac ATS Coupe, Cadillac Escalade, Kia K900, entre outros.

Por Russel

VW Passat

VW Passat

Fotos: Divulgação


Durante muitos anos, em meados da década de 70, o velho Passat, da Volkswagen, foi um dos modelos mais procurados pelos brasileiros. De porte pequeno, mas extremamente elegante, o exemplar antigo foi substituído pelo novo Passat, de design mais agressivo e altamente competitivo diante de um mercado tão vasto.

Nas próximas semanas, as concessionárias Volkswagen recebem o novo Passat, que chega aos motoristas em duas versões, a Variant e a Sedan. Em princípio, novidades internas e externas regadas a muita tecnologia, tais como o sistema Park Assist II (opcional), que realiza a baliza automaticamente sem que o condutor precise pisar no freio, no acelerador, girar o volante para a esquerda e para a direita.

O console do novo Passat foi redesenhado e passa a contar com relógio analógico em destaque, sistema de infotainment (touchscreen) e sistema de navegação integrado caso o motorista o queira. Botões de freio de estacionamento e de partida do motor fazem parte do modelo.

Em termos de motorização, o novo Passat apresenta melhorias. Com motor 2.0 TSI capaz de desenvolver 211 cavalos de potência, 11 a mais que a versão anterior, o carro pode chegar a 210 quilômetros horários e levar 7,6 segundos para percorrer de zero a 100 km/h.

A transmissão DSG, outro diferencial nas duas versões do veículo, é de seis marchas, ideal para quem deseja economizar e obter ótimo desempenho em cidades e estradas.

A Volkswagen informa que o preço dos modelos parte de R$ 106,7 mil.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Volkswagen (Assessoria de Imprensa)





CONTINUE NAVEGANDO: