Novo modelo será a segunda geração do SUV médio da Volkswagen. Ele ganhou mais espaço e um estilo mais encorpado e robusto que o modelo anterior.

Finalmente, após muitas especulações, o novo Volkswagen Tiguan foi lançado, oficialmente no Salão de Frankfurt, evento que está ocorrendo esta semana na Alemanha. Esta será a segunda geração do SUV médio da gigante fabricante de veículos automotores germânica. Este lançamento da Volkswagen está sendo considerado por muitos especialistas do ramo como um dos destaques da edição do ano de 2015 do Salão de Frankfurt.

Esta nova versão do Tiguan foi produzida sobre a plataforma modular denominada MQB, sendo que o veículo passou por modificações consideráveis na sua estrutura, inclusive mudando de tamanho, tendo em vista que nesta versão o Tiguan passou a contar com um comprimento de 4,49m, uma largura de 1,83m, altura de 1,62m e entre-eixos com uma distância de 2,68m, no geral estas novas medidas fizeram com que carro ficasse com uma distância maior entre os eixos e um pouco mais baixo.

O carro com estas ampliações de medidas acabou ganhando espaço não só internamente, mas também no seu porta-malas, que passou a ser de 615 litros, ou seja, um acréscimo de 145 litros a mais que a versão anterior, tamanho este que ainda pode ser aumentado, caso o proprietário do veículo opte por rebater o banco traseiro, porta-malas este que fica, nestas condições, com a capacidade de incríveis 1.665 litros.

Na parte externa o estilo contemporâneo do Tiguan continua o mesmo, porém um pouco mais encorpado e robusto que o modelo anterior. As grandes novidades na parte exterior ficaram por conta dos novos faróis de LED com a presença de LEDs diurnos, bem como da frontal que lembra a utilizada no conceito Taigun, o para-choque dianteiro também ficou com um design um pouco mais agressivo. Na parte de trás foram inseridas novas lanternas de LED com prolongamentos nas extremidades e bipartidas devido ao posicionamento da tampa do porta-malas.

Internamente, este novo Tiguan trouxe como novidade uma nova central multimídia com tela de 8 polegadas, Android Auto, Car Play e Mirror Link, além do opcional de painel digital com possibilidade de configuração para uma tela ainda maior de 12,3 polegadas. O ambiente interno do carro ficou muito mais luxuoso e sofisticado.

Por Adriano Oliveira

Volkswagen Tiguan 2016

Volkswagen Tiguan 2016

Volkswagen Tiguan 2016

Fotos: Divulgação


A Volkswagen oficializou recentemente um investimento de aproximadamente US$ 1 bilhão para ampliar a fábrica de Puebla, no México, e fabricar a segunda geração do Tiguan em sua versão de sete lugares. O investimento será direcionado para novas linhas de montagens e poderá fornecer aproximadamente 2 mil novos empregos.

O novo Volkswagen Tiguan passará a ser fabricado no México no final do próximo ano, com recebimento no mercado estipulada para o começo do ano seguinte, onde boa parte do volume de fabricação do crossover será direcionada para exportação, estando inclusos América do Norte e Sul, somado a outros mercados do mundo (exceto a China e Europa). A fábrica aguarda produzir 500 unidades do novo modelo por dia.

A fábrica de Puebla poderá ter 90 mil metros quadrados, com um grande nível de automação com sistemas avançados de programação e controle. A mesma arquitetura já iniciou a fabricação em São José dos Pinhais, no Paraná, para produzir os nacionais Volkswagen Golf e Audi A3 Sedan. A fabricação local do Tiguan, entretanto, já foi desconsiderada pela empresa há algum tempo.

A companhia alemã irá fabricar no território brasileiro um SUV compacto menor que o Tiguan, também produzido sobre a plataforma MQB. Com base no conceito T-Roc, que foi divulgado no Salão do Automóvel em outubro passado, o novo modelo será recebido para estar em concorrência na lista do Ford Ecosport e dos novos Honda HR-V e Jeep Renegade.

A versão final do novo modelo da Volkswagen poderá ser recebida no Brasil no final do próximo ano, sendo um pouco mais elevado que o protótipo, com 4,18 m de comprimento. O veículo possuirá como opcional a tração integral 4Motion e será alimentado pelos motores idênticos que neste momento estão presentes no Golf 1.4 e 2.0 turbo de 140 cv e 220 cv de potência, como também um 1.6 aspirado. O câmbio terá a possibilidade de ser manual de seis velocidades ou o DSG de dupla embreagem.

Por Felipe Couto de Oliveira

Volkswagen Tiguan

Volkswagen Tiguan

Fotos: Divulgação


A Volkswagen, importante empresa automotiva com presença mundial, confirmou recentemente o lançamento do novo Tiguan. O modelo faz parte da geração R-Line e se configura como um automóvel bonito, confortável e potente.

O visual do novo Tiguan R-Line é marcante, suas linhas aliam esportividade e elegância.

De acordo com a montadora, o carro terá rodas aro 18”, aerofólio exclusivo, para-choques redesenhados, bancos elétricos ajustáveis, pedais de alumínio, volante com paddle-shifts, soleiras personalizadas e revestimento moderno.

Buscando um estilo mais imponente e inovador, a Volkswagen lançou mão de recursos inusitados, a exemplo dos detalhes da pintura, tanto no interior quanto no exterior do veículo. Para fazer o carro parecer mais baixo, a montadora pintou a parte de baixo com a mesma cor da carroceria.

Na parte mecânica, o carro conta com motor que assegura a excelente estabilidade e garante velocidade  e bom desempenho. O propulsor é o 2.0 turbo.

Tudo indica que o modelo custará de R$ 140.000,00 a R$ 149.900,00, isso dependerá dos itens adicionais da versão escolhida pelo comprador.

Por Larissa Mendes de Oliveira





CONTINUE NAVEGANDO: